ASPCA resgata 700 animais de abrigo nos Estados Unidos que os mantinha em péssimas condições

Responsáveis pelo abrigo foram presos. Os animais resgatados receberam toda a assistência médica necessária e estão sendo cuidados por veterinários e pela ASPCA

por Andrezza Oestreicher — publicado 3 fev 2016 - 14:15

A grande vontade dos amantes de cães é poder ajudar o maior número de animais possíveis, não é mesmo? Porém essa não é uma tarefa tão simples. Muita gente até tem boa vontade e atitude, resgatando animais, mas para que esse tipo de trabalho seja feito, infelizmente só o amor e a vontade não bastam.

Para ajudar animais abandonados resgatando-os das ruas é necessário ter uma estrutura adequada para abrigá-los e fundos para conseguir mantê-los bem e saudáveis. Mas, às vezes não é possível conseguir tudo isso e os cães acabam saindo das ruas para viver em locais com péssimas condições e sem maiores cuidados.

Foram encontrados animais vivendo em ambientes imundos. (Foto: Reprodução / ASPCA)

Foram encontrados animais vivendo em ambientes imundos. (Foto: Reprodução / ASPCA)

E foi exatamente isso o que a ASPCA, Sociedade Americana de Prevenção da Crueldade Animal, encontrou ou atender um chamado do Departamento de Agricultura da Carolina do Norte e do Gabinete do Xerife do Condado de Hoke, na Carolina do Norte, Estados Unidos, pedindo ajuda para resgatar animais de um abrigo que alojava os bichinhos em péssimas condições.

O The Haven, nome do abrigo, havia perdido sua licença de funcionamento já há algum tempo, justamente por conta das péssimas condições que oferecia aos animais, incluindo água inadequada e falta de cuidados médicos.

Cães e gatos viciam presos em gaiolas pequenas e enferrujadas. (Foto: Reprodução / ASPCA)

Cães e gatos viciam presos em gaiolas pequenas e enferrujadas. (Foto: Reprodução / ASPCA)

A ASPCA resgatou do abrigo cerca de 700 animais, entre eles cerca de 350 cães, mais de 250 gatos, 47 cavalos e outros bichinhos, que viviam em um lugar descrito como imundo, dentro de gaiolas pequenas e enferrujadas e comanimais do lado de fora em piquetes sem cobertura. Muitos dos animais estavam doentes, alguns abaixo do peso e todos estavam sem tratamentos médicos, alguns animais inclusive vivendo com feridas abertas.

De acordo com a ASPCA, que em sua contagem final resgatou 700 animais em uma operação que contou com a ajuda de cerca de 140 pessoas entre veterinários, funcionários e voluntários, também foram encontrados animais mortos na propriedade.

Alguns animais ficavam do lado de fora em lugares sem cobertura e proteção. (Foto: Reprodução / ASPCA)

Alguns animais ficavam do lado de fora em lugares sem cobertura e proteção. (Foto: Reprodução / ASPCA)

Os animais resgatados receberam assistência médica e foram levados para um abrigo temporário onde farão exames médicos e serão melhor avaliados. Segundo informações divulgadas pela ASPCA, essa foi uma das maiores apreensões de animais em 150 anos de ação da organização.

Os responsáveis pelo abrigo The Haven, o casal Stephen Spear, 67, e Linden Spear, 59, foram presos e enfrentam acusações de crueldade contra os animais, entre outras.

Foram retirados do local 700 animais. (Foto: Reprodução / ASPCA)

Foram retirados do local 700 animais. (Foto: Reprodução / ASPCA)

Para quem quer ajudar animais abandonados fica aqui a dica, antes de levar animais para a sua casa pense bem se você realmente tem condições. Entre em contato com organizações regulamentadas para saber como prosseguir.

Para quem não tem condições de manter muitos animais, mas tem muita vontade de ajudar, procure algum abrigo sério na sua cidade e pergunte como ajudar. No Brasil existem várias organizações sérias que fazem um belo trabalho cuidando de animais carentes e que estão sempre precisando de ajuda.

 

Fonte: I Heart Dogs

Câmera de segurança flagra ladrões roubando cachorros para consumo no Vietnã

por Samantha Kelly — publicado 28 jun 2017 - 11:15

Uma câmera de segurança no Vietnã flagrou o momento chocante em que dois ladrões, utilizando armas com arpões elétricos, invadiram uma propriedade e mataram três cachorros.

Apesar do responsável tentar impedir o roubo, os homens se aproveitaram do fato de estarem armados e fugiram rapidamente com os animais, a essa altura já mortos, na moto.

 

 

O roubo de animais de estimação para a venda no mercado de carnes é muito comum no Vietnam e há diversos registros online desse crime bárbaro sendo repetido diversas vezes.

 » Read more about: Câmera de segurança flagra ladrões roubando cachorros para consumo no Vietnã  »

Cão da raça Mastiff Napolitano é considerado o mais feio do mundo

por Andrezza Oestreicher — publicado 28 jun 2017 - 9:13

14 cães participaram, na última sexta-feira, dia 23 de junho, de um concurso em que nem todos os tutores gostaram de ver seus lindinhos animais de estimação. O concurso em questão iria escolher o cachorro mais feio do mundo.

Em sua 29ª edição, o concurso, realizado Petaluma, na Califórnia, teve a fêmea Martha, da raça Mastiff Napolitano (Mastim Napolitano) como grande vencedora. E bota grande nisso, já que Martha é um animal enorme e que pesa cerca de 57 kg.

 » Read more about: Cão da raça Mastiff Napolitano é considerado o mais feio do mundo  »

Padre Fábio de Melo fala sobre seu cachorro Lucca em bate-papo com Pedro Bial

por Andrezza Oestreicher — publicado 27 jun 2017 - 18:32

Nós, amantes de cachorro, volta e meia nos pegamos falando de nossos cães como se fossem pessoas, seres humanos assim como nós. Muitas vezes, nossos cachorros são muito mais do que apenas animais de estimação. Eles são grandes amigos e companheiros que rapidamente se tornam um membro de nossas famílias.

Para o Padre Fábio de Melo parece que também é assim. Durante um bate-papo com o apresentador Pedro Bial, ele falou sobre seus três cachorros.

 » Read more about: Padre Fábio de Melo fala sobre seu cachorro Lucca em bate-papo com Pedro Bial  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Câmera de segurança flagra ladrões roubando cachorros para consumo no Vietnã

por Samantha Kelly — publicado 28 jun 2017 - 11:15

Uma câmera de segurança no Vietnã flagrou o momento chocante em que dois ladrões, utilizando armas com arpões elétricos, invadiram uma propriedade e mataram três cachorros.

Apesar do responsável tentar impedir o roubo, os homens se aproveitaram do fato de estarem armados e fugiram rapidamente com os animais, a essa altura já mortos, na moto.

 

 

O roubo de animais de estimação para a venda no mercado de carnes é muito comum no Vietnam e há diversos registros online desse crime bárbaro sendo repetido diversas vezes.

Cão da raça Mastiff Napolitano é considerado o mais feio do mundo

por Andrezza Oestreicher — publicado 28 jun 2017 - 9:13

14 cães participaram, na última sexta-feira, dia 23 de junho, de um concurso em que nem todos os tutores gostaram de ver seus lindinhos animais de estimação. O concurso em questão iria escolher o cachorro mais feio do mundo.

Em sua 29ª edição, o concurso, realizado Petaluma, na Califórnia, teve a fêmea Martha, da raça Mastiff Napolitano (Mastim Napolitano) como grande vencedora. E bota grande nisso, já que Martha é um animal enorme e que pesa cerca de 57 kg.

Cadela Martha ganhou o concurso de cachorro mais feio do mundo. (Foto: Reprodução / TMZ / Getty)

A cadela, que já era apontada como favorita pelo público para levar o troféu de primeiro lugar, foi resgatada por sua atual tutora, Shirley Zindler, quase cega. Shirley, então, ofereceu todos os cuidados necessários para Martha, que fez várias cirurgias e conseguiu voltar a enxergar.

Por conta das cirurgias, Martha, que tem o rosto já bastante enrugado, tem inúmeras cicatrizes nos olhos, o que pode ter ajudado no concurso. Assim como Martha outros cães que participaram do concurso já sofreram maus-tratos no passado e por isso apresentam algumas marcas e cicatrizes consideradas feias pelo corpo.

Porém, o que pode ser feio para os outros, é belo para os tutores dos animais, além de ser um sinal de superação e sobrevivência dos cachorros.

Além do troféu, a cadela recebeu um prêmio de US$ 1,5 mil. (Foto: Reprodução / TMZ / Getty)

Além do troféu de cachorro mais feio do mundo, a vencedora do concurso de 2017 Martha recebeu, junto com sua tutora, um prêmio de US$ 1,5 mil e muito espaço nas mídias e na imprensa mundial.

Em segundo lugar ficou um Griffon de Bruxelas de 16 anos chamado Moe, o cãozinho mais velho do concurso, e em terceiro lugar ficou um Cão de Crista Chinês chamado Chase.

Fonte: TMZ / O Globo