4 cuidados que você deve ter com as patas do seu cão durante o ano todo

As almofadas das patas dos cães estão sempre expostas, por esse motivo é necessário ter um cuidado e atenção especial com essa área

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 dez 2016 - 10:00

Cães são seres que costumam estar sempre em atividade e, ao contrário de nós, suas patas estão expostas o tempo todo. Apesar disso, essa área não recebe a atenção que deveria.

Pensando nisso, hoje nós estamos trazendo para vocês quatro dicas de cuidados que você deve ter o ano todo para manter as patas dos seus cães saudáveis ​​e confortáveis.

1 – Mantenha as unhas do seu cão aparadas

Unhas muito grandes podem causar problemas ósseos nas patas dos cães. (Foto: Reprodução / Bicho de Apê)

Cuidar das unhas de seu cão é muito importante para a saúde geral da pata do animal. Deixar as unhas dele muito grandes pode causar deformidades nas patas, problemas ósseos e danos articulares permanentes. As unhas grandes também podem machucar o animal quando ele for se coçar ou causar lesões nas almofadas das patas, caso elas cresçam para dentro.

2 – Apare os pelos das patas do cão

Excesso de pelos pode causar infecções nas patas. (Foto: Reprodução / Megacurioso)

Apesar de uma certa quantidade de pelo até ajudar a proteger as patas de alguns cães, se esses pelo ficarem muito grandes vão trazer desconforto e problemas de saúde, como infecções cutâneas que podem causar muita dor ao animal. Mantenha os pelos das patas sempre limpos e aparados para um maior conforto e saúde do seu cão.

3 – Fique atento e proteja as almofadas das patas

Fique atento se as almofadas das patas do seu cão estão apresentando rachaduras ou ferimentos. (Foto: Reprodução / r7)

As almofadas das patas dos cães são muito fofinhas e por isso mesmo elas necessitam de bastante atenção e cuidado. É preciso certo tempo para que as almofadas das patas dos cães se acostumem a níveis elevados de atividade. Então, quando você decidir levar seu cachorro para caminhadas na área externa e por mais tempo do que ele já é acostumado, fique atento às almofadas para se certificar de que elas não estão rachadas, queimadas ou machucadas. Lembre-se de que uma mudança de terreno pode causar ferimentos. Preste bastante atenção na temperatura do chão, muito quente pode causar queimaduras e muito gelados podem, além de também queimar, congelar as almofadas. Já existem muitos cremes que podem prevenir lesões nas almofadas e ajudar na recuperação caso elas estejam lesionadas, peça uma indicação para o veterinário do animal.

4 – proteger com sapatos de cães é uma boa opção

O chão muito quente pode queimar as almofadas das patas e muito gelado pode também queimar e congelar essa área. (Foto: Reprodução / Chip Somodevilla / Getty Images / AFP)

Se o seu cão for suscetível a lesões nas almofadas ou você for levá-lo para caminhadas bem longas e já souber que o animal vai precisar de proteção extra, colocar sapatos protetores próprios para cães é uma boa opção. Existem vários tipos de sapatos que servem para diferentes finalidades. Converse com o seu veterinário e ele irá indicar a melhor opção para o seu cão e para o passeio de vocês. Alguns animais demoram certo tempo para se acostumar com os sapatos, mas se compradas no tamanho certo e colocadas na forma correta, eles serão capazes de andar e se movimentar sem problemas.

 

Fonte: I Heart Dogs

deixe seu comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *