Cães auxiliam no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo

Cachorros são especializados e recebem treinamento extensivo para participar de tais operações

por Samantha Kelly — publicado 29 ago 2013 - 12:03

Ao acompanhar o resgate de vítimas no desabamento do prédio em construção na Avenida Mateo Bei, em São Mateus, zona leste de São Paulo, podemos perceber que em auxílio aos bombeiros há cães na equipe facilitando o trabalho de localização de vítimas em meio aos escombros.

Na operação foram 7 cães de um todal de 13 cachorros que trabalham com o corpo de bombeiros. Os cães são treinados tendo como base o método “k-sar” (sigla que engloba os conceitos canino, salvamento e resgate). Nesse método, os principais odores sentidos são em forma de gases liberados pelo corpo humano, que podem vir da terra ou da água.

Segundo o sargento Marcelo Dias para o site da Secretaria de Segurança de São Paulo:

 

Os nossos cães encontram as vítimas inicialmente pelo cheiro genérico do ser humano e não pelo odor particular de cada pessoa, pois isto não seria possível. Seria necessário encontrar alguma peça de uso recente da vítima, que ninguém tivesse tocado e que fosse encontrada facilmente no local, que na maioria das vezes está totalmente destruído e com certeza isso levaria tempo, algo para nós precioso para resgatarmos uma vida. Por isso, eles são treinados com o cheiro natural do humano, fazendo com que o resgate seja feito o mais rápido possível.

 

Conversamos com Diego Paredes, da Unidade K9 em São Paulo, grupo que treina e forma cães para trabalharem em situações de utilidade, detecção, proteção, busca e resgate.

Diego explica no geral como se dá o processo:

 

Neste tipo de situação os cães auxiliam muito no trabalho ao localizar locais onde haja vitimas. Eles indicam passivamente ou ativamente e as equipes começam os trabalhos de escavação e resgate (indicação passiva é a qual o cão senta quando encontra o foco do odor e ativa o cão late e raspa). Pelo que vi foram utilizados Pastores Belgas de Malinois e Labradores, porém outras raças podem ser usadas, bastando que tenham aptidão.

Os cães são avaliados conforme seu temperamento. Tendo temperamento adequado e depois são treinados. Para eles tudo não passa de uma brincadeira. Durante o treinamento associamos os odores a um brinquedo, geralmente uma bolinha ou outro que ele goste.

 

Caçadores de vidas: os cães heróis dos Bombeiros de SP

 

 

Confira fotos dos cães em ação na operação de resgate de vítimas:

 

Cães trabalham no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo. Foto: Reprodução.

 

Cães trabalham no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo. Foto: Reprodução.

 

Cães trabalham no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo. Foto: Reprodução.

 

Cães trabalham no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo. Foto: Reprodução.

 

Cães trabalham no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo. Foto: Reprodução.

 

Cães trabalham no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo. Foto: Reprodução.

 

Cães trabalham no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo. Foto: Reprodução.

 

Cães trabalham no resgate de vítimas em desabamento de prédio em São Paulo. Foto: Reprodução.

 

 Mais sobre o trabalho da Unidade K9 pode ser visto na página oficial do grupo no facebook:  facebook.com/UnidadeK9SP

deixe seu comentário: