Greyhound é a raça mais rápida entre os cães, porém a segunda no reino animal depois do guepardo

Velocidade do Greyhound chega a ser a metade do Guepardo

por Samantha Kelly — publicado 17 abr 2013 - 23:41

Apesar de possuírem uma morfologia similar, o guepardo pode chegar a uma velocidade de 115 km/h na selva, enquanto o cão da raça Greyhound fica atrás com 68 km/h, sendo praticamente metade da velocidade do felino.

Cientistas do Reino Unido e África do Sul compararam o arranque de guepardos criados em cativeiro e greyhounds treinados para entender o por quê da grande diferença em velocidade.

Segundo Allan Wilson, do Royal Veterinary College em Londres e co-autor do estudo:

 

Guepardo e greyhounds são conhecidos por usar um galope rotativo e fisicamente eles são muito semelhantes, mas há uma diferença fascinante em velocidade máxima de quase um fator de dois.

 

Os pesquisadores usaram um presa para atrair os leopardos, filmando-os em 1,000 quadros por segundo. Medidas do seu movimento corporal e padrões da passada foram tiradas, assim como a força dos membros.

O mesmo processo foi repetido com Greyhounds, porém filmado em 350 quadros por segundo.

Surpreendentemente, a velocidade máxima dos cães foi mais rápida do que a dos felinos aos 19 metros por segundo (42.5 milhas por hora) em comparação com 17,8 metros por segundo (40 milhas por hora)

Olhando para os padrões da passada, a equipe observou que as dos guepardos eram um pouco mais longas e com uma frequência um pouco menor.

Entretanto, enquanto eles foram acelerando, os guepardos aumentaram a frequência

No entanto, enquanto eles foram acelerando, os guepardos aumentaram a frequência de 2,4 passos por segundo com 9 metros por segundo (20 milhas por hora) até 3,2 passos por segundo a sua velocidade máxima. Em contraste, os cães ficaram em cerca de 3,5 passos por segundo em toda a sua gama.

Na selva, Wilson acredita que os guepardos podem chegar a 4 passos por segundo.

 

Eles viveram em um zoológico por várias gerações e nunca tive que correr para pegar comida. A próxima etapa é tentar fazer medições em guepardos selvagens na esperança de ver a velocidades mais elevadas.

 

Guepardo correndo

 

 

Greyhound correndo

 

 

O estudo por publicado no Journal of Experimental Biology.

Texto original: The Pooch Times. Tradução: Portal do Dog.

Ben Affleck adota lindo filhote de cachorro sem raça definida

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 out 2017 - 9:29

O ator Ben Affleck, que ficou conhecido internacionalmente por seus personagens nos filmes Armageddon (1998), Pearl Harbor (2001) e Demolidor (2003), acabou de ganhar mais um filho.

Não, sua namorada Lindsay Shookus não está grávida. O novo membro da família do ator é um filhotinho de cachorro. Ben Affleck adotou um cãozinho sem raça definida, uma mistura de Husky Siberiano, há pouco mais de um mês.

De acordo com informações de sites internacionais,

 » Read more about: Ben Affleck adota lindo filhote de cachorro sem raça definida  »

Cadela recebe amor pela primeira vez após ser resgatada de fazenda de carne

por Fabio Sakita — publicado 22 out 2017 - 12:40

Darling viveu por anos em um abrigo de Buriram, destinado para cães vítimas desse comércio, antes de ser acolhida pela ONG The Barking Lot, que tem sede em San Diego na California. Porém ela nunca havia recebido o amor de uma família.

“Ela tinha um esconderijo favorito em um túnel onde latia para todos na esperança de permanecer segura. Escolhemos Darling com base em uma foto, seu pequeno rastejar e a ausência de um olho”,

 » Read more about: Cadela recebe amor pela primeira vez após ser resgatada de fazenda de carne  »

Tosadora abre sua loja na madrugada para ajudar um cachorro encontrado em péssimas condições

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 out 2017 - 18:33

Cachorros abandonados podem chegar a um estado terrível por conta da falta de cuidados. Isso fica ainda pior no caso dos animais peludos, pois os pelos vão crescendo, se emaranhando, e isso pode trazer graves consequências para os cães.

Na Flórida, nos Estados Unidos, um casal passeando de carro viu um cachorrinho na rua. Ao chegar mais de perto eles puderam perceber que o animal não estava perdido. Pela situação de negligência que o cão estava,

 » Read more about: Tosadora abre sua loja na madrugada para ajudar um cachorro encontrado em péssimas condições  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Ben Affleck adota lindo filhote de cachorro sem raça definida

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 out 2017 - 9:29

O ator Ben Affleck, que ficou conhecido internacionalmente por seus personagens nos filmes Armageddon (1998), Pearl Harbor (2001) e Demolidor (2003), acabou de ganhar mais um filho.

Não, sua namorada Lindsay Shookus não está grávida. O novo membro da família do ator é um filhotinho de cachorro. Ben Affleck adotou um cãozinho sem raça definida, uma mistura de Husky Siberiano, há pouco mais de um mês.

O ator foi flagrado com o novo filhote por Los Angeles. (Foto: Reprodução / Juliano / X17online.com)

De acordo com informações de sites internacionais, o ator, que agora está dando vida ao Super-Herói Batman, encontrou o cachorrinho abandonado na rua e rapidamente se encantou pelo animal.

Apaixonado por cães, Ben Affleck, que também é diretor, roteirista e produtor, imediatamente decidiu levar o pequeno filhote para a sua casar e adotar o cachorro.

O vencedor do Oscar de Melhor Filme, por Argo, em 2013, parece estar bastante apegado ao animal e já foi flagrado por paparazzi passeando com o cãozinho pelas ruas de Los Angeles, nos Estados Unidos.

Muito sortudo por ter sido encontrado por um apaixonado por animais que decidiu lhe adotar, o cachorrinho também parece já estar bastante conectado ao seu novo tutor.

Ben Affleck ainda não falou sobre o novo pet em nenhum meio de comunicação e nem anunciou o nome do animal.

Junto com sua ex-mulher, a também atriz Jennifer Garner, e seus três filhos, Violet, Seraphina e Samuel, Ben tem outros cachorros.

Fonte: InStyle / People

Cadela recebe amor pela primeira vez após ser resgatada de fazenda de carne

por Fabio Sakita — publicado 22 out 2017 - 12:40

Darling viveu por anos em um abrigo de Buriram, destinado para cães vítimas desse comércio, antes de ser acolhida pela ONG The Barking Lot, que tem sede em San Diego na California. Porém ela nunca havia recebido o amor de uma família.

Foto: Reprodução – The Barking Lot

“Ela tinha um esconderijo favorito em um túnel onde latia para todos na esperança de permanecer segura. Escolhemos Darling com base em uma foto, seu pequeno rastejar e a ausência de um olho”, disse o grupo de resgate.

A cadela solitária e tímida se transformou na alma mais amorosa e sensível quando estava a caminho dos EUA. O grupo de resgate acreditava que ela ficaria traumatizada durante meses, talvez anos, antes de encontrar um lar, mas ela provou que eles estavam errados.

Foto: Reprodução – The Barking Lot

Darling encontrou sua família em semanas e agora é super companheira de sua mamãe.