Ao escutar que teriam que abandonar seus cães devido a chegada do bebê, casal indiano inclui pets em sessão de fotos de maternidade

''Para todas aquelas pessoas, eu nunca poderia em sã consciência abandonar um animal que me ama, que confia em mim com a mesma inocência e pureza que meus bebês.''

por Samantha Kelly — publicado 13 fev 2017 - 8:58

Baseados em Bangalore, na Índia, o casal Aditya Raheja e Sanjana Madappa não deixou que o ”conselho” de amigos e familiares para abandonarem seus cães por causa da chegada do bebê atrapalhasse o momento feliz.

Mais do que isso, com um ato simples mas efetivo, eles deram o recado de seus planos ao incluíram seus cães na sessão de fotos especial de maternidade.

Sanjana, que trabalha na organização de proteção animal CUPA, explicou o motivo dessa decisão em um relato poderoso e emocionante:

Eu tive uma gravidez muito difícil, e com o tempo ela se tornou de alto risco e eu fiquei confinada em minha casa. Cuidar dos meus cães garantiu que eu nunca tivesse a necessidade de culpa do estado que eu estava em minha gravidez, no meu bebê ou no meu marido. Eu não entendo como algumas pessoas podem trazer uma criança ao mundo ao mesmo tempo que abandonam a outra. Para todas essas pessoas eu sempre vou dizer, não sem os meus cachorros!

 

Foto: Bhargavi Naveen

 

Ao trabalhar na causa animal, um dos motivos que eu mais escutava quando as pessoas abandonavam seus pets era ”estou grávida”. Quando eu tentava aconselhar essas família, muitas jogavam na minha cara que, como eu não tinha filhos ou nunca tinha ficado grávida, eu não poderia dar minha opinião. Então no último mês abril, meu marido e eu decidimos tentar.

 

Foto: Bhargavi Naveen

 

Eu tive uma gravidez muito difícil, nos 6 primeiros meses eu estava colada no banheiro, tive que ser hospitalizada por estar vomitando sangue. Os enjôos me prejudicaram muito e eu não achei que fosse sobreviver até o final da gravidez. Eu tive alguns momentos de alivio até que problemas de um acidente de carro que tive há 4 anos voltaram a tona.

 

Foto: Bhargavi Naveen

 

Minha gravidez se tornou de alto risco e eu precisei ficar confinada em minha casa. Eu não consigo nem descrever todos os pensamentos que passaram em minha cabeça, mas eu posso dizer uma coisa, em nenhum momento eu pensei ”hum, acho que preciso abandonar meus cães”.

 

Foto: Bhargavi Naveen

 

Meu cães são a razão de eu ter sobrevivido minha gravidez com minha sanidade intacta. Os dias que eu passei chorando, eu recebi conforto do meu cachorro Diego, deitando sua cabeça em meu colo e me deixando saber que tudo iria ficar bem. Todas as noites que eu passei no chão do banheiro, Leo me fez companhia, gentilmente colocando sua patinha para checar se eu estava bem. Eu perdi uma garotinha muito importante nessa jornada, a Leela, que me fez sorrir  com suas aventuras até o final. Quando eu finalmente conseguia dormir, eu tinha cujo descansando em meus pés. Eu não poderia me dar o luxo de ficar na cama sentindo pena de mim mesma quando eu tinha essas crianças dependendo de mim.

 

Foto: Bhargavi Naveen

 

Oito meses depois, meu filho Ayan nasceu eu eu não consigo pensar em nada que tenha me preparado mais para a maternidade do que meu filho peludos. Eu escutei de familiares, amigos e até do meu médico para dar meus cães, que o meu bebê deveria vir primeiro. Eu escutei a mesma coisa que todas aquelas pessoas que abandonaram seus cães me falaram.

 

Foto: Bhargavi Naveen

 

Para todas aquelas pessoas, eu nunca poderia em sã consciência abandonar um animal que me ama, que confia em mim com a mesma inocência e pureza que meus bebês. Eu não poderia abandonar um membro da família por outro. Eu não trairia uma vida que depende de mim tanto quando meu filho humano.

Para todas aquelas pessoas eu digo: Não sem meus cachorros!

 

Foto: Bhargavi Naveen

 

 

Cachorro adota nove patinhos filhotes e se torna um ótimo papai para os pequenos órfãos

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 maio 2018 - 20:05

Cachorros costumam se dar muito bem com animais de diferentes espécies e fazer uma incrível amizade e dar amor para muitos bichinhos. O fofo cãozinho Fred, um Labrador de 10 anos de idade, mostra bem isso.

Fred mora no Mountfitchet Castle, um castelo que foi todo reconstruído em madeira como o seu original, de 1066, e hoje funciona como local de visitação onde se conhecer um pouco da sua história, localizado em Essex,

 » Read more about: Cachorro adota nove patinhos filhotes e se torna um ótimo papai para os pequenos órfãos  »

Seis dias depois de cair em ribanceira, cachorro é resgatado por bombeiros

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 maio 2018 - 14:22

Mais uma vez bombeiros foram os grandes heróis na vida de um cachorrinho que precisava há dias de uma ajuda mais especializada.

O cãozinho tinha caído de uma ribanceira e estava preso há seis dias em uma área de mata localizada em Ituporanga, um município de Santa Catarina. O Corpo de Bombeiros foi chamado para fazer as buscas e o resgate do animal, pois ele estava em uma local onde o acesso era bastante complicado.

 » Read more about: Seis dias depois de cair em ribanceira, cachorro é resgatado por bombeiros  »

Senhor com doença terminal tem como último desejo ver seu cachorro mais uma vez

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 maio 2018 - 20:23

O cãozinho Shep, um fofo Border Collie, e seu tutor, um senhor chamado Peter Robson eram melhores amigos e muito apegados um ao outro desde que o peludo entrou na vida do homem.

Shep foi um presente dado para Peter por sua família logo após sua esposa falecer. Com a chegada do cachorro, o homem voltou a sorrir. Os dois se tornaram grandes companheiros e viveram juntos por oito anos. Até que Peter ficou bastante doente e precisou ser internado.

 » Read more about: Senhor com doença terminal tem como último desejo ver seu cachorro mais uma vez  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cachorro adota nove patinhos filhotes e se torna um ótimo papai para os pequenos órfãos

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 maio 2018 - 20:05

Cachorros costumam se dar muito bem com animais de diferentes espécies e fazer uma incrível amizade e dar amor para muitos bichinhos. O fofo cãozinho Fred, um Labrador de 10 anos de idade, mostra bem isso.

Fred mora no Mountfitchet Castle, um castelo que foi todo reconstruído em madeira como o seu original, de 1066, e hoje funciona como local de visitação onde se conhecer um pouco da sua história, localizado em Essex, na Inglaterra. Por lá, vivem outros animais junto com Fred.

Os funcionários do lugar ficaram bastante preocupados quando viram os mais novos visitantes que passeavam pelo local, eram nove filhotes de pato que estavam sem a sua mamãe. A equipe do castelo procurou bastante, mas a pata mãe não foi encontrada. Os patinhos eram órfãos.

Foi aí que Fred, mascote do castelo, resolveu ele mesmo dar um jeito na situação. O cachorro simplesmente adotou os nove patinhos e passou a cuidar, com muita calma e tranquilidade, de todos eles.

Os patinhos também parecem ter se dado muito bem com o cão e estão adorando ficar com o grande peludo. “Os patinhos o adoram e ele agora é um pai que fica em casa cuidando dos nove patinhos. Eles estão ficando muito travessos, até pegando carona nas costas dele e seguindo Fred até a água para nadar no fosso do castelo”, informou a equipe do castelo através de um comunicado.

Quando estiverem maiores e não precisarem mais de uma babá ou de um pai adotivo, os patos serão bem-vindos a permanecer no castelo, que abriga diversos outros animais, muitos deles até resgatados.

Impossível não se derreter com esse fofo cachorrão cuidando dos pequenos patinhos.

Fonte: BuzzFeed

Seis dias depois de cair em ribanceira, cachorro é resgatado por bombeiros

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 maio 2018 - 14:22

Mais uma vez bombeiros foram os grandes heróis na vida de um cachorrinho que precisava há dias de uma ajuda mais especializada.

O cãozinho tinha caído de uma ribanceira e estava preso há seis dias em uma área de mata localizada em Ituporanga, um município de Santa Catarina. O Corpo de Bombeiros foi chamado para fazer as buscas e o resgate do animal, pois ele estava em uma local onde o acesso era bastante complicado.

Três bombeiros encontraram e salvaram um cãozinho que estava há dias preso em uma rocha. (Foto: Reprodução / Facebook Corpo de Bombeiros Militar de Ituporanga)

Os socorristas começaram a procurar o cão no domingo, dia 20 de maio, mas só conseguiram encontrá-lo no dia seguinte. O animal estava a aproximadamente 50 metros do pico do penhasco, e para conseguirem realizar o resgate os bombeiros precisaram fazer um rapel no meio da mata.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o cachorro foi encontrado em uma fenda de uma rocha. Ele estava bastante assustado, debilitado e muito fraco, pois estava há seis dias sem comer e beber água.

O resgate foi bastante complicado e os bombeiros precisaram fazer um rapel para chegar até o animal. (Foto: Reprodução / Facebook Corpo de Bombeiros Militar de Ituporanga)

Os bombeiros utilizaram diversos equipamentos de segurança para fazer o rapel e, com muito cuidado, resgatar o cãozinho.

Os responsáveis pelo resgate do animal publicaram um vídeo mostrando como tudo aconteceu e também mostraram o cachorro bem e se alimentando após o salvamento.

🚒 🐕 🐕 🚒.Trechos do vídeo do resgate do cão que havia caído em ribanceira. Ele estava a 50 metros do ponto de ancoragem em uma fenda. Foi resgatado com sucesso pela equipe do Corpo de Bombeiros Militar de Ituporanga 💪🏻 🐕 ..#cbmsc #cbmituporanga #firedepartment #bombeirosdomundo #ituporanga #cbmscoficial #imbuia #eucurtocbmsc #rescue #bombeiros #chiefmiller #bombeiro @portalg1 #firefighter #floripa #chapeco #resgate #pompiers #bomberos #dog #cachorro #florianopolis #мчсроссии #blumenau #santacatarina #sapeurspompiers @cbmscoficial @redeglobo @recordtvoficial @band #riodosul #thedodo

Posted by Corpo de Bombeiros Militar de Ituporanga on Tuesday, May 22, 2018

Quando os bombeiros viram que o cãozinho estava realmente bem, o pet foi devolvido para os tutores.

Fonte: Folhapress