PintoFeed – Comedouro Wireless

Produto revolucionário permite que o dono alimente o cão à distância através do celular

por Samantha Kelly — publicado 2 mar 2013 - 1:35

O PintoFeed é um comedouro wireless que consideramos revolucionário. Feito especialmente para suprir a necessidade de inúmeros donos de pet que, quando precisam sair de casa, seja por trabalho ou qualquer outro motivo, não têm a quem recorrer para dar a ração na hora certa e na quantidade adequada.

Para não deixar o cachorro com fome, muitos precisam deixar a vasilha cheia. Geralmente, ou o cão come tudo de uma vez e pode passar mal ou a comida simplesmente ficar aberta e se torna um foco atrativo para insetos.

Você pode acessar o site oficial do produto (www.pintofeed.com) e reservá-lo por $129.

 

PintoFeed é um comedouro wireless revolucionário; Foto: Reprodução

 

Por que o PintoFeed é tão bom?

 

– É controlado através de um sistema wireless que torna possível alimentar o seu cão através do celular, basta ter internet.

– O PintoFeed automaticamente irá aprender o horário que o seu cão se alimenta e irá passar a fazê-lo sozinho.

– Você receberá alertas através do email, mensagem de celular, no Facebook ou Twitter avisando se o cão já se alimentou.

– Você poderá acompanhar a alimentação do seu pet com um aplicativo que monitora o quanto o seu cão está ingerindo e compara com a média nacional.

– É possível controlar até 50 comedouros de uma única conta. Você também pode permitir que outras pessoas possam ajudá-lo, basta preencher o endereço de email e que tipo de privilégios a outra conta possuirá.

– Capacidade de armazenamento de ração vai de 2 à 5 kilos.

– O mecanismo responsável pela distribuição da ração permite que as porções variem de acordo com a necessidade do seu cão.

– O produto foi desenvolvido para ser especialmente lacrado, protegendo a integridade da comida.

– Trabalha com 4 pilhas grandes ou ligado na tomada.

– É integrado de maneira rápida e fácil com a rede da sua casa.

 

PintoFeed é um comedouro wireless revolucionário; Foto: Reprodução

 

 

deixe seu comentário: