Entrevista com Renata Cobo, biomédica que constrói voluntariamente cadeiras de rodas para cães

Conheça o trabalho voluntário de Renata e Albano Cobo

por Fabio Sakita — publicado 10 fev 2013 - 8:24

Albano e Renata Cobo com Princesa. Foto: Reprodução

 

 

Conheça a iniciativa inspiradora de Renata Cobo, biomédica que realiza o trabalho voluntário de construção de cadeiras de rodas para cães em parceria com seu marido Albano Cobo.

O início dessa jornada se deu com a história de Princesa que deu entrada no Hospital Veterinário de Uberaba, onde Renata trabalha, com lesão na coluna. Após ser abandonada por seu antigo dono e diversas cirurgias, Princesa precisaria de uma cadeira de rodas para auxiliá-la na movimentação. A equipe do Hospital se afeiçoou muito a ela e resolveu fazer uma vaquinha por uma cadeira que custaria R$ 550,00.

Ao chegar em casa e comentar com o marido, Albano Cobo, ele teve a ideia de construir a cadeira com as próprias mãos.

Deu tudo tão certo que desde então os dois constroem as cadeiras de rodas caninas em seu tempo livre, visando ajudar os muitos cães que possuem problemas que influenciam em sua mobilidade.

Em nossa entrevista com Renata Cobo, você confere mais sobre o trabalho fantástico que vem sendo feito pelo casal.

 

 

PDD – O que a levou a começar o trabalho voluntário de construção de cadeiras de rodas para cães?

Eu sou Biomédica e trabalho no laboratório do Hospital Veterinário de Uberaba, onde uma cadelinha chamada Princesa ficou internada após ter sido atropelada. Sofreu lesão na coluna, passou por várias cirurgias, mas precisaria de uma cadeira de rodas para se locomover sem ficar se arrastando. Perante o quadro da Princesa, apesar de ser uma cadela linda e muita amorosa, o proprietário abandonou ela no hospital. A maioria dos funcionários se apegou muito a ela e resolveu fazer uma vaquinha para adquirir uma cadeira tradicional para ela, no valor de R$ 550,00. Eu cheguei em casa e comentei com o meu marido Albano sobre a vaquinha e a situação da Princesa que ia ser entregue para adoção. Eu só não levei ela para casa porque tenho dois boxers que são muito ciumentos e eu tinha medo que machucassem ela. Então o Albano disse que iria fazer uma cadeira para ela.

Pegamos várias fotos na internet e fomos adaptando o que ficasse mais barato e se adaptasse melhor às necessidades dela. Demoramo cerca de um mês para chegar no modelo final. Na hora que coloquei ela na cadeirinha, já saiu correndo pelos corredores do hospital. Aí foi emoção geral! Um professor resolveu fazer uma matéria sobre a Princesa na tv regional daqui, a partir daí começaram a ser feitos os pedidos.

 

Foto: Reprodução

 

PDD –Como é o processo de construção de uma cadeira? Quais são os passos desde o primeiro contato, concepção da cadeira ao envio?

O proprietário me liga ou entra em contato por email, eu envio as instruções de como tirar as medidas, recebo as instruções, passo os valores do mateial e do frete, a pessoa deposita o dinheiro e eu envio a cadeira pelo correio.

 

Foto: Reprodução

 

PDD –Quais são os custos que um interessado deve manter em mente (ex.: material, frete) ao pedir uma cadeira.

Na cadeira de duas rodas simple o material varia entre R$ 60,00 e R$ 70,00, na cadeira reforçada ou de quatro rodas o material varia entre R$ 65.00 e R$ 75,00. Já o frete depende do estado onde a pessoa mora, para São Paulo, por exemplo, o sedex fica em R$ 50,00 e o PAC fica em R$ 20,00.

 

Foto: Reprodução

 

PDD –Como tem sido a procura?

Aqui em Uberaba eu faço de duas a três por semana, e para enviar por correio umas 30 por semana. O grande problema é o tempo curto, pois trabalhamos e só temos tempo para montar nos fins de semana, então tenho que pedir um prazo de 20 a 30 dias para entrega.

 

Foto: Reprodução

 

PDD –Para o público que possui um cão com problemas de locomoção, como ele pode entrar em contato com você?

O contato melhor é por email re.cobo@hotmail.com, mas pode ser por telefone 34 9922-8280/ 34 9908-2186/ 349229-2972.

 

Foto: Reprodução

 

PDD – Com um trabalho tão bacana, que também pode ser muito desgastante fisicamente e emocionalmente, o que você tem tirado dessa experiência?

Com esse trabalho ficamos encantados em ver a superação desses nossos amiguinhos, pois vemos casos onde o animal já tinha sido condenado a eutanásia e com amor e muita dedicação de seus donos, se recuperam de forma surpreendente. Me emociono em conhecer cada história e ver cada foto que me mandam deles na cadeirinha. Não sei explicar, é um amor incondicional. Esse vídeo é um que me emociona toda vez que vejo, pois quando fui na casa dela para tirar as medidas, ela estava muito debilitada.

 

 

Mais fotos:

 

Foto: Reprodução

 

Foto: Reprodução

 

Foto: Reprodução

 

Foto: Reprodução

 

Foto: Reprodução

Boneca Barbie vem acompanhada com cachorro que faz cocô e pá para a limpeza

por Andrezza Oestreicher — publicado 26 jul 2017 - 9:38

Apesar de atualmente já existirem inúmeras novidades quando o assunto é brinquedo infantil, a boneca Barbie ainda continua fazendo bastante sucesso e lançando novidades.

Batizada de “Barbie® Walk & Potty Pup” (Barbie passeio e pequeno filhote), a novidade da Barbie, uma boneca amada por crianças de várias gerações, vai agradar em cheio os amantes de animais.

A boneca vem agora acompanhada de um cachorrinho que ela precisa levar para passear para que ele faça as suas necessidades.

 » Read more about: Boneca Barbie vem acompanhada com cachorro que faz cocô e pá para a limpeza  »

Homem constrói cadeiras de rodas para cães com tubos de água de plástico

por Andrezza Oestreicher — publicado 25 jul 2017 - 18:18

Para os animais com deficiência física, a adoção é bem mais difícil de acontecer do que para os outros cachorros. Famílias chegam a abandonar seus cães depois que eles passam a ter esse tipo de problema, e algumas vezes o maio empecilho é a dificuldade e os custos para se obter uma cadeira de rodas para cachorro.

Em um abrigo de animais localizado em Tainan, cidade de Taiwan, os cães deficientes estão recebendo a ajuda de um amante de pets que passou a construir,

 » Read more about: Homem constrói cadeiras de rodas para cães com tubos de água de plástico  »

Alfie Allen leva cadelinha para evento e animal chama mais atenção do que os atores

por Andrezza Oestreicher — publicado 25 jul 2017 - 9:31

Famoso por interpretar Theon Greyjoy em Game of Thrones, personagem que desperta ódio, pena e até admiração entre os fãs da série, o ator Alfie Allen participou, no dia 21 de julho, da Comic Con de San Diego, onde se juntou a outros atores para falar sobre a nova temporada de GOT.

Porém, apesar de o personagem ter passado por bastante coisa e causar curiosidade quanto ao seu destino e a série,

 » Read more about: Alfie Allen leva cadelinha para evento e animal chama mais atenção do que os atores  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Boneca Barbie vem acompanhada com cachorro que faz cocô e pá para a limpeza

por Andrezza Oestreicher — publicado 26 jul 2017 - 9:38

Apesar de atualmente já existirem inúmeras novidades quando o assunto é brinquedo infantil, a boneca Barbie ainda continua fazendo bastante sucesso e lançando novidades.

Batizada de “Barbie® Walk & Potty Pup” (Barbie passeio e pequeno filhote), a novidade da Barbie, uma boneca amada por crianças de várias gerações, vai agradar em cheio os amantes de animais.

A Barbie agora vem acompanhada de um cachorrinho que precisa passear para fazer cocô e também com um kit de limpeza. (Foto: Reprodução / Barbie® Walk & Potty Pup)

A boneca vem agora acompanhada de um cachorrinho que ela precisa levar para passear para que ele faça as suas necessidades. Além disso, um pequeno kit de pás também vem junto, para que as fezes do cão sejam recolhidas.

Se pensarmos que as crianças aprendem com os exemplos dos mais velhos e levam suas brincadeiras para a vida, essa é uma ótima forma de educarmos nossos pequenos e ensinar que devemos limpar as sujeiras de nossos amigos peludos.

Ao apertar o rabo, saem as fezes de brinquedo do cãozinho. (Foto: Reprodução / Barbie® Walk & Potty Pup)

Além da Barbie, do cachorrinho e das pás, a caixa do brinquedo inclui um potinho de comida e um petisco em forma de osso para o cão, além de pequenas fezes de plástico, que saem de dentro do cachorro (ao empurrar o rabinho do brinquedo) e precisam ser retiradas do chão com a ajuda do kit de pás.

Essa é uma forma bem legal e divertida de mostrar para os seus filhos como devemos cuidar de nossos bichinhos de estimação.

O brinquedo pode ajudar a ensinar para as crianças alguns cuidados básicos que devemos ter com os animais de estimação, como levá-los para passear e limpar a sujeira que eles fazem na rua. (Foto: Reprodução / Barbie® Walk & Potty Pup)

É, não somos só nós. A Barbie também precisa levar seu cãozinho para passear e fazer as necessidades e depois também precisa limpar toda a sujeira deles.

Homem constrói cadeiras de rodas para cães com tubos de água de plástico

por Andrezza Oestreicher — publicado 25 jul 2017 - 18:18

Para os animais com deficiência física, a adoção é bem mais difícil de acontecer do que para os outros cachorros. Famílias chegam a abandonar seus cães depois que eles passam a ter esse tipo de problema, e algumas vezes o maio empecilho é a dificuldade e os custos para se obter uma cadeira de rodas para cachorro.

Em um abrigo de animais localizado em Tainan, cidade de Taiwan, os cães deficientes estão recebendo a ajuda de um amante de pets que passou a construir, por vontade e iniciativa própria, cadeiras de rodas para aqueles bichinhos que têm dificuldade de locomoção.

Um homem está ajudando vários animais com deficiência em Taiwan. (Foto: Reprodução / Business Insider UK / Tech Insider UK)

Pan Chieh começou a fazer cadeiras de rodas para animais de abrigo depois que ele teve uma experiência pessoal. Um amigo resgatou e salvou um cachorro abandonado ferido. Depois de receber todos os cuidados médicos, constatou-se que o cão não conseguiria mais andar sozinho.

A clínica ofereceu uma cadeira de rodas para o animal, porém o preço era muito elevado e o salvador do cão não conseguiria pagar tudo. Para ajudar o amigo e o cão, Pan construiu uma cadeira de rodas para o animal.

“O primeiro cão se recuperou completamente depois de usar a cadeira de rodas, o que me deu muita confiança”, explicou Pan. O homem, que faz cadeiras de rodas para cães e gatos desde então, começou com ​​peças de madeira, que eram mais pesados, e finalmente chegou aos modelos atuais.

Ele faz cadeiras de rodas com tubos de água de plástico para cães e gatos. (Foto: Reprodução / Business Insider UK / Tech Insider UK)

Feitas com tubos de água de plástico, e conectadas por articulações, os novos modelos de cadeiras de rodas construídos por Pan chegam a custar menos de um terço do preço dos modelos disponíveis no mercado.

Além de bem mais baratas, as cadeiras de rodas feitas por Pan são leves e o material utilizado permite que o homem personalize as cadeiras de acordo com as necessidades específicas de cada animal.

Pan e sua namorada passam os fins de semana visitando diversos abrigos e casas em que vivem animais para ver os animais que precisam de suas cadeiras de rodas. Eles cobram apenas o valor dos produtos utilizados na construção das cadeiras e nos casos de cães abandonados o casal oferece tudo de forma gratuita.

O homem conhece os animais que estão precisando das cadeiras e constrói cada peça com a ajuda de sua namorada. (Foto: Reprodução / Business Insider UK / Tech Insider UK)

De acordo com o casal, as cadeiras de rodas produzidas pro eles ainda não são os modelos perfeitos para os animais e podem ser melhoradas, mas o trabalho deles, que é feito com muito amor, está ajudando a mudar e salvar as vidas de muitos bichinhos em Taiwan.

Fonte: Business Insider UK