Dicas para alimentar o seu filhote

Conheça dicas de como deve ser a alimentação dos filhotes nas diferentes fases

por George Augusto — publicado 20 nov 2014 - 11:48

Os filhotes de cães, assim como nós seres humanos, quando bebês, necessitam de certos cuidados especiais e o alimento a ser ofertado tem que estar compatível com a faixa etária do animal. Os filhotes nos primeiros dias de nascidos, necessitam de tomar o leite materno, já que nele é adquirida a alimentação necessária para o seu sustento. É bastante comum encontrarmos tutores que recém adquiriram o pet filhote sem a mãe e, na esperança de alimentar o filhote com a mamadeira, coloca-o como um bebê – de barriga pra cima – e dá a mamadeira. Essa prática é totalmente incorreta e prejudicial para o animal. O animais têm que ficar em sua posição normal – de barriga para baixo – e assim ofertar o leite à quantidade que o animal queira, nem demais e nem de menos.

Dicas de alimentação para filhotes. Foto: Reprodução

Dicas de alimentação para filhotes. Foto: Reprodução

É a partir o trigésimo dia (30 dias), que devemos começar a desmamar o filhote. É nesse período que o tutor mais tem dificuldade em saber como desmamar e que alimentação usar depois do desmame. A transição do período lácteo para o período em que os cães se alimentam de ração, é feito quando os filhotes começam a se interessar mais pela tigela de comida da mãe, do que o leite. Esse período ocorre em média quando os animais alcançam 1 mês de vida, sendo essa a hora de começar a ofertar rações adequadas aos filhote. É importante esclarecer que não é indicado oferecer rações da mãe, nem mesmo em forma triturada. Assim como as rações para cães adultos, existem no mercado uma gama de variedades de rações para filhotes, de várias idades e porte, sendo elas apresentadas nas modalidades secas, úmidas e semi-úmidas.

No começo da mudança da alimentação líquida para a sólida, é indicado o uso das rações úmidas. É escolhida esse tipo de ração, pois os dentes dos cães recém-desmamados são bastante finos e frágeis, tendo muitos que ainda não desceram. As rações secas oferecidas como a primeira forma depois da amamentação, fazem com que ocorra dificuldade na mastigação e, conseqüentemente, a não aceitação pelos filhotes. Conforme o pet for crescendo e os dentes nascendo, a transição decorre de forma gradativa, mudando para semi-úmida até chegar na seca.

A ração seca é mais usadas em filhotes a partir dos 3 meses, onde o pet já se adaptou ao consumo de ração. A ração seca é classificada como a mais saudável de todas, pois não acumula restos de comida nos dentes, impedindo assim o acúmulo de cálculos dentários. Quando o animal aceita somente a ração seca, é indicado que esse tipo de ração seja ofertado até a fase adulta, fazendo com que os saches tornem-se apenas aperitivos para os cães.

Os cães filhotes devem receber as rações em porções pequenas e várias vezes ao dia. De forma alguma deve-se encher a tigela do cão e deixá-lo comer o quanto quiser. Normalmente os médicos veterinários indicam de 2 a 3 vezes por dia a alimentação. Isso dependendo do porte do animal e do peso corpóreo que o mesmo apresenta. De qualquer forma, o filhote deve ser levado a um profissional para que seja feita a dieta correta de acordo com cada raça.

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: george_medvet@hotmail.com

Tata Werneck adota cãozinho deficiente da Ampara Animal

por Samantha Kelly — publicado 23 ago 2017 - 8:41

A musa do humor brasileiro mais uma vez deixou claro que o seu talento é proporcional ao seu coração.

Já mãe de 14 pets, ela abriu as portas de sua casa novamente, agora para um cachorro especial que foi regatado através do incrível trabalho que a Ampara Animal realiza.

Meu novo filho! Doida pra chegar e te dar todo amor que vc não recebeu! Pra cuidar de todas as feridas que pessoas maldosas fizeram com vc!

 » Read more about: Tata Werneck adota cãozinho deficiente da Ampara Animal  »

Adolescentes gravam símbolo da suástica na cabeça de um Chihuahua e assustam família

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 ago 2017 - 18:23

No Arizona, Estados Unidos, um cãozinho com um símbolo da suástica pintado na cabeça deixou uma família bastante aterrorizada.

Uma mulher ficou chocada quando o animal, que é de um vizinho, apareceu na porta de sua casa. O medo que ela sentiu é fácil de explicar.

A suástica é como uma marca da raça ariana e foi muito utilizada pela Alemanha Nazista, período em que os alemães acreditavam que sua raça era a pura e havia muito preconceito com outros povos.

 » Read more about: Adolescentes gravam símbolo da suástica na cabeça de um Chihuahua e assustam família  »

Empresa customiza drone para passear com seu cachorro

por Samantha Kelly — publicado 22 ago 2017 - 10:49

A empresa britânica DronesDirect.co.uk está personalizando o drone Phantom 4 para possibilitar que a máquina passei com seu cachorro.

Pelo precinho nada camarada de £2 mil (aproximadamente R$8 mil), o Dog Drone tem uma coleira retráctil e um dispositivo contra colisão que o impediria de bater em obstáculos no caminho.

Para o tutor restaria apenas fazer o download da rota e teoricamente sentar e relaxar enquanto o drone faz todo o trabalho.

 » Read more about: Empresa customiza drone para passear com seu cachorro  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Tata Werneck adota cãozinho deficiente da Ampara Animal

por Samantha Kelly — publicado 23 ago 2017 - 8:41

A musa do humor brasileiro mais uma vez deixou claro que o seu talento é proporcional ao seu coração.

Já mãe de 14 pets, ela abriu as portas de sua casa novamente, agora para um cachorro especial que foi regatado através do incrível trabalho que a Ampara Animal realiza.

Meu novo filho! Doida pra chegar e te dar todo amor que vc não recebeu! Pra cuidar de todas as feridas que pessoas maldosas fizeram com vc! E juntos seremos mto felizes! E obrigada @amparanimal ! Por todo cuidado que tem com os bichos que (não consigo entender) algumas pessoas não têm capacidade de ter!

Foto: Reprodução/Instagram

Nino já aparece muito confortável e se familiarizando com sua nova moradia em vídeos postados nas redes por Tata e seu companheiro Rafael Vitti.

O fato dele não ter uma perna não muda em nada sua disposição e capacidade de amar e só prova que todos merecem uma segunda chance.

Nino tá feliz 😁 @amparanimal @tatawerneck

A post shared by Rafael Vitti (@rafaavitti) on

Deitei no tapete mesmo esperando mamãe chegar 😍❤️

A post shared by Tata Werneck (@tatawerneck) on

Adolescentes gravam símbolo da suástica na cabeça de um Chihuahua e assustam família

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 ago 2017 - 18:23

No Arizona, Estados Unidos, um cãozinho com um símbolo da suástica pintado na cabeça deixou uma família bastante aterrorizada.

Uma mulher ficou chocada quando o animal, que é de um vizinho, apareceu na porta de sua casa. O medo que ela sentiu é fácil de explicar.

A suástica é como uma marca da raça ariana e foi muito utilizada pela Alemanha Nazista, período em que os alemães acreditavam que sua raça era a pura e havia muito preconceito com outros povos.

Por ter origem hispânica e ter três filhos adotivos que também possuem diferentes origens, a mulher, que preferiu não se identificar, ficou bastante apreensiva ao ver aquele símbolo tão próximo.

Adolescentes pintaram o símbolo na cabeça do cão com esmalte e disseram que tudo não passou de uma “piada”. (Foto: Reprodução / Kare 11 / KPNX)

Oficiais do Departamento de Polícia de Glendale foram chamados e conseguiram descobrir rapidamente quem tinha feito aquilo com o cachorro. Preocupados de que o cão estivesse sofrendo negligências, eles foram até a casa onde o animal vive.

Na residência, os oficiais foram informados de que o caso não passou de uma “pegadinha”, uma “brincadeira de adolescentes”.

Dois adolescentes, um filipino e um negro (que também sofreriam preconceito dos Nazistas por não se enquadrarem no perfil da “raça ariana” alemã), admitiram que pintaram a suástica na cabeça do cachorro com esmalte vermelho como uma piada.

“Eles começaram pintando as unhas do cachorro, depois as orelhas e, finalmente, a suástica. Foram apenas algumas crianças fazendo algo como uma brincadeira cruel”, disse a porta-voz do Departamento de Polícia de Glendale, Tiffany Smith ao HuffPost.

De acordo com a polícia, os adolescentes disseram que iriam remover a pintura feita no cachorro.

Fonte: HuffPost