Cãozinho sofre grave violência no interior de São Paulo e é encontrado com patas mutiladas

O cachorro estava com a almofada de uma das patas completamente arrancada e a da outra pata pendurada

por Andrezza Oestreicher — publicado 26 out 2017 - 18:39

Infelizmente, a violência contra os animais ainda estão chegando a níveis que nós nem conseguiríamos imaginar. Na cidade de Araraquara, localizada no interior de São Paulo, um caso em particular está chocando a população.

Pingo, um cachorrinho vira-lata de apenas sete meses de idade, tem o costume de andar pela sua rua. Porém, no último sábado, dia 21 de outubro, ele não voltou. Suas tutoras ficaram bastante preocupadas, pois isso nunca tinha acontecido, e rapidamente começaram a procura pelo cão.

Cãozinho está internado e segue em tratamento com antibióticos e fazendo a troca de curativos três vezes ao dia. (Fotos: Reprodução / G1 / Arquivo pessoal)

Até que no final da tarde, elas conseguiram encontrar o cão, que estava coberto de mato e em um estado terrível.

“Ele sempre vai dar uma voltinha, mas vai até na esquina e volta. Mas de repente ele sumiu. Andamos o bairro inteiro de moto, quando deu uma 17h30 uma moça veio falar que ele estava no mato, perto da linha do trem, chorando”, contou Tamiris Silva, uma das tutoras do animal.

O cãozinho chorava de dor, pois estava com suas duas patinhas dianteiras mutiladas. A almofada de uma das patas foi completamente arrancada e a da outra estava pendurada.

Pingo foi rapidamente levado para uma clínica veterinária, onde recebeu atendimento de emergência e está internado. Ainda não se sabe exatamente o que aconteceu, mas pelas lesões do animal, acredita-se que os machucados tenham sido causados por violência humana.

Ainda não se sabe se será preciso amputar as patas de Pingo. (Fotos: Reprodução / G1 / Arquivo pessoal)

O cão segue estável na clínica, onde precisará ficar internado por mais alguns dias e está fazendo tratamento com antibióticos e curativos, que são trocados três vezes ao dia. De acordo com o veterinário que está cuidando do animal, ainda não é possível dizer se será preciso amputar as patas do cachorro.

Enquanto isso, as tutoras de Pingo estão tendo gastos de cerca de R$ 310 por dia com os cuidados do cão, incluindo diária de internação, medicamentos e curativos, e pedem ajuda para continuar pagando o tratamento do bichinho.

Quem quiser ajudar de alguma forma, é só entrar em contato com as tutoras através dos números (DDD 16) 99251-3295 ou 99307-7230.

Um boletim de ocorrência do caso foi registrado e a Polícia Civil está investigando como crime de maus-tratos.

Fonte: G1

Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 9:30

Ficamos apaixonadas pela escada em espiral da Sophipet com um ar super sofisticado. Ela é totalmente personalizável, com várias opções de cores e estilos para combinar com diferentes tipos de decoração.

Muitos não sabem, mas rampas e escadinhas dessa forma ajudam bastante os pets a não forçarem as costas com os vários pulos acrobáticos que eles dão quando sobem e descem da cama, sofá e afins.

Ela chega até 100 cm de altura para as camas mais altas e possui apenas 45 cm de raio,

 » Read more about: Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama  »

Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 7:02

O incidente é tão absurdo que é difícil acreditar como alguém pode ser tão insensível em relação a vida do próximo.

Operários em uma estrada de Agra, na Índia, não se deram o trabalho de mover um cachorro que dormia no local enquanto eles recapeavam a rua e seguiram com o dia como se não houvesse ninguém ali. Sim, eles construíram a rua em cima do cachorro e ele morreu após ter sido esmagado pelo rolo compressor enquanto os trabalhadores nivelavam a rua.

 » Read more about: Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua  »

Hotelzinho para cachorro compartilha a loucura quando a piscina é liberada para seus hóspedes caninos

por Samantha Kelly — publicado 14 jun 2018 - 8:20

O hotelzinho canino Happy Tails Camp em Norfolk, no estado norte-americano de Virginia, compartilhou o momento exato quanto seus hóspedes caninos foram liberados para cair na piscina.

Para quem acha que já foi em uma pool party bacana, sem dúvida não incluiu no currículo essa experiência incrível.

 

 » Read more about: Hotelzinho para cachorro compartilha a loucura quando a piscina é liberada para seus hóspedes caninos  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 9:30

Ficamos apaixonadas pela escada em espiral da Sophipet com um ar super sofisticado. Ela é totalmente personalizável, com várias opções de cores e estilos para combinar com diferentes tipos de decoração.

Muitos não sabem, mas rampas e escadinhas dessa forma ajudam bastante os pets a não forçarem as costas com os vários pulos acrobáticos que eles dão quando sobem e descem da cama, sofá e afins.

Ela chega até 100 cm de altura para as camas mais altas e possui apenas 45 cm de raio, o que salva bastante espaço. Dá até para adicionar uma proteção na escada para evitar acidentes.

Elas são feitas com excelente qualidade e o preço, apesar de ser salgado (começa em US $ 420 e, para a opção mais cara, você precisa desembolsar mais de US $ 1.500), ainda são uma ótima ideia e opção para quem pode pagar.

Queremos opções mais acessíveis para ontem!

 

Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 7:02

O incidente é tão absurdo que é difícil acreditar como alguém pode ser tão insensível em relação a vida do próximo.

Operários em uma estrada de Agra, na Índia, não se deram o trabalho de mover um cachorro que dormia no local enquanto eles recapeavam a rua e seguiram com o dia como se não houvesse ninguém ali. Sim, eles construíram a rua em cima do cachorro e ele morreu após ter sido esmagado pelo rolo compressor enquanto os trabalhadores nivelavam a rua.

Transeuntes ainda podiam ver metade do corpo do cão preso ao asfalto e a brutalidade do acontecido provocou uma série de protestos por parte da população, levando com que polícia local abrisse um caso contra a empresa contratada.

De acordo com uma entrevista publicada pelo India Today, um oficial de polícia envolvido na investigação explicou que o animal estava dormindo quando foi esmagado pelo rolo compressor. Os trabalhadores declararam que eles informaram o engenheiro responsável pelo projeto sobre o ocorrido, porém ainda assim ele ordenou que a estrada fosse construída em cima do animal e assim eles fizeram.

 

Foto: Reprodução