Cão abandonado por estar velho e gordo recebe tratamento e dá a volta por cima

Cão recebeu cuidados médicos, participou de um programa de reabilitação, perdeu peso, ficou muito mais sociável e, o melhor, ganhou muito amor e qualidade de vida

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 jul 2016 - 13:21

Você já imaginou ser abandonado por sua família apenas por ter engordado um pouco mais e ter ficado velho? Pois foi justamente isso o que aconteceu com Darwin, um cão da raça Beagle de 7 para 8 anos de idade.

O cão foi abandonado pelos tutores em um abrigo da cidade da Califórnia. Porém, no lugar, em que ele permaneceu por um mês, ele não estava tendo os devidos cuidados que um cachorro obeso precisava.

O cão foi abandonado pelos próprios tutores por estar obeso e velho. (Foto: Reprodução / Karma Rescue)

O cão foi abandonado pelos próprios tutores por estar obeso e velho. (Foto: Reprodução / Karma Rescue)

Voluntários do Karma Rescue, organização de resgate em Los Angeles, ficaram sabendo sobre o Beagle, que estava pesando cerca de 40 kg, e resolveram cuidar do caso. Eles ficaram chocados com a condição física de Darwin. Eles já tinham visto muitos cães em má forma, mas parecia que Darwin tinha sido negligenciado sua vida toda.

Além de mal conseguir andar por causa do sobrepeso, o cão estava pesando pelo menos duas vezes mais do que normalmente deve pesar, Darwin poderia ter morrido de insuficiência cardíaca ou de todos os outros tipos de complicações que a obesidade pode causar.

O cão quase não conseguia mais andar por causa do sobrepeso. (Foto: Reprodução / Karma Rescue)

O cão quase não conseguia mais andar por causa do sobrepeso. (Foto: Reprodução / Karma Rescue)

De acordo com os voluntários do Karma Rescue, Darwin era um cão muito doce e por isso ninguém conseguia entender o motivo de tanta falta de cuidado com aquele animal.

Mas no novo abrigo Darwin passou a receber todo o cuidado, atenção e carinho que realmente merecia. O veterinário que tratou Darwin diagnosticou um cancro da tiróide e prescreveu medicação para ajudá-lo a perder peso.

O cão recebeu tratamentos médios e participou de programa que ajuda presos. (Foto: Reprodução / Karma Rescue)

O cão recebeu tratamentos médios e participou de programa que ajuda presos. (Foto: Reprodução / Karma Rescue)

O veterinário também suspeita de que os proprietários de Darwin tinham superalimentado o cão e não o levavam para passear. De acordo com o National Beagle Club, beagles são particularmente suscetíveis ao ganho de peso, pois eles adoram comida e não sabem como ou quando parar de comer.

Após passar várias semanas no hospital veterinário, Darwin foi para um lar temporário, onde seus cuidadores lentamente introduziram exercício em sua rotina diária.

Com o programa e o tratamento, o cão perdeu peso e se tornou mais sociável e menos ansioso.(Foto: Reprodução / Karma Rescue)

Com o programa e o tratamento, o cão perdeu peso e se tornou mais sociável e menos ansioso.(Foto: Reprodução / Karma Rescue)

Mas Darwin tinha uma outra questão, ele sofria de ansiedade de separação extrema. Sempre que a sua família adotiva o deixava sozinho, ele latia e uivava até eles voltarem. A família também foi alertada pelos vizinhos, que sempre escutavam o cão.

Então, os voluntários do Karma Rescue decidiram matricular o cão no Paws for Life, um programa desenvolvido pelo Karma Rescue juntamente com o California Department of Corrections and Rehabilitation (Departamento de Correções e Reabilitação da Califórnia).

O cão ganhou muita qualidade de vida e hoje é capaz de brincar, correr e pular. (Foto: Reprodução / Karma Rescue)

O cão ganhou muita qualidade de vida e hoje é capaz de brincar, correr e pular. (Foto: Reprodução / Karma Rescue)

O cão ficou 10 semanas com os presos alojados em prisões de alta segurança da Califórnia. Este treinamento de Darwin serviu também como terapia de reabilitação para os presos. O cão aprendeu habilidades de socialização e comandos básicos como “senta”, “ficar”, “esperar” e “caminhada”.

Darwin perdeu ainda 11 kg e se tornou um cão muito mais sociável e equilibrado. O programa também ajudou o cão a se tornar mais confiante e o ensinou a relaxar quando deixado sozinho.

Darwin também aprendeu diversos comandos. (Foto: Reprodução / Karma Rescue)

Darwin também aprendeu diversos comandos. (Foto: Reprodução / Karma Rescue)

Hoje, Darwin é um cão diferente tanto física como mentalmente. Ele não sofre mais de ansiedade de separação e agora é capaz de correr e brincar e até mesmo saltar sobre redes de tênis.

O caso de Darwin é uma verdadeira história de sucesso e superação. Ele conseguiu dar a volta por cima e hoje é um animal muito mais saudável, brincalhão e alegre. Para a felicidade ser completa só falta Darwin encontrar uma nova família que queria lhe amar para sempre.

Sharon Stone aumenta a família com um novo filhotinho

por Andrezza Oestreicher — publicado 26 abr 2018 - 13:23

Coisa boa é aumentar a família e levar um cachorrinho novo para casa. Além de todo o amor que eles sempre estão prontos para nos dar, esses animais conseguem trazer ainda mais luz, vida e alegria para o lar.

Quem está vivendo esse momento de muita alegria com um novo cãozinho em casa é Sharon Stone.

Joe and I welcome his new pal Bandit. #JoeStone #BanditStone #family ❤️

 » Read more about: Sharon Stone aumenta a família com um novo filhotinho  »

Cadela surfa com crianças com Atrofia Muscular Espinhal e proporciona muita felicidade aos pacientes

por Andrezza Oestreicher — publicado 26 abr 2018 - 9:23

A Atrofia Muscular Espinhal, bastante conhecida também como AME, é uma doença degenerativa genética que afeta o sistema nervoso e leva à redução das funções motoras. Ela resulta em fraqueza e atrofia muscular caracterizada por problemas nos movimentos voluntários.

A AME afeta os movimentos das pernas e braços, muitos pacientes perdem esses movimentos, e afeta também os músculos que atuam na deglutição de alimentos e na respiração.

Por conta disso tudo, pessoas com Atrofia Muscular Espinhal acabam não vivendo uma série de experiências que para aqueles que não sofrem com a doença seria tão simples. 

 » Read more about: Cadela surfa com crianças com Atrofia Muscular Espinhal e proporciona muita felicidade aos pacientes  »

Cachorros da raça Galgo Italiano são encontrados vivendo em terríveis condições em São Paulo

por Andrezza Oestreicher — publicado 25 abr 2018 - 13:00

Mais uma vez, a ganância do ser humano, chamado de racional, transformou seres tão amáveis como os cachorros em máquinas de reproduzir filhotes e em fonte de lucro e de dinheiro. É exatamente isso o que criadouros clandestinos fazem.

Na última sexta-feira, dia 20 de abril, a Polícia Militar Ambiental (PMA) encontrou em uma residência em Praia Grande, no litoral de São Paulo, cachorros da raça Galgo Italiano, considerada rara no Brasil, em um estado terrível e em visíveis condições de grave negligência.

 » Read more about: Cachorros da raça Galgo Italiano são encontrados vivendo em terríveis condições em São Paulo  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Sharon Stone aumenta a família com um novo filhotinho

por Andrezza Oestreicher — publicado 26 abr 2018 - 13:23

Coisa boa é aumentar a família e levar um cachorrinho novo para casa. Além de todo o amor que eles sempre estão prontos para nos dar, esses animais conseguem trazer ainda mais luz, vida e alegria para o lar.

Quem está vivendo esse momento de muita alegria com um novo cãozinho em casa é Sharon Stone.

Joe and I welcome his new pal Bandit. #JoeStone #BanditStone #family ❤️

A post shared by Sharon Stone (@sharonstone) on

Já tutora de um cachorro da raça Buldogue Francês chamado Joe, a atriz decidiu aumentar sua família e levou para casa um fofo filhotinho. O cãozinho também é da raça Buldogue Francês, porém em cores diferentes do seu irmão canino mais velho, e recebeu o nome de Bandit Stone.

Goodnight. ❤️ #BanditStone

A post shared by Sharon Stone (@sharonstone) on

Sharon apresentou o novo membro de sua família para seus fãs e seguidores através de seu perfil oficial no Instagram. Em uma série de duas fotos, uma em que ela aparece muito feliz segurando o novo filhote e outra em que Joe aparece debaixo das pernas da tutora, a atriz escreveu: “Joe e eu demos boas-vindas ao seu novo amigo Bandit”.

Depois da apresentação, Sharon Stone já começou a encher seu perfil na rede social de fotos do novo filhote, assim como toda tutora apaixonada e mamãe coruja.

Joe and Bandit! ❤️ #puppylove #JoeStone #BanditStone #bigbrother

A post shared by Sharon Stone (@sharonstone) on

A atriz também compartilhou um vídeo em que aparecem os dois cachorros, onde o pequeno Bandit tenta chamar a atenção de Joe, que prefere se coçar um pouquinho.

Entre as fotos que mostra o fofo filhote dormindo, Sharon postou uma em que aparece com Bandit no colo e confessou que Joe parece estar com um pouquinho de ciúmes do novo irmãozinho. Porém, apesar disso, ela afirmou que eles estão se dando bem.

Bandit é realmente uma fofura de cãozinho.

Fonte: People

Cadela surfa com crianças com Atrofia Muscular Espinhal e proporciona muita felicidade aos pacientes

por Andrezza Oestreicher — publicado 26 abr 2018 - 9:23

A Atrofia Muscular Espinhal, bastante conhecida também como AME, é uma doença degenerativa genética que afeta o sistema nervoso e leva à redução das funções motoras. Ela resulta em fraqueza e atrofia muscular caracterizada por problemas nos movimentos voluntários.

A AME afeta os movimentos das pernas e braços, muitos pacientes perdem esses movimentos, e afeta também os músculos que atuam na deglutição de alimentos e na respiração.

(Foto: Reprodução / Killer Surf Pix / Ionis Pharmaceuticals)

Por conta disso tudo, pessoas com Atrofia Muscular Espinhal acabam não vivendo uma série de experiências que para aqueles que não sofrem com a doença seria tão simples. Porém, um grupo de pacientes nos Estados Unidos contou com uma ajuda para lá de especial para ter uma experiência diferente e muito feliz.

Juntamente com o Cure SMA, um grupo que financia pesquisas relacionadas à doença, a cadelinha surfista Ricochet proporcionou muita diversão a esses pacientes, que tiveram a oportunidade de entrar no mar e surfar com a peluda.

(Foto: Reprodução / Killer Surf Pix / Ionis Pharmaceuticals)

(Foto: Reprodução / Killer Surf Pix / Ionis Pharmaceuticals)

Ricochet é o único SURFice dog® do mundo que fornece assistência terapêutica enquanto cria experiências únicas de surfe e outras atividades que reduzem a ansiedade social e capacitam crianças com necessidades especiais, pessoas com deficiências, soldados feridos e veteranos com TEPT.

As crianças eram as mais animadas do grupo de pacientes, todas queriam ser a primeira a surfar com Ricochet, cadela que tem treinamento extensivo como cão de serviço.

(Foto: Reprodução / Killer Surf Pix / Ionis Pharmaceuticals)

(Foto: Reprodução / Killer Surf Pix / Ionis Pharmaceuticals)

Como muitas das crianças que participaram da atividade não conseguem manter a cabeça erguida sozinha, uma cadeira de banho foi adaptada e fixada na prancha de surf para deixar os pequenos seguros e confortáveis.

O passeio contou com a participação e ajuda de uma incrível equipe de voluntários qualificados que fez com que a experiência fosse um sucesso e muito feliz para todos.

(Foto: Reprodução / Killer Surf Pix / Ionis Pharmaceuticals)

Apesar de todas as dificuldades e trabalho que deu colocar a ideia do surf com os pacientes em prática, todos, tanto crianças quanto adultos, se divertiram bastante e não queriam que aquele dia acabasse.

Fonte: 3 Million Dogs / Diário Catarinense