7 formas de ajudar seu cachorro a lidar com a perda de um amigo animal

Acompanhar o cão mais de perto, manter sua rotina diária e até permitir que ele veja o animal falecido são dicas para ajudar um cachorro a superar o luto

por Andrezza Oestreicher — publicado 13 out 2017 - 18:00

Quem já perdeu um animal de estimação sabe bem como é doloroso e como a falta que ele faz causa um grande sofrimento. Porém, não somos só nós quem sentimos essa dor. Os cachorros também sofrem com a morte de um animal de estimação da família.

Como eles podem não demonstrar de uma forma tão aberta quanto nós, é preciso ficar de olho neles para perceber quando eles estão tristes e precisando de ajuda.

Os cães também podem ficar de luto após a morte de outro animal de estimação da família. (Foto: Reprodução / Dog Time)

Alguns dos sinais de que o cão está de luto e sofrendo são: mudanças no sono, mudança nos hábitos alimentares, falta de interesse nos passeios e em brincar, não querer ficar sozinho e continuar procurando pelo amigo falecido.

Porém, nós podemos fazer algumas coisas para ajudar nosso amigo peludo que também está sofrendo.

1 – Acompanhe seu animal mais de perto

Não esqueça do animal que está vivo por conta da tristeza do seu pet que faleceu, pois, assim como você, ele também perdeu seu companheiro de todas as horas. A melhor coisa para superar este momento, é vocês ficarem juntos, um dando amor e apoio ao outro. Mesmo que o seu pet não demonstre sofrimento, esteja mais atento ao comportamento dele no começo e lhe dê ainda mais carinho.

2 – Monitore a alimentação do seu cão

Quando estamos tristes e de luto, o apetite é uma das coisas mais afetadas. E o mesmo acontece com os cães. Quando estão passando por momentos assim os cachorros podem passar até 48 horas sem comer. O mais indicado é que você continue oferecendo a comida regular do cão nos horários que ele costuma comer, quando estiver se sentindo melhor, ele voltará a comer. Evite ao máximo oferecer guloseimas, pois o animal pode se acostumar.

Caso o seu cachorro demore muito para comer é hora de procurar um veterinário.

É importante ficar de olho na alimentação do cão nesse período de luto para que ele não fique tanto tempo sem comer. (Foto: Reprodução / I Heart Dogs)

3 – Dê tempo ao cão

Cada pessoa vive o luto de uma forma e por um tempo diferente. Não é possível saber por quanto tempo os cachorros vivem o luto, assim como com os humanos, não existe um prazo para que o animal volte ao normal. Se o tempo está passando e você não percebe melhoras no cão, é uma dica levá-lo ao veterinário.

4 – Mantenha a rotina diária do animal

É sempre difícil voltar á rotina após a perda de um animal de estimação tão amado, mas o cachorro que ficou vai precisar dessa continuidade na rotina para se sentir seguro e amparado. Faça o possível para manter as atividades diárias do cão, principalmente os horários de alimentação, brincadeiras e caminhada.

5 – Permita que cães sobreviventes estabeleçam sua própria estrutura social

Quando uma casa tem muitos cães perde um cão, a dinâmica entre o grupo de animais é afetada. O ideal é que eles se organizem sozinhos, mesmo que esse período seja caótico e com latidos e até estranhamentos entre eles. Desde que nenhum animal se machuque ou represente uma ameaça para os outros e para a família, o ideal é que os cães se reorganizem por conta própria.

Não se esqueça de dar muito carinho e atenção para o cão que ficou, pois ele também perdeu um amigo. (Foto: Reprodução / Cesar’s Way)

6 – Pense sobre a possibilidade do cão se despedir do amigo que faleceu

Os animais costumam entender a morte ao verem outro animal morto. Por isso, alguns veterinários incentivam tutores a dar a oportunidade do cachorro vivo inspecione o corpo do animal falecido. Isso faz com que o cão entenda o que de fato aconteceu e veja que o seu amigo não apenas sumiu.

7 – Às vezes é indicado esperar algum tempo antes de levar um novo animal para casa

Costumamos pensar que é melhor levar rapidamente um novo animal para casa para que o cãozinho que perdeu o amigo tenha uma nova companhia. Porém, alguns especialistas recomendam que se espere cerca de três meses para que o cachorro que está de luto fique bem e se “acostume” com a falta do animal falecido antes de ganhar uma nova companhia.

O ideal é observar bem o comportamento do cachorro para ver se já é hora de adicionar um novo membro na família.

Não se esqueça de que cada animal é diferente do outro e que a melhor forma de cuidar do seu pet é com a ajuda de um médico veterinário.

Fonte: I Heart Dogs

Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 7:02

O incidente é tão absurdo que é difícil acreditar como alguém pode ser tão insensível em relação a vida do próximo.

Operários em uma estrada de Agra, na Índia, não se deram o trabalho de mover um cachorro que dormia no local enquanto eles recapeavam a rua e seguiram com o dia como se não houvesse ninguém ali. Sim, eles construíram a rua em cima do cachorro e ele morreu após ter sido esmagado pelo rolo compressor enquanto os trabalhadores nivelavam a rua.

 » Read more about: Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua  »

Hotelzinho para cachorro compartilha a loucura quando a piscina é liberada para seus hóspedes caninos

por Samantha Kelly — publicado 14 jun 2018 - 8:20

O hotelzinho canino Happy Tails Camp em Norfolk, no estado norte-americano de Virginia, compartilhou o momento exato quanto seus hóspedes caninos foram liberados para cair na piscina.

Para quem acha que já foi em uma pool party bacana, sem dúvida não incluiu no currículo essa experiência incrível.

 

 » Read more about: Hotelzinho para cachorro compartilha a loucura quando a piscina é liberada para seus hóspedes caninos  »

Câmera flagra pets ajudando garotinha a escapar do quarto

por Samantha Kelly — publicado 12 jun 2018 - 11:00

A filhinha de 15 meses de Nina e Chris Cardinal acordou os pais no comecinho da manhã já no meio do corredor.

Essa proeza fez com que os pais questionassem como a bebê, que mal anda direito, conseguiu sair do berço e abrir a porta.

O mistério foi revelado através da babá eletrônica e os meliantes foram pegues no flagra. E não, não estamos falando de humanos, mas de dois douradinhos lindos chamados Bleu e Colby.

 » Read more about: Câmera flagra pets ajudando garotinha a escapar do quarto  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 7:02

O incidente é tão absurdo que é difícil acreditar como alguém pode ser tão insensível em relação a vida do próximo.

Operários em uma estrada de Agra, na Índia, não se deram o trabalho de mover um cachorro que dormia no local enquanto eles recapeavam a rua e seguiram com o dia como se não houvesse ninguém ali. Sim, eles construíram a rua em cima do cachorro e ele morreu após ter sido esmagado pelo rolo compressor enquanto os trabalhadores nivelavam a rua.

Transeuntes ainda podiam ver metade do corpo do cão preso ao asfalto e a brutalidade do acontecido provocou uma série de protestos por parte da população, levando com que polícia local abrisse um caso contra a empresa contratada.

De acordo com uma entrevista publicada pelo India Today, um oficial de polícia envolvido na investigação explicou que o animal estava dormindo quando foi esmagado pelo rolo compressor. Os trabalhadores declararam que eles informaram o engenheiro responsável pelo projeto sobre o ocorrido, porém ainda assim ele ordenou que a estrada fosse construída em cima do animal e assim eles fizeram.

 

Foto: Reprodução

Hotelzinho para cachorro compartilha a loucura quando a piscina é liberada para seus hóspedes caninos

por Samantha Kelly — publicado 14 jun 2018 - 8:20

O hotelzinho canino Happy Tails Camp em Norfolk, no estado norte-americano de Virginia, compartilhou o momento exato quanto seus hóspedes caninos foram liberados para cair na piscina.

Para quem acha que já foi em uma pool party bacana, sem dúvida não incluiu no currículo essa experiência incrível.