Cuidados com a cadela no cio

Saiba mais sobre o cio em cadelas, também chamado tecnicamente de estro

por George Augusto — publicado 25 out 2014 - 16:56

A escolha do sexo do animal de estimação é uma dúvida que muitos tutores passam, tendo alguns que preferem o macho e outros a fêmea.  Os amantes de pets fêmeas devem tomar alguns cuidados, principalmente no tão conhecido cio. O cio, também chamado tecnicamente de estro, é o momento em que a cadela está pronta para reproduzir, ou seja, ela aceita o macho para o acasalamento.

Para um entendimento mais claro, a cadela começa o cio normalmente entre o período de 6 meses até 2 anos de idade. É importante ressaltar que as cadelas de porte menor tendem a ter o cio mais cedo, começando entre os 6 meses a 10 meses. Nos animais de maior porte, como no caso das raças gigantes, o cio ocorre normalmente por volta de 1 ano de idade. O ciclo estral das cadelas acontece 2 vezes por ano (6 em 6 meses), independente de raça ou porte, tendo uma duração que varia de 6 dias a 30 dias.

O tutor perceberá que a cadela entrou no cio quando a mesma apresentar os seguintes sintomas: Vulva edemaciada, a cadela apresenta-se normalmente mais carinhosa e aumento na frequência da urina.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Muitos tutores criam seus animais na rua, sendo uma prática não muito recomendada. As cadelas, diferentemente dos cachorros, necessitam de um cuidado mais especial. A cadela quando entra no cio e se encontra na rua, atrai cães machos para o acasalamento, trazendo assim brigas entre os cães e a multiplicação de cães de rua. É importante enfatizar que os tutores que não tenham interesse em procriar devem castrar a cadela o quanto antes.

Os principais cuidados que o proprietário da cadela deve ter no momento do cio, são, principalmente, manter a fêmea dentro de casa, pois assim  previne os seguintes problemas: Transmissão de parasitas externos e internos pra cadela, no momento da cópula; evitar a reprodução indesejável de cães, controlando a superlotação de cães na rua; Prevenir o  contágio com DST (Doença sexualmente transmissíveis) ; entre vários fatores indesejáveis. Outro ponto importante, é a paciência e carinho que o tutor precisa ter neste momento. As cadelas costumam mudar o comportamento no período do cio.

Muitas pessoas previnem a reprodução de cães com o anticoncepcional. Isso é uma prática totalmente errônea e perigosa. O uso indevido de anticoncepcional, pode levar as fêmeas a sérios problemas de saúde, levando muitas à morte. Vale muito mais a pena, o tutor – quando não tem intenção da reprodução -, levá-las para realizar a castração. Além de não expor o animal ao anticoncepcional que poderá desenvolver patologias  como a Piometra, ajudará a prevenir o crescimento de tumores do trato reprodutor.

Não permita de forma alguma medicarem seus cães sem o acompanhamento de um profissional médico veterinário. Um ponto importante depois do cio, é que algumas cadelas  desenvolvem a Pseudociese,  que é um estado que se apresenta quando ocorre a gravidez psicológica  da fêmea e muito tutores pensam que houve a fertilização. Consulte sempre um médico veterinário para acompanhar seu amigo de quatro patas.

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: [email protected]

Câmera de segurança flagra ladrões roubando cachorros para consumo no Vietnã

por Samantha Kelly — publicado 28 jun 2017 - 11:15

Uma câmera de segurança no Vietnã flagrou o momento chocante em que dois ladrões, utilizando armas com arpões elétricos, invadiram uma propriedade e mataram três cachorros.

Apesar do responsável tentar impedir o roubo, os homens se aproveitaram do fato de estarem armados e fugiram rapidamente com os animais, a essa altura já mortos, na moto.

 

 

O roubo de animais de estimação para a venda no mercado de carnes é muito comum no Vietnam e há diversos registros online desse crime bárbaro sendo repetido diversas vezes.

 » Read more about: Câmera de segurança flagra ladrões roubando cachorros para consumo no Vietnã  »

Cão da raça Mastiff Napolitano é considerado o mais feio do mundo

por Andrezza Oestreicher — publicado 28 jun 2017 - 9:13

14 cães participaram, na última sexta-feira, dia 23 de junho, de um concurso em que nem todos os tutores gostaram de ver seus lindinhos animais de estimação. O concurso em questão iria escolher o cachorro mais feio do mundo.

Em sua 29ª edição, o concurso, realizado Petaluma, na Califórnia, teve a fêmea Martha, da raça Mastiff Napolitano (Mastim Napolitano) como grande vencedora. E bota grande nisso, já que Martha é um animal enorme e que pesa cerca de 57 kg.

 » Read more about: Cão da raça Mastiff Napolitano é considerado o mais feio do mundo  »

Padre Fábio de Melo fala sobre seu cachorro Lucca em bate-papo com Pedro Bial

por Andrezza Oestreicher — publicado 27 jun 2017 - 18:32

Nós, amantes de cachorro, volta e meia nos pegamos falando de nossos cães como se fossem pessoas, seres humanos assim como nós. Muitas vezes, nossos cachorros são muito mais do que apenas animais de estimação. Eles são grandes amigos e companheiros que rapidamente se tornam um membro de nossas famílias.

Para o Padre Fábio de Melo parece que também é assim. Durante um bate-papo com o apresentador Pedro Bial, ele falou sobre seus três cachorros.

 » Read more about: Padre Fábio de Melo fala sobre seu cachorro Lucca em bate-papo com Pedro Bial  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Câmera de segurança flagra ladrões roubando cachorros para consumo no Vietnã

por Samantha Kelly — publicado 28 jun 2017 - 11:15

Uma câmera de segurança no Vietnã flagrou o momento chocante em que dois ladrões, utilizando armas com arpões elétricos, invadiram uma propriedade e mataram três cachorros.

Apesar do responsável tentar impedir o roubo, os homens se aproveitaram do fato de estarem armados e fugiram rapidamente com os animais, a essa altura já mortos, na moto.

 

 

O roubo de animais de estimação para a venda no mercado de carnes é muito comum no Vietnam e há diversos registros online desse crime bárbaro sendo repetido diversas vezes.

Cão da raça Mastiff Napolitano é considerado o mais feio do mundo

por Andrezza Oestreicher — publicado 28 jun 2017 - 9:13

14 cães participaram, na última sexta-feira, dia 23 de junho, de um concurso em que nem todos os tutores gostaram de ver seus lindinhos animais de estimação. O concurso em questão iria escolher o cachorro mais feio do mundo.

Em sua 29ª edição, o concurso, realizado Petaluma, na Califórnia, teve a fêmea Martha, da raça Mastiff Napolitano (Mastim Napolitano) como grande vencedora. E bota grande nisso, já que Martha é um animal enorme e que pesa cerca de 57 kg.

Cadela Martha ganhou o concurso de cachorro mais feio do mundo. (Foto: Reprodução / TMZ / Getty)

A cadela, que já era apontada como favorita pelo público para levar o troféu de primeiro lugar, foi resgatada por sua atual tutora, Shirley Zindler, quase cega. Shirley, então, ofereceu todos os cuidados necessários para Martha, que fez várias cirurgias e conseguiu voltar a enxergar.

Por conta das cirurgias, Martha, que tem o rosto já bastante enrugado, tem inúmeras cicatrizes nos olhos, o que pode ter ajudado no concurso. Assim como Martha outros cães que participaram do concurso já sofreram maus-tratos no passado e por isso apresentam algumas marcas e cicatrizes consideradas feias pelo corpo.

Porém, o que pode ser feio para os outros, é belo para os tutores dos animais, além de ser um sinal de superação e sobrevivência dos cachorros.

Além do troféu, a cadela recebeu um prêmio de US$ 1,5 mil. (Foto: Reprodução / TMZ / Getty)

Além do troféu de cachorro mais feio do mundo, a vencedora do concurso de 2017 Martha recebeu, junto com sua tutora, um prêmio de US$ 1,5 mil e muito espaço nas mídias e na imprensa mundial.

Em segundo lugar ficou um Griffon de Bruxelas de 16 anos chamado Moe, o cãozinho mais velho do concurso, e em terceiro lugar ficou um Cão de Crista Chinês chamado Chase.

Fonte: TMZ / O Globo