O seu cãozinho está com problemas comportamentais?
Pergunte para o Alexandre Rossi e Cão Cidadão
Agressividade no banho e necessidades no local errado
27 abr 2018
Comportamento:
Tutor(a): Nicole , | O cachorro: Duda
Reeducar e oferecer associações positivas

“Olá! Minha cachorrinha é da raça Lhasa Apso. Ela se chama Duda. Desde que pegamos ela, com três meses, começamos a ensinar onde ela deveria fazer as suas necessidades. Acontece que de uns tempos para cá ela começou a fazer suas necessidades nos tapetes da casa, e não no seu próprio tapete.

Nós moramos em uma fazenda, então ela não tem convívio com outras pessoas e ou com outros cachorros. Temos um Poodle que fica fora de casa, mas quando a Duda era pequena foi atacada por ele e acho que isso acabou deixando ela com medo de outros cães, pois quando vamos à praia, e os cães vão querer cheirá-la, ela fica com muito medo e às vezes chega a mostrar os dentes.

Ela também é extremamente desconfiada com outras pessoas, foge quando tentam dar carinho e quando está em seu ambiente late muito para eles. Ela não é acostumada a usar coleira, mas como fomos para a praia ela teve que usar para poder passear. Acho que a viagem, o ambiente desconhecido e usar algo que ela não está acostumada acabou deixando a pet muito estressada. Será que é por isso que ela está fazendo suas necessidades no lugar errado?

Outra questão é que ela fica muito agressiva quando vai tomar banho. Sempre que vamos pegá-la, ela vira outra cachorra de tão brava, ou seja, morde sem dó. Então, decidimos parar de levar ela no pet shop e dar banho em casa mesmo, mas ainda assim ela é muito brava: na hora do banho não deixa a gente esfregar seus pelos, além de odiar o chuveirinho. Temos que molhar ela com uma caneca.

Não sabemos o que fazer para ela ficar mais calma, pois é brava assim apenas no banho e quando encostam nela se está dormindo. Ela não tem ciúmes dos brinquedos e nem da ração, na verdade ela só come ração quando está com muita fome (não damos comida humana).

Resumindo: o que posso fazer para deixar minha cachorrinha mais calma na hora do banho e deixar ela mais sociável com outras pessoas e cães? Além disso, como fazê-la parar de se aliviar no lugar errado?

Obs – quando comprei ela, perguntei sobre seus pais e me falaram que o seu pai era bravo.

 Por Camila Mello, adestradora e franqueada da Cão Cidadão

Oi, Nicole. Tudo bem?

Interessante o seu relato sobre a Duda. Ao que parece, você define muito bem os problemas comportamentais que ela vem apresentando, e isso é muito importante.

Destaque-se que no seu caso já temos uma informação importante acerca da personalidade da Duda. Como disse, o pai dela apresenta traços de agressividade e, de fato, esse aspecto pode ter sido transferido para ela geneticamente.

Aliado ao fato de ela já ter uma personalidade marcante, não conviver com outros cães e pessoas pode deixá-la insegura em relação a esses estímulos e isso leva ela a ter um comportamento de defesa que, no caso dela, parece que tem sido as mordidas.

A agressividade em cães pode ser classificada por alguns aspectos. No caso dela, ao que parece, é por causa do medo.

As necessidades, que ela passou a fazer no lugar errado, pode ser uma forma de chamar a atenção da família. Isso acontece quando eventualmente a rotina do cão ou da família muda repentinamente, ademais, os cães, quando trocam de ambiente, podem ficar atrapalhados sobre qual é o lugar certo do banheiro.

Em casos assim, é importante ensinar à Duda o local correto, como se ela nunca tivesse aprendido. Desta forma, a sugestão é que você dê a ela muitas opções de acerto, ou seja, espalhar pela casa tapetes higiênicos para que a pet tenha mais chances de acertar e nos lugares onde ela estiver errando. Use alguns produtos enzimáticos e ainda coloque, nesses lugares, vasilhas com água e comida.

Quanto à agressividade que ela vem apresentando, será preciso mostrar que a presença de pessoas e de outros cães não lhe causará qualquer prejuízo, pelo contrário, esta deverá ser uma vantagem para ela.

Para tratarmos a questão do banho, fazê-lo dentro de casa pode ajudar muito. Você deve tornar o fato uma atividade prazerosa a ela. Use brinquedos e/ou petisco que ela goste.

Ela se habituando com o banho em casa, será possível levá-la ao pet shop de novo, mas sempre com associações positivas.