Bombeiros e voluntários resgatam animais após tragédia em Mariana (MG)

O rompimento das barragens de uma mineradora no distrito de Bento Rodrigues deixou cães e gatos perdidos no meio de tanta lama.

por Karina Sakita — publicado 11 nov 2015 - 18:19

No dia 05, o rompimento de duas barragens de rejeitos de uma mineradora causou uma grande destruição no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, que fica em Minas Gerais.

Seis pessoas morreram com essa tragédia e 21 pessoas estão desaparecidas, sendo 11 funcionários da mineradora.

Voluntários, o Corpo de Bombeiros, a Guarda Municipal, a Polícia Militar e cães policiais estão trabalhando juntos para resgatar os animais que ficaram presos no meio de tanta lama.

Esse grande grupo já conseguiu salvar a vida de diversos cães, gatos, vacas e galinhas.

 

Um trabalho comovente. (Foto: Reprodução / Facebook /  Associação Ouropretana de Proteção Animal)

Um trabalho comovente. (Foto: Reprodução / Facebook / Associação Ouropretana de Proteção Animal)

 

De acordo com a veterinária Carla Sássi, muitas famílias não abandonaram seus cães e gatos, e fizeram questão de sair do local carregando o pet.

Além de resgatar os animais que acabaram ficando no distrito, os voluntários também estão dando apoio aos pets que estão com seus tutores.

 

Voluntário com cão resgatado. (Foto: Reprodução / Facebook /  Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

Amor e gratidão. (Foto: Reprodução / Facebook / Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

 

Os animais resgatados estão sob os cuidados de ONGs. Por isso, elas estão pedindo doações (financeiras ou de rações, shampoos, casinhas, comedouros, cobertores e materiais de limpeza).

Para saber como ajudar acesse os links abaixo:

https://www.facebook.com/idda.ouropreto/photos/a.945146278863299.1073741828.942946945749899/1058621457515780/?type=3&theater (Instituto de Defesa dos Direitos Animais)

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1648933262013896&set=a.1376275602612998.1073741827.100006917133241&type=3&theater (Associação Ouropretana de Proteção Animal)

 

Resgate na lama.  (Foto: Reprodução / Facebook /  Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais)

Resgate na lama. (Foto: Reprodução / Facebook / Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais)

 

O Instituto de Defesa dos Direitos Animais (IDDA) de Ouro Preto mostrou que alguns pets resgatados já conseguiram encontrar seus tutores, mas muitos animais que estão no canil de Mariana estão aguardando esse momento. Para ver as fotos deles clique aqui.

Veja mais fotos e vídeos desse trabalho:

 

Gratidão Eterna a todos que estão nos ajudando no resgate dos animais em Bento Rodrigues.

Posted by Carla Sássi on Domingo, 8 de novembro de 2015

 

Resgate de um Gatinho em Bento RodriguesNo sábado dia 07/11 durante o resgate de uma mulher, moradora do distrito Bento Rodrigues, Mariana-MG, ouvimos miados desse telhado em meio a lama ainda mole, com difícil acesso, era um filhote de gato q sobreviveu à tragédia e mais 3 dias sozinho, sem comida ou bebida, um guerreiro com menos de 3 meses de vida, no vídeo dá pra escutar seus desesperados miados. Começamos a buscar tábuas nos quintais das casas não atingidas, pra serem usadas como ponte para o resgate. Faltando 5m pro bombeiro chegar até o telhado, o filhote pulou na lama e foi patinando até o o sargento, ele estava desesperado pra sair de lá. Já foi adotado :DTaí Sr. Sargento Claudinei, agradecemos por este e mais resgates durante td o fds!

Posted by Silvia Gonzaga on Segunda, 9 de novembro de 2015

 

Bombeiro fazendo carinho em cachorro. (Foto: Reprodução / Facebook /  Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais)

Bombeiro fazendo carinho em cachorro. (Foto: Reprodução / Facebook / Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais)

 

O acesso ao local é difícil.  (Foto: Reprodução / Facebook /  Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

O acesso ao local é difícil. (Foto: Reprodução / Facebook / Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

 

Equipes trabalham sem parar.  (Foto: Reprodução / Facebook /  Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

Equipes trabalham sem parar. (Foto: Reprodução / Facebook / Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

 

O trabalho parece não ter fim.  (Foto: Reprodução / Facebook /  Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

O trabalho parece não ter fim. (Foto: Reprodução / Facebook / Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

 

Muitos animais ficaram esperando o socorro chegar.  (Foto: Reprodução / Facebook /  Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

Muitos animais ficaram esperando o socorro chegar. (Foto: Reprodução / Facebook / Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

 

Os animais estão sob os cuidados de ONGs.  (Foto: Reprodução / Facebook /  Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

Os animais estão sob os cuidados de ONGs. (Foto: Reprodução / Facebook / Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

 

Gatinho que foi resgatado na lama.  (Foto: Reprodução / Facebook /  Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

Gatinho que foi resgatado na lama. (Foto: Reprodução / Facebook / Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

 

Cachorrinho resgatado.  (Foto: Reprodução / Facebook /  Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

Cachorrinho resgatado. (Foto: Reprodução / Facebook / Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

 

Orgulho por salvar vidas. (Foto: Reprodução / Facebook /  Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais)

Orgulho por salvar vidas. (Foto: Reprodução / Facebook / Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais)

 

Gatinhos esperando seus tutores aparecerem.  (Foto: Reprodução / Facebook /  Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

Gatinhos esperando seus tutores aparecerem. (Foto: Reprodução / Facebook / Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly

por Samantha Kelly — publicado 21 jun 2018 - 9:52

O auxílio canino no caso da morte de Vitória Gabrielly tem sido fundamental. Ate agora, tanto um pet quanto uma equipe de cães especializados, foram peças chaves na investigação do crime.

Em um primeiro momento, enquanto a polícia ainda tentava encontrá-la e havia a esperança da menina ainda estar viva, a pista da localização exata do paradeiro de Vitória veio de um catador de latinhas que estava passeando com seu cachorro.

O pet ficou intrigado com o cheiro forte que vinha da mata e começou a latir sem parar.

 » Read more about: Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly  »

Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 9:30

Ficamos apaixonadas pela escada em espiral da Sophipet com um ar super sofisticado. Ela é totalmente personalizável, com várias opções de cores e estilos para combinar com diferentes tipos de decoração.

Muitos não sabem, mas rampas e escadinhas dessa forma ajudam bastante os pets a não forçarem as costas com os vários pulos acrobáticos que eles dão quando sobem e descem da cama, sofá e afins.

Ela chega até 100 cm de altura para as camas mais altas e possui apenas 45 cm de raio,

 » Read more about: Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama  »

Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 7:02

O incidente é tão absurdo que é difícil acreditar como alguém pode ser tão insensível em relação a vida do próximo.

Operários em uma estrada de Agra, na Índia, não se deram o trabalho de mover um cachorro que dormia no local enquanto eles recapeavam a rua e seguiram com o dia como se não houvesse ninguém ali. Sim, eles construíram a rua em cima do cachorro e ele morreu após ter sido esmagado pelo rolo compressor enquanto os trabalhadores nivelavam a rua.

 » Read more about: Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly

por Samantha Kelly — publicado 21 jun 2018 - 9:52

O auxílio canino no caso da morte de Vitória Gabrielly tem sido fundamental. Ate agora, tanto um pet quanto uma equipe de cães especializados, foram peças chaves na investigação do crime.

Em um primeiro momento, enquanto a polícia ainda tentava encontrá-la e havia a esperança da menina ainda estar viva, a pista da localização exata do paradeiro de Vitória veio de um catador de latinhas que estava passeando com seu cachorro.

O pet ficou intrigado com o cheiro forte que vinha da mata e começou a latir sem parar. Foi graças a reação estranha do cachorro que o tutor foi verificar se havia de fato algo errado. Foi então que ele acabou se deparando com o corpo da menina, que se encontrava no mesmo local há 4 dias.

Após a confirmação da morte e localização do corpo, a próxima fase da investigação contou com a ajuda de Bazuka, Adaga e Duke, cães farejadores do grupo GBR. Através de odores de suspeitos fornecidos pela polícia, os cães vasculharam a área delimitada e verificaram se os cheiros poderiam ser encontrados no local.

Apesar da equipe envolvida não poder contar muito sobre o resultado para não atrapalhar o trabalho investigativo, o treinador dos cães afirma que os animais confirmaram a presença de alguns dos odores no local.

 

Foto: Reprodução/Record

 

Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 9:30

Ficamos apaixonadas pela escada em espiral da Sophipet com um ar super sofisticado. Ela é totalmente personalizável, com várias opções de cores e estilos para combinar com diferentes tipos de decoração.

Muitos não sabem, mas rampas e escadinhas dessa forma ajudam bastante os pets a não forçarem as costas com os vários pulos acrobáticos que eles dão quando sobem e descem da cama, sofá e afins.

Ela chega até 100 cm de altura para as camas mais altas e possui apenas 45 cm de raio, o que salva bastante espaço. Dá até para adicionar uma proteção na escada para evitar acidentes.

Elas são feitas com excelente qualidade e o preço, apesar de ser salgado (começa em US $ 420 e, para a opção mais cara, você precisa desembolsar mais de US $ 1.500), ainda são uma ótima ideia e opção para quem pode pagar.

Queremos opções mais acessíveis para ontem!