Cadela se desespera com fogos de artifício e cai do terceiro andar

Vizinhos se juntaram e, com um lençol, conseguiram fazer uma espécie de rede de proteção para amortecer a queda

por Andrezza Oestreicher — publicado 3 jan 2018 - 9:36

Apesar de muito se falar no mal que os fogos de artifício fazem para os cães, infelizmente, as pessoas continuam soltando esses explosivos de forma exagerada no período de Natal e Ano Novo.

Em Goiânia, uma pequena cadelinha ficou tão desesperada com os barulhos dos fogos de artifício, que praticamente se jogou da varanda de um apartamento que fica no terceiro andar.

Cadelinha se desesperou com barulho de fogos e ficou pendurada na varanda. (Foto: Reprodução / Vídeo / G1)

Na tarde do dia 31 de dezembro, moradores de um condomínio em Goiânia perceberam que os vizinhos de outro prédio estavam tentando lhes avisar que algo de errado acontecia em dos apartamentos.

“Meu esposo e eu estávamos no meu apartamento, e notamos um barulho estranho, de gritos. Haviam vizinhos comemorando na churrasqueira e notamos outras pessoas do prédio vizinho apontando para o terceiro andar”, contou Flávia Cattarina, uma das moradoras do condomínio.

Acontece que os barulhos de fogos de artifício, que já estavam explodindo antes mesmo da virada do ano, assustaram tanto a cadelinha Tina, uma Shih-Tzu de 11 anos de idade, que ela conseguiu passar por um pequeno espaço que estava aberto da porta da varanda e ficou presa na grade.

Por sorte, ela não caiu de uma vez. A cadela ainda conseguiu se segurar na grade da varanda por um tempinho, o que já foi o suficiente para que moradores se juntassem e com um lençol fizessem uma rede de proteção para segurar o animal da queda de cerca de 15 metros.

Tina estava com o coração batendo muito acelerado quando foi salva. (Foto: Reprodução / Vídeo / G1)

Em vídeo publicado nas redes sociais é possível ver a cadela tentando se segurar com as patinhas até escorregar e cair no lençol. As imagens, que são desesperadoras, também mostram o momento em que uma moradora pega a cadela e fala que o coração do animal está batendo muito acelerado.

O salvamento da cadelinha foi comemorado pelos moradores e Jean Carlos Silva, tutor de Tina, ficou bastante grato a todos que ajudaram. Ele contou que apesar de ter notado a cadela nervosa por conta dos fogos, não se preocupou em deixá-la sozinha por alguns minutos para ir ao supermercado, pois ela já era acostumada com apartamento.

“Ela é acostumada há 11 anos com apartamento, super dócil, mas na hora que solta foguete é terrível, incomoda muito”, explicou Jean.

(Vídeo: Reprodução / YouTube janilton jesus)

O tutor disse ainda que um dos seus vizinhos ligou para ele assim que viu a cadelinha pendurada na varanda e que ele voltou imediatamente para casa, mas Tina já havia sido salva.

“Eles me mostraram o vídeo, e eu nem acreditei, foi desesperador, quase chorei. Se o pessoal não tivesse reagido tão rápido, não estaria com ela no colo hoje”, disse Jean emocionado. Ele informou que a cadela está bem, mas que ela só se acalmou completamente após a virada do ano, quando acabaram os fogos.

Fonte: Estado de Minas / G1

Tatá Werneck filma noivo ajudando cãozinho a nadar e não perde a piada

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 fev 2018 - 15:31

Tutora de 13 gatos resgatados das ruas e sete cachorros que foram adotados de abrigos, animais que cuida com a ajuda do noivo, o ator Rafael Vitti, na casa onde eles moram, Tatá Werneck sempre costuma publicar vídeos e imagens de seus pets nas redes sociais.

Um dos vídeos mostra Rafael Vitti com o cachorro Nino na piscina. O ator fica muito surpreso e feliz ao perceber que o cãozinho, que é deficiente físico e não tem uma das patinhas dianteiras,

 » Read more about: Tatá Werneck filma noivo ajudando cãozinho a nadar e não perde a piada  »

Cachorro deixado trancado em casa enquanto tutores viajavam é resgatado pela polícia

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 fev 2018 - 9:21

Antes de levar um cachorrinho para casa é importante saber que, além de todos os cuidados que devemos ter com ele, um animal também pode significar ter que abrir mão de algumas coisas, como viagens, por exemplo.

Porém, parece que nem todos os tutores param para pensar nisso e nem se programam em relação ao animal quando surge um passeio. É isso o que mostra o caso do cachorro que ficou trancado por dias sozinho em casa,

 » Read more about: Cachorro deixado trancado em casa enquanto tutores viajavam é resgatado pela polícia  »

Após 10 anos desaparecida, cadela volta para a casa de sua família

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 fev 2018 - 18:37

Quando um cachorro foge de casa e acaba se perdendo, é sempre muito difícil para os tutores. Não saber onde seu animal está e em que condição ele está é terrível.

Em alguns casos, quando esses animais são encontrados por pessoas de bom coração eles chegam a ser devolvidos para os tutores. Em muitos outros, os cães não retornam e a família fica sem saber o que de fato aconteceu.

E existe também o caso da cadelinha Abby,

 » Read more about: Após 10 anos desaparecida, cadela volta para a casa de sua família  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Tatá Werneck filma noivo ajudando cãozinho a nadar e não perde a piada

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 fev 2018 - 15:31

Tutora de 13 gatos resgatados das ruas e sete cachorros que foram adotados de abrigos, animais que cuida com a ajuda do noivo, o ator Rafael Vitti, na casa onde eles moram, Tatá Werneck sempre costuma publicar vídeos e imagens de seus pets nas redes sociais.

Um dos vídeos mostra Rafael Vitti com o cachorro Nino na piscina. O ator fica muito surpreso e feliz ao perceber que o cãozinho, que é deficiente físico e não tem uma das patinhas dianteiras, consegue nadar direitinho.

Ao ver a reação do noivo, Tatá não se segura e, claro, que faz uma piadinha. “@rafaavitti feliz acreditando que estava ensinando Nino a nadar. Mal sabe que Nino já sabia nadar antes de conhecer Rafa. Não vamos contar. Deixa ele ficar feliz.”, escreve ela junto com o vídeo publicado no seu perfil do Instagram.

Muito bom ver quando um casal divide o amor pelos animais.

Cachorro deixado trancado em casa enquanto tutores viajavam é resgatado pela polícia

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 fev 2018 - 9:21

Antes de levar um cachorrinho para casa é importante saber que, além de todos os cuidados que devemos ter com ele, um animal também pode significar ter que abrir mão de algumas coisas, como viagens, por exemplo.

Porém, parece que nem todos os tutores param para pensar nisso e nem se programam em relação ao animal quando surge um passeio. É isso o que mostra o caso do cachorro que ficou trancado por dias sozinho em casa, no município de Euclides da Cunha, na Bahia, enquanto seus tutores estavam viajando.

O cãozinho foi encontrado com muita fome e sede e bastante debilitado. (Foto: Reprodução / G1 / Polícia Militar da Bahia)

De acordo com informações passadas pelos vizinhos da residência, que denunciaram o caso para agentes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe)/ Nordeste, o cachorro passou três dias seguidos latindo sem parar. Ainda de acordo com os vizinhos, o animal estava esse tempo todo trancado sozinho em casa enquanto os seus tutores estariam fazendo uma viagem.

Após a denúncia, o animal foi rapidamente resgatado. Segundo informações divulgadas pela Polícia Militar, o cachorro foi encontrado bastante debilitado. Ele estava com muita fome e sede e estava com tanta fraqueza que não conseguia nem caminhar.

Ainda de acordo com informações, o cãozinho foi imediatamente encaminhado para uma clínica veterinária do município, onde recebeu atendimento de emergência, passou por exames e ficou internado para se recuperar.

Sobre os tutores do animal ainda não se sabe do seu paradeiro e nem se eles realmente saíram apenas para viajar. O que se sabe é que os tutores podem vir a responder por maus-tratos.

Fonte: G1