Steve-O adota cãozinho de rua durante viagem ao Peru

Ex-integrante do programa Jackass disse que encontrou o “amor verdadeiro” ao adotar animal e conviver com ele

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 mar 2018 - 9:20

Quem tem um cachorro em casa sabe bem como é receber o amor tão puro e fiel desses animais, principalmente os tutores que resgataram seus animais.

O amor dos cachorros é forte e chega a ser transformador na vida de muitas pessoas. E é exatamente esse amor que Steve-O, dublê que ficou muito conhecido após participar da série e filmes Jackass, está tendo a felicidade de sentir.

Wendy foi o primeiro animal que deu bola para Steve-O. (Foto: Reprodução / YouTube Red)

Acontece que durante uma viagem para o Peru, com o intuito de aprender a escalar montanhas, Steve-O acabou se apaixonando completamente por uma cadelinha que encontrou na rua.

Ele até já chegou lá com a intenção de encontrar um cãozinho de rua para ser seu companheiro em sua jornada no país, mas não imaginou que iria se apaixonar tão rápido por um animal ao ponto de querer levá-lo para todo lugar, inclusive para a sua casa, nos Estados Unidos.

Steve-O publicou um vídeo em suas redes sociais contando e mostrando como tudo aconteceu.

Primeiro, ele comprou bastante ração e saiu pelas ruas oferecendo para os cães que encontrava pelo caminho. De acordo com ele, nenhum cachorro lhe deu muita bola, até que ele viu uma cadelinha dormindo e a acordou para oferecer comida.

Para não deixá-la sozinha na rua novamente, ele dormiu com a cadela em uma barraca. (Foto: Reprodução / YouTube Red)

Ela não só aceitou como seguiu Steve-O. “De imediato, tivemos uma conexão total”, contou ele. Mas, o homem precisou ir para um prédio que não permitia a entrada de cachorros. Foi quando ele se despediu de Wendy, nome da cadelinha, e imaginou que eles nunca mais iriam se ver.

Porém, para a surpresa de Steve-O, quando ele saiu do prédio mais tarde, a cadelinha estava lá, e com um monte de amiguinhos peludos. “Todos queriam amor. Era como se ela dissesse aos cães que eu era legal”, contou ele no vídeo.

Wendy, então, seguiu o dublê por 20 minutos, até o hotel que ele estava hospedado. Apesar não permitirem animais no local, Steve-O tentou entrar com a cadela escondida, mas foi visto pelo gerente, que concordou em deixar o hóspede dar um banho no animal antes de levá-lo para fora do hotel.

Para não deixar a cadela sozinha, Steve-O conseguiu uma barraca e dormiu com ela do lado de fora.

No dia seguinte, já completamente apaixonado por Wendy, o novo tutor levou a cadela ao veterinário, onde ela tomou um banho com produtos específicos, tomou remédio para vermes e todas as vacinas.

(Vídeo: Reprodução / YouTube steveo)

A partir daí, Wendy não saiu mais do lado de Steve-O e o acompanhou em suas missões de caminhadas no Peru.

“Eu amo tanto esse cão”, disse o tutor, que confirmou a cadela vai viver com ele em sua casa em Los Angeles, nos Estados Unidos. “Eu [vou] trazê-la comigo praticamente em todos os lugares que eu for para o resto da minha vida”, afirmou ele.

Nós, apaixonados por cães, desejamos que todas as pessoas possam de fato experimentar se deixar ser amado por um cão e amá-lo de volta. Esse é um amor que só nos faz bem.

Fonte: Daily Mail

Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly

por Samantha Kelly — publicado 21 jun 2018 - 9:52

O auxílio canino no caso da morte de Vitória Gabrielly tem sido fundamental. Ate agora, tanto um pet quanto uma equipe de cães especializados, foram peças chaves na investigação do crime.

Em um primeiro momento, enquanto a polícia ainda tentava encontrá-la e havia a esperança da menina ainda estar viva, a pista da localização exata do paradeiro de Vitória veio de um catador de latinhas que estava passeando com seu cachorro.

O pet ficou intrigado com o cheiro forte que vinha da mata e começou a latir sem parar.

 » Read more about: Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly  »

Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 9:30

Ficamos apaixonadas pela escada em espiral da Sophipet com um ar super sofisticado. Ela é totalmente personalizável, com várias opções de cores e estilos para combinar com diferentes tipos de decoração.

Muitos não sabem, mas rampas e escadinhas dessa forma ajudam bastante os pets a não forçarem as costas com os vários pulos acrobáticos que eles dão quando sobem e descem da cama, sofá e afins.

Ela chega até 100 cm de altura para as camas mais altas e possui apenas 45 cm de raio,

 » Read more about: Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama  »

Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 7:02

O incidente é tão absurdo que é difícil acreditar como alguém pode ser tão insensível em relação a vida do próximo.

Operários em uma estrada de Agra, na Índia, não se deram o trabalho de mover um cachorro que dormia no local enquanto eles recapeavam a rua e seguiram com o dia como se não houvesse ninguém ali. Sim, eles construíram a rua em cima do cachorro e ele morreu após ter sido esmagado pelo rolo compressor enquanto os trabalhadores nivelavam a rua.

 » Read more about: Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly

por Samantha Kelly — publicado 21 jun 2018 - 9:52

O auxílio canino no caso da morte de Vitória Gabrielly tem sido fundamental. Ate agora, tanto um pet quanto uma equipe de cães especializados, foram peças chaves na investigação do crime.

Em um primeiro momento, enquanto a polícia ainda tentava encontrá-la e havia a esperança da menina ainda estar viva, a pista da localização exata do paradeiro de Vitória veio de um catador de latinhas que estava passeando com seu cachorro.

O pet ficou intrigado com o cheiro forte que vinha da mata e começou a latir sem parar. Foi graças a reação estranha do cachorro que o tutor foi verificar se havia de fato algo errado. Foi então que ele acabou se deparando com o corpo da menina, que se encontrava no mesmo local há 4 dias.

Após a confirmação da morte e localização do corpo, a próxima fase da investigação contou com a ajuda de Bazuka, Adaga e Duke, cães farejadores do grupo GBR. Através de odores de suspeitos fornecidos pela polícia, os cães vasculharam a área delimitada e verificaram se os cheiros poderiam ser encontrados no local.

Apesar da equipe envolvida não poder contar muito sobre o resultado para não atrapalhar o trabalho investigativo, o treinador dos cães afirma que os animais confirmaram a presença de alguns dos odores no local.

 

Foto: Reprodução/Record

 

Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 9:30

Ficamos apaixonadas pela escada em espiral da Sophipet com um ar super sofisticado. Ela é totalmente personalizável, com várias opções de cores e estilos para combinar com diferentes tipos de decoração.

Muitos não sabem, mas rampas e escadinhas dessa forma ajudam bastante os pets a não forçarem as costas com os vários pulos acrobáticos que eles dão quando sobem e descem da cama, sofá e afins.

Ela chega até 100 cm de altura para as camas mais altas e possui apenas 45 cm de raio, o que salva bastante espaço. Dá até para adicionar uma proteção na escada para evitar acidentes.

Elas são feitas com excelente qualidade e o preço, apesar de ser salgado (começa em US $ 420 e, para a opção mais cara, você precisa desembolsar mais de US $ 1.500), ainda são uma ótima ideia e opção para quem pode pagar.

Queremos opções mais acessíveis para ontem!