Como ajudar seu cão idoso a lidar com as dores da idade

Cegueira, surdez e incontinência urinária são condições comuns na velhice canina. Conheça dicas que você pode seguir para tornar a vida do seu cão mais tranquila

por Samantha Kelly — publicado 4 dez 2013 - 19:36

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Para um cachorro idoso, os sinais do tempo não são uma fórmula matemática, e assim como em nós humanos, ninguém sabe ao certo quando eles vão chegar. Porém, não se engane, eles irão aparecer mais cedo ou mais tarde.

Pode ser que um dia você perceba que o seu cachorro não está escutando e enxergando tão bem quanto antes, ou que ele simplesmente não está mais tão disposto a se exercitar e agora não vê a hora de tirar uma boa soneca.

Sempre que você perceber que a saúde do seu cão está deteriorando, o primeiro passo é levá-lo ao veterinário. Através de um check-up de rotina, muitas doenças podem ser descobertas ainda em seu estágio inicial, o que aumenta as chances de tratamento.

Nesse momento, o auxílio do dono é crucial para acalmá-lo e auxiliá-lo a atravessar a velhice com o máximo de dignidade e tranquilidade. Mesmo nas doenças que o seu veterinário não pode efetivamente curar, o seu papel ainda é importantíssimo para garantir um ambiente confortável. Lembre que o cachorro dedicou toda a sua vida sendo companheiro e amando-o.

 

Conheça algumas situações comuns associadas a velhice e o que você pode fazer para amenizar:

 

Cegueira: Manter o ambiente com o mínimo de mudança diminui as chances do seu cão de bater nos lugares e se machucar, já que ele está andando em um local familiar. Fazer uma grande alteração no layout dos móveis pode ser um pesadelo par ao seu cachorro que já está batalhando para se achar.

Há produtos, como os adesivos Tracer, que podem ser bem úteis e através do olfato ajudam o cão a compreender o ambiente. São dois tipos de adesivos com odores especiais: O adesivo de obstáculo (ex.:móveis e paredes) e o adesivo de caminho (ex.: corredores e entradas). Saiba mais sobre o produto AQUI.

 

Surdez: Para o seu cachorro que não tem escutado tão bem, o contato pode se tornar um problema. Principalmente encontros repentinos podem deixá-lo apavorado, já que ele não previu a chegada da pessoa. Avise a todos que convivem com ele sobre o problema e evite surpreendê-lo.

Com os cães que não são totalmente surdos, você pode bater palmas para chamar sua atenção. Para os que são totalmente surdos, dar uma passada mais forte causa uma vibração no chão que pode ser sentida pelo animal.

 

Incontinência Urinária: Pode acreditar que a incontinência do seu cão o irrita muito mais do que a você. Leve-o para fazer suas necessidades antes do momento de dormir e sempre deixe a passagem aberta para que ele possa levantar e urinar, já que ele não pode segurar muito.

O uso de tapetes higiênicos e absorventes na cama e fraldas caninas podem ser um auxílio para a situação.

 

Referência: VetStreet

Cadela abandonada com recado preso na coleira é adotada

por Andrezza Oestreicher — publicado 17 jan 2018 - 9:32

No final de dezembro de 2017, um homem foi flagrado por câmeras de segurança abandonando um cachorro na calçada de uma unidade do Dunkin ‘Donuts, empresa norte-americana muito conhecida especializada em rosquinhas e café, em uma cidade no Novo México.

O caso foi parar nas mídias internacionais depois que a polícia de Santa Fé lançou um comunicado com a intenção de conseguir informações sobre um homem suspeito de abandonar um cachorro próximo a uma estrada da cidade.

 » Read more about: Cadela abandonada com recado preso na coleira é adotada  »

Cachorro morde tornozelo de ladrão e evita que seu tutor seja assaltado

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 jan 2018 - 18:38

Em Campeiro, no interior do Paraná, um cachorrinho protegeu o seu tutor, um homem de 63 anos de idade chamado Antenor Moreira de Santana, da forma mais literal e foi um verdadeiro herói impedindo um assalto.

De acordo com informações dadas pelo tutor, na madrugada da última quinta-feira, dia 11 de janeiro, ele estava no quintal de sua casa quando um homem armado invadiu o local e anunciou o assalto.

O cachorro, que se chama Campeiro,

 » Read more about: Cachorro morde tornozelo de ladrão e evita que seu tutor seja assaltado  »

Atriz Jana Kramer flagra sua filha bebendo água na vasilha dos cachorros

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 jan 2018 - 9:31

Jana Kramer, atriz e cantora que ganhou fama mundial depois de participar das séries jovens 90210, como Portia Ranson, e One Tree Hill (Lances da Vida, em português), como Alex Dupré, pegou sua filha no flagra imitando os cachorros da família e não conseguiu segurar a risada.

Na última quarta-feira, dia 10 de janeiro, Jana, que está focando bastante na sua carreira de cantora, publicou no Stories do seu perfil no Instagram vários vídeos mostrando seu marido,

 » Read more about: Atriz Jana Kramer flagra sua filha bebendo água na vasilha dos cachorros  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cadela abandonada com recado preso na coleira é adotada

por Andrezza Oestreicher — publicado 17 jan 2018 - 9:32

No final de dezembro de 2017, um homem foi flagrado por câmeras de segurança abandonando um cachorro na calçada de uma unidade do Dunkin ‘Donuts, empresa norte-americana muito conhecida especializada em rosquinhas e café, em uma cidade no Novo México.

O caso foi parar nas mídias internacionais depois que a polícia de Santa Fé lançou um comunicado com a intenção de conseguir informações sobre um homem suspeito de abandonar um cachorro próximo a uma estrada da cidade.

Cadelinha foi abandonada com bilhete que dizia: “Estou livre. Eu estou tendo bebês”. (Foto: Reprodução / Santa Fe Police)

Câmeras externas mostram o homem retirando o animal de dentro do carro (de cor escura) e em seguida entrando no estabelecimento. O cachorro chegou a seguir o homem, mas foi ignorado. Depois, o homem sai, vai embora e deixa o cão sozinho.

Polícia divulgou imagens do homem que abandonou o animal e busca informações sobre ele. (Foto: Reprodução / Santa Fe Police)

Do lado de dentro do Dunkin ‘Donuts as câmeras de segurança conseguiram pegar bem o rosto do homem responsável pelo abandono. Com isso, a polícia espera encontrar o acusado para que ele responda pelo crime que cometeu.

Enquanto isso, descobriu-se que o animal abandonado na verdade se tratava de uma cadela e que ela tinha um recado preso em sua coleira que dizia: “Estou livre. Eu estou tendo bebês”.

A cadela foi resgatada e encaminhada para um abrigo, onde recebeu cuidados e carinho. (Foto: Reprodução / Facebook Santa Fe Animal Shelter & Humane Society)

Ela foi levada um abrigo e instituição de cuidados animais chamada Santa Fe Animal Shelter and Humane Society, onde recebeu os cuidados necessários e ganhou o nome de Jackie. “Ela é sociável e adora as pessoas. Ainda não sabemos se ela está grávida – muito cedo para contar”, informaram na época em que a cadelinha foi resgatada.

Felizmente, a cadelinha Jackie foi rapidamente adotada. (Foto: Reprodução / Facebook Santa Fe Animal Shelter & Humane Society)

Felizmente, Jackie já foi adotada e ganhou um lar com uma tutora que prometeu lhe dar muito amor. A gravidez da cadelinha não chegou a ser confirmada pelo abrigo.

Fonte: Bored Panda / Facebook Santa Fe Animal Shelter & Humane Society

Cachorro morde tornozelo de ladrão e evita que seu tutor seja assaltado

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 jan 2018 - 18:38

Em Campeiro, no interior do Paraná, um cachorrinho protegeu o seu tutor, um homem de 63 anos de idade chamado Antenor Moreira de Santana, da forma mais literal e foi um verdadeiro herói impedindo um assalto.

De acordo com informações dadas pelo tutor, na madrugada da última quinta-feira, dia 11 de janeiro, ele estava no quintal de sua casa quando um homem armado invadiu o local e anunciou o assalto.

O cachorro, que nunca tinha atacado ninguém, mordeu o tornozelo do ladrão. (Foto: Reprodução / G1 / Agnaldo Moreira de Santana)

O cachorro, que se chama Campeiro, estava junto e Antenor nem percebeu quando o animal atacou o assaltante. “Ele [suspeito] chegou e apontou uma arma para o meu peito. Nisso, o Campeiro estava do meu lado e acho que sentiu o perigo. Quando percebi, o homem estava agachando para se livrar do cachorro”, contou a vítima, que aproveitou o momento em que o cão imobilizou o ladrão para alertar os vizinhos.

Campeiro, que nunca tinha atacado ninguém até então, mordeu o invasor no momento em que seu tutor entregava o celular. “Essa foi a primeira vez que o Campeiro atacou alguém. Ele deve ter percebido que algo estava errado e mordeu. É um cachorro companheiro”, contou Antenor, que disse que acha que o animal sentiu que seu tutor estava em perigo e por isso foi violento.

Após se livrar do cão, o ladrão fugiu, mas sem levar nada. Já Antenor foi até o destacamento da Polícia Militar para registrar o Boletim de Ocorrência e para isso teve, é claro, a companhia do fiel e protetor cãozinho Campeiro.

Fonte: G1