Ao escutar que teriam que abandonar seus cães devido a chegada do bebê, casal indiano inclui pets em sessão de fotos de maternidade

''Para todas aquelas pessoas, eu nunca poderia em sã consciência abandonar um animal que me ama, que confia em mim com a mesma inocência e pureza que meus bebês.''

por Samantha Kelly — publicado 13 fev 2017 - 8:58

Baseados em Bangalore, na Índia, o casal Aditya Raheja e Sanjana Madappa não deixou que o ”conselho” de amigos e familiares para abandonarem seus cães por causa da chegada do bebê atrapalhasse o momento feliz.

Mais do que isso, com um ato simples mas efetivo, eles deram o recado de seus planos ao incluíram seus cães na sessão de fotos especial de maternidade.

Sanjana, que trabalha na organização de proteção animal CUPA, explicou o motivo dessa decisão em um relato poderoso e emocionante:

Eu tive uma gravidez muito difícil, e com o tempo ela se tornou de alto risco e eu fiquei confinada em minha casa. Cuidar dos meus cães garantiu que eu nunca tivesse a necessidade de culpa do estado que eu estava em minha gravidez, no meu bebê ou no meu marido. Eu não entendo como algumas pessoas podem trazer uma criança ao mundo ao mesmo tempo que abandonam a outra. Para todas essas pessoas eu sempre vou dizer, não sem os meus cachorros!

 

Foto: Bhargavi Naveen

 

Ao trabalhar na causa animal, um dos motivos que eu mais escutava quando as pessoas abandonavam seus pets era ”estou grávida”. Quando eu tentava aconselhar essas família, muitas jogavam na minha cara que, como eu não tinha filhos ou nunca tinha ficado grávida, eu não poderia dar minha opinião. Então no último mês abril, meu marido e eu decidimos tentar.

 

Foto: Bhargavi Naveen

 

Eu tive uma gravidez muito difícil, nos 6 primeiros meses eu estava colada no banheiro, tive que ser hospitalizada por estar vomitando sangue. Os enjôos me prejudicaram muito e eu não achei que fosse sobreviver até o final da gravidez. Eu tive alguns momentos de alivio até que problemas de um acidente de carro que tive há 4 anos voltaram a tona.

 

Foto: Bhargavi Naveen

 

Minha gravidez se tornou de alto risco e eu precisei ficar confinada em minha casa. Eu não consigo nem descrever todos os pensamentos que passaram em minha cabeça, mas eu posso dizer uma coisa, em nenhum momento eu pensei ”hum, acho que preciso abandonar meus cães”.

 

Foto: Bhargavi Naveen

 

Meu cães são a razão de eu ter sobrevivido minha gravidez com minha sanidade intacta. Os dias que eu passei chorando, eu recebi conforto do meu cachorro Diego, deitando sua cabeça em meu colo e me deixando saber que tudo iria ficar bem. Todas as noites que eu passei no chão do banheiro, Leo me fez companhia, gentilmente colocando sua patinha para checar se eu estava bem. Eu perdi uma garotinha muito importante nessa jornada, a Leela, que me fez sorrir  com suas aventuras até o final. Quando eu finalmente conseguia dormir, eu tinha cujo descansando em meus pés. Eu não poderia me dar o luxo de ficar na cama sentindo pena de mim mesma quando eu tinha essas crianças dependendo de mim.

 

Foto: Bhargavi Naveen

 

Oito meses depois, meu filho Ayan nasceu eu eu não consigo pensar em nada que tenha me preparado mais para a maternidade do que meu filho peludos. Eu escutei de familiares, amigos e até do meu médico para dar meus cães, que o meu bebê deveria vir primeiro. Eu escutei a mesma coisa que todas aquelas pessoas que abandonaram seus cães me falaram.

 

Foto: Bhargavi Naveen

 

Para todas aquelas pessoas, eu nunca poderia em sã consciência abandonar um animal que me ama, que confia em mim com a mesma inocência e pureza que meus bebês. Eu não poderia abandonar um membro da família por outro. Eu não trairia uma vida que depende de mim tanto quando meu filho humano.

Para todas aquelas pessoas eu digo: Não sem meus cachorros!

 

Foto: Bhargavi Naveen

 

 

deixe seu comentário: