Cachorros usam diferentes expressões faciais para se comunicarem com os humanos

Pesquisa mostrou que os cães usam suas diferentes expressões faciais quando os humanos estão prestando atenção neles e não a qualquer momento

por Andrezza Oestreicher — publicado 27 out 2017 - 18:28

Você é daquele tipo de tutor que gosta de conversar com o seu cachorro olhando para e ele e, pelas expressões que ele faz, você tem certeza de que ele está prestando atenção no assunto?

Você não está errado.

(Foto: Reprodução / Pup Craze)

Uma pesquisa descobriu que os cães têm diferentes expressões faciais, mais do que imaginamos, e usam isso como forma de se comunicar com os seus humanos, e não somente para pedir comida.

De acordo com a pesquisa, feita por cientistas do Centro de Cognição Canina da Universidade de Portsmouth, na Inglaterra, os cachorros fazem essas expressões faciais quando um humano está dando atenção a eles, como uma forma de resposta. Eles não costumam fazer isso quando estão sendo ignorados ou prestando atenção em outras coisas, como comida.

Segundo a Dra. Juliane Kaminski, especialista em cognição canina que também participou da pesquisa, o estudo conseguiu mostrar que a produção de expressões faciais feitas por cães depende da atenção que eles estão recebendo. “Em nosso estudo eles produziram muito mais expressões quando alguém estava assistindo, mas ver petiscos não teve o mesmo efeito”, contou a Dra.

(Foto: Reprodução / Pinterest)

“As descobertas parecem apoiar evidências de que os cães são sensíveis à atenção dos seres humanos e que as expressões são tentativas potencialmente ativas de se comunicar, e não exibições emocionais simples”, completou a pesquisadora.

A expressão que deixa os cães com os olhos maiores e com ares tristes foi a mais encontrada durante o estudo, coincidentemente a mesma que, quando olhamos, nos faz sentir vontade de fazer carinho neles. Porém, os pesquisadores ainda não sabem informar se os cães sabem que essa expressão deixa eles com cara de triste ou se eles já aprenderam que essa carinha provoca simpatia nos humanos e vontade de fazer carinho.

Para chegarem a estas conclusões os pesquisadores estudaram 24 cachorros de várias raças, com idades entre um e 12 anos, todos eram animais de estimação com família.

(Foto: Reprodução / Reddit)

Cada cachorro estava preso com coleira a cerca de um metro de distância de uma pessoa. Todos os animais foram filmados em algumas situações envolvendo humanos, como quando a pessoa estava prestando atenção no cão, quando estava distraída e com o corpo afastado do cachorro.

E assim eles descobriram que, quando o humano não estava olhando ou prestando atenção no animal, ele deixava de fazer expressões faciais.

Além disso, para os pesquisadores, é bem possível que essas expressões faciais dos cães tenham evoluído à medida que esses animais foram domesticados e passaram a conviver mais com humanos.

(Foto: Reprodução / HD Wall Source)

“Os cães domésticos têm uma história única – eles viveram ao lado dos seres humanos por 30.000 anos e durante esse tempo as pressões de seleção parecem ter atuado na habilidade dos cães de se comunicarem conosco”, disse a Dra. Juliane Kaminski.

Fonte: The Telegraph

Homem morde animal que estava atacando seu cachorro de estimação e salva pet

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 fev 2018 - 18:29

Quando passamos pela situação de ver nossos animais de estimação sofrendo, sempre tentamos fazer o possível para minimizar essa dor. Muitas vezes, alguns tutores chegam a tomar atitudes por impulso, tudo para salvar a vida de seus animais.

E foi exatamente isso o que aconteceu com John Wood, um homem de 65 anos que não pensou duas vezes antes de se colocar em risco para salvar a vida do seu cachorro de estimação, um Jack Russell de 11 anos de idade chamado Bobby.

 » Read more about: Homem morde animal que estava atacando seu cachorro de estimação e salva pet  »

Tatá Werneck filma noivo ajudando cãozinho a nadar e não perde a piada

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 fev 2018 - 15:31

Tutora de 13 gatos resgatados das ruas e sete cachorros que foram adotados de abrigos, animais que cuida com a ajuda do noivo, o ator Rafael Vitti, na casa onde eles moram, Tatá Werneck sempre costuma publicar vídeos e imagens de seus pets nas redes sociais.

Um dos vídeos mostra Rafael Vitti com o cachorro Nino na piscina. O ator fica muito surpreso e feliz ao perceber que o cãozinho, que é deficiente físico e não tem uma das patinhas dianteiras,

 » Read more about: Tatá Werneck filma noivo ajudando cãozinho a nadar e não perde a piada  »

Cachorro deixado trancado em casa enquanto tutores viajavam é resgatado pela polícia

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 fev 2018 - 9:21

Antes de levar um cachorrinho para casa é importante saber que, além de todos os cuidados que devemos ter com ele, um animal também pode significar ter que abrir mão de algumas coisas, como viagens, por exemplo.

Porém, parece que nem todos os tutores param para pensar nisso e nem se programam em relação ao animal quando surge um passeio. É isso o que mostra o caso do cachorro que ficou trancado por dias sozinho em casa,

 » Read more about: Cachorro deixado trancado em casa enquanto tutores viajavam é resgatado pela polícia  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Homem morde animal que estava atacando seu cachorro de estimação e salva pet

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 fev 2018 - 18:29

Quando passamos pela situação de ver nossos animais de estimação sofrendo, sempre tentamos fazer o possível para minimizar essa dor. Muitas vezes, alguns tutores chegam a tomar atitudes por impulso, tudo para salvar a vida de seus animais.

E foi exatamente isso o que aconteceu com John Wood, um homem de 65 anos que não pensou duas vezes antes de se colocar em risco para salvar a vida do seu cachorro de estimação, um Jack Russell de 11 anos de idade chamado Bobby.

O cãozinho Bobby foi atacado por dois cachorros durante um passeio com seu tutor. (Foto: Reprodução / Deadline News)

De acordo com o tutor, ele estava caminhando com o cãozinho por Ferrybridge, em West Yorkshire, na Inglaterra, quando apareceram dois cachorros, um Rottweiler e outro branco, também grande e que ele acredita ser sem raça definida.

“O Rottweiler veio correndo e começou a atacar Bobby pelas costas. Bobby então tentou se defender, mas o cachorro branco pulou e agarrou Bobby pela garganta. Ele iria matá-lo, então eu comecei a bater na cabeça dele com uma vara. Ele ainda não o soltava”, contou John.

Foi então que o tutor, com o instinto de salvar seu pet, se jogou nos cachorros e começou a morder o animal que estava atacando Bobby. “Eu mordi e mordi, só continuei mordendo por cerca de dez segundos, até que o cachorro finalmente soltou Bobby”, explicou John, que disse ainda que nesse momento os cachorros que estavam atacando finalmente recuaram.

O cãozinho foi salvo por seu tutor, mas ficou bastante machucado. (Foto: Reprodução / Deadline News)

Porém, infelizmente, Bobby ficou bastante machucado e sofreu lesões muito graves na área do pescoço. O animal foi imediatamente levado para uma clínica veterinária, onde fez procedimentos, colocou um dreno no pescoço e levou pontos. Até agora, o tratamento do animal já chegou ao valor de mil Libras, cerca de R$ 4.500 mil.

Bobby já está em casa e segue se recuperando. Enquanto isso, John busca pelos tutores dos cachorros responsáveis pelo ataque para que eles paguem por todo o tratamento de Bobby.

Fonte: Daily Mail UK

Tatá Werneck filma noivo ajudando cãozinho a nadar e não perde a piada

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 fev 2018 - 15:31

Tutora de 13 gatos resgatados das ruas e sete cachorros que foram adotados de abrigos, animais que cuida com a ajuda do noivo, o ator Rafael Vitti, na casa onde eles moram, Tatá Werneck sempre costuma publicar vídeos e imagens de seus pets nas redes sociais.

Um dos vídeos mostra Rafael Vitti com o cachorro Nino na piscina. O ator fica muito surpreso e feliz ao perceber que o cãozinho, que é deficiente físico e não tem uma das patinhas dianteiras, consegue nadar direitinho.

Ao ver a reação do noivo, Tatá não se segura e, claro, que faz uma piadinha. “@rafaavitti feliz acreditando que estava ensinando Nino a nadar. Mal sabe que Nino já sabia nadar antes de conhecer Rafa. Não vamos contar. Deixa ele ficar feliz.”, escreve ela junto com o vídeo publicado no seu perfil do Instagram.

Muito bom ver quando um casal divide o amor pelos animais.