A próxima geração de doenças perigosas para o homem pode vir dos pets?

por Samantha Kelly — publicado 14 nov 2012 - 7:20

Segundo um estudo encabeçado por Michael Day, professor de patologia veterinária na University of Bristol, as próximas doenças potencialmente fatais para o ser humano poderiam ter como fonte nossos pets.
 

Foto: Dan Kitwood/Getty Images

Foto: Dan Kitwood/Getty Images

 

A pesquisa ainda afirma que as doenças em humanos com origem em outros animais vão ser cada vez mais virulentas – como por exemplo a raiva, que mata 55 mil pessoas todos os anos na África e Asia.

Com a mudança de papéis dos animais, saindo do quintal e indo para dentro de casa, pets e humanos dividem mais tempo e espaço, o que aumenta a chance de uma contaminação.

Há uma estimativa de 8 a 10 milhões de cães vivendo em 31% das casas britânicas e nos Estados Unidos, 72 milhões de cães, ocupando cerca de 37% das casas.

Michael ainda menciona que as agências internacionais de saúde monitoram profundamente doenças vindas do gado, mas não de animais domésticos.

Ele explica:

 

Por exemplo, a Organização Mundial de Saúde (OMS) monitora o vírus Influenza através de uma rede de 111 centros em 83 países. Em contrate, não há monitoramento para infecções que possam ser transmitidas entre os pets e o homem.

 

Fonte Daily Mail

deixe seu comentário: