O que fazer quando meu cão quer comer minha comida? O que posso dar?

Tipos de comida que não podem ser compartilhados com seu pet de maneira alguma.

por — publicado 24 out 2016 - 17:42

Uma das perguntas mais comuns no consultório veterinário é: dos alimentos humanos, o que posso oferecer ao meu cão? E não é por ser comum que a resposta é fácil. Esse é um assunto que dará vários artigos, contudo começaremos com uma lista básica do que não pode ser ofertado.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Doces: em hipótese alguma deve ser oferecido qualquer alimento com açúcar para cães. Pense sempre que cães, antes da domesticação, não tinham acesso a açúcar. Sabemos que muita coisa foi alterada no metabolismo deles desde então, porém essa não foi uma delas. Eles ficam obesos com facilidade além de também sofrerem de diabetes. Cuidado com alimentos “diet” que contem adoçantes. Um dos mais utilizados hoje é o xilitol, que pode intoxicar gravemente seu cachorro. Uma bala pode ser o suficiente para causar um quadro grave de hipoglicemia (glicemia abaixo do normal) e insuficiência hepática.

Alimentos gordurosos: todos precisamos de gordura para que o corpo funcione bem, contudo sem excessos e gorduras de boa qualidade. Nada de dar frituras ou patês para o seu melhor amigo.

Chocolate: além do açúcar e da gordura, ele contém uma substância advinda do cacau chamada teobromina que pode ser tóxica para cães, podendo até mesmo leva-los a óbito.

Sal: não dê nada que contenha sal para seu cão. Se ele come um alimento completo e balanceado, com certeza já está ingerindo a quantidade necessária de sódio.

Cafeína: pode causar quadros de convulsão e alterações cardíacas e respiratórias.

Uvas e uvas passas: podem causar falência renal rapidamente.

Bebidas alcoólicas: além de uma brincadeira de muito mau gosto, pode causar mal estar, alterações de comportamento, de metabolismo, danos cerebrais e hepáticos.

Sementes: de maça e de pera, caroços de damasco, de ameixa e de pêssego podem ser letais pois contem ácido cianídrico (que se transforma em cianeto – veneno –  durante a digestão). Essa substância interfere na função dos glóbulos vermelhos podendo causar desmaios, convulsões, come a morte.

Cebola e alho: crus, cozidos ou em molhos, esses dois ingredientes contem compostos sulfurosos extremamente tóxicos para seus cães que podem ocasionar alterações nas hemoglobinas, gerando graves anemias. Algumas linhas de estudos de alimentos caseiros para cães indicam pequenas quantidades diárias de alho para o aumento de imunidade e como repelente de pulgas e carrapatos. Existem estudos que asseguram que oferecer pequena quantidade (lâmina) de alho diário, durante anos, não causaria nenhuma alteração nos exames, já que a dose para intoxicação por esse ingrediente é bastante alta. Esses estudos que chegam a citar que, para intoxicar um cão de 5 kg, seriam necessários 5 dentes de alho em uma única refeição. Já a cebola, pode causar quadros graves em baixíssimas doses, até mesmo nas quantidades para o preparo de arroz para humanos. Por isso, muito cuidado com as comidas feitas para humanos e papinhas para crianças.

Existem outros alimentos que também podem causar problemas ao seu cão, contudo esses são os mais comuns. Mesmo que em pequenas quantidades, melhor não arriscar a saúde dos nossos mascotes, não é mesmo?

Em caso de dúvida ou de ingestão de qualquer alimento deferente ou objeto estranho, busque seu veterinário de confiança.

 

Escrito por Fabíola Monteiro, médica veterinária responsável pela empresa Panela do Pet, especializada em alimentação natural desidratada, ração natural sem corantes, conservantes ou aditivos químicos. Saiba mais sobre a Panela do Pet em www.paneladopet.com.br ou [email protected]

Walt Disney World irá permitir a presença de cães em seus hotéis pela primeira vez

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 out 2017 - 18:24

Pela primeira vez os hotéis e resorts do complexo Disney passaram a aceitar famílias hospedem também seus cachorros de estimação.

O Disney’s Yacht Club Resort, Disney Port Orleans Resort – Riverside, Disney’s Art of Animation Resort e o Disney’s Fort Wilderness Resort, todos localizados em Orlando, na Flórida, abriram suas portas ontem, dia 15 de outubro, para receber também hóspedes caninos.

Os animais não podem circular por todas as áreas dos hotéis e os quartos onde eles podem se hospedar com suas famílias ficam em andares específicos,

 » Read more about: Walt Disney World irá permitir a presença de cães em seus hotéis pela primeira vez  »

Instituto Luisa Mell recebe a visita da estrela teen Larissa Manoela

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 out 2017 - 9:33

Depois do resgate dos 135 cães feito por Luisa Mell, com o apoio da polícia e de uma superequipe, em um canil de Osasco, o Instituto Luisa Mell recebeu o apoio e visita de diversas celebridades que ficaram tocados com a situação dos animais.

Na última sexta-feira, dia 13 de outubro, mais uma celebridade foi até o Instituto. Dessa vez foi a atriz e cantora Larissa Manoela que esteve no local conhecendo as instalações e todos os animais que são ajudados por lá.

 » Read more about: Instituto Luisa Mell recebe a visita da estrela teen Larissa Manoela  »

Cachorro foge de casa e participa de casamento em Teresina

por Fabio Sakita — publicado 15 out 2017 - 20:14

O Pit bull Hulk foi a estrela do casamento entre Luiza e Lucas. O cachorro entrou na igreja, que fica no bairro de São Cristóvão, Zona Leste de Teresina, na noite de quinta-feira(12), participou da cerimônia e até posou para fotos como se fosse convidado.

Na semana passada, contamos o caso de Snoop que invadiu um casamento e foi adotado pelos noivos. Neste caso Hulk já tem uma família porém seus donos haviam viajado e eles conseguiu escapar.

 » Read more about: Cachorro foge de casa e participa de casamento em Teresina  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Walt Disney World irá permitir a presença de cães em seus hotéis pela primeira vez

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 out 2017 - 18:24

Pela primeira vez os hotéis e resorts do complexo Disney passaram a aceitar famílias hospedem também seus cachorros de estimação.

O Disney’s Yacht Club Resort, Disney Port Orleans Resort – Riverside, Disney’s Art of Animation Resort e o Disney’s Fort Wilderness Resort, todos localizados em Orlando, na Flórida, abriram suas portas ontem, dia 15 de outubro, para receber também hóspedes caninos.

Cães já podem se hospedar em quatro hotéis do complexo Disney em Orlando. (Foto: Reprodução / Petcha / Disney Parks Blog)

Os animais não podem circular por todas as áreas dos hotéis e os quartos onde eles podem se hospedar com suas famílias ficam em andares específicos, tudo para que tanto os cães quanto pessoas que possuem alergia ou outros problemas tenham mais comodidade e tranquilidade durante sua estadia.

Cada quarto poderá hospedar no máximo dois cachorros por vez e os animais serão muito bem recebidos nos resorts. No momento do check-in, os cães receberão um kit de boas-vindas do Pluto que inclui: esteira e tigelas para comida e água, uma etiqueta de identificação, sacolas descartáveis ​​de plástico, almofadas de cachorro, e mapas de locais para caminhar com os cachorros e uma etiqueta para porta indicando que tem um animal de estimação no quarto.

A taxa cobrada pela presença de cada animal será de 75 dólares por noite no Disney Yacht Club e 50 dólares por noite nos outros três resorts Disney abertos para cães. Essas taxas destinam-se a cobrir os custos de limpeza.

Os cães irão receber um kit de boas-vindas do Pluto no momento do check-in. (Foto: Reprodução / Petcha / Disney Parks Blog)

No complexo Disney você encontra ainda a Best Friends Pet Care, uma instalação de serviço completo para animais de estimação. O Local funciona como creche, onde os cães podem ficar durante o dia enquanto seus tutores estão nos parques, e também funciona como hotel pet, onde os animais podem ficar hospedados por uma semana direto.

Para se hospedar nos hotéis Disney o cachorro deve estar com as vacinas em dia e espera-se que o animal seja bem comportado e que os tutores respeitem as áreas proibidas para pets.

Fonte: Disney Parks / Petcha

Instituto Luisa Mell recebe a visita da estrela teen Larissa Manoela

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 out 2017 - 9:33

Depois do resgate dos 135 cães feito por Luisa Mell, com o apoio da polícia e de uma superequipe, em um canil de Osasco, o Instituto Luisa Mell recebeu o apoio e visita de diversas celebridades que ficaram tocados com a situação dos animais.

Na última sexta-feira, dia 13 de outubro, mais uma celebridade foi até o Instituto. Dessa vez foi a atriz e cantora Larissa Manoela que esteve no local conhecendo as instalações e todos os animais que são ajudados por lá.

A atriz e cantora Larissa Manoela se emocionou bastante durante visita ao Instituto Luisa Mell. (Foto: Reprodução / Stories Instagram @larissamanoela)

A ativista animal Luisa Mell foi quem recebeu pessoalmente a estrela teen e a acompanhou em um passeio por todo o Instituto, explicando o que acontecia em cada área e apresentando alguns dos 135 cães resgatados do canil em Osasco.

Durante o passeio, que foi mostrado ao vivo para o público através do Instagram de Luisa Mell, Larissa Manoela e também do Instituto Luisa Mell, a atriz se emocionou bastante ao conhecer a área de internação do local, onde se encontram os animais que estão com a saúde mais debilitada.

Larissa também se emocionou, desta vez de felicidade, ao ser apresentada a uma cadelinha que recebeu o seu nome. A Larissa Manoela peludinha é uma das matrizes que foi regatada em péssimo estado no canil de Osasco e recebeu o nome em homenagem à estrela teen.

Ao final da visita, Larissa Manoela fez uma doação para ajudar os animais resgatados. (Foto: Reprodução / Stories Instagram @larissamanoela)

Ao final da visita, a atriz e cantora, em uma parceria com o BRECHÓ KING, fez uma doação para ajudar a todos os animais que são cuidados pelo Instituto Luisa Mell.