Cão de rua alimentado por moradores da vizinhança com marmita fica obeso

O animal, que vivia nas ruas da região há três anos, era alimentado pelos vizinhos com comida de humano e estava pesando mais que o dobro do seu peso ideal

por Andrezza Oestreicher — publicado 3 out 2016 - 12:00

Roberta Evelyn, que trabalha como fotógrafa, estava indo entregar algumas fotos para uma cliente em uma região de São José dos Campos, no interior de São Paulo, quando viu na rua um cachorrinho extremamente gordo.

A situação do cão lhe chamou a atenção e Roberta decidiu perguntar sobre o cão para algum morador do local. O animal se tratava de Pompom, uma vira-lata de aproximadamente oitos anos de idade.

Pompom foi abandonada em um bairro de São José dos Campos. Os vizinhos, com pena, passaram a alimentar a cadela. (Foto: Reprodução / Roberta Evelyn)

Pompom foi abandonada em um bairro de São José dos Campos. Os vizinhos, com pena, passaram a alimentar a cadela. (Foto: Reprodução / Roberta Evelyn)

Uma vizinha contou que a cadela havia sido abandonada no bairro há cerca de três anos e permaneceu ali. Os vizinhos tinham muita pena dela e sempre a alimentavam, porém as pessoas davam a ela marmitas com todo tipo de comida humana, e por isso ela estava tão gorda.

Roberta já tinha três animais em sua pequena casa, mas, percebendo que a situação daquela cadela era crítica, sabia que não poderia deixá-la ali. A fotógrafa então pegou Pompom e a levou até um veterinário amigo seu.

Porém, a cadela era alimentada com marmitas de comida humana, o que acabou deixando Pompom obesa. (Foto: Reprodução / Roberta Evelyn)

Porém, a cadela era alimentada com marmitas de comida humana, o que acabou deixando Pompom obesa. (Foto: Reprodução / Roberta Evelyn)

Pompom, um cão de pequeno porte, estava pesando 25,5 quilos, mais do que o dobro de seu peso ideal, que, de acordo com o veterinário, seria em torno de 11 quilos. Com o atendimento descobriu-se que, além da obesidade, a cadela tinha ainda uma queimadura na pata esquerda, provavelmente causada por maus-tratos.

Segundo o médico veterinário Washington Luiz Camargo Galvão Bueno, que fez o atendimento de Pompom, a cadela já se encontrava no estágio de obesidade mórbida, o que acabou causando problemas na articulação do animal.

Para perder peso, foi indicado para a cadela exercícios na piscina, para não piorar suas articulações, e ração diet.

Roberta publicou a história de Pompom nas redes sociais para conseguir ajuda com seu tratamento. E deu certo, a cadelinha já ganhou uma piscina de plástico para começar os seus exercícios.

Já em estado de obesidade mórbida, Pompom terá que fazer exercícios e se alimentar com ração diet para perder peso. (Foto: Reprodução / Roberta Evelyn)

Já em estado de obesidade mórbida, Pompom terá que fazer exercícios e se alimentar com ração diet para perder peso. (Foto: Reprodução / Roberta Evelyn)

A intenção de Roberta é reabilitar a cadela e ajudá-la a melhorar até que ela possa ser adotada definitivamente.

Aqui fica o nosso alerta quanto à alimentação dos animais. Sempre que quiser ajudar a alimentar um animal de rua, dê ração. Comida humana pode fazer muito mal a cães e gatos.

 

Fonte: G1

Katherine Heigl passa momentos complicados com doença grave de sua cadelinha

por Andrezza Oestreicher — publicado 12 dez 2017 - 18:53

A atriz Katherine Heigl não é só conhecida por atuar em filmes como “Ligeiramente Grávidos”, “Vestida para Casar” e “A Verdade Nua e Crua” ou por seu papel de Dra. Izzie Stevens em “Grey’s Anatomy”, ela também é conhecida por ser uma das maiores amantes de animais entre as estrelas de Hollywood.

Porém, infelizmente, ela esta agora passando por uma grave situação com um de seus cães de estimação que ninguém deseja passar. A cadela Gracie Lou está com um tumor cerebral.

 » Read more about: Katherine Heigl passa momentos complicados com doença grave de sua cadelinha  »

Cadela que sofria maus-tratos em casa é resgatada pela polícia

por Andrezza Oestreicher — publicado 12 dez 2017 - 9:32

Em Santa Cruz do Sul, município do Rio Grande do Sul, policiais civis foram até uma residência para resgatar dois cães que sofriam maus-tratos causados pelo homem que deveria cuidar dos animais.

As denúncias foram feitas por uma ONG de proteção animal local, a Protetores de Santa Cruz, que já tinha ficado com um outro animal do mesmo homem, depois que também receberam, no mês de abril, denúncias de que ele maltratava o cão que tinha acabado de adotar.

 » Read more about: Cadela que sofria maus-tratos em casa é resgatada pela polícia  »

Voluntários resgatam cão que ficou 24h preso em tubulação em Santos

por Andrezza Oestreicher — publicado 11 dez 2017 - 18:31

Durante um passeio com seu tutor, um pequeno cãozinho da raça Chihuahua se soltou de sua coleira e fugiu. Porém, o animal acabou caindo em um canal e ficando preso em tubulação da rede pluvial de Santos, no litoral de São Paulo, que coleta água da chuva de bueiros e a despeja no Canal 6.

“Eu estava passeando com ele de tarde quando ele se soltou da coleira, saiu correndo e caiu no canal”,

 » Read more about: Voluntários resgatam cão que ficou 24h preso em tubulação em Santos  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Katherine Heigl passa momentos complicados com doença grave de sua cadelinha

por Andrezza Oestreicher — publicado 12 dez 2017 - 18:53

A atriz Katherine Heigl não é só conhecida por atuar em filmes como “Ligeiramente Grávidos”, “Vestida para Casar” e “A Verdade Nua e Crua” ou por seu papel de Dra. Izzie Stevens em “Grey’s Anatomy”, ela também é conhecida por ser uma das maiores amantes de animais entre as estrelas de Hollywood.

Porém, infelizmente, ela esta agora passando por uma grave situação com um de seus cães de estimação que ninguém deseja passar. A cadela Gracie Lou está com um tumor cerebral.

Hey, small dog moms and dads! Have you shared why your small dog is great yet? Share a photo or video with #MySmallDogIs so we can inspire more adoptions and save the lives of small dogs in the U.S.!

A post shared by Katherine Heigl (@katherineheigl) on

O animal foi diagnosticado em setembro, mas só agora a atriz tornou o assunto público.

De acordo com Katherine, há cerca de um ano Gracie Lou “começou a mostrar alguns sinais que estava sentindo dores”. A cadela foi imediatamente levada ao veterinário, que acreditou que ela estava com uma hérnia de disco ou alguma lesão no pescoço, mas nada extremamente grave.

Então, o veterinário receitou alguns medicamentos para dor e tratamento. Com isso, a cadelinha aparentemente voltou ao normal, mas há cerca de três meses ela pareceu estar ruim novamente.

O veterinário tentou outras terapias e medicamentos, porém todas pensando que o problema do animal seria no pescoço. Porém, a cadela continuou piorando e passou a ter convulsões. Foi quando resolveram fazer uma ressonância magnética, que revelou não só tumor cerebral, mas também que ele já estava muito grande, ao ponto de estar pressionando o cérebro de Gracie Lou.

De acordo com informações, a cadelinha passou por uma cirurgia que conseguiu remover quase 50% do tumor, que estava localizado em um ponto bastante complicado do cérebro.

“Estamos passando a maior parte do tempo atendendo as necessidades pós-operatórias da Gracie”, disse Katherine em uma postagem feita no dia 1º de dezembro em seu blog, Those Heavenly Days. “Agora meus dias consistem em tentar salvar Grace”, completou a tutora, explicando que a cadelinha teve um dano cerebral que a fez desaprender a beber água sozinha.

Em uma publicação em seu perfil oficial no Instagram, Katherine contou que vai fazer uma pausa no seu blog para se dedicar completamente aos cuidados de Grace.

“Qualquer um que tenha amado um animal de companhia sabe o quanto de amor incondicional, paciência, conforto, lealdade, risos e alegria eles trazem para nossas vidas. Gracie foi tudo isso e mais para mim, então agora vou fazer tudo o que posso para salvá-la!”, escreveu Katherine Heigl junto com uma série de fotos com a cadelinha.

Fonte: People

Cadela que sofria maus-tratos em casa é resgatada pela polícia

por Andrezza Oestreicher — publicado 12 dez 2017 - 9:32

Em Santa Cruz do Sul, município do Rio Grande do Sul, policiais civis foram até uma residência para resgatar dois cães que sofriam maus-tratos causados pelo homem que deveria cuidar dos animais.

As denúncias foram feitas por uma ONG de proteção animal local, a Protetores de Santa Cruz, que já tinha ficado com um outro animal do mesmo homem, depois que também receberam, no mês de abril, denúncias de que ele maltratava o cão que tinha acabado de adotar.

A cadela encontrada no local estava assustada e parecia muito debilitada. (Foto: Reprodução / Portal Gaz)

Dessa vez, a Polícia Civil esteve na casa do acusado, juntamente com ativistas da causa animal e a Brigada Militar, onde cumpriu um mandado de busca e apreensão para recuperar dois cachorros.

De acordo com delegada Raquel Schneider, da Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento, as denúncias afirmam que o acusado, um homem que vivia na mesma casa que os animais, agredia os cachorros com pauladas e chutes.

No local, apenas um animal foi encontrado, uma cadela da raça Labrador de cerca de 12 anos de idade que estava sem água, sem comida e aparentava estar bastante debilitada. Além disso, a cadela apresentava marcas de ferimentos.

Ainda na casa, também foram encontrados e apreendidos objetos que podem ter sido usados na agressão aos animais, como um estilete e pedaços de madeira.

Na casa também foram encontrados e apreendidos objetos que podem ter sido usados para agredir os animais. (Foto: Reprodução / Portal Gaz / Paola Severo)

Em relação ao outro animal, também uma cadela, o acusado disse informalmente que a abandonou na Avenida Paul Harris próximo a uma oficina mecânica. Policiais chegaram a buscar pela região mas ela não foi encontrada.

O animal resgatado foi levado para uma clínica veterinária. A cadela ficou internada para fazer exames e um laudo. Além de muito assustada e aparentar ter medo de pessoas, existe a suspeita de que ela tenha alguma fratura, pois estava se movendo com muita dificuldade.

O acusado foi levado à Delegacia de Polícia, onde respondeu algumas perguntas e assinou termo circunstanciado. Ele irá responder por maus-tratos a animais e o abandono de animal deve ser incluído na acusação, pois isso também é crime.

Fonte: Portal GAZ