Em Balneário Camboriú, cachorrinho ajuda a confortar pessoas que perderam entes queridos

Em um momento de luto, interagir com um cachorro ajuda a confortar e diminuir a dor de quem está sofrendo, e é justamente essa a função do cão Arthur no crematório

por Andrezza Oestreicher — publicado 26 dez 2017 - 10:26

A presença de um cão pode ajudar os humanos nos mais diversos momentos e situações da vida, mesmo que as pessoas que estão recebendo essa ajuda não percebam.

Pensando nisso, um crematório de Balneário Camboriú, em Santa Catarina, incluiu em seu quadro de funcionários o cão terapeuta Arthur.

O cão Arthur ajuda a dar um conforto para as pessoas que estão de luto. (Foto: Reprodução / G1 / NSC TV)

Arthur é um animal que foi encontrado abandonado na rua. O cachorrinho estava debilitado e bastante assustado. Ele foi adotado, recebeu cuidados e muito amor. Agora, mesmo tendo passado por momentos muito difíceis, o cãozinho está tão cheio de amor que está dividindo com outras pessoas.

O pequeno cachorrinho trabalha no crematório duas vezes na semana, ele tem como principal função ajudar a confortar e consolar pessoas que foram para os velórios que acontecem no local se despedir de algum amigo ou familiar.

O cão é treinado e fica na área comum do crematório. Ele só entra nas salas de velório quando é requisitado. Além disso, Arthur usa um fardamento e carrega pequenos cartões com mensagens que falam de amor e saudade.

O cão é treinado e só entra nas salas de velório quando é requisitado. (Foto: Reprodução / G1 / NSC TV)

De acordo com Christina Barrichelo, psicóloga e tutora do Arthur, fazer carinho e interagir com um animal em um momento de tanta tristeza quanto é o luto, ajuda a produzir serotonina e outros hormônios que vão, mesmo que apenas momentaneamente, diminuir aquela dor e trazer uma sensação de prazer.

“Quando você passa por um processo de luto, você fica tão dentro daquela dor, que não vê possibilidade nenhuma. Até o fato de um cão tão dócil quanto o Arthur passar ali pela frente, você mexer, passar a mão no cão, isso vai te gerando a questão da serotonina, de hormônios que vão por alguns segundos amenizando aquilo e vão desfocando você da dor, e vão dando uma sensação, mesmo que a pessoa não tenha consciência ali na hora, de prazer. Isso vai fazer com que a pessoa se fortaleça”, explica Christina.

Fonte: G1

Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 9:30

Ficamos apaixonadas pela escada em espiral da Sophipet com um ar super sofisticado. Ela é totalmente personalizável, com várias opções de cores e estilos para combinar com diferentes tipos de decoração.

Muitos não sabem, mas rampas e escadinhas dessa forma ajudam bastante os pets a não forçarem as costas com os vários pulos acrobáticos que eles dão quando sobem e descem da cama, sofá e afins.

Ela chega até 100 cm de altura para as camas mais altas e possui apenas 45 cm de raio,

 » Read more about: Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama  »

Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 7:02

O incidente é tão absurdo que é difícil acreditar como alguém pode ser tão insensível em relação a vida do próximo.

Operários em uma estrada de Agra, na Índia, não se deram o trabalho de mover um cachorro que dormia no local enquanto eles recapeavam a rua e seguiram com o dia como se não houvesse ninguém ali. Sim, eles construíram a rua em cima do cachorro e ele morreu após ter sido esmagado pelo rolo compressor enquanto os trabalhadores nivelavam a rua.

 » Read more about: Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua  »

Hotelzinho para cachorro compartilha a loucura quando a piscina é liberada para seus hóspedes caninos

por Samantha Kelly — publicado 14 jun 2018 - 8:20

O hotelzinho canino Happy Tails Camp em Norfolk, no estado norte-americano de Virginia, compartilhou o momento exato quanto seus hóspedes caninos foram liberados para cair na piscina.

Para quem acha que já foi em uma pool party bacana, sem dúvida não incluiu no currículo essa experiência incrível.

 

 » Read more about: Hotelzinho para cachorro compartilha a loucura quando a piscina é liberada para seus hóspedes caninos  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 9:30

Ficamos apaixonadas pela escada em espiral da Sophipet com um ar super sofisticado. Ela é totalmente personalizável, com várias opções de cores e estilos para combinar com diferentes tipos de decoração.

Muitos não sabem, mas rampas e escadinhas dessa forma ajudam bastante os pets a não forçarem as costas com os vários pulos acrobáticos que eles dão quando sobem e descem da cama, sofá e afins.

Ela chega até 100 cm de altura para as camas mais altas e possui apenas 45 cm de raio, o que salva bastante espaço. Dá até para adicionar uma proteção na escada para evitar acidentes.

Elas são feitas com excelente qualidade e o preço, apesar de ser salgado (começa em US $ 420 e, para a opção mais cara, você precisa desembolsar mais de US $ 1.500), ainda são uma ótima ideia e opção para quem pode pagar.

Queremos opções mais acessíveis para ontem!

 

Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 7:02

O incidente é tão absurdo que é difícil acreditar como alguém pode ser tão insensível em relação a vida do próximo.

Operários em uma estrada de Agra, na Índia, não se deram o trabalho de mover um cachorro que dormia no local enquanto eles recapeavam a rua e seguiram com o dia como se não houvesse ninguém ali. Sim, eles construíram a rua em cima do cachorro e ele morreu após ter sido esmagado pelo rolo compressor enquanto os trabalhadores nivelavam a rua.

Transeuntes ainda podiam ver metade do corpo do cão preso ao asfalto e a brutalidade do acontecido provocou uma série de protestos por parte da população, levando com que polícia local abrisse um caso contra a empresa contratada.

De acordo com uma entrevista publicada pelo India Today, um oficial de polícia envolvido na investigação explicou que o animal estava dormindo quando foi esmagado pelo rolo compressor. Os trabalhadores declararam que eles informaram o engenheiro responsável pelo projeto sobre o ocorrido, porém ainda assim ele ordenou que a estrada fosse construída em cima do animal e assim eles fizeram.

 

Foto: Reprodução