Teste o QI do seu cachorro

Descubra se o seu cachorro é inteligente com seis testes simples

por Karina Sakita — publicado 20 nov 2013 - 11:33

Saiba qual o QI do seu cachorro com seis testes desenvolvidos por Stanley Coren, autor do livro A Inteligência dos Cachorros. Eles vão testar a inteligência adaptável do seu cão, ou seja, a habilidade para resolver problemas, entender o que falamos e reagir a gestos como um sorriso.

Para realizar os testes seu cachorro deve ter no mínimo um ano de idade e já morar com você por pelo menos seis meses. Além disso, esses testes devem ser como um jogo para seu cão, você deve se manter calmo, não levantar sua voz e nem ficar muito empolgado.

Os testes podem ser feitos separadamente e na ordem que você preferir. Como a maioria deles é feito com recompensa de comida, é recomendado que você não faça todos de uma vez, para seu cachorro não passar mal de tanto comer e nem ficar cansado, o que pode afetar o resultado.

 

TESTE 1

Você vai precisar de:

– Uma lata (exemplo: de leite condensado)

– Um petisco que seu cachorro goste (como um biscoito)

– Um cronômetro

 

Como realizar o teste

Faça seu cachorro sentar, se ele não ficar parado, peça para alguém o segurar pela coleira.

Então, mostre o petisco para seu cão e o deixei cheirar.

Com toda a atenção do cachorro, coloque o petisco bem devagar no chão a dois metros dele e cubra com a lata.

Comece a cronometrar o tempo e incentive seu cão a pegar o petisco.

 

Pontuação

Se seu cachorro jogar a lata longe e pegar o petisco em 5 segundos ou menos – 5 pontos

Se seu cachorro jogar a lata longe e pegar o petisco de 6 a 15 segundos – 4 pontos

Se seu cachorro demorar de 16 a 30 segundos – 3 pontos

Se ele demorar entre 31 a 60 segundos – 2 pontos

Se seu cachorro apenas ficar cheirando ao redor da lata, mas não pegar o petisco após 60 segundos – 1 ponto

 

TESTE 2

 

Você vai precisar de:

– Uma toalha de banho grande

– Um cronômetro

 

Como realizar o teste

Seu cachorro precisa estar bem acordado.

Deixe o cão cheirar a toalha.

Jogue rapidamente a toalha em cima da cabeça do cachorro, a cabeça e os ombros devem ficar cobertos. (se possível, pratique sem o cachorro antes) E apenas observe em silêncio.

 

Pontuação

Se o cachorro se livrar da tolha em 5 segundos ou menos – 5 pontos

De 6 a 15 segundos – 4 pontos

De 16 a 30 segundos – 3 pontos

Se ele demorar entre 31 a 60 segundos – 2 pontos

Se seu cachorro não conseguir se livrar da toalha após 60 segundos – 1 ponto

 

TESTE 3

 

Como realizar o teste

Escolha um momento em que seu cachorro esteja sentado a 2 metros de você, uma coisa espontânea, sem que tenha sido ordenado para sentar ou ficar quieto.

Olhe intencionalmente para seu cachorro, quando seu cão olhar pra você, conte em silêncio até três e então, dê um grande sorriso.

 

Pontuação

Se seu cachorro vier com o rabo abanando – 5 pontos

Se seu cachorro vier devagar ou apenas até uma parte do caminho, sem abanar o rabo – 4 pontos

Se seu cão se levantar, mas não andar até você – 3 pontos

Se seu cachorro se afastar de você – 2 pontos

Se seu cão não prestar atenção – 1 ponto

 

TESTE 4

 

Você vai precisar de:

– Uma toalha de mão

– Um petisco que seu cachorro goste, pode ser um biscoito

– Um cronômetro

 

Como realizar o teste

Faça seu cachorro sentar, se ele não ficar parado, peça para alguém o segurar pela coleira.

Mostre o petisco para o cão e o deixe cheirar.

Com toda a atenção do cachorro, coloque o petisco bem devagar no chão a dois metros dele e cubra com a toalha.

Comece a cronometrar o tempo e incentive seu cão a pegar o petisco.

 

Pontuação

Se seu cachorro conseguir pegar o petisco em até 15 segundos – 5 pontos

Se demorar de 16 a 30 segundos – 4 pontos

De 31 a 60 segundos – 3 pontos

Se o cão tenta pegar o petisco, mas desiste – 2 pontos

Se seu cachorro nem tentar pegar o petisco em 2 minutos – 1 ponto

 

TESTE 5

 

Você vai precisar de:

– Fazer uma mesa baixa o suficiente para impedir que seu cachorro passe a cabeça por baixo, mas alta o suficiente para que ele consiga colocar a pata.

– Um petisco que seu cachorro goste, pode ser um biscoito

– Um cronômetro

 

Como realizar o teste

Tenha certeza de que seu cachorro está te observando de perto

Mostre o petisco para o cão e o deixe cheirar.

Com toda a atenção do cão, coloque lentamente o petisco embaixo da mesa numa distância em que ele consiga alcançar com a pata.

Comece a cronometrar o tempo e incentive seu cão a pegar o petisco.

 

Pontuação

Se seu cachorro usar a pata para pegar o petisco e conseguir em até 60 segundos – 5 pontos

Se seu cão usar a pata para pegar o petisco e conseguir de 1 a 3 minutos – 4 pontos

Se seu cachorro tentar pegar o petisco com o focinho e não conseguir, ou se usar a pata mas não conseguir pegar o petisco em até 3 minutos – 3 pontos

Se seu cão não usar as patas, apenas cheirar e tentar duas ou três vezes com o focinho – 2 pontos

Se seu cachorro não tentar pegar o petisco em até 3 minutos – 1 ponto

 

TESTE 6

 

Como realizar o teste

Com seu cachorro sentado confortavelmente a dois metros de você, diga “geladeira” com o mesmo tom de voz que você costuma chamar o nome dele.

 

Pontuação

Se seu cachorro se aproximar – 5 pontos

Se seu cão não reagir, diga “filmes” no mesmo tom de voz. Se ele se aproximar – 4 pontos

Se seu cachorro ainda não reagir, chame pelo nome dele. Se ele se aproximar – 3 pontos

Se seu cão não reagir ainda assim, chame seu nome pela segunda vez. Se ele se aproximar – 2 pontos

Se seu cachorro não vier depois de todas essas tentativas – 1 ponto

 

RESULTADO

 

Some a pontuação do seu cachorro nos 6 testes e saiba se seu cachorro é um gênio:

Mais de 25 pontos – Seu cachorro é um gênio

De 15 a 25 pontos – Seu cachorro é esperto, mas não vai pra faculdade

De 5 a 14 pontos – Seu cachorro não é brilhante, mas é muito fofo

Menos de 5 pontos – Seu cachorro não é dos mais espertos.

 

Essa é somente uma amostra de todos os testes que Stanley Coren indicou em seu livro A Inteligência dos Cachorros.

 

Foto: Reprodução / Google

Foto: Reprodução / Google

 

Fonte: abc.net

Cachorros resgatados juntos das ruas encontram um lar e não vão precisar se separar

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 ago 2017 - 9:16

Os cachorros Hansel e Gretel viviam juntos pelas ruas e foram resgatados também juntos. No local eles sempre ficavam pertinho um do outro e, apesar de cada um ter a sua caminha, eles só dormiam bem juntinhos e aconchegados.

Sempre vistos juntos pelas ruas, os cães, que são provavelmente irmãos, foram resgatados por Rick Tunison, o gerente de um canil em Youngstown, Ohio, nos Estados Unidos. Eles já estavam nas ruas há bastante tempo e foram difíceis de resgatar.

 » Read more about: Cachorros resgatados juntos das ruas encontram um lar e não vão precisar se separar  »

Entenda o fenômeno que está fazendo cães ficarem azuis na Índia

por Samantha Kelly — publicado 15 ago 2017 - 11:57

Cães que vivem nas ruas da cidade de Mumbai, na India, estão ficando azuis.

O fenômeno está acontecendo devido ao contato dos animais com o rio Kasadi, que há muitos anos é impróprio para o uso humano e que, depois de um estudo recente, apresentou um nível 13 vezes mais tóxico do que é considerado seguro.

Apesar dos humanos não chegarem perto do rio, isso não impede que os cães locais bebam, nadem e procurem por comida no rio.

 » Read more about: Entenda o fenômeno que está fazendo cães ficarem azuis na Índia  »

Marvel está a procura de cachorro e tutor para estrelar no próximo filme dos Vingadores nos Estados Unidos

por Samantha Kelly — publicado 15 ago 2017 - 10:50

Essa é para nossos leitores dos Estados Unidos, especialmente de ou perto de Atlanta, estado da Georgia. A Marvel está em busca de uma estrela canina para uma participação no proximo filme dos Vingadores.

A produção está em busca de um cachorro para filmagens já na próxima terça-feira, dia 22. Segue descrição:

Pedestre com cachorro: Nós estamos procurando por uma pessoa acima de 18 que tenha um cachorro para uma cena divertida no parque.

 » Read more about: Marvel está a procura de cachorro e tutor para estrelar no próximo filme dos Vingadores nos Estados Unidos  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cachorros resgatados juntos das ruas encontram um lar e não vão precisar se separar

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 ago 2017 - 9:16

Os cachorros Hansel e Gretel viviam juntos pelas ruas e foram resgatados também juntos. No local eles sempre ficavam pertinho um do outro e, apesar de cada um ter a sua caminha, eles só dormiam bem juntinhos e aconchegados.

Sempre vistos juntos pelas ruas, os cães, que são provavelmente irmãos, foram resgatados por Rick Tunison, o gerente de um canil em Youngstown, Ohio, nos Estados Unidos. Eles já estavam nas ruas há bastante tempo e foram difíceis de resgatar.

Os cães viviam juntos nas ruas e também foram resgatados juntos. (Foto: Reprodução / Life With Dogs / Devon Carr for Mahoning County Dog Pound & Adoption Center)

As tentativas de resgate foram várias, até que certo dia, os funcionários do canil conseguiram pegar apenas um dos cães. Porém, a amizade e amor entre os animais era tão grande que ao ver seu amigo sendo levado e colocado em uma van, o outro cachorro simplesmente foi atrás, pulou na van e ficou ao lado do seu companheiro.

Por medidas de segurança, quando chegaram ao abrigo os cães foram separados, pois, por estarem em um ambiente bem diferente e que pode ser bem assustador para eles, alguns animais passam a apresentar um comportamento agressivo, até mesmo com outros cachorros.

Porém, os amigos estavam sentindo muita falta um do outro e queriam estar juntos. Então, a equipe decidiu deixar que eles ficassem no mesmo canil e caminhassem juntos.

Apesar de cada cão ter a sua caminha, eles preferiam dormir juntinhos. (Foto: Reprodução / Life With Dogs / Devon Carr for Mahoning County Dog Pound & Adoption Center)

Mesmo dividindo o canil, cada cão tinha a sua caminha, mas como eles gostavam de ficar sempre juntinhos, eles preferiam dormir na mesma caminha, bem aconchegados um no outro.

O amor entre os cães era tão tocante, que, apesar da dificuldade que é para se realizar a adoção de dois animais por uma mesma pessoa, os funcionários do brigo decidiram que não iriam permitir que aqueles cachorros fossem adotados separadamente.

Assim, um dos funcionários publicou uma foto dos cães juntos e em um momento fofo e publicou no Facebook. Por sorte a imagem chamou a atenção da pessoa certa.

She's always taking my toys #pitmix #rescue #spoiled #furbabies #lovethem

A post shared by Hank_Gigi (@hank_gigi) on

Rachel Harris havia se mudado recentemente de Chicago para Dallas, e embora ela precisasse de algum tempo para se instalar, ela estava pensando em adotar cães. Ela se derreteu pelos amigos caninos e entrou em contato com o local onde eles estavam.

Não foi fácil, antes dela já havia uma família interessada nos cães e depois ela teve que mostrar para os funcionários do local que ela seria a melhor escolha para os animais. A distância também não ajudou, mas no final de tudo os cachorros foram adotados por Rachel.

Safe! #pitmix #rescue #spoiled #furbabies

A post shared by Hank_Gigi (@hank_gigi) on

Hoje, os animais estão muito bem e felizes em seu novo lar, onde receberam os nomes de Hank e Gigi, e ganharam um perfil oficial na rede social Instagram.

Fonte: Life With Dogs

Entenda o fenômeno que está fazendo cães ficarem azuis na Índia

por Samantha Kelly — publicado 15 ago 2017 - 11:57

Cães que vivem nas ruas da cidade de Mumbai, na India, estão ficando azuis.

O fenômeno está acontecendo devido ao contato dos animais com o rio Kasadi, que há muitos anos é impróprio para o uso humano e que, depois de um estudo recente, apresentou um nível 13 vezes mais tóxico do que é considerado seguro.

Apesar dos humanos não chegarem perto do rio, isso não impede que os cães locais bebam, nadem e procurem por comida no rio.

As autoridades trabalhando no caso acreditam que a coloração pode estar vindo da tinta para tecido que seria despejada no rio por companhias na área, estas conhecidas por constantemente jogaram lixo tóxico no local.

Protetores de animais locais estão chocados com o que está acontecendo com os animais e com o estado do rio.

Uma queixa formal foi apresentada para a Maharashtra Pollution Control Board (MPCB) e uma investigação foi aberta para averiguar o caso.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Fonte: Express