Campanha de ong sul-africana compara criança negra à cachorro

Vídeo racista de ONG causa polêmica ao desumanizar criança negra

por Samantha Kelly — publicado 11 jul 2014 - 15:11

Em uma campanha racista e de extremo mau gosto da ong sul-africana Feed a Child, uma criança negra é comparada com um cachorro e tratada como tal durante todo o vídeo. O intuito do material seria dizer que “O pet comum se alimenta melhor do que milhões de crianças” e incentivar a doação financeira para o trabalho da ONG que, no caso, busca alimentar crianças que se encontram em situações muito precárias.

Uma vez que foi lançado, naturalmente, o vídeo recebeu uma enxuada de comentários contrários ao conceito (?) explorado e a fundadora e diretora da ong, Alza Rautenbach, no lugar de admitir a falta de tato da campanha e se desculpar, defendeu o trabalho com a seguinte declaração:

 

Como uma criança, eu não vejo cor. Como uma criança, eu não vejo raça, ou política. A única coisa que é importante para mim é fazer a diferença na vida de uma criança e garantir que essa cirança recebe comida diariamente.

 

Como o mundo é um lugar complexo, não levar em consideração questões como cor da pele e política para criar uma campanha, para então exibir um conteúdo como esse para o público, apenas reforça preconceitos arraigados, principalmente em uma sociedade como a sul-africana que de 1948 a 1994 adotou o regime de segregação racial conhecido como Apartheid.

Obviamente há a busca por um tema de impacto ou chocante para que o público doe e se sensibilize com o trabalho da ONG, mas esse certamente não é o caminho.

De fato, muitos tutores se referem aos seus pets como seus filhos, para demonstrar a força do laço entre ambos.

Porém, quando se faz o contrário é, além de extremamente perigoso, de uma insensibilidade absurda. Mostrar uma criança negra, em posição de subserviência e desprovida de sua humanidade é uma ignorância histórica inaceitável.

Assista a campanha abaixo:

 

Cadelinha continua deixando metade de sua comida para seu amigo canino que morreu

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 jun 2017 - 9:33

Os cães Stitch e Cookie, ambos da raça Labrador, sempre foram melhores amigos e faziam tudo juntos e até dividiam o potinho de comida.

Desde que chegou na casa de sua família, a cadelinha Cookie aprendeu a deixar metade da ração que tinha no pote para que Stitch, o outro cão que já vivia na casa, comesse depois dela.

O tutor dos animais sempre colocava uma quantidade de ração suficiente para os dois e Stitch sempre se certificava de que sua amiga Cookie estava deixando a parte dele.

 » Read more about: Cadelinha continua deixando metade de sua comida para seu amigo canino que morreu  »

Kim Kardashian apresenta o novo cachorrinho de sua filha

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jun 2017 - 18:50

Para comemorar o aniversário de quatro anos de sua filha com kanye West, Kim Kardashian deu para a pequena North West um filhote de cachorro como presente.

Kim apresentou o pequeno cachorro em suas redes sociais, mas não deu grandes detalhes.

O filhote parece ser da raça Lulu da Pomerânia, também conhecida por Spitz Alemão. Alguns sites internacionais especulam que o cão seja um Teacup Lulu Da Pomeranian, tamanho maior e que apresentaria menos problemas de saúde do que o micro.

 » Read more about: Kim Kardashian apresenta o novo cachorrinho de sua filha  »

Casal que mantinha 170 cães em péssimas condições é proibido de ter animais

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jun 2017 - 9:33

Nos Estados Unidos, um casal foi condenado por maus-tratos a animais por manterem cerca de 170 cachorros em péssimas condições. Mark Vattimo, de 72 anos, e Christine Calvert, de 62, se declararam culpados por negligenciarem os cachorros, todos da raça Yorkshire Terrier.

Em janeiro deste ano, 2017, dezenas de cachorros foram encontrados em uma sala escura. A situação era terrível. Os animais estavam vivendo em meio a muita sujeira e com urina cobrindo o chão e até paredes.

 » Read more about: Casal que mantinha 170 cães em péssimas condições é proibido de ter animais  »

deixe seu comentário:

Cadelinha continua deixando metade de sua comida para seu amigo canino que morreu

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 jun 2017 - 9:33

Os cães Stitch e Cookie, ambos da raça Labrador, sempre foram melhores amigos e faziam tudo juntos e até dividiam o potinho de comida.

Desde que chegou na casa de sua família, a cadelinha Cookie aprendeu a deixar metade da ração que tinha no pote para que Stitch, o outro cão que já vivia na casa, comesse depois dela.

Stitch e Cookie eram melhores amigos e sempre dividiam o mesmo pote de comida. (Foto: Reprodução / Twitter @_EasyBreasy_)

O tutor dos animais sempre colocava uma quantidade de ração suficiente para os dois e Stitch sempre se certificava de que sua amiga Cookie estava deixando a parte dele. Dessa forma, cada um comia o tanto certo.

Porém, infelizmente, o cachorro Stitch faleceu no início deste mês de junho, e Cookie perdeu o seu melhor amigo.

Como agora só tinham um cão em casa, o tutore passou a colocar uma quantidade menor de comida no pote que os cães dividiam, pois agora a ração seria apenas para a cadela.

Acontece que o tutor reparou que, mesmo se passando vários dias após a morte de Stitch, a cadela Cookie não se esquece de seu melhor amigo e continua deixando metade da ração para ele comer depois dela.

Mesmo após a morte do amigo Stitch, a cadela Cookie continuou deixando metade de sua comida para ele. (Foto: Reprodução / Twitter @_EasyBreasy_)

“Nós peguamos Stitch quando eu estava no jardim de infância. Na terceira série, pegamos Cookie. Eu sentia que o Stitch precisava de companhia. Mas eles eram como Batman e Robin, estavam sempre juntos, sempre um ao lado do outro, brincando ou tomando conta um do outro”, contou o tutor dos animais sobre a amizade dos cães.

É, os cães sempre nos mostrando e provando que não existe amor e nem amizade maior do que a deles.

Fonte: Estadão

Kim Kardashian apresenta o novo cachorrinho de sua filha

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jun 2017 - 18:50

Para comemorar o aniversário de quatro anos de sua filha com kanye West, Kim Kardashian deu para a pequena North West um filhote de cachorro como presente.

Kim apresentou o pequeno cachorro em suas redes sociais, mas não deu grandes detalhes.

Kim Kardashian deu um fofo cachorrinho de presente para a sua filha. (Foto: Reprodução / Instagram @kimkardashian)

O filhote parece ser da raça Lulu da Pomerânia, também conhecida por Spitz Alemão. Alguns sites internacionais especulam que o cão seja um Teacup Lulu Da Pomeranian, tamanho maior e que apresentaria menos problemas de saúde do que o micro.

O que também se sabe é que Penélope, filha de Kourtney Kardashian e sobrinha de Kim, também ganhou um filhote igual ao da prima North.

Ao mostrar o pequeno filhote para seus fãs pela primeira vez, Kim só contou que o animal era da sua filha e que ele ainda não tinha nome.

Kim apresentou o filhote para seus fãs através das redes sociais. (Foto: Reprodução / Daily Mail UK / Kim Kardashian Snapchat)

“Gente, quão fofo é o cachorrinho de Northie?”, perguntou Kim para os seus seguidores do Snapchat. Ainda em um vídeo publicado na rede social, Kim olha para o fofo filhote e pergunta: “Como devemos chamar você?”.

Em seu perfil oficial no Instagram, a esposa de kanye West contou que sua sobrinha já escolheu o nome do seu cachorrinho, que agora se chama Honey e perguntou para os seus seguidores: “Como deveremos chamar o nosso?”.

North West e sua prima Penélope ganharam cachorrinhos iguais.
(Foto: Reprodução / Instagram @kimkardashian)

O que sabemos de fato até agora é que ambos os filhotes são muito lindos e fofinhos e esperamos que eles sejam sempre muito bem cuidados.

Fonte: TMZ / Daily Mail UK