Entrevista com Manoela Cesar sobre cães em casamentos

Jornalista especialista em casamentos nos explica o motivo dos cães cada vez mais participarem das cerimônias

por Samantha Kelly — publicado 2 nov 2014 - 22:08

Manoela Cesar. Foto: Divulgação

Manoela Cesar. Foto: Divulgação

Atualmente, há uma grande tendência de personalizar e se ver representado, e esse desejo se estende à produtos, eventos e momentos importantes. Com o casamento, isso não seria diferente.

Por ser um momento tão marcante, os noivos querem que tudo seja perfeito e inesquecível. São os eventos cada vez mais elaborados, com surpresas ou um toque singelo nos detalhes que expresse o amor daqueles que compartilham por uma noite seus votos e seus sonhos.

Na lista de convidados, a família não pode faltar. E quem tem cachorro sabe que ele é parte importante da família e sua presença se torna essencial.

Muitos exemplos fofíssimos e especiais estão disponíveis online, e na medida que se tornam cada vez mais comuns, como em um ciclo, inspiram outros tantos a trazer seus filhos caninos para a a comemoração.

Para explicar a mudança e modernização dos casamentos, conversamos com a jornalista Manoela Cesar, especialista em casamentos, que já trabalhou em grandes veículos diários no Rio de Janeiro e hoje é autora do Blog Colher de Chá – Noivas, projeto esse que ela mesma desenvolveu.

Confira essa entreviva muito bacana abaixo:

 

PdD) Tem sido cada vez mais comum vermos cães em casamentos. Quando houve essa mudança?

Acredito que o casamento vem se modificando como um todo nos últimos cinco anos. E especialmente nos ultimos dois anos, com o boom das redes sociais e instagram. O costume de personalizar as cerimonias e fazer com elas tenham “menos regras” e mais “personalidade” é uma tendência mundial e especialmente levar os cães para as cerimonias faz parte deste grande processo de valorizacao das cerimonias cada vez mais pessoais e muitas delas, ao ar livre.

 

PdD) Por que os casais hoje sentem a necessidade de ter a presença do cachorro no casamento?

Acredito que o casamento é um rito de passagem e cada vez mais ele vem sendo vivenciado desta forma, é menos uma “formalidade social” e cada vez mais uma festa do casal. Os cachorros de estimação são como filhos, como membros da família, e por isso ganham cada vez mais importância nas cerimonias em que os noivos querem homenagear as pessoas queridas e intimas. E de forma especial, os casamentos ao ar livre também são grande tendência e possibilitam que os cachorros interajam de forma mais livre do que numa igreja ou local fechado.

 

PdD) Qual o papel que o cachorro pode adquirir na cerimônia e como incluí-lo nesse momento tão especial?

Ele pode ter vários papeis, mas os mais comuns é ter o cachorro de estimação levando as alianças do casamento. Ou entrando como “pajens” e “daminhas” junto do cortejo infantil.

 

Casamento de Alexandre Rossi (Dr. Pet) e Cynthia Macarrão, com a presença ilustra fa filha canina do casal, a querida Estopinha. Fotos: Divulgação

Casamento de Alexandre Rossi (Dr. Pet) e Cynthia Macarrão, com a presença ilustre da filha canina do casal, a querida Estopinha. Fotos: Reprodução

 

PdD) Quais dicas você daria para quem deseja ter seu querido pet presente na cerimônia. Vale a pena chamar um adestrador para preparar o cachorro?

Acredito que se o casamento foi realizado ao ar livre nao é necessario adestra-lo. Basta que uma pessoa que o cachorro conheça bem (um dos irmãos dos noivos por exemplo) possa estar perto na hora de colocar as alianças e conduzi-lo para o altar. Ao ver os seus donos no altar, ele tenderá a caminhar em direção deles espontaneamente.

 

PdD) O código de vestimenta para humanos também se aplica ao cachorro?

É sempre divertido enfeitar o pet com uma “roupinha” especial para ocasião, como uma gravatinha, um laço ou até mesmo um “terninho” ou vestido. É super fofo e todos os convidados vão querer fotografar.

 

Casamento Luna e João. Foto: Reprodução

Casamento Luna e João. Foto: Reprodução

 

PdD) Como os noivos podem garantir que o cachorro estará confortável durante a comemoração. Vale a pena deixá-lo participar da festa ou é melhor levá-lo para casa?

O ideal é ter uma pessoa da familia, da confianca do cachorro, para supervisiona-lo na festa. E como a festa é para todo mundo relaxar e se divertir, o ideal mesmo é que ele possa estar em um ambiente ao ar livre, mas seguro, no qual ele possa brincar entre os convidados. Mas vale lembrar que se o cachorro for muito grande pode assustar as crianças da festa. É preciso ter cuidado para que todos possam interagir sem que ninguém deixe de brincar ou se divertir pela presença do cachorro.

 

PdD) Os cães podem participar da cerimônia religiosa ou apenas das comemorações fora da Igreja?

Acredito que apenas cachorros bem pequenos devam participar de cerimonias dentro da igreja e é preciso confirmar previamente com a paroquia se é permitida a entrada do cachorro. Em area ao ar livre, fica a critério dos noivos.

 

PdD) Com tanta experiência em casamentos, quais exemplos você lembra que realmente foram especiais e que tinham a presença de um cachorro.

Tenho alguns casamentos que marcaram, um deles é o do Dr Pet, que a gente publicou no blog, foi bem bacana! (Confira aqui) E recentemente um casal levou nada menos do que 5 cachorros (deles!) para a cerimonia, todos enfeitados! Adorei.

 

Casamento Júlia e Rogério. Foto: Divulgação

Casamento Júlia e Rogério. Foto: Reprodução

 

Cachorros resgatados juntos das ruas encontram um lar e não vão precisar se separar

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 ago 2017 - 9:16

Os cachorros Hansel e Gretel viviam juntos pelas ruas e foram resgatados também juntos. No local eles sempre ficavam pertinho um do outro e, apesar de cada um ter a sua caminha, eles só dormiam bem juntinhos e aconchegados.

Sempre vistos juntos pelas ruas, os cães, que são provavelmente irmãos, foram resgatados por Rick Tunison, o gerente de um canil em Youngstown, Ohio, nos Estados Unidos. Eles já estavam nas ruas há bastante tempo e foram difíceis de resgatar.

 » Read more about: Cachorros resgatados juntos das ruas encontram um lar e não vão precisar se separar  »

Entenda o fenômeno que está fazendo cães ficarem azuis na Índia

por Samantha Kelly — publicado 15 ago 2017 - 11:57

Cães que vivem nas ruas da cidade de Mumbai, na India, estão ficando azuis.

O fenômeno está acontecendo devido ao contato dos animais com o rio Kasadi, que há muitos anos é impróprio para o uso humano e que, depois de um estudo recente, apresentou um nível 13 vezes mais tóxico do que é considerado seguro.

Apesar dos humanos não chegarem perto do rio, isso não impede que os cães locais bebam, nadem e procurem por comida no rio.

 » Read more about: Entenda o fenômeno que está fazendo cães ficarem azuis na Índia  »

Marvel está a procura de cachorro e tutor para estrelar no próximo filme dos Vingadores nos Estados Unidos

por Samantha Kelly — publicado 15 ago 2017 - 10:50

Essa é para nossos leitores dos Estados Unidos, especialmente de ou perto de Atlanta, estado da Georgia. A Marvel está em busca de uma estrela canina para uma participação no proximo filme dos Vingadores.

A produção está em busca de um cachorro para filmagens já na próxima terça-feira, dia 22. Segue descrição:

Pedestre com cachorro: Nós estamos procurando por uma pessoa acima de 18 que tenha um cachorro para uma cena divertida no parque.

 » Read more about: Marvel está a procura de cachorro e tutor para estrelar no próximo filme dos Vingadores nos Estados Unidos  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cachorros resgatados juntos das ruas encontram um lar e não vão precisar se separar

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 ago 2017 - 9:16

Os cachorros Hansel e Gretel viviam juntos pelas ruas e foram resgatados também juntos. No local eles sempre ficavam pertinho um do outro e, apesar de cada um ter a sua caminha, eles só dormiam bem juntinhos e aconchegados.

Sempre vistos juntos pelas ruas, os cães, que são provavelmente irmãos, foram resgatados por Rick Tunison, o gerente de um canil em Youngstown, Ohio, nos Estados Unidos. Eles já estavam nas ruas há bastante tempo e foram difíceis de resgatar.

Os cães viviam juntos nas ruas e também foram resgatados juntos. (Foto: Reprodução / Life With Dogs / Devon Carr for Mahoning County Dog Pound & Adoption Center)

As tentativas de resgate foram várias, até que certo dia, os funcionários do canil conseguiram pegar apenas um dos cães. Porém, a amizade e amor entre os animais era tão grande que ao ver seu amigo sendo levado e colocado em uma van, o outro cachorro simplesmente foi atrás, pulou na van e ficou ao lado do seu companheiro.

Por medidas de segurança, quando chegaram ao abrigo os cães foram separados, pois, por estarem em um ambiente bem diferente e que pode ser bem assustador para eles, alguns animais passam a apresentar um comportamento agressivo, até mesmo com outros cachorros.

Porém, os amigos estavam sentindo muita falta um do outro e queriam estar juntos. Então, a equipe decidiu deixar que eles ficassem no mesmo canil e caminhassem juntos.

Apesar de cada cão ter a sua caminha, eles preferiam dormir juntinhos. (Foto: Reprodução / Life With Dogs / Devon Carr for Mahoning County Dog Pound & Adoption Center)

Mesmo dividindo o canil, cada cão tinha a sua caminha, mas como eles gostavam de ficar sempre juntinhos, eles preferiam dormir na mesma caminha, bem aconchegados um no outro.

O amor entre os cães era tão tocante, que, apesar da dificuldade que é para se realizar a adoção de dois animais por uma mesma pessoa, os funcionários do brigo decidiram que não iriam permitir que aqueles cachorros fossem adotados separadamente.

Assim, um dos funcionários publicou uma foto dos cães juntos e em um momento fofo e publicou no Facebook. Por sorte a imagem chamou a atenção da pessoa certa.

She's always taking my toys #pitmix #rescue #spoiled #furbabies #lovethem

A post shared by Hank_Gigi (@hank_gigi) on

Rachel Harris havia se mudado recentemente de Chicago para Dallas, e embora ela precisasse de algum tempo para se instalar, ela estava pensando em adotar cães. Ela se derreteu pelos amigos caninos e entrou em contato com o local onde eles estavam.

Não foi fácil, antes dela já havia uma família interessada nos cães e depois ela teve que mostrar para os funcionários do local que ela seria a melhor escolha para os animais. A distância também não ajudou, mas no final de tudo os cachorros foram adotados por Rachel.

Safe! #pitmix #rescue #spoiled #furbabies

A post shared by Hank_Gigi (@hank_gigi) on

Hoje, os animais estão muito bem e felizes em seu novo lar, onde receberam os nomes de Hank e Gigi, e ganharam um perfil oficial na rede social Instagram.

Fonte: Life With Dogs

Entenda o fenômeno que está fazendo cães ficarem azuis na Índia

por Samantha Kelly — publicado 15 ago 2017 - 11:57

Cães que vivem nas ruas da cidade de Mumbai, na India, estão ficando azuis.

O fenômeno está acontecendo devido ao contato dos animais com o rio Kasadi, que há muitos anos é impróprio para o uso humano e que, depois de um estudo recente, apresentou um nível 13 vezes mais tóxico do que é considerado seguro.

Apesar dos humanos não chegarem perto do rio, isso não impede que os cães locais bebam, nadem e procurem por comida no rio.

As autoridades trabalhando no caso acreditam que a coloração pode estar vindo da tinta para tecido que seria despejada no rio por companhias na área, estas conhecidas por constantemente jogaram lixo tóxico no local.

Protetores de animais locais estão chocados com o que está acontecendo com os animais e com o estado do rio.

Uma queixa formal foi apresentada para a Maharashtra Pollution Control Board (MPCB) e uma investigação foi aberta para averiguar o caso.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Fonte: Express