Cães que se conheceram em lar temporário se reencontram após separação

Breve separação não foi suficiente para apagar o amor que os animais sentiam um pelo outro e, depois do reencontro emocionante, os amigos não se desgrudaram mais

por Andrezza Oestreicher — publicado 29 jul 2016 - 14:20

Só quem realmente se apaixonou sabe como é de cortar o coração ficar separado de seu amado. Pois foi exatamente isso o que sentiram os cães Caesar, já idoso, e Saskia, ainda filhote. Após se apaixonarem um pelo outro, os animais foram separados, sem saber se algum dia se encontrariam novamente.

Antes de se conhecerem, os dois animais viviam em áreas diferentes de Blikkiesdorp, um município de Cape Town (Cidade do Cabo), África do Sul. Lá, a vida era difícil tanto para ambos os animais como também para os humanos.

Os animais se apaixonaram desde o primeiro instante. (Foto: Reprodução / Tin Can Town)

Os animais se apaixonaram desde o primeiro instante. (Foto: Reprodução / Tin Can Town)

Algumas das pessoas mais pobres da Cidade do Cabo chegam a viver em barracos feitos de sucata de metal, pneus velhos e pedaços de madeira e os serviços sociais são quase inexistentes, assim como o saneamento básico. Além disso, em Blikkiesdorp a violência também é um problema grave, com as gangues tornando o lugar ainda mais perigoso.

Porém, nem só coisas ruins acontecem por lá. Rosie Kunneke, Dinielle Stöckigt e Clarina Hanekom, três mulheres da África do Sul, decidiram fazer algo em relação ao sofrimento dos animais em Blikkiesdorp. Elas então criaram o Tin Can Town, uma organização que oferece ajuda para cães e gatos.

As mulheres, juntamente com uma equipe de voluntários limparam, castraram, ofereceram cuidados veterinários e alimentos a diversos animais, além de ficarem de plantão 24 horas por dia para ajudar qualquer animal em necessidade.

A Tin Can Town fornece alimentação e cuidados médicos aos animais necessitados da Cidade do Cabo.(Foto: Reprodução / Tin Can Town)

A Tin Can Town fornece alimentação e cuidados médicos aos animais necessitados da Cidade do Cabo.(Foto: Reprodução / Tin Can Town)

Em um dos dias de trabalho da organização, Rosie conheceu Caesar, um cão mais velho que vivia com um casal em um barraco pela região. Após o primeiro encontro, Caesar sempre corria para falar com Rosie quando ouvia o carro se aproximar. Ele estava muito magro, então a Tin Can Town, além de castrar o animal e oferecer cuidados médicos, auxiliava para que o cão tivesse sempre o que comer.

Quando o casal que cuidava do cão se separou, o animal ficou com a mulher. Mas, de acordo com Rosie, ela não cuidar bem do cão e as coisas acabaram piorando para ele, que passou a ser maltratado por crianças na região onde morava, chegando a levar pedradas e ficando muito ferido.

Em um dos ataques mais graves o animal teve o seu nariz machucado. A violência foi tão grande que, mesmo recebendo cuidados médicos, o nariz do cão continuou sangrando por dias. A lesão estava em dentro das narinas, um local de difícil acesso.

Caesar foi gravemente ferido e levado para um lar temporário após o tratamento. (Foto: Reprodução / Tin Can Town)

Caesar foi gravemente ferido e levado para um lar temporário após o tratamento. (Foto: Reprodução / Tin Can Town)

Após o ataque, Rosie ficou muito preocupada com o animal e teve medo de que ele não aguentasse muito tempo vivendo naquele local. O cão já tinha cerca de 10 anos, então ela levou o animal para longe de Blikkiesdorp e o colocou em um lar temporário.

Enquanto Caesar se recuperava, as responsáveis pelo Tin Can Town foram avisadas pela vizinhança sobre um animal que precisava de uma ajuda especial. Saskia, uma filhote de 4 meses de idade, estava extremamente desnutrida e sofria de gastroenterite, uma infecção que afeta estômago e intestino.

Clarina Hanekom levou a cadelinha ao veterinário para atendimento médico de emergência. Quando Saskia ficou melhor, a mulher tentou levá-la de volta para seus donos no endereço fornecido por eles. Mas ao chegar em um lote vazio, Clarina percebeu que tinham dado a ela o endereço errado e provavelmente não queriam Saskia de volta. O grupo então decidiu levar Saskia para um lar adotivo até encontrar uma família para sempre, como ela merece.

Caesar e Saskia se conheceram no lar temporários e se tornaram grandes amigos. (Foto: Reprodução / Tin Can Town)

Caesar e Saskia se conheceram no lar temporários e se tornaram grandes amigos. (Foto: Reprodução / Tin Can Town)

Com muita sorte, Saskia acabou no mesmo lar temporário que Caesar e os dois se apaixonaram desde o primeiro instante juntos. Saskia seguia Caesar para todo canto, ficava perto dele o tempo inteiro e fazia tudo junto com ele. Ela comia quando ele ia comer, bebia água quando ele ia beber e adorava deitar em sua cama com ele.

Caesar nunca ficou irritado com Saskia, nem mesmo quando ela pulava em cima dele, e também nunca a deixou de lado. O amor era bastante recíproco.

Porém, como o próprio nome diz, lares temporários são apenas por um tempo, e a torcida é de que os animais logo encontrem uma família que queira ficar com ele para sempre.

Os cães faziam tudo juntos e a separação os deixou bastante deprimidos. (Foto: Reprodução / Tin Can Town)

Os cães faziam tudo juntos e a separação os deixou bastante deprimidos. (Foto: Reprodução / Tin Can Town)

Quando um casal de aposentados na Cidade do Cabo decidiu adotar Caesar, todos ficaram muito felizes, pois a nova família do cão era bastante amorosa. Porém, Saskia ficou devastada. Ela tinha perdido seu melhor amigo e fiel companheiro. A cadela ficou bastante deprimida com a falta do amigo. Ela não queria brincar, apenas ficar deitada na cama onde ela e Caesar dormiam juntos.

A família que dava lar temporário para Saskia tentou encontrar uma família para ela, pensando que um novo ambiente iria animá-la. Eles levaram Saskia a vários eventos de adoção, sem sorte.

Alguns meses depois, os novos tutores de Caesar entraram em contato com a Tin Can Town procurando adotar um amigo para o cão, pois ele estava bastante deprimido. O pessoal da organização sabia muito bem qual animal indicar para a família de Caesar.

De acordo com a tutora dos animais, Caesar e Saskia imediatamente se reconheceram, a alegria, os rabos abanando e as lambidas não deixaram dúvidas de que eles estavam muito felizes em se reencontrar.

O reencontro dos animais foi cheio de amor e felicidade. Eles nunca mais se desgrudaram desde então. (Foto: Reprodução / Tin Can Town)

O reencontro dos animais foi cheio de amor e felicidade. Eles nunca mais se desgrudaram desde então. (Foto: Reprodução / Tin Can Town)

Caesar apresentou a casa para Saskia e em seguida os dois foram cochilar na mesma caminha, juntos como gostavam de fazer. Caesar e Saskia não saíram um do lado do outro desde então.

O grupo Tin Can Town ficou muito feliz com a reunião dos cães amigos e segue fazendo seu trabalho na Cidade do Cabo. Além de ajudar os animais, a organização também trabalha para educar as pessoas sobre como cuidar adequadamente de seus bichos de estimação. Para mais informações, você pode visitar a página do Facebook de Tin Can Town e fazer doações em dinheiro através do Paypal.

Cachorros resgatados juntos das ruas encontram um lar e não vão precisar se separar

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 ago 2017 - 9:16

Os cachorros Hansel e Gretel viviam juntos pelas ruas e foram resgatados também juntos. No local eles sempre ficavam pertinho um do outro e, apesar de cada um ter a sua caminha, eles só dormiam bem juntinhos e aconchegados.

Sempre vistos juntos pelas ruas, os cães, que são provavelmente irmãos, foram resgatados por Rick Tunison, o gerente de um canil em Youngstown, Ohio, nos Estados Unidos. Eles já estavam nas ruas há bastante tempo e foram difíceis de resgatar.

 » Read more about: Cachorros resgatados juntos das ruas encontram um lar e não vão precisar se separar  »

Entenda o fenômeno que está fazendo cães ficarem azuis na Índia

por Samantha Kelly — publicado 15 ago 2017 - 11:57

Cães que vivem nas ruas da cidade de Mumbai, na India, estão ficando azuis.

O fenômeno está acontecendo devido ao contato dos animais com o rio Kasadi, que há muitos anos é impróprio para o uso humano e que, depois de um estudo recente, apresentou um nível 13 vezes mais tóxico do que é considerado seguro.

Apesar dos humanos não chegarem perto do rio, isso não impede que os cães locais bebam, nadem e procurem por comida no rio.

 » Read more about: Entenda o fenômeno que está fazendo cães ficarem azuis na Índia  »

Marvel está a procura de cachorro e tutor para estrelar no próximo filme dos Vingadores nos Estados Unidos

por Samantha Kelly — publicado 15 ago 2017 - 10:50

Essa é para nossos leitores dos Estados Unidos, especialmente de ou perto de Atlanta, estado da Georgia. A Marvel está em busca de uma estrela canina para uma participação no proximo filme dos Vingadores.

A produção está em busca de um cachorro para filmagens já na próxima terça-feira, dia 22. Segue descrição:

Pedestre com cachorro: Nós estamos procurando por uma pessoa acima de 18 que tenha um cachorro para uma cena divertida no parque.

 » Read more about: Marvel está a procura de cachorro e tutor para estrelar no próximo filme dos Vingadores nos Estados Unidos  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cachorros resgatados juntos das ruas encontram um lar e não vão precisar se separar

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 ago 2017 - 9:16

Os cachorros Hansel e Gretel viviam juntos pelas ruas e foram resgatados também juntos. No local eles sempre ficavam pertinho um do outro e, apesar de cada um ter a sua caminha, eles só dormiam bem juntinhos e aconchegados.

Sempre vistos juntos pelas ruas, os cães, que são provavelmente irmãos, foram resgatados por Rick Tunison, o gerente de um canil em Youngstown, Ohio, nos Estados Unidos. Eles já estavam nas ruas há bastante tempo e foram difíceis de resgatar.

Os cães viviam juntos nas ruas e também foram resgatados juntos. (Foto: Reprodução / Life With Dogs / Devon Carr for Mahoning County Dog Pound & Adoption Center)

As tentativas de resgate foram várias, até que certo dia, os funcionários do canil conseguiram pegar apenas um dos cães. Porém, a amizade e amor entre os animais era tão grande que ao ver seu amigo sendo levado e colocado em uma van, o outro cachorro simplesmente foi atrás, pulou na van e ficou ao lado do seu companheiro.

Por medidas de segurança, quando chegaram ao abrigo os cães foram separados, pois, por estarem em um ambiente bem diferente e que pode ser bem assustador para eles, alguns animais passam a apresentar um comportamento agressivo, até mesmo com outros cachorros.

Porém, os amigos estavam sentindo muita falta um do outro e queriam estar juntos. Então, a equipe decidiu deixar que eles ficassem no mesmo canil e caminhassem juntos.

Apesar de cada cão ter a sua caminha, eles preferiam dormir juntinhos. (Foto: Reprodução / Life With Dogs / Devon Carr for Mahoning County Dog Pound & Adoption Center)

Mesmo dividindo o canil, cada cão tinha a sua caminha, mas como eles gostavam de ficar sempre juntinhos, eles preferiam dormir na mesma caminha, bem aconchegados um no outro.

O amor entre os cães era tão tocante, que, apesar da dificuldade que é para se realizar a adoção de dois animais por uma mesma pessoa, os funcionários do brigo decidiram que não iriam permitir que aqueles cachorros fossem adotados separadamente.

Assim, um dos funcionários publicou uma foto dos cães juntos e em um momento fofo e publicou no Facebook. Por sorte a imagem chamou a atenção da pessoa certa.

She's always taking my toys #pitmix #rescue #spoiled #furbabies #lovethem

A post shared by Hank_Gigi (@hank_gigi) on

Rachel Harris havia se mudado recentemente de Chicago para Dallas, e embora ela precisasse de algum tempo para se instalar, ela estava pensando em adotar cães. Ela se derreteu pelos amigos caninos e entrou em contato com o local onde eles estavam.

Não foi fácil, antes dela já havia uma família interessada nos cães e depois ela teve que mostrar para os funcionários do local que ela seria a melhor escolha para os animais. A distância também não ajudou, mas no final de tudo os cachorros foram adotados por Rachel.

Safe! #pitmix #rescue #spoiled #furbabies

A post shared by Hank_Gigi (@hank_gigi) on

Hoje, os animais estão muito bem e felizes em seu novo lar, onde receberam os nomes de Hank e Gigi, e ganharam um perfil oficial na rede social Instagram.

Fonte: Life With Dogs

Entenda o fenômeno que está fazendo cães ficarem azuis na Índia

por Samantha Kelly — publicado 15 ago 2017 - 11:57

Cães que vivem nas ruas da cidade de Mumbai, na India, estão ficando azuis.

O fenômeno está acontecendo devido ao contato dos animais com o rio Kasadi, que há muitos anos é impróprio para o uso humano e que, depois de um estudo recente, apresentou um nível 13 vezes mais tóxico do que é considerado seguro.

Apesar dos humanos não chegarem perto do rio, isso não impede que os cães locais bebam, nadem e procurem por comida no rio.

As autoridades trabalhando no caso acreditam que a coloração pode estar vindo da tinta para tecido que seria despejada no rio por companhias na área, estas conhecidas por constantemente jogaram lixo tóxico no local.

Protetores de animais locais estão chocados com o que está acontecendo com os animais e com o estado do rio.

Uma queixa formal foi apresentada para a Maharashtra Pollution Control Board (MPCB) e uma investigação foi aberta para averiguar o caso.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Fonte: Express