Palavra “aperreado” tem origem na colonização espanola e nos ataques aos nativos utilizando cães

Espanhóis fizeram o uso de cães para massacrar índios durante o período de colonização

por Samantha Kelly — publicado 21 jan 2015 - 14:31

Como uma boa nordestina, já escutei muitas vezes e declarei outras tantas estar aperreada ou com aperreio, com o intuito de expressar um sentimento de impaciência, agonia, ansiedade ou para referir a uma situação difícil.

Apesar de seu significado atual, a palavra na verdade tem origem na colonizaçao espanhola da América do Sul em um contexto perverso, reflexo cru e real das barbaridades que os nativos sofreram e que nós, atualmente, aprendendo uma versão romantizada da história, não temos acesso.

Aperreado tem origem na palavra perro, que em espanhol significa cachorro. Aperreamiento (aperreamento em português), então, significaria literalmente ser alvo do ataque de cães. O surgimento da palavra veio da prática odiosa de atiçar cães ferozes contra os nativos, com o intuito de assustá-los ou, mais especificamente, para serem devorados vivos.

Acredita-se que os primeiros cães que chegaram da Europa vieram com Cristovão Colombo, em sua segunda viagem, no ano de 1493. Localmente, a região já contava com os cães das mais variadas cores e tamanhos, e um em particular que de tão manso, ganhou o apelido de “cão mudo”. Eram conhecidos na língua náuatle (também conhecida como asteca) pelos nomes de techichi ou itzcuintli, e já haviam sido domesticados pelos índios para serem companhia das crianças. Apesar de serem encontrados em abundância, o fato de sua carne ser consumida causou sua eventual extinção.

Cães espanhóis que entraram para a história como heróis, sendo até mesmo foco central de lendas, como Becerrillo, Leoncillo, Amadis e Bruto, fizeram parte dessa matança, que foi acentuada na Venezuela, Peru e Colômbia.

É possível nos transportarmos para o que de fato pode ter sido o massacre com os relatos de Bartolomeu de las Casas (1474-1566), um frei dominicano espanhol famoso por denunciar as brutalidades cometidas por seus compatriotas. Dentre os mais chocantes relatos, o frei afirma que os espanhóis mantinham uma espécie de açougue, no qual penduravam pedaços de índios para oferecer aos cães como alimento.

 

O açougue humano. Obra de Theodor de Bry.

O açougue humano. Obra de Theodor de Bry.

 

Evidenciando a importância dos cães nessa jornada sangrenta, os trabalhos visuais de Theodor de Bry mostram em diversos episódios, claramente, os ataques caninos. De Bry nunca visitou a América do Sul e suas obras eram baseadas nos relatos dos exploradores.

 

Lâmina XI. Obra de Theodor de Bry.

Lâmina XI. Obra de Theodor de Bry.

 

Uma vez que o processo de colonização já estava mais estabelecido, os cães começaram a perder o protagonismo que adquiriram no começo do século, com alguns sendo oferecidos a população.  Por não saber o que fazer com os cães, muitos foram soltos e se tornaram selvagens. A partir de então, por muito tempo, travou-se uma guerra contra os animais, que atacavam aldeias e comiam o gado.

A mudança veio para alguns cães, que foram reabilitados e reintroduzidos na sociedade, agora usados para a proteção, como na cidade de Lima, e para o auxílio na caça.

 

*Dica de Socialista Morena, baseado na pesquisa de Alfredo Bueno Jiménez, com o trabalho “Os cachorros na conquista da América – História e Iconografia” (leia aqui).

 

Cachorro faz cirurgia para restaurar visão e tem reação linda ao ver sua tutora

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 ago 2017 - 18:35

O amor entre um cão e seu tutor ou tutora é uma coisa pura e extremamente especial. E para os amantes de animais, qualquer esforço vale a pena quando estamos lutando pelo bem-estar de nossos queridos cachorros.

A catarata nos cães pode ser bem diferente dos humanos e dependendo do caso e da idade do animal é tarde demais para corrigir o problema e a cirurgia nem sempre é bem sucedida.

Por conta das complicações que podem acontecer durante um procedimento cirúrgico,

 » Read more about: Cachorro faz cirurgia para restaurar visão e tem reação linda ao ver sua tutora  »

Cachorro encontra caixa misteriosa e todos ficam surpresos com o conteúdo

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 ago 2017 - 9:28

O cachorro Aragon foi resgatado e encaminhado para um lar temporário. Todos os dias, a voluntária que está cuidando do cão caminha por uma região de montanhas na Grécia procurando animais abandonados, pois essa é uma área onde muitos animais são deixados para morrer.

Em um dos dias dessa caminhada, o cachorro Aragon foi levado junto. Eles estavam andando por uma direção quando, de repente, o cão começou a puxar a mulher para o outro lado.

 » Read more about: Cachorro encontra caixa misteriosa e todos ficam surpresos com o conteúdo  »

Cachorro se apaixona por sete filhotinhos de gato e cuida de todos eles

por Andrezza Oestreicher — publicado 18 ago 2017 - 9:17

Apesar de ainda muita gente acreditar que cães e gatos não se gostam, está cada vez mais comum ver grandes e fortes amizades entre esses animais. E o caso de amor entre um cãozinho e filhotes de gato pode provar isso.

A tutora de duas gatinhas estava servindo na Marinha e precisou viajar. Ela deixou seus animais com uma amiga, a usuária da rede social Imgur que possui alguns cachorros, mas ninguém ficou preocupado quanto a isso e todos os animais se deram bem.

 » Read more about: Cachorro se apaixona por sete filhotinhos de gato e cuida de todos eles  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cachorro faz cirurgia para restaurar visão e tem reação linda ao ver sua tutora

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 ago 2017 - 18:35

O amor entre um cão e seu tutor ou tutora é uma coisa pura e extremamente especial. E para os amantes de animais, qualquer esforço vale a pena quando estamos lutando pelo bem-estar de nossos queridos cachorros.

A catarata nos cães pode ser bem diferente dos humanos e dependendo do caso e da idade do animal é tarde demais para corrigir o problema e a cirurgia nem sempre é bem sucedida.

Ao ver sua tutora, a cadelinha foi andando diretamente até ela. (Foto: Reprodução / Little Things / WTSP Tampa)

Por conta das complicações que podem acontecer durante um procedimento cirúrgico, muitos tutores preferem não correr o risco e não mandam seus cães para cirurgia, principalmente quando não influencia na qualidade de vida do animal.

Porém, quando soube que existia a possibilidade fazer sua cadelinha Aurora voltar a enxergar, sua tutora não mediu esforços para conseguir arrecadar o valor da cirurgia, que custou 4.500 dólares.

Aurora, uma cadelinha que havia sido resgatada, nasceu com catarata nos dois olhos e, com dois anos de idade, era jovem o suficiente para ser um candidato interessante para a cirurgia.

O encontro foi emocionante e cheio de amor. (Foto: Reprodução / Little Things / WTSP Tampa)

A apaixonada tutora da cadelinha então se esforçou bastante para conseguir arrecadar e juntar todo o valor da cirurgia e teve uma linda recompensa quando sua Aurora conseguiu ver.

O encontro entre as duas após a cirurgia, quando finalmente Aurora conseguia enxergar de forma clara, não poderia ter sido mais emocionante. A cadelinha foi para os braços de sua mamãe e a lambeu bastante, se aninhando em seus braços cheia de amor.

Fonte: Little Things

Cachorro encontra caixa misteriosa e todos ficam surpresos com o conteúdo

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 ago 2017 - 9:28

O cachorro Aragon foi resgatado e encaminhado para um lar temporário. Todos os dias, a voluntária que está cuidando do cão caminha por uma região de montanhas na Grécia procurando animais abandonados, pois essa é uma área onde muitos animais são deixados para morrer.

Em um dos dias dessa caminhada, o cachorro Aragon foi levado junto. Eles estavam andando por uma direção quando, de repente, o cão começou a puxar a mulher para o outro lado. Ele certamente estava ouvindo ou sentindo alguma coisa.

Aragon encontrou uma caixa com quatro gatinhos abandonados. (Foto: Reprodução / Bored Panda / Second Chance Animal Rescue Society)

A mulher decidiu seguir o instinto do cachorro. Até que ele parou em um local onde estava uma caixa largada no chão. Ao abrir a caixa veio a surpresa. Quatro pequenos filhotes de gato estavam lá dentro.

Os gatinhos eram apenas mais alguns dos animais que costumavam ser largados na região para morrer. Porém, esses tiveram muita sorte. Eles foram encontrados por Aragon e resgatados pela mulher que estava cuidando dele.

Os animais foram resgatados e o cão passou a cuidar dos filhotes. (Foto: Reprodução / Bored Panda / Second Chance Animal Rescue Society)

“Nós estávamos andando com Aragon perto da montanha, na verdade planejando um vídeo sobre o grande número de animais abandonados lá, quando Aragon começou a nos puxar para outra direção – basicamente ele foi o salvador”, contou a voluntária.

Chegando em casa, a mulher teve uma nova surpresa, Aragon se aproximou bastante dos pequenos gatinhos e passou a cuidar deles. “Aragon tem curiosidade sobre os gatinhos e, desde o primeiro momento em que os viu, teve uma necessidade constante de mantê-los todos juntos e de limpá-los”, afirmou ela.

Aragon é o melhor papai que os gatinhos poderiam ter. (Foto: Reprodução / Bored Panda / Second Chance Animal Rescue Society)

Os filhotes, que ganharam o melhor papai que poderiam, estão bem e serão todos colocados para adoção.

Fonte: Bored Panda