Síndrome da disfunção Cognitiva Canina (SDCC)

Também conhecida como Alzheimer, a Síndrome da disfunção Cognitiva Canina é causada por perda do funcionamento ou da estrutura dos neurônios

por George Augusto — publicado 28 mar 2014 - 1:00

A síndrome da disfunção cognitiva canina ou raramente chamada de doença de Alzheimer dos cães, é um sinal que aparece na grande maioria em cães idosos, independentemente da raça ou sexo. Essa síndrome é causada por uma perda do funcionamento ou da estrutura dos neurônios (neurodegeneração), ocasionando, algumas vezes, mudança de comportamento repentina, como: Dificuldades de percepção e de exercer funções rotineiras simples.

Síndrome da disfunção Cognitiva Canina. Foto: Reprodução

Síndrome da disfunção Cognitiva Canina. Foto: Reprodução

A causa da síndrome da disfunção cognitiva em cães ainda é de origem desconhecida. Estudiosos afirmam, que o surgimento da síndrome é devido às mudanças que ocorrem no âmbito cerebral conforme o animal vai envelhecendo. A SDCC é relativamente comum em cães com idade superior a 10 anos.  Existem animais que apresentam um quadro bem crítico, não podendo levar uma vida sem ser assistida pelos tutores, sendo totalmente dependentes do proprietário. Em outros casos, animais apresentam uma sintomatologia mais leve, podendo viver sem muita dependência do tutor.

 

Sinais clínicos da Síndrome da disfunção Cognitiva Canina (SDCC)

Os sinais clínicos da síndrome da disfunção cognitiva, dependendo do caso, podem aparecer com uma sintomatologia clássica ou apresentar apenas um sintoma, por isso, o tutor deve ficar bem atento ao comportamento diário do seu pet. Os sinais clínicos mais encontrados em cães que apresentam a síndrome, são:

O cão pode apresentar uma ausência de sono, ou em alguns casos, sono excessivo. Normalmente troca o dia pela noite. (Desequilíbrio no padrão do sono);

– O animal pode ficar desorientado e perdido mesmo dentro da sua residência;

– O cão costuma chorar com frequência;

– O animal vagueia pela casa com olhar perdido;

– Sente dificuldade em reconhecer pessoas conhecidas;

– Não atende mais a voz de comando;

– Late com frequência;

– Não consegue mais receber adestramento;

– O cão fica bastante impaciente;

– Em alguns casos, apresenta agressividade com membros da casa;

– Não brinca mais com tanta frequência;

– Defecam e urinam em locais inapropriados;

– Em alguns casos, o animal apresenta falta de apetite.

 

O diagnóstico deve ser feito por um médico veterinário

Não existe tratamento que cure a síndrome da disfunção cognitiva em cães, porém existem terapias medicamentosas que aliviam os sinais clínicos que o animal apresenta. O mais indicado é que o tratamento de apoio comece assim que o animal apresentar os sintomas. Na maioria das vezes, a terapia só é indicada para animais que tenham um quadro bem crítico que possa atrapalhar tanto a vida do animal quanto a do tutor. Não medique o animal sem um médico veterinário.

É importante que o tutor saiba lidar com o animal com a síndrome. O cão necessita de apoio e cuidados especiais nessa condição. Evitar também forçar brincadeiras, pois ele pode reagir com agressividade. Espere ele mesmo começar a brincar. Deixe sempre água e alimento disponível. Deixe o animal em um lugar que ele possa se abrigar em casos de chuva e sol. Levar o pet a consultas rotineiras com o médico veterinário para que a sua saúde possa ser avaliada sempre.

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: [email protected]

Juíza solta cachorro durante julgamento para descobrir quem é o tutor em disputa e a reação do pet não deixa dúvidas

por Samantha Kelly — publicado 16 ago 2017 - 14:39

De um lado da disputa que decidiria o destino do cãozinho Baby Boy, uma mulher insistia que havia comprado o cachorro legalmente de alguém que o vendeu na rua. Do outro lado um indivíduo que garantia que era o dono do pet antes da venda e que ele teria sido vendido sem a sua autorização.

Para resolver de uma vez por todas a disputa, a juíza Judy, uma verdadeira celebridade nos Estados Unidos, resolveu deixar que o próprio pet dissesse,

 » Read more about: Juíza solta cachorro durante julgamento para descobrir quem é o tutor em disputa e a reação do pet não deixa dúvidas  »

Cachorros resgatados juntos das ruas encontram um lar e não vão precisar se separar

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 ago 2017 - 9:16

Os cachorros Hansel e Gretel viviam juntos pelas ruas e foram resgatados também juntos. No local eles sempre ficavam pertinho um do outro e, apesar de cada um ter a sua caminha, eles só dormiam bem juntinhos e aconchegados.

Sempre vistos juntos pelas ruas, os cães, que são provavelmente irmãos, foram resgatados por Rick Tunison, o gerente de um canil em Youngstown, Ohio, nos Estados Unidos. Eles já estavam nas ruas há bastante tempo e foram difíceis de resgatar.

 » Read more about: Cachorros resgatados juntos das ruas encontram um lar e não vão precisar se separar  »

Entenda o fenômeno que está fazendo cães ficarem azuis na Índia

por Samantha Kelly — publicado 15 ago 2017 - 11:57

Cães que vivem nas ruas da cidade de Mumbai, na India, estão ficando azuis.

O fenômeno está acontecendo devido ao contato dos animais com o rio Kasadi, que há muitos anos é impróprio para o uso humano e que, depois de um estudo recente, apresentou um nível 13 vezes mais tóxico do que é considerado seguro.

Apesar dos humanos não chegarem perto do rio, isso não impede que os cães locais bebam, nadem e procurem por comida no rio.

 » Read more about: Entenda o fenômeno que está fazendo cães ficarem azuis na Índia  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Juíza solta cachorro durante julgamento para descobrir quem é o tutor em disputa e a reação do pet não deixa dúvidas

por Samantha Kelly — publicado 16 ago 2017 - 14:39

De um lado da disputa que decidiria o destino do cãozinho Baby Boy, uma mulher insistia que havia comprado o cachorro legalmente de alguém que o vendeu na rua. Do outro lado um indivíduo que garantia que era o dono do pet antes da venda e que ele teria sido vendido sem a sua autorização.

Para resolver de uma vez por todas a disputa, a juíza Judy, uma verdadeira celebridade nos Estados Unidos, resolveu deixar que o próprio pet dissesse, da sua própria maneira, quem era o seu tutor de fato.

Para isso, ela surpreendeu e pediu que trouxessem o cachorro. Quem ele demonstrasse intimidade e carinho seria realmente sua família.

A resposta do cãozinho não decepcionou e deixou claro com quem ele gostaria de ir.

 

Cachorros resgatados juntos das ruas encontram um lar e não vão precisar se separar

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 ago 2017 - 9:16

Os cachorros Hansel e Gretel viviam juntos pelas ruas e foram resgatados também juntos. No local eles sempre ficavam pertinho um do outro e, apesar de cada um ter a sua caminha, eles só dormiam bem juntinhos e aconchegados.

Sempre vistos juntos pelas ruas, os cães, que são provavelmente irmãos, foram resgatados por Rick Tunison, o gerente de um canil em Youngstown, Ohio, nos Estados Unidos. Eles já estavam nas ruas há bastante tempo e foram difíceis de resgatar.

Os cães viviam juntos nas ruas e também foram resgatados juntos. (Foto: Reprodução / Life With Dogs / Devon Carr for Mahoning County Dog Pound & Adoption Center)

As tentativas de resgate foram várias, até que certo dia, os funcionários do canil conseguiram pegar apenas um dos cães. Porém, a amizade e amor entre os animais era tão grande que ao ver seu amigo sendo levado e colocado em uma van, o outro cachorro simplesmente foi atrás, pulou na van e ficou ao lado do seu companheiro.

Por medidas de segurança, quando chegaram ao abrigo os cães foram separados, pois, por estarem em um ambiente bem diferente e que pode ser bem assustador para eles, alguns animais passam a apresentar um comportamento agressivo, até mesmo com outros cachorros.

Porém, os amigos estavam sentindo muita falta um do outro e queriam estar juntos. Então, a equipe decidiu deixar que eles ficassem no mesmo canil e caminhassem juntos.

Apesar de cada cão ter a sua caminha, eles preferiam dormir juntinhos. (Foto: Reprodução / Life With Dogs / Devon Carr for Mahoning County Dog Pound & Adoption Center)

Mesmo dividindo o canil, cada cão tinha a sua caminha, mas como eles gostavam de ficar sempre juntinhos, eles preferiam dormir na mesma caminha, bem aconchegados um no outro.

O amor entre os cães era tão tocante, que, apesar da dificuldade que é para se realizar a adoção de dois animais por uma mesma pessoa, os funcionários do brigo decidiram que não iriam permitir que aqueles cachorros fossem adotados separadamente.

Assim, um dos funcionários publicou uma foto dos cães juntos e em um momento fofo e publicou no Facebook. Por sorte a imagem chamou a atenção da pessoa certa.

She's always taking my toys #pitmix #rescue #spoiled #furbabies #lovethem

A post shared by Hank_Gigi (@hank_gigi) on

Rachel Harris havia se mudado recentemente de Chicago para Dallas, e embora ela precisasse de algum tempo para se instalar, ela estava pensando em adotar cães. Ela se derreteu pelos amigos caninos e entrou em contato com o local onde eles estavam.

Não foi fácil, antes dela já havia uma família interessada nos cães e depois ela teve que mostrar para os funcionários do local que ela seria a melhor escolha para os animais. A distância também não ajudou, mas no final de tudo os cachorros foram adotados por Rachel.

Safe! #pitmix #rescue #spoiled #furbabies

A post shared by Hank_Gigi (@hank_gigi) on

Hoje, os animais estão muito bem e felizes em seu novo lar, onde receberam os nomes de Hank e Gigi, e ganharam um perfil oficial na rede social Instagram.

Fonte: Life With Dogs