Três coisas que você precisa saber sobre o bumbum do seu cão

A região do bumbum de um cão tem vários nervos, o que torna a área bastante sensível e qualquer problema ali pode causar muita dor nos animais

por Andrezza Oestreicher — publicado 15 dez 2016 - 18:51

Nós, amantes de cachorros, somos apaixonados por nossos amigos de quatro patas desde seus focinhos gelados até a pontinha do rabinho e temos muito cuidado com todas as partes desses corpinhos peludos. Mas, o bumbum dos cães é uma parte que geralmente não nos toma tanta atenção quanto merece.

Porém, existem algumas coisas importantes que todos os tutores de cães precisam saber sobre região do ânus dos cachorros e a área circunvizinha, chamada de períneo.

A região do ânus dos cães possue muitos nervos, por isso é preciso sempre ter muita atenção e cuidado com essa área. (Foto: Reprodução)

1- Bumbum não serve só para defecar

O bumbum do cão é mais do que apenas o lugar por onde o animal defeca. Sim, o reto e o ânus tenham o grande propósito de colocar resíduos para fora do corpo, essa não é a única função da região traseira. Os cães possuem as glândulas anais, que produzem um líquido de cheiro forte.

É através do cheiro desse líquido que os cães se identificam (sabe aquela coisa de que todo cachorro quer cheirar o fundinho do outro? É por conta disso).

Como essas glândulas ficam bem próximas ao ânus, elas podem ser infectadas e criarem abscessos e rupturas.

A região também conta com glândulas que produzem um líquido de cheiro forte. (Foto: Reprodução)

2 – Existem muitos nervos na região

A área do bumbum do cão abriga vários nervos e é muito sensível. Isto significa que qualquer problema que o seu cão tiver nessa região, vai causar muita dor. Feridas, lacerações e infecções podem ocorrer nesta área e tudo isso vai trazer bastante dor.

Qualquer coisa que acontece perto do ânus pode ser muito desconfortável e doloroso para um cão.

Por isso, é preciso sempre ter muito cuidado na hora de limpar e tosar essa região e nunca se esquecer de pedir para que o veterinário cheque a parte traseira do seu cachorro sempre que fizer uma visita de rotina na clínica ou quando achar que tem algo errado com o seu animal.

Por conta da grande quantidade de nervos, qualquer problema na região do ânus pode causar uma dor muito forte nos cães.

3 – Problemas na área podem causar muito incômodo e dor

Além da dor que problemas nessa região podem causar ao animal, tem também o incômodo, que sempre é muito maior do que podemos imaginar.

Se você perceber que o cão está se sentindo incomodado com algo nessa região, tenha a certeza que esse desconforto está pior do que o animal demonstra. Geralmente, incômodos na região do ânus podem estar associados a doenças alérgicas, vermes ou até mesmo pulgas.

Por ser uma área com muitos nervos e bastante sensível, sempre que perceber que o cão está com algum desconforto na região do ânus, procure um veterinário e nunca tente dar um jeitinho em casa.

Crie o hábito de prestar mais atenção no bumbum do seu cão, ou pelo menos sempre checar quando for dar banho nele. Isso é importante para que você consiga perceber quando algo estiver errado na região e ajudar o seu cachorro mais rapidamente. E sempre que perceber alguma coisa errada, leve o animal ao veterinário imediatamente.

 

Fonte: I Heart Dogs 

deixe seu comentário: