“Cão não é o vilão” – Campanha contra a Leishmaniose Visceral Canina reúne famosos

Não deixe de participar e assine a petição: www.ocaonaoeovilao.org.br

por Samantha Kelly — publicado 25 ago 2013 - 14:35

A campanha “Cão não é o vilão“, realizada pela ARCA Brasil, busca conscientizar a população sobre a Leishmaniose Visceral Canina (LVC), hoje a principal zoonose do país e responsável pela morte de cães e humanos há mais de meio século.

O Brasil adota uma política pública muito controversa e que vai na contra mão das convenções internacionais. Em nome da saúde pública, milhares de cães são eutanasiados todos os anos no Brasil, tendo como base exames pouco confiáveis.

Como o próprio slogan fala, o cachorro não é o culpado, e sim o mosquito. Matar o cão está longe de ser uma solução e de maneira alguma é uma medida eficaz no combate contra a doença.

O lema principal da campanha é “prevenção é a única solução”, já que ampliando o conhecimento sobre a doença, a população poderá reivindicar mudanças.

 

Objetivos da campanha:

– Revogação da portaria Interministerial 1426/98 (proíbe o tratamento dos animais infectados ou doentes).

– Revisão do atual programa de vigilância e controle da Leishmaniose Visceral, dando ênfase ao controle do mosquito vetor.

– Proteger e defender os direitos dos animais, em particular o cão, hoje um membro da família.

 

Celebridades apoiam a campanha

Juntando forças, artistas, atletas e comunicadores como Cléo Pires, Fafá de Belém, Doda Miranda, Giovanna Ewbank, Fernanda Tavares, Thaila Ayala e Fiorella Mattheis emprestaram sua visibilidade e nome para apoiar a causa.

Fotos da campanha:

 

Assine a petição clicando aqui.

Site da campanha: www.ocaonaoeovilao.org.br

Facebook: facebook.com/ocaonaoeovilao

deixe seu comentário: