Casos de maus-tratos contra animais em 2012 superam números de 2011

por Samantha Kelly — publicado 23 ago 2012 - 9:03

Casos de maus-tratos contra animais em 2012 superam números de 2011

A Secretaria de Segurança Pública calcula que, em 2012, as delegacias do Distrito Federal registraram 49 ocorrências de maus-tratos contra animais, 30 a mais que em todo o ano passado.

Só na Delegacia Especial de Meio Ambiente (Dema), cinco pessoas foram presas em flagrante em 2012 por maus-tratos a animais e outras dez foram indiciadas. Os agressores respondem a processo criminal, podendo pegar até um ano de reclusão e pagar multa. Se o animal morrer, a pena pode ser agravada.
Na última quinta-feira (16), o cachorro da servidora pública Manuela Marla foi atingido por um tiro de espingarda de chumbinho. O animal não resistiu e morreu no dia seguinte. “Quando ele fez exame de raio X, vimos que ele tinha tomado um tiro. Foi muito chocante, muito absurdo”, disse Manuela.

Na semana anterior, outro cachorro da família de Manuela chegou em casa com o rabo machucado e passando mal. A suspeita é de que ele tenha sido envenenado. O cão foi medicado e sobreviveu, mas ainda está debilitado.
De acordo com o delegado Ivan Dantas, da Dema, é comum os agressores alegarem não saber que é crime maltratar animais. “Normalmente a pessoa alega ignorância de que aquele fato constitui crime. Em alguns casos, pode até ser verdade, mas, em outros, o que a polícia tem observado é que realmente ele age com intenção de praticar o crime de maus-tratos contra o animal”, disse Dantas.
Para a presidente da Associação Protetora dos Animais do Distrito Federal (ProAnima), Simone Lima, é importante que os casos sejam denunciados. “Por mais que doa no nosso coração toda vez que a gente sabe de um caso de maus-tratos, a gente acha muito bom quando existe a denúncia e existe a pressão para que o caso seja apurado conforme a lei”, declarou Simone.

 

Fonte

deixe seu comentário: