Cachorros encontrados em estado de negligência em um condomínio de luxo são resgatados

O caso foi denunciado pelos vizinhos depois que eles perceberam filhotes mortos no meio dos cães que estavam vivendo abandonados

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 jan 2018 - 9:38

Após denúncias de vizinhos, 14 cachorros foram resgatados de uma casa localizada em um condomínio de alto padrão em Mogi das Cruzes, São Paulo.

De acordo com informações dadas pelos vizinhos e registradas em boletim de ocorrência, todos os moradores da casa estavam viajando e os animais estavam, ou deveriam estar, sendo cuidados por uma funcionária. Porém, o que se via no local era uma cena de completo abandono. Os animais estavam vivendo em meio a muita sujeira e fezes.

Os cachorros estavam vivendo em estado de abandono. (Foto: Reprodução / Polícia Militar)

Segundo os vizinhos, a funcionária da casa já tinha chegado a passar seis dias sem aparecer por lá. Porém, a situação dos animais, que estavam com os pelos descuidados, cheios de nós e bem sujos, mostrava que eles estavam sendo negligenciados a mais tempo do que apenas seis dias.

O abandono dos animais foi denunciado pelos vizinhos à Comissão de Proteção e Defesa Animal da OAB Subseção de Mogi das Cruzes e a advogada Ana Carolina Arantes de Souza Faria, presidente da comissão e quem recebeu a denúncia, esteve no local pessoalmente para averiguar a situação.

“O que foi apurado é que os moradores do imóvel estão viajando e que os animais estavam sob os cuidados de uma funcionária. Essa funcionária, segundo o que foi apurado, já chegou a ficar seis dias sem aparecer no local. Quando cheguei na casa vi que o espaço onde estavam os cachorros estava abandonado, com fezes espalhadas e os animais em estado precário”, informou Ana Carolina.

Eles conviviam diariamente com muita sujeira e fezes. (Foto: Reprodução / Polícia Militar)

A denúncia foi feita depois que os vizinhos viram dois filhotes mortos no meio dos outros animais. Esses moradores, então, pediram que o condomínio interferisse. “A pedido dos mesmos [os vizinhos], por uma questão de saúde pública e até para preservar os demais cães, o supervisor da segurança adentrou ao local e retirou os corpos, tendo documentado a situação no mesmo dia, na sequência a Polícia Militar foi acionada, a qual compareceu por volta das 20:00 e informou que não tinham conhecimentos técnicos para avaliar eventual abandono ou maus-tratos, sendo necessário a presença do Centro de Controle de Zoonoses e um laudo de veterinário”, contou Gilberto Farias, diretor de segurança do condomínio.

Além destes dois filhotes mortos, os vizinhos afirmam que também viram a funcionária sair da casa com um cachorro dentro de uma sacola, mas não conseguiram ver se o animal estava vivo ou morto.

Os corpos retirados pelos funcionários do condomínio, que afirmou estar “ao lado das autoridades fornecendo todo suporte e informações que forem solicitadas”, foram enterrados.

Além disso, os cães estavam muito sujos e com os pelos cheios de nós. (Foto: Reprodução / Polícia Militar)

Ainda de acordo com informações do boletim de ocorrência, que foi registrado como crime contra o meio ambiente por praticar ato de abuso a animais, uma ONG de Mogi das Cruzes e o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) foram acionados pela presidente da Comissão de Proteção e Defesa Animal, que também solicitou apoio da Polícia Militar.

“Os animais vivos foram encaminhados para um instituto que fica em Ribeirão Pires. Esse mesmo instituto poderá ingressar com uma ação contra os tutores e requerer a posse dos animais, que depois de serem tratados poderão ser encaminhados para adoção”, informou Ana Carolina.

Sobre o caso, a presidente da Comissão de Proteção e Defesa Animal explicou que ele deve ser encaminhado para a Delegacia do Meio Ambiente, que deverá acionar o Ministério Público. “A Polícia Civil deverá atuar na investigação e a comissão vai acompanhar o andamento do inquérito”, finalizou a advogada.

Fonte: G1

Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 9:30

Ficamos apaixonadas pela escada em espiral da Sophipet com um ar super sofisticado. Ela é totalmente personalizável, com várias opções de cores e estilos para combinar com diferentes tipos de decoração.

Muitos não sabem, mas rampas e escadinhas dessa forma ajudam bastante os pets a não forçarem as costas com os vários pulos acrobáticos que eles dão quando sobem e descem da cama, sofá e afins.

Ela chega até 100 cm de altura para as camas mais altas e possui apenas 45 cm de raio,

 » Read more about: Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama  »

Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 7:02

O incidente é tão absurdo que é difícil acreditar como alguém pode ser tão insensível em relação a vida do próximo.

Operários em uma estrada de Agra, na Índia, não se deram o trabalho de mover um cachorro que dormia no local enquanto eles recapeavam a rua e seguiram com o dia como se não houvesse ninguém ali. Sim, eles construíram a rua em cima do cachorro e ele morreu após ter sido esmagado pelo rolo compressor enquanto os trabalhadores nivelavam a rua.

 » Read more about: Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua  »

Hotelzinho para cachorro compartilha a loucura quando a piscina é liberada para seus hóspedes caninos

por Samantha Kelly — publicado 14 jun 2018 - 8:20

O hotelzinho canino Happy Tails Camp em Norfolk, no estado norte-americano de Virginia, compartilhou o momento exato quanto seus hóspedes caninos foram liberados para cair na piscina.

Para quem acha que já foi em uma pool party bacana, sem dúvida não incluiu no currículo essa experiência incrível.

 

 » Read more about: Hotelzinho para cachorro compartilha a loucura quando a piscina é liberada para seus hóspedes caninos  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 9:30

Ficamos apaixonadas pela escada em espiral da Sophipet com um ar super sofisticado. Ela é totalmente personalizável, com várias opções de cores e estilos para combinar com diferentes tipos de decoração.

Muitos não sabem, mas rampas e escadinhas dessa forma ajudam bastante os pets a não forçarem as costas com os vários pulos acrobáticos que eles dão quando sobem e descem da cama, sofá e afins.

Ela chega até 100 cm de altura para as camas mais altas e possui apenas 45 cm de raio, o que salva bastante espaço. Dá até para adicionar uma proteção na escada para evitar acidentes.

Elas são feitas com excelente qualidade e o preço, apesar de ser salgado (começa em US $ 420 e, para a opção mais cara, você precisa desembolsar mais de US $ 1.500), ainda são uma ótima ideia e opção para quem pode pagar.

Queremos opções mais acessíveis para ontem!

 

Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 7:02

O incidente é tão absurdo que é difícil acreditar como alguém pode ser tão insensível em relação a vida do próximo.

Operários em uma estrada de Agra, na Índia, não se deram o trabalho de mover um cachorro que dormia no local enquanto eles recapeavam a rua e seguiram com o dia como se não houvesse ninguém ali. Sim, eles construíram a rua em cima do cachorro e ele morreu após ter sido esmagado pelo rolo compressor enquanto os trabalhadores nivelavam a rua.

Transeuntes ainda podiam ver metade do corpo do cão preso ao asfalto e a brutalidade do acontecido provocou uma série de protestos por parte da população, levando com que polícia local abrisse um caso contra a empresa contratada.

De acordo com uma entrevista publicada pelo India Today, um oficial de polícia envolvido na investigação explicou que o animal estava dormindo quando foi esmagado pelo rolo compressor. Os trabalhadores declararam que eles informaram o engenheiro responsável pelo projeto sobre o ocorrido, porém ainda assim ele ordenou que a estrada fosse construída em cima do animal e assim eles fizeram.

 

Foto: Reprodução