Pseudociese em cadelas (gravidez psicológica)

Fenômeno ocorre normalmente depois da fase do cio da cadela, mesmo sem ela ter tido contato com um macho

por George Augusto — publicado 17 fev 2014 - 21:48

A pseudociese, ou popularmente chamada de falsa gestação, é o quando uma fêmea, de qualquer espécie, tem uma gravidez inexistente, porém, com sintomas de uma prenhez. Esse fenômeno ocorre normalmente depois da fase do cio da cadela, onde começam a aparecer sintomas de gestação, mesmo a fêmea não tendo tido contato com nenhum macho. Essa condição não é relacionada com idade, raça ou tamanho do animal.

Para melhor entendermos a fase reprodutiva da cadela, devemos ter conhecimento de que a mesma se divide em proestro, estro, metaestro e anestro. Esse fenômeno é conhecido como fases do ciclo estral.

 

Pseudociese em cadelas. Foto: Reprodução

Pseudociese em cadelas. Foto: Reprodução

Proestro: É a fase que a cadela começa a apresentar uma secreção sanguinolenta pela vulva. A vulva da fêmea fica bastante edemaciada para atrair os machos que estão perto, contudo se um macho quiser copular, ela não o permite. Esse evento é conhecido como cio, e cada cadela tem um tempo de duração.

Estro: É na fase do estro que a cadela aceita o macho para copular, sem nenhum impedimento. É nessa fase também que ocorre a ovulação da cadela, permitindo assim, a fertilização. Essa fase  permanece em média durante 4 à 6 dias.

Metaestro: É a fase da gestação propriamente dita. Tudo é comandado pela glândula hipofisária que secreta hormônios para a manutenção da gestação.

Anestro: É o momento em que os órgãos sexuais estão se recuperando para uma outra possível prenhez (se não fecundada). A cadela cicla de 6 em 6 meses.

Segundo os pesquisadores, a principal causa do aparecimento da  pseudociese é porque ocorre o aumento da concentração plasmática de prolactina, levando a uma produção de leite. Outro fator também contribuinte é a manutenção do corpo lúteo (produção de progesterona), que, não sendo destruído como normalmente acontece,  irá secretar o hormônio, assim mantendo a gravidez falsa.

Os sinais clínicos de uma pseudociese são iguais ao de uma gravidez normal. Ocorrem os seguintes sintomas:

Aparecimento de um corrimento vaginal em média 1 mês após a cópula; dilatação do abdômen da cadela; os mamilos tornam-se maiores, havendo ou não leite; ocorre a preparação do ninho;  demonstra agressividade; a cadela lambe a região do abdomem; a cadela pode adotar filhotes de outra ninhada; e em alguns casos apresenta fome excessiva.

O diagnóstico mais  preciso para descobrir se é ou não uma pseudogestação é o exame de ultra-som, onde um médico veterinário irá fazer um exame minucioso no animal. Além da utilização do aparelho de ultra-som é indicado que haja uma anamnese, levantando-se  o histórico do animal, para verificação de alguns fatores de relevância, como: se é castrada ou não, se vive com machos e se é a primeira vez que está ocorrendo esse fenômeno.

O tratamento é de acordo com cada animal. Um médico veterinário deverá avaliar o caso detalhadamente e de forma particular, podendo ele ser resolvido apenas com terapia medicamentosa ou, em casos mais graves, com uma intervenção cirúrgica, fazendo a castração da fêmea. A cadela apresentando a sintomatologia de gestação, sendo ela falsa ou não, deverá ter sempre o acompanhamento de um profissional habilitado.

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: [email protected]

Tosadora japonesa aperfeiçoa o visual bolinha e transforma poodle em ovelha

por Samantha Kelly — publicado 22 jun 2018 - 12:34

Sesame é um Poodle japonês que ganhou fama por causa de seu corte bolinha impecável que faria qualquer fashionista sentir inveja. O motivo de tanta comoção é o fato do penteado ter transformado o garotinho canino em uma ovelha.

Infelizmente Yoriko Hamachiyo, a tosadora responsável por essa obra prima da pelagem canina, não compartilhou um vídeo dos bastidores do corte.

Será que o Poodle, uma das raças caninas com penteados mais clássicos de todas,

 » Read more about: Tosadora japonesa aperfeiçoa o visual bolinha e transforma poodle em ovelha  »

Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly

por Samantha Kelly — publicado 21 jun 2018 - 9:52

O auxílio canino no caso da morte de Vitória Gabrielly tem sido fundamental. Ate agora, tanto um pet quanto uma equipe de cães especializados, foram peças chaves na investigação do crime.

Em um primeiro momento, enquanto a polícia ainda tentava encontrá-la e havia a esperança da menina ainda estar viva, a pista da localização exata do paradeiro de Vitória veio de um catador de latinhas que estava passeando com seu cachorro.

O pet ficou intrigado com o cheiro forte que vinha da mata e começou a latir sem parar.

 » Read more about: Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly  »

Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 9:30

Ficamos apaixonadas pela escada em espiral da Sophipet com um ar super sofisticado. Ela é totalmente personalizável, com várias opções de cores e estilos para combinar com diferentes tipos de decoração.

Muitos não sabem, mas rampas e escadinhas dessa forma ajudam bastante os pets a não forçarem as costas com os vários pulos acrobáticos que eles dão quando sobem e descem da cama, sofá e afins.

Ela chega até 100 cm de altura para as camas mais altas e possui apenas 45 cm de raio,

 » Read more about: Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Tosadora japonesa aperfeiçoa o visual bolinha e transforma poodle em ovelha

por Samantha Kelly — publicado 22 jun 2018 - 12:34

Sesame é um Poodle japonês que ganhou fama por causa de seu corte bolinha impecável que faria qualquer fashionista sentir inveja. O motivo de tanta comoção é o fato do penteado ter transformado o garotinho canino em uma ovelha.

Infelizmente Yoriko Hamachiyo, a tosadora responsável por essa obra prima da pelagem canina, não compartilhou um vídeo dos bastidores do corte.

Será que o Poodle, uma das raças caninas com penteados mais clássicos de todas, ganhará mais um modelo? Se depender de nós, votamos sim mil vezes.

Sério, o resultado é tão incrível que as fotos parecem montagem, mas não são.

 

Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly

por Samantha Kelly — publicado 21 jun 2018 - 9:52

O auxílio canino no caso da morte de Vitória Gabrielly tem sido fundamental. Ate agora, tanto um pet quanto uma equipe de cães especializados, foram peças chaves na investigação do crime.

Em um primeiro momento, enquanto a polícia ainda tentava encontrá-la e havia a esperança da menina ainda estar viva, a pista da localização exata do paradeiro de Vitória veio de um catador de latinhas que estava passeando com seu cachorro.

O pet ficou intrigado com o cheiro forte que vinha da mata e começou a latir sem parar. Foi graças a reação estranha do cachorro que o tutor foi verificar se havia de fato algo errado. Foi então que ele acabou se deparando com o corpo da menina, que se encontrava no mesmo local há 4 dias.

Após a confirmação da morte e localização do corpo, a próxima fase da investigação contou com a ajuda de Bazuka, Adaga e Duke, cães farejadores do grupo GBR. Através de odores de suspeitos fornecidos pela polícia, os cães vasculharam a área delimitada e verificaram se os cheiros poderiam ser encontrados no local.

Apesar da equipe envolvida não poder contar muito sobre o resultado para não atrapalhar o trabalho investigativo, o treinador dos cães afirma que os animais confirmaram a presença de alguns dos odores no local.

 

Foto: Reprodução/Record