A crescente do cachorro pequeno para apartamento

por Samantha Kelly — publicado 8 jan 2013 - 8:54

Cachorros pequenos para apartamento. Foto: Reprodução

 

Hoje se observa que cada vez mais as pessoas procuram raças de cachorro de pequeno ou médio porte para conviver. São vários os motivos para que essa tendência tenha se estabelecido, porém essa mudança pode ser vista como uma consequência natural , já que além da população do Brasil ter se tornado em sua maioria urbana, os espaços nas cidades são bem menores do que costumavam ser.

Deve-se também observar a mudança de papeis na família brasileira, tendo agora tanto a mulher quanto o homem trabalhando e passando menos tempo em casa.

Por uma questão financeira e prática, as características das raças mais procuradas mudaram de figura, sendo geralmente as raças menores as mais comuns da atualidade.

Muito se deve ao fato do cachorro pequeno poder facilmente viver em um apartamento, não utilizar muito espaço, não precisar de tanto exercício quanto um cão de porte grande e no geral possuir um gasto financeiro bem menor. Vendo por esse prisma é natural que as raças pequenas sejam a primeira escolha de cachorros para apartamento.

Já um cachorro de porte grande é inegavelmente mais dispendioso, desde os gastos básicos do cotidiano, como quantidade de ração e procedimentos no veterinário à logísticas de transporte em viagens.

Se levarmos em consideração uma raça de porte grande, como o Galgo Irlandês, que necessita de muito espaço, uma quantidade de exercício alta e um bom tempo de cuidados com o visual, é compreensível que a raça esteja praticamente desaparecendo.

Cães de porte grande também precisam de um dono mais experiente e de um treinamento mais direcionado devido a sua potência corporal; afinal, um cachorro como um chihuahua pode ser mais facilmente dominado do que um Rottweiler.

Em relação a quais raças procurar, é interessante sempre ler o máximo possível sobre as características das raças e analisar qual a melhor opção para o seu estilo de vida. Não só as raças que estão categorizadas como Toys são boas para apartamentos.

Um exemplo do que pode acontecer quando se adquire um cachorro sem conhecimento mais profundo ocorreu com o Husky Siberiano na época que ele virou moda. Agora imagine um cão incrível, só que com muita energia e originalmente um trabalhador, preso em um apartamento sem fazer a quantidade de exercício necessária? Infelizmente essa é uma equação que leva à frustração, tanto humana quanto canina, e como era de se esperar, muitos cães foram abandonados à sua própria sorte pois os donos não podiam oferecer o que eles precisavam.

Mesmo assim, nada impede você de ter um cão de porte grande em apartamento. Há inúmeros casos bem sucedidos, mas todos eles andam em paralelo com um compromisso que o dono faz de manter o cachorro com uma vida ativa, saudável e feliz, levando-o para passear e mantendo uma rotina de exercícios e brincadeiras fora de casa.

Grandes ou pequenos, cães em apartamentos são uma realidade e por isso vários condomínios estão trocando os parquinhos para crianças e substituindo-os por áreas específicas para cachorros, com objetos e brinquedos para entretê-los. Pensar que essa hipótese há dez anos, seria inimaginável, mostra a rápida mudança dos cães e sua importância no dia a dia do brasileiro.

 

Por ser compacto, o Pug é ideal para lugares pequenos, além de ser companheiro e fiel.

 

Em Agosto de 2012, o Portal do Dog realizou uma pesquisa com 400 leitores da FanPage para definir o porte dos cachorros dos nossos leitores. Os números só confirmaram que a tendência é de fato os donos escolherem os cães de pequeno porte.

Os cães mini (de 1 à10 kg) receberam 193 votos, os de tamanho médio (11 à 25 kg) e tamanho grande (26 á 44 kg) praticamente empataram, com os médios levando 86 votos e os grande com 87 votos, e os de tamanho gigante (acima de 45 kg) com apenas 15 votos.

Para os muitos possíveis donos de cachorros que têm menos tempo e menos espaço físico em suas vidas, os cães de porte pequeno podem ser uma boa opção.

 

Veja uma lista completa de cachorros pequenos para apartamento, no total são 32 raças, acesse:
Lista com raças de cachorros ideais para apartamento

Veja também, galeria de fotos com cachorros para apartamentos, acesse o link abaixo:
Galeria de fotos de cachorros para apartamentos

Cadelinha continua deixando metade de sua comida para seu amigo canino que morreu

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 jun 2017 - 9:33

Os cães Stitch e Cookie, ambos da raça Labrador, sempre foram melhores amigos e faziam tudo juntos e até dividiam o potinho de comida.

Desde que chegou na casa de sua família, a cadelinha Cookie aprendeu a deixar metade da ração que tinha no pote para que Stitch, o outro cão que já vivia na casa, comesse depois dela.

O tutor dos animais sempre colocava uma quantidade de ração suficiente para os dois e Stitch sempre se certificava de que sua amiga Cookie estava deixando a parte dele.

 » Read more about: Cadelinha continua deixando metade de sua comida para seu amigo canino que morreu  »

Kim Kardashian apresenta o novo cachorrinho de sua filha

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jun 2017 - 18:50

Para comemorar o aniversário de quatro anos de sua filha com kanye West, Kim Kardashian deu para a pequena North West um filhote de cachorro como presente.

Kim apresentou o pequeno cachorro em suas redes sociais, mas não deu grandes detalhes.

O filhote parece ser da raça Lulu da Pomerânia, também conhecida por Spitz Alemão. Alguns sites internacionais especulam que o cão seja um Teacup Lulu Da Pomeranian, tamanho maior e que apresentaria menos problemas de saúde do que o micro.

 » Read more about: Kim Kardashian apresenta o novo cachorrinho de sua filha  »

Casal que mantinha 170 cães em péssimas condições é proibido de ter animais

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jun 2017 - 9:33

Nos Estados Unidos, um casal foi condenado por maus-tratos a animais por manterem cerca de 170 cachorros em péssimas condições. Mark Vattimo, de 72 anos, e Christine Calvert, de 62, se declararam culpados por negligenciarem os cachorros, todos da raça Yorkshire Terrier.

Em janeiro deste ano, 2017, dezenas de cachorros foram encontrados em uma sala escura. A situação era terrível. Os animais estavam vivendo em meio a muita sujeira e com urina cobrindo o chão e até paredes.

 » Read more about: Casal que mantinha 170 cães em péssimas condições é proibido de ter animais  »

deixe seu comentário:

Cadelinha continua deixando metade de sua comida para seu amigo canino que morreu

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 jun 2017 - 9:33

Os cães Stitch e Cookie, ambos da raça Labrador, sempre foram melhores amigos e faziam tudo juntos e até dividiam o potinho de comida.

Desde que chegou na casa de sua família, a cadelinha Cookie aprendeu a deixar metade da ração que tinha no pote para que Stitch, o outro cão que já vivia na casa, comesse depois dela.

Stitch e Cookie eram melhores amigos e sempre dividiam o mesmo pote de comida. (Foto: Reprodução / Twitter @_EasyBreasy_)

O tutor dos animais sempre colocava uma quantidade de ração suficiente para os dois e Stitch sempre se certificava de que sua amiga Cookie estava deixando a parte dele. Dessa forma, cada um comia o tanto certo.

Porém, infelizmente, o cachorro Stitch faleceu no início deste mês de junho, e Cookie perdeu o seu melhor amigo.

Como agora só tinham um cão em casa, o tutore passou a colocar uma quantidade menor de comida no pote que os cães dividiam, pois agora a ração seria apenas para a cadela.

Acontece que o tutor reparou que, mesmo se passando vários dias após a morte de Stitch, a cadela Cookie não se esquece de seu melhor amigo e continua deixando metade da ração para ele comer depois dela.

Mesmo após a morte do amigo Stitch, a cadela Cookie continuou deixando metade de sua comida para ele. (Foto: Reprodução / Twitter @_EasyBreasy_)

“Nós peguamos Stitch quando eu estava no jardim de infância. Na terceira série, pegamos Cookie. Eu sentia que o Stitch precisava de companhia. Mas eles eram como Batman e Robin, estavam sempre juntos, sempre um ao lado do outro, brincando ou tomando conta um do outro”, contou o tutor dos animais sobre a amizade dos cães.

É, os cães sempre nos mostrando e provando que não existe amor e nem amizade maior do que a deles.

Fonte: Estadão

Kim Kardashian apresenta o novo cachorrinho de sua filha

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jun 2017 - 18:50

Para comemorar o aniversário de quatro anos de sua filha com kanye West, Kim Kardashian deu para a pequena North West um filhote de cachorro como presente.

Kim apresentou o pequeno cachorro em suas redes sociais, mas não deu grandes detalhes.

Kim Kardashian deu um fofo cachorrinho de presente para a sua filha. (Foto: Reprodução / Instagram @kimkardashian)

O filhote parece ser da raça Lulu da Pomerânia, também conhecida por Spitz Alemão. Alguns sites internacionais especulam que o cão seja um Teacup Lulu Da Pomeranian, tamanho maior e que apresentaria menos problemas de saúde do que o micro.

O que também se sabe é que Penélope, filha de Kourtney Kardashian e sobrinha de Kim, também ganhou um filhote igual ao da prima North.

Ao mostrar o pequeno filhote para seus fãs pela primeira vez, Kim só contou que o animal era da sua filha e que ele ainda não tinha nome.

Kim apresentou o filhote para seus fãs através das redes sociais. (Foto: Reprodução / Daily Mail UK / Kim Kardashian Snapchat)

“Gente, quão fofo é o cachorrinho de Northie?”, perguntou Kim para os seus seguidores do Snapchat. Ainda em um vídeo publicado na rede social, Kim olha para o fofo filhote e pergunta: “Como devemos chamar você?”.

Em seu perfil oficial no Instagram, a esposa de kanye West contou que sua sobrinha já escolheu o nome do seu cachorrinho, que agora se chama Honey e perguntou para os seus seguidores: “Como deveremos chamar o nosso?”.

North West e sua prima Penélope ganharam cachorrinhos iguais.
(Foto: Reprodução / Instagram @kimkardashian)

O que sabemos de fato até agora é que ambos os filhotes são muito lindos e fofinhos e esperamos que eles sejam sempre muito bem cuidados.

Fonte: TMZ / Daily Mail UK