Cães auxiliam no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo

Cachorros são especializados e recebem treinamento extensivo para participar de tais operações

por Samantha Kelly — publicado 29 ago 2013 - 12:03

Ao acompanhar o resgate de vítimas no desabamento do prédio em construção na Avenida Mateo Bei, em São Mateus, zona leste de São Paulo, podemos perceber que em auxílio aos bombeiros há cães na equipe facilitando o trabalho de localização de vítimas em meio aos escombros.

Na operação foram 7 cães de um todal de 13 cachorros que trabalham com o corpo de bombeiros. Os cães são treinados tendo como base o método “k-sar” (sigla que engloba os conceitos canino, salvamento e resgate). Nesse método, os principais odores sentidos são em forma de gases liberados pelo corpo humano, que podem vir da terra ou da água.

Segundo o sargento Marcelo Dias para o site da Secretaria de Segurança de São Paulo:

 

Os nossos cães encontram as vítimas inicialmente pelo cheiro genérico do ser humano e não pelo odor particular de cada pessoa, pois isto não seria possível. Seria necessário encontrar alguma peça de uso recente da vítima, que ninguém tivesse tocado e que fosse encontrada facilmente no local, que na maioria das vezes está totalmente destruído e com certeza isso levaria tempo, algo para nós precioso para resgatarmos uma vida. Por isso, eles são treinados com o cheiro natural do humano, fazendo com que o resgate seja feito o mais rápido possível.

 

Conversamos com Diego Paredes, da Unidade K9 em São Paulo, grupo que treina e forma cães para trabalharem em situações de utilidade, detecção, proteção, busca e resgate.

Diego explica no geral como se dá o processo:

 

Neste tipo de situação os cães auxiliam muito no trabalho ao localizar locais onde haja vitimas. Eles indicam passivamente ou ativamente e as equipes começam os trabalhos de escavação e resgate (indicação passiva é a qual o cão senta quando encontra o foco do odor e ativa o cão late e raspa). Pelo que vi foram utilizados Pastores Belgas de Malinois e Labradores, porém outras raças podem ser usadas, bastando que tenham aptidão.

Os cães são avaliados conforme seu temperamento. Tendo temperamento adequado e depois são treinados. Para eles tudo não passa de uma brincadeira. Durante o treinamento associamos os odores a um brinquedo, geralmente uma bolinha ou outro que ele goste.

 

Caçadores de vidas: os cães heróis dos Bombeiros de SP

 

 

Confira fotos dos cães em ação na operação de resgate de vítimas:

 

Cães trabalham no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo. Foto: Reprodução.

 

Cães trabalham no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo. Foto: Reprodução.

 

Cães trabalham no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo. Foto: Reprodução.

 

Cães trabalham no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo. Foto: Reprodução.

 

Cães trabalham no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo. Foto: Reprodução.

 

Cães trabalham no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo. Foto: Reprodução.

 

Cães trabalham no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo. Foto: Reprodução.

 

Cães trabalham no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo. Foto: Reprodução.

 

 Mais sobre o trabalho da Unidade K9 pode ser visto na página oficial do grupo no facebook:  facebook.com/UnidadeK9SP

Não é pantera! Conheça o cachorrão preto lindo de Paolla Oliveira

por Samantha Kelly — publicado 19 abr 2018 - 8:35

Tem gente que olhou direto para o sofá. Mas nós, cachorreiros de primeira, fomos direto do cachorro. A primeira vez que vimos esse meninão, ficamos sem saber ele era mesmo um dog ou uma pantera.

Depois da confusão inicial, vimos que esse pretão lindo é o Marley, cão da raça Shar Pei e pet da musa maior Paolla Oliveira.

A atriz, que está sempre envolvida com a causa animal e frequentemente empresta sua imagem e tempo para chamar atenção para ongs e animais que necessitam de ajuda,

 » Read more about: Não é pantera! Conheça o cachorrão preto lindo de Paolla Oliveira  »

Policial atira em cachorro no meio de uma praça em Campo Grande

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 abr 2018 - 7:00

No último domingo, dia 15 de abril, algumas famílias, incluindo crianças, estavam passeando em uma praça no bairro Arnaldo Esteves de Figueiredo, em Campo Grande, quando, de repente, escutaram barulho de tiro bem perto.

De acordo com informações repassadas por pessoas que estavam no local, um policial civil, que não teve o nome divulgado, atirou em um cachorro que se aproximou do seu cão.

O policial estava passeando no local com seu animal de estimação quando um cachorro da raça Labrador chamado Thor,

 » Read more about: Policial atira em cachorro no meio de uma praça em Campo Grande  »

Dicas de presentes para o Dia das Mães

por Karina Sakita — publicado 18 abr 2018 - 18:42

Os cachorros já são parte da família, então é óbvio que mãe de cachorro também deve e merece comemorar o Dia das Mães.

Maridos, namorados e irmãos, vejam essas dicas de presentes para esta data especial!

E essas sugestões também vão servir para você que tem uma mãe que é apaixonada por cachorro. Não deixe para a última hora e garanta o presente dela na loja Doguim.

 » Read more about: Dicas de presentes para o Dia das Mães  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Não é pantera! Conheça o cachorrão preto lindo de Paolla Oliveira

por Samantha Kelly — publicado 19 abr 2018 - 8:35

Tem gente que olhou direto para o sofá. Mas nós, cachorreiros de primeira, fomos direto do cachorro. A primeira vez que vimos esse meninão, ficamos sem saber ele era mesmo um dog ou uma pantera.

Depois da confusão inicial, vimos que esse pretão lindo é o Marley, cão da raça Shar Pei e pet da musa maior Paolla Oliveira.

A atriz, que está sempre envolvida com a causa animal e frequentemente empresta sua imagem e tempo para chamar atenção para ongs e animais que necessitam de ajuda, tem uma turma grande em casa e suas redes sociais estão repletas de registros dos pets.

Tenho certeza que metade da população brasileira desejou agora mesmo ser adotada por essa família.

 

Um tapete? Não… O Marley aproveitando o chão geladinho nesse calor. 🖤

A post shared by Paolla Oliveira (@paollaoliveirareal) on

A minha turma é da pesada… 😍🙈

A post shared by Paolla Oliveira (@paollaoliveirareal) on

Policial atira em cachorro no meio de uma praça em Campo Grande

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 abr 2018 - 7:00

No último domingo, dia 15 de abril, algumas famílias, incluindo crianças, estavam passeando em uma praça no bairro Arnaldo Esteves de Figueiredo, em Campo Grande, quando, de repente, escutaram barulho de tiro bem perto.

De acordo com informações repassadas por pessoas que estavam no local, um policial civil, que não teve o nome divulgado, atirou em um cachorro que se aproximou do seu cão.

Praça onde tudo aconteceu, sempre com a presença de crianças brincando. (Foto: Reprodução / Campo Grande News)

O policial estava passeando no local com seu animal de estimação quando um cachorro da raça Labrador chamado Thor, que estava solto, se aproximou do seu pet e, em seguida, o policial disparou.

Thor foi atingido com um tiro e imediatamente socorrido por seus tutore, sendo levado para uma clínica veterinária. Não foi informado detalhes da situação do animal.

Além do fato de ter machucado gravemente o cachorro, os frequentadores da praça ficaram bastante assustados com o ocorrido, pois no momento do tiro havia muitas crianças brincando no local. “A praça estava lotada de crianças, poderia ter atingido outra pessoa”, afirmou uma testemunha.

De acordo com o depoimento prestado pelo policial, que se apresentou na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Piratininga ainda na noite do dia do incidente, ele contou que passeava com seu cão quando o Labrador escapou de uma casa e avançou no seu animal.

Animal baleado foi imediatamente socorrido e levado para clínica veterinária. (Foto: Reprodução / Campo Grande News)

Ainda no depoimento, o policial contou que atirou no chão para proteger seu cachorro, mas que o tiro acabou acertando Thor.

De acordo com o delegado Hoffman D’avilla, responsável pelo caso, o policial passou por teste do bafômetro, que deu negativo. Ainda segundo ele, todos os fatos serão analisados para que a ocorrência possa ser registrada.

O caso deve ser colocado em segredo de Justiça por envolver um policial.

Fonte: Campo Grande News