Vacinas que os filhotes devem receber em seu primeiro ano de vida

Todas as vacinas devem ser sempre administradas por um médico veterinário

por George Augusto — publicado 2 maio 2014 - 20:13

A vacina é o carro chefe na prevenção contra inúmeras doenças existentes. Para o melhor entendimento, a vacina é, nada mais nada menos, que a inoculação do agente infeccioso (vírus ou bactéria), sem sua potência total, no corpo do animal ou ser humano, promovendo assim, a produção de anticorpos contra aquele determinado agente. É importante lembrar que a vacina só é recomendada à administração quando o animal gozar de excelente saúde.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Ao contrário do que muitos imaginam, a vacinação não é uma prática tão simples a ser feita. Como comentado anteriormente, só pode ser administrada a vacinação em um animal que esteja com uma boa saúde, sendo necessária a avaliação por um médico veterinário antes do ato. Quando a maioria dos animais nasce, eles recebem anticorpos através do leite materno, onde ficam imunizados até um certo período de sua vida.

A primeira vacinação do cão deve ser feita aos seus 45 dias de vida, onde o mesmo deve ser levado a um profissional habilitado. A vacina recomendada, para o animal  receber nessa idade, é uma que cubra as principais doenças  a que ele é susceptível, tais como:

Cinomose: É uma doença viral altamente contagiosa que acomete somente cachorros. Essa moléstia ataca o sistema nervoso dos animais, levando, em muitos casos, a degenerações irreversíveis e, freqüentemente, a casos de óbito.

Vírus da Parvovírose: A parvovirose é um vírus que acomete principalmente cães mais novos (filhotes). Essa doença causa distúrbios gastroentéricos levando o animal em pouco tempo a um quadro de desidratação severa.

Hepatite: Causada por um vírus altamente contagioso, a hepatite, compromete a função hepática do animal, levando-o em muitos casos à óbito.

Vírus da Parainfluenza: Também conhecida como “Tosse dos canis”, a Parainfluenza é uma enfermidade que acontece geralmente no inverno. Acomete o trato respiratório do animal, fazendo com que haja um comprometimento severo do mesmo.

Leptospirose: A Leptospirose é uma doença com a qual se deve ter bastante atenção, por se tratar de uma zoonose (doença transmitida do animal para o ser humano). É transmitida através da urina de roedores, como o rato.

Uma vacina extremamente importante, que também  o cão filhote não pode deixar de tomar, é a anti-rábica. No entanto, essa vacina não pode ser administrada antes dos 3 meses de vida do cão.

Vacinas devem ser administradas em quaisquer animais, inclusive nos cães. É importante que todos tenham a consciência de que os animais de estimação são membros da família e não apenas objetos. As zoonoses são doenças de suma importância na esfera da saúde pública e, por isso, devem ser evitadas. É importante que os animais sejam vacinados anualmente em um protocolo escolhido pelo médico veterinário. Jamais vacine seu animal sem o acompanhamento de um profissional habilitado, pois a vacina administrada de forma errada pode vir a  fazer bastante mal ao seu pet. Consulte sempre um profissional médico veterinário.

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: [email protected]

deixe seu comentário: