Após 2 dias internado, morre cachorro que teve o corpo incendiado em Curitiba

Apesar dos cuidados que recebeu, o cão não resistiu aos ferimentos causados pelo fogo e faleceu

por Andrezza Oestreicher — publicado 15 fev 2018 - 9:30

Na madrugada da última segunda-feira, dia 12 de fevereiro, um cachorrinho de rua foi levado às pressas para receber cuidados de emergência em uma clínica veterinária após ter seu corpo queimado de forma proposital.

De acordo com Ticiani Mattos, moradora do bairro Pilarzinho, em Curitiba, onde o caso aconteceu, um homem, que também mora na região, enrolou um pano molhado de querosene no cão e ateou fogo.

Homem enrolou pano molhado de querosene em cão e ateou fogo. (Foto: Reprodução / Facebook Bairro Pilarzinho)

Ticiani Mattos, que viu tudo, logo se juntou a outros moradores para apagar o fogo com água e imediatamente levou o animal para uma clínica veterinária, onde o cachorro ficou internado por dois dias em situação delicada.

Infelizmente, mesmo com os cuidados que recebeu, o cachorrinho não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada da quarta-feira, 14 de fevereiro.

Através de uma mobilização feita por moradores na página “Bairro Pilarzinho” no Facebook, Ticiani conseguiu arrecadar metade do valor total dos custos do tratamento do cão, que passou de R$ 1.600

Ainda de acordo com Ticiani, que tinha afirmado que adotaria o cachorro quando ele se recuperasse e fosse liberado, o animal estava muito fraco e ficaria cego caso sobrevivesse. “Ontem a respiração dele estava bem ruim e a veterinária havia pedido para fazer mais alguns exames. Eu autorizei, mas não deu tempo”, explicou ela ao Gazeta do Povo.

Infelizmente, o animal não resistiu aos ferimentos. (Foto: Reprodução / Facebook Bairro Pilarzinho)

O homem responsável pela violência, segundo Ticiani, é novo no bairro e mora sozinho. A mãe do acusado, que quase foi linchado pelos vizinhos, afirmou que ele teria problemas psiquiátricos. De acordo com informações da página “Bairro Pilarzinho”, o homem chegou a ser preso, porém, o caso não chegou à Delegacia do Meio Ambiente, responsável por investigar crimes relacionados a animais.

Fonte: Gazeta do Povo

Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 9:30

Ficamos apaixonadas pela escada em espiral da Sophipet com um ar super sofisticado. Ela é totalmente personalizável, com várias opções de cores e estilos para combinar com diferentes tipos de decoração.

Muitos não sabem, mas rampas e escadinhas dessa forma ajudam bastante os pets a não forçarem as costas com os vários pulos acrobáticos que eles dão quando sobem e descem da cama, sofá e afins.

Ela chega até 100 cm de altura para as camas mais altas e possui apenas 45 cm de raio,

 » Read more about: Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama  »

Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 7:02

O incidente é tão absurdo que é difícil acreditar como alguém pode ser tão insensível em relação a vida do próximo.

Operários em uma estrada de Agra, na Índia, não se deram o trabalho de mover um cachorro que dormia no local enquanto eles recapeavam a rua e seguiram com o dia como se não houvesse ninguém ali. Sim, eles construíram a rua em cima do cachorro e ele morreu após ter sido esmagado pelo rolo compressor enquanto os trabalhadores nivelavam a rua.

 » Read more about: Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua  »

Hotelzinho para cachorro compartilha a loucura quando a piscina é liberada para seus hóspedes caninos

por Samantha Kelly — publicado 14 jun 2018 - 8:20

O hotelzinho canino Happy Tails Camp em Norfolk, no estado norte-americano de Virginia, compartilhou o momento exato quanto seus hóspedes caninos foram liberados para cair na piscina.

Para quem acha que já foi em uma pool party bacana, sem dúvida não incluiu no currículo essa experiência incrível.

 

 » Read more about: Hotelzinho para cachorro compartilha a loucura quando a piscina é liberada para seus hóspedes caninos  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 9:30

Ficamos apaixonadas pela escada em espiral da Sophipet com um ar super sofisticado. Ela é totalmente personalizável, com várias opções de cores e estilos para combinar com diferentes tipos de decoração.

Muitos não sabem, mas rampas e escadinhas dessa forma ajudam bastante os pets a não forçarem as costas com os vários pulos acrobáticos que eles dão quando sobem e descem da cama, sofá e afins.

Ela chega até 100 cm de altura para as camas mais altas e possui apenas 45 cm de raio, o que salva bastante espaço. Dá até para adicionar uma proteção na escada para evitar acidentes.

Elas são feitas com excelente qualidade e o preço, apesar de ser salgado (começa em US $ 420 e, para a opção mais cara, você precisa desembolsar mais de US $ 1.500), ainda são uma ótima ideia e opção para quem pode pagar.

Queremos opções mais acessíveis para ontem!

 

Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 7:02

O incidente é tão absurdo que é difícil acreditar como alguém pode ser tão insensível em relação a vida do próximo.

Operários em uma estrada de Agra, na Índia, não se deram o trabalho de mover um cachorro que dormia no local enquanto eles recapeavam a rua e seguiram com o dia como se não houvesse ninguém ali. Sim, eles construíram a rua em cima do cachorro e ele morreu após ter sido esmagado pelo rolo compressor enquanto os trabalhadores nivelavam a rua.

Transeuntes ainda podiam ver metade do corpo do cão preso ao asfalto e a brutalidade do acontecido provocou uma série de protestos por parte da população, levando com que polícia local abrisse um caso contra a empresa contratada.

De acordo com uma entrevista publicada pelo India Today, um oficial de polícia envolvido na investigação explicou que o animal estava dormindo quando foi esmagado pelo rolo compressor. Os trabalhadores declararam que eles informaram o engenheiro responsável pelo projeto sobre o ocorrido, porém ainda assim ele ordenou que a estrada fosse construída em cima do animal e assim eles fizeram.

 

Foto: Reprodução