Chaser, a cadela da raça Border Collie que identifica 1022 palavras

Chaser é uma cadela da raça Border Collie e seu estudo é tema de um livro por seu dono e pesquisador John Pilley

por Samantha Kelly — publicado 23 out 2013 - 14:32

John Pilley e Chaser. Foto: Reprodução/Twitter

John Pilley e Chaser. Foto: Reprodução/Twitter

Os pesquisadores John Pilley e Alliston Reid da Wofford College descobriram através de testes que a Border Collie de nome Chaser consegue identificar mais de 1000 objetos.

O estudo, que foi publicado no Elsevier journal  Behavioural Processes, aprofunda o resultado previamente adquirido de pesquisadores alemães, que identificaram um cachorro que sabia algumas centenas de objetos.

Os testes tinham como intuito compreender questões como a extensão do vocabulário do cão quando exposto a intenso treinamento, o que os cães entendem da linguagem humana e se de fato os animais conseguiriam distinguir os objetos de comandos.

Seguindo uma série de experimentos cuidadosamente documentados e controlados, os autores demonstraram que Chaser aprendeu o nome de 1022 objetos em um período de 3 anos de treinamento, que acabou não porque o cão não conseguia mais aprender, mas por falta de tempo dos pesquisadores.

O fato da cadela aprender e lembrar mais de 1000 nomes, cada um conectado a um objeto específico, foi uma evidência clara que ela possui uma série de capacidades necessárias para o aprendizado da linguagem humana receptiva, como poder identificar mais de 1022 sons diferentes e os objetos que eles representam, a habilidade de discriminar objetos visualmente, o vocabulário extensivo e um sistema de memória que permite mapear muitos estímulos auditivos e visuais.

Chaser, a cadela que aprendeu mais de 1000 palavras. Foto: Reprodução/Twitter

Chaser, a cadela que aprendeu mais de 1000 palavras. Foto: Reprodução/Twitter

O segundo experimento demonstrou que a cadela sabia diferenciar quais eram nomes e comandos. Para testar o significado dos comandos e nomes de forma independente, os autores combinaram aleatoriamente ambos para observar qual seria o comportamento de Chaser. Sem treinamento especial, Chaser respondeu para cada combinação corretamente, até mesmo no primeiro teste. O resultado demonstrou que a cadela compreendia que os comandos e os nomes tinham significados diferentes, sabendo que nomes se referiam a objetos em específico, independente da ação que o envolvia.

O terceiro teste apontou que a cadela também entendia nomes pela sua categorias, não só de maneira individual. Ela aprendeu que o nome “brinquedo” se referia aos 1022 objetos que ela era permitida a brincar, cada um com seu nome específico. Ela também demonstrou que conseguia mapear até três categorias em cada objeto sem errar. Por exemplo, ela sabia o nome correto para cada objeto usado na pesquisa, podia conectar a palavra brinquedo aos objetos, e conseguiu fazer a ligação entre dois objetos em comum, como a “bola” e o “frisbee”.

No quarto e último experimento, Chaser também conseguiu demonstrar que podia aprender os nomes por exclusão usando processos que envolvem a aprendizagem associativa.

De acordo com a autora Alliston Reid:

 

Esta pesquisa é importante porque demonstra que os cães, como crianças, podem desenvolver vocabulários extensos e entender que certas palavras representam objetos individuais e outras palavras representam categorias de objetos, independente de significado da ação que supostamente o acompanha.

 

Jonh Pilley, pequisador e também dono de Chaser, começou a sua história com cães nos anos 70, com sua amada cadela Yasha. Esse relacionamento estreito que permitiu que, muitos anos depois, John pudesse trabalhar com Chaser mais facilmente.

O experimento e a ligação de Chaser e seu dono são vistas no livro”Unlocking the Genius of the Dog Who Knows a Thousand Words” (Destravando a cadela gênio que sabe mais de 1000 palavras, tradução livre), escrito por John W. Pilley com Hilary Hinzmann.

Para mais informações, acesso o site oficial de Chaser www.chaserthebordercollie.com

 

 

Celebridades e seus cães entram no clima da Copa do Mundo 2018

por Samantha Kelly — publicado 4 jul 2018 - 13:36

Não tem como, é só começar a Copa que durante um mês o Brasil para e entra no clima, em uma das mais lindas torcidas do mundo.

Nesse período ninguém imune e todos entram na festa, incluindo os pets, que vestem verde e amarelo e, sem entender nada, representam os torcedores mais lindos do país.

Nessa alegria, muitas celebridades e artistas brasileiros que estão vibrando com a seleção compartilharam os momentos na torcida.

 » Read more about: Celebridades e seus cães entram no clima da Copa do Mundo 2018  »

Tosadora japonesa aperfeiçoa o visual bolinha e transforma poodle em ovelha

por Samantha Kelly — publicado 22 jun 2018 - 12:34

Sesame é um Poodle japonês que ganhou fama por causa de seu corte bolinha impecável que faria qualquer fashionista sentir inveja. O motivo de tanta comoção é o fato do penteado ter transformado o garotinho canino em uma ovelha.

Infelizmente Yoriko Hamachiyo, a tosadora responsável por essa obra prima da pelagem canina, não compartilhou um vídeo dos bastidores do corte.

Será que o Poodle, uma das raças caninas com penteados mais clássicos de todas,

 » Read more about: Tosadora japonesa aperfeiçoa o visual bolinha e transforma poodle em ovelha  »

Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly

por Samantha Kelly — publicado 21 jun 2018 - 9:52

O auxílio canino no caso da morte de Vitória Gabrielly tem sido fundamental. Ate agora, tanto um pet quanto uma equipe de cães especializados, foram peças chaves na investigação do crime.

Em um primeiro momento, enquanto a polícia ainda tentava encontrá-la e havia a esperança da menina ainda estar viva, a pista da localização exata do paradeiro de Vitória veio de um catador de latinhas que estava passeando com seu cachorro.

O pet ficou intrigado com o cheiro forte que vinha da mata e começou a latir sem parar.

 » Read more about: Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Celebridades e seus cães entram no clima da Copa do Mundo 2018

por Samantha Kelly — publicado 4 jul 2018 - 13:36

Não tem como, é só começar a Copa que durante um mês o Brasil para e entra no clima, em uma das mais lindas torcidas do mundo.

Nesse período ninguém imune e todos entram na festa, incluindo os pets, que vestem verde e amarelo e, sem entender nada, representam os torcedores mais lindos do país.

Nessa alegria, muitas celebridades e artistas brasileiros que estão vibrando com a seleção compartilharam os momentos na torcida. Porém, quem roubou a cena mesmo foram os peludos. Tem Gisele, Grazi, Kevinho e muito mais.

Confiram alguns desses momentos abaixo:

 

Torcida organizada!! ✅ Vai Brasil!!!💛💚

A post shared by Gisele Bündchen (@gisele) on

Vamos Brasil 👻🇧🇷

A post shared by Kevinho (@kevinho) on

Essa vitória foi toda sua @treinadortite ⚽️🇧🇷

A post shared by Susana Vieira (@susanavieiraoficial) on

Sonequinha antes do jogo.Acorda Mano,vai começar!!!🙏✨✨✨Bora Braseeel!

A post shared by Reynaldo Gianecchini (@reynaldogianecchini) on

12 patas e 6 pés quentes aqui em casa!!! 🇧🇷

A post shared by José Loreto (@joseloreto) on

Vai Brazzzzeeellll 🇧🇷🇧🇷🇧🇷 #bbfloquinho❤🐶

A post shared by ladyfontenelle (@ladyfontenelle) on

 

Tosadora japonesa aperfeiçoa o visual bolinha e transforma poodle em ovelha

por Samantha Kelly — publicado 22 jun 2018 - 12:34

Sesame é um Poodle japonês que ganhou fama por causa de seu corte bolinha impecável que faria qualquer fashionista sentir inveja. O motivo de tanta comoção é o fato do penteado ter transformado o garotinho canino em uma ovelha.

Infelizmente Yoriko Hamachiyo, a tosadora responsável por essa obra prima da pelagem canina, não compartilhou um vídeo dos bastidores do corte.

Será que o Poodle, uma das raças caninas com penteados mais clássicos de todas, ganhará mais um modelo? Se depender de nós, votamos sim mil vezes.

Sério, o resultado é tão incrível que as fotos parecem montagem, mas não são.