Bebês criados com cães têm menos doenças respiratórias

por Fabio Sakita — publicado 27 set 2012 - 15:26

Pedro Henrique, de 5 anos, e o irmão, Luiz Guilherme, de 3, convivem com animais desde que nasceram e dificilmente ficam res­fri­ados


 
Além de grandes amigos, os cachorros agora podem ser bons aliados para proteger bebês de doenças respiratórias durante o primeiro ano de vida. É o que revela um estudo realizado por pesquisadores da Finlândia e da Alemanha divulgado no jornal Pediatrics, da Academia Americana de Pediatria.

A pesquisa acompanhou 397 crianças desde a gestação até 1 ano de idade e concluiu que os pequenos que possuíam cachorros em casa tiveram menos problemas do aparelho respiratório ou de infecções do que aqueles sem exposição ao animal. Além disso, eles também ficaram menos vulneráveis a contrair otites (inflamação no ouvido), rinites e tendiam a fazer menos uso de antibióticos.

O pediatra e membro da diretoria de defesa profissional da Sociedade Paranaense de Pediatria Luiz Ernesto Pujol relata que os resultados podem ser explicados pelo fato de que o bebê, ao manter contato com o bicho, produz mais anticorpos. “O que acontece é uma sensibilização. As crianças são expostas naturalmente a uma série de agentes agressivos e vão, aos poucos, criando resistência, como se fosse uma espécie de ‘vacina’ natural.”

O menino Pedro Hen­­ri­­que Massochetto de Lima, de 5 anos, é um exemplo de que os resultados da pesquisa podem mesmo ser uma justificativa para manter os cães dentro de casa. Desde que estava na barriga da mãe, cachorros e gatos já faziam parte da família, e, quando ele nasceu, os pais não evitaram que se relacionasse frequentemente com os animais. “Nunca tivemos problemas em manter bichos perto do Pedro. Desde bebê, ele sempre teve uma imunidade espetacular e, até hoje, dificilmente fica resfriado”, afirma Ricardo Braga de Lima, pai do garoto.

Veja matéria completa aqui.

Fonte Gazeta do Povo

Cadela abandonada com recado preso na coleira é adotada

por Andrezza Oestreicher — publicado 17 jan 2018 - 9:32

No final de dezembro de 2017, um homem foi flagrado por câmeras de segurança abandonando um cachorro na calçada de uma unidade do Dunkin ‘Donuts, empresa norte-americana muito conhecida especializada em rosquinhas e café, em uma cidade no Novo México.

O caso foi parar nas mídias internacionais depois que a polícia de Santa Fé lançou um comunicado com a intenção de conseguir informações sobre um homem suspeito de abandonar um cachorro próximo a uma estrada da cidade.

 » Read more about: Cadela abandonada com recado preso na coleira é adotada  »

Cachorro morde tornozelo de ladrão e evita que seu tutor seja assaltado

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 jan 2018 - 18:38

Em Campeiro, no interior do Paraná, um cachorrinho protegeu o seu tutor, um homem de 63 anos de idade chamado Antenor Moreira de Santana, da forma mais literal e foi um verdadeiro herói impedindo um assalto.

De acordo com informações dadas pelo tutor, na madrugada da última quinta-feira, dia 11 de janeiro, ele estava no quintal de sua casa quando um homem armado invadiu o local e anunciou o assalto.

O cachorro, que se chama Campeiro,

 » Read more about: Cachorro morde tornozelo de ladrão e evita que seu tutor seja assaltado  »

Atriz Jana Kramer flagra sua filha bebendo água na vasilha dos cachorros

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 jan 2018 - 9:31

Jana Kramer, atriz e cantora que ganhou fama mundial depois de participar das séries jovens 90210, como Portia Ranson, e One Tree Hill (Lances da Vida, em português), como Alex Dupré, pegou sua filha no flagra imitando os cachorros da família e não conseguiu segurar a risada.

Na última quarta-feira, dia 10 de janeiro, Jana, que está focando bastante na sua carreira de cantora, publicou no Stories do seu perfil no Instagram vários vídeos mostrando seu marido,

 » Read more about: Atriz Jana Kramer flagra sua filha bebendo água na vasilha dos cachorros  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cadela abandonada com recado preso na coleira é adotada

por Andrezza Oestreicher — publicado 17 jan 2018 - 9:32

No final de dezembro de 2017, um homem foi flagrado por câmeras de segurança abandonando um cachorro na calçada de uma unidade do Dunkin ‘Donuts, empresa norte-americana muito conhecida especializada em rosquinhas e café, em uma cidade no Novo México.

O caso foi parar nas mídias internacionais depois que a polícia de Santa Fé lançou um comunicado com a intenção de conseguir informações sobre um homem suspeito de abandonar um cachorro próximo a uma estrada da cidade.

Cadelinha foi abandonada com bilhete que dizia: “Estou livre. Eu estou tendo bebês”. (Foto: Reprodução / Santa Fe Police)

Câmeras externas mostram o homem retirando o animal de dentro do carro (de cor escura) e em seguida entrando no estabelecimento. O cachorro chegou a seguir o homem, mas foi ignorado. Depois, o homem sai, vai embora e deixa o cão sozinho.

Polícia divulgou imagens do homem que abandonou o animal e busca informações sobre ele. (Foto: Reprodução / Santa Fe Police)

Do lado de dentro do Dunkin ‘Donuts as câmeras de segurança conseguiram pegar bem o rosto do homem responsável pelo abandono. Com isso, a polícia espera encontrar o acusado para que ele responda pelo crime que cometeu.

Enquanto isso, descobriu-se que o animal abandonado na verdade se tratava de uma cadela e que ela tinha um recado preso em sua coleira que dizia: “Estou livre. Eu estou tendo bebês”.

A cadela foi resgatada e encaminhada para um abrigo, onde recebeu cuidados e carinho. (Foto: Reprodução / Facebook Santa Fe Animal Shelter & Humane Society)

Ela foi levada um abrigo e instituição de cuidados animais chamada Santa Fe Animal Shelter and Humane Society, onde recebeu os cuidados necessários e ganhou o nome de Jackie. “Ela é sociável e adora as pessoas. Ainda não sabemos se ela está grávida – muito cedo para contar”, informaram na época em que a cadelinha foi resgatada.

Felizmente, a cadelinha Jackie foi rapidamente adotada. (Foto: Reprodução / Facebook Santa Fe Animal Shelter & Humane Society)

Felizmente, Jackie já foi adotada e ganhou um lar com uma tutora que prometeu lhe dar muito amor. A gravidez da cadelinha não chegou a ser confirmada pelo abrigo.

Fonte: Bored Panda / Facebook Santa Fe Animal Shelter & Humane Society

Cachorro morde tornozelo de ladrão e evita que seu tutor seja assaltado

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 jan 2018 - 18:38

Em Campeiro, no interior do Paraná, um cachorrinho protegeu o seu tutor, um homem de 63 anos de idade chamado Antenor Moreira de Santana, da forma mais literal e foi um verdadeiro herói impedindo um assalto.

De acordo com informações dadas pelo tutor, na madrugada da última quinta-feira, dia 11 de janeiro, ele estava no quintal de sua casa quando um homem armado invadiu o local e anunciou o assalto.

O cachorro, que nunca tinha atacado ninguém, mordeu o tornozelo do ladrão. (Foto: Reprodução / G1 / Agnaldo Moreira de Santana)

O cachorro, que se chama Campeiro, estava junto e Antenor nem percebeu quando o animal atacou o assaltante. “Ele [suspeito] chegou e apontou uma arma para o meu peito. Nisso, o Campeiro estava do meu lado e acho que sentiu o perigo. Quando percebi, o homem estava agachando para se livrar do cachorro”, contou a vítima, que aproveitou o momento em que o cão imobilizou o ladrão para alertar os vizinhos.

Campeiro, que nunca tinha atacado ninguém até então, mordeu o invasor no momento em que seu tutor entregava o celular. “Essa foi a primeira vez que o Campeiro atacou alguém. Ele deve ter percebido que algo estava errado e mordeu. É um cachorro companheiro”, contou Antenor, que disse que acha que o animal sentiu que seu tutor estava em perigo e por isso foi violento.

Após se livrar do cão, o ladrão fugiu, mas sem levar nada. Já Antenor foi até o destacamento da Polícia Militar para registrar o Boletim de Ocorrência e para isso teve, é claro, a companhia do fiel e protetor cãozinho Campeiro.

Fonte: G1