Parceria com a Panela do Pet irá trazer tudo o que você precisa saber sobre alimentação natural par o seu cachorro

Confira dicas, informações e a importância da Alimentação Natural na vida dos seu cãozinho

por — publicado 22 ago 2016 - 6:54

Olá apaixonados por pets!

O Portal do Dog inova mais uma vez e, a partir de agora, terá uma coluna semanal sobre alimentação natural.

Para dar início a essa parceria, vou começar desvendando as dúvidas mais comuns sobre esse tipo de alimentação.

Afinal, você sabe o que significa Alimentação Natural (ou AN)? Existem tipo diferentes de AN? Existem restrições ou todos os pets podem comer? Quais as principais diferenças entre AN e as rações?

Quando falamos em Alimentação Natural (AN) muitas pessoas ainda imaginam que significa servir as sobras da nossa própria comida para os mascotes. Mas a coisa não é tão simples assim. Cães e gatos têm necessidades diferentes e, além disso, alguns temperos usados por humanos são muito perigosos para eles, como a cebola, por exemplo.

A AN consiste em oferecer uma alimentação saudável, balanceada, com ingredientes de alta qualidade, selecionados e que supram todas as suas necessidades. Na AN não é permitido o uso de qualquer tipo de aditivo químico. Ela pode ser cozida, crua com ossos ou sem ossos. Há bastante discussão entre os veterinários sobre a AN crua com ossos, pois pode causar acidentes. Então, se você optar por esse tipo de alimentação, só ofereça ossos quando o pet estiver sob supervisão. A crua, seja ela com ou sem ossos, precisa passar por um período de congelamento prévio antes de ser oferecida, porque pode haver contaminantes que põem em risco a saúde do pet e por isso é melhor não arriscar. A AN cozida é considerada a mais segura, pois oferece a menor possibilidade de conter contaminantes, contudo, por termos de cozinhar os ingredientes, é a que demanda mais tempo de preparo.

Se você está pensando em mudar a alimentação do seu mascote, o ideal é levá-lo a um veterinário de sua confiança para um check up, para ter certeza de que ele está realmente saudável. Se estiver tudo ok, perfeito. Está apto a iniciar a transição para a AN! No entanto, se aparecer alguma alteração nos exames do seu amigo, não desanime, ele também vai poder comer AN! Para isso, basta que você procure um veterinário apto a elaborar uma dieta especial para seu mascote. Assim como existem rações específicas para diferentes doenças, também é possível formular dietas específicas para as diferentes necessidades dos pets. E falando em ração, afinal qual a diferença que existe entre ração e AN? Hoje estamos cada vez mais atentos à nossa alimentação, comendo alimentos saudáveis, sem transgênicos, preferindo opções sem corantes, sem conservantes, as mais naturais possíveis. Por que seria diferente com a alimentação dos nossos cães e gatos? O professor Márcio Brunetto, especialista em nutrição animal da Faculdade de Medicina Veterinária da USP, já reconheceu os benefícios da dieta natural. E muitas pesquisas sugerem que, quanto mais industrializado o alimento, mais químicos são utilizados e mais mal podem fazer a saúde. Você prefere comer uma lasanha industrializada ou fazer uma em casa com ingredientes selecionados e escolhidos a dedo, sem corantes, conservantes ou qualquer aditivo, feita com todo cuidado e carinho?

Com a AN, seja ela cozida, crua sem ossos ou crua com ossos, conseguimos alcançar os mesmos níveis nutricionais de qualquer ração super premium, porém sem utilizar restos de frigorífico, farinhas de ossos ou de sangue, penas e bicos de aves, transgênicos, corantes, conservantes, entre outros subprodutos comumente utilizados nas fábricas de rações e presentes em seus rótulos.

Você sabe o que tem oferecido ao seu melhor amigo? Você se importa com a saúde dele? Vamos pensar sobre o assunto?

Para dúvidas ou sugestões, envie mail para [email protected]

Famílias adotam cães sem conhecê-los e o encontro entre eles é emocionante

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jul 2017 - 18:22

Você conseguiria adotar um cãozinho sem ter conhecido o animal primeiro? É exatamente isso o que a instituição Tracy’s Dogs, dos Estados Unidos, proporciona para aqueles que desejam ter um novo cãozinho em casa.

Em 2011, Tracy Whyatt seguiu seu coração e sua vontade de ajudar cachorros que não tinham um lar a encontrar famílias. Então, com a ajuda de seu marido Scott, começaram a viajar de carro resgatando cães que viviam em abrigos no Texas conhecidos por sacrificar os animais que não eram adotados e levando estes cães para outros estados,

 » Read more about: Famílias adotam cães sem conhecê-los e o encontro entre eles é emocionante  »

Através da reciclagem de uniformes, FedEx ajuda pessoas e animais carentes no Brasil

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jul 2017 - 9:24

O inverno deste ano veio com uma força muito forte no Brasil e muitas cidades estão sendo tomadas por um forte frio. Nestes casos, os animais e aquelas pessoas que não têm um lar e vivem nas ruas acabam sofrendo ainda mais.

Pensando em ajudar a quem mais está precisando nesse período, a FedEx Express, maior empresa de transporte expresso do mundo, está dando um grande exemplo de solidariedade através do seu programa de responsabilidade socioambiental de reciclagem,

 » Read more about: Através da reciclagem de uniformes, FedEx ajuda pessoas e animais carentes no Brasil  »

Rottweiler salva vida de menino que teve uma convulsão durante a madrugada

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 jul 2017 - 9:48

Apesar de ser tachado como uma raça violenta e perigosa, um Rottweiler foi o responsável por ajudar um menino com autismo e depois a salvar a sua vida.

Enzo é um menino de seis anos que tem autismo. Ele e sua família vivem em Ibaté, São Paulo. Quando a criança fez dois anos de idade, os pais levaram para casa um cão da raça Rottweiler. Quiron era um ano mais novo que Enzo e,

 » Read more about: Rottweiler salva vida de menino que teve uma convulsão durante a madrugada  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Famílias adotam cães sem conhecê-los e o encontro entre eles é emocionante

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jul 2017 - 18:22

Você conseguiria adotar um cãozinho sem ter conhecido o animal primeiro? É exatamente isso o que a instituição Tracy’s Dogs, dos Estados Unidos, proporciona para aqueles que desejam ter um novo cãozinho em casa.

Em 2011, Tracy Whyatt seguiu seu coração e sua vontade de ajudar cachorros que não tinham um lar a encontrar famílias. Então, com a ajuda de seu marido Scott, começaram a viajar de carro resgatando cães que viviam em abrigos no Texas conhecidos por sacrificar os animais que não eram adotados e levando estes cães para outros estados, onde existiam famílias dispostas a adotar.

Os adotantes só conhecem seus animais no dia da adoção. (Foto: Reprodução / YouTube HooplaHa – Only Good News)

Assim surgiu a organização Tracy’s Dogs, que já salvou e encontrou famílias para mais de 3.700 cachorros que teriam sido sacrificados.

Mas, e como acontece essa adoção “às escuras”? Na hora que uma família entra em contato com a Tracy’s Dogs, voluntários do local fazem todo um cadastro onde se informam de todas as necessidades e preferências da família, dessa forma a organização escolhe o animal que mais vai se adequar nas informações do cadastro e, consequentemente, à família. Além disso, é possível ver as fotos de todos os animais que estão disponíveis para adoção no site da Tracy’s Dogs.

Atualmente, a Tracy’s Dogs tem uma petshop PetSmart como parceira. Com unidades em diversos Estados dos Estados Unidos, o local serve como ponto de encontro entre a organização e os adotantes para que as famílias encontrem e recebam os cães que vão levar para casa.

O momento do encontro é extremamente emocionante e toca nossos corações da maneira mais linda. (Foto: Reprodução / YouTube HooplaHa – Only Good News)

Todos os meses, depois de preencher os cadastros, encontrar o cão certo para cada família e completar o processo de pré-adoção, Scott viaja com dezenas de animais em uma espécie de trailer completamente adaptado. Os destinos são as PetSmart de Minnesota, Wisconsin, Illinois, Indiana , Ohio, Pensilvânia, Washington, DC e Flórida, onde os novos papais pré-aprovados estão esperando ansiosamente para conhecer os seus filhotes.

O momento em que as famílias conhecem os animais e os pegam no colo é extremamente emocionante. Nós podemos ver que o amor e a felicidade transbordam dos olhos dos adotantes e que a beleza dos cães nunca foi um fator importante.

Prepare os lencinhos e assista abaixo ao vídeo lindo e emocionante que mostra o momento em que várias famílias conhecem os seus novos filhos de quatro patas.

(Vídeo: Reprodução / YouTube HooplaHa – Only Good News)

Fonte: Little Things

Através da reciclagem de uniformes, FedEx ajuda pessoas e animais carentes no Brasil

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jul 2017 - 9:24

O inverno deste ano veio com uma força muito forte no Brasil e muitas cidades estão sendo tomadas por um forte frio. Nestes casos, os animais e aquelas pessoas que não têm um lar e vivem nas ruas acabam sofrendo ainda mais.

Pensando em ajudar a quem mais está precisando nesse período, a FedEx Express, maior empresa de transporte expresso do mundo, está dando um grande exemplo de solidariedade através do seu programa de responsabilidade socioambiental de reciclagem, implementado no Brasil pelo terceiro ano consecutivo.

Empresa arrecadou mais de sete mil uniformes, que foram transformados em 1.500 cobertores. (Foto: Reprodução / Catraca Livre)

Este ano, a empresa está doando 1.500 cobertores para ONGs e instituições de todo o Brasil e pela primeira vez incluiu animais necessitados nessa lista de ajudados.

Estes cobertores foram produzidos através de uniformes antigos dos funcionários, que foram reciclados e transformados em cobertores. Mais de sete mil peças de uniformes foram arrecadadas para a campanha de 2017 e passaram por um processo de transformação que contou com a participação da Retalhar.

Como a empresa também quis ajudar os animais que estão sendo afetados, um lote de 165 cobertores foi feito com tamanho e espessura diferentes, pensado especialmente para os animais.

Mais do que ajudar aqueles que estão sofrendo com o frio, a iniciativa da FedEx tem como objetivo maior promover a solidariedade e incentivar outras empresas a desenvolverem o hábito solidário de ajudar a quem precisa.

Para divulgar a ação, a empresa enviou dois cobertores para alguns cachorros conhecidos do público brasileiro para que eles possam testar um cobertor e doar o outro para um amiguinho peludo que esteja precisando.

Fonte: Catraca Livre / Procura-se Cachorro