Conheça a ATEAC, ONG que realiza trabalho com cães em prol de autistas

São quase mil atendimentos por mês em 9 instituições

por Samantha Kelly — publicado 2 abr 2014 - 13:26

Foto: PAULA CASTRO

Foto: PAULA CASTRO

Há 8 anos, o dia 2 de abril é oficialmente o dia mundial do autismo. A data foi criada pela Organização das Nações Unidas com o intuito de promover uma maior conscientização e disponibilizar mais informações sobre o autismo e seu diagnóstico. A iniciativa utiliza a cor azul, devido ao fato de haver uma maior incidência em meninos que meninas.

Nesse dia, apresentamos o trabalho da Terapia e Educação Assistida por Animais de Campinas (ATEAC), ONG situada em Campinas, São Paulo, que realiza um trabalho todo especial em prol de autistas.

Com a ajuda de 65 cães-terapeutas e 70 voluntários no atendimento, a equipe, formada por profissionais de psicologia, medicina, biologia, pedagogia, terapia ocupacional, adestramento e medicina veterinária, realiza quase mil atendimentos por mês em 9 instituições das redondezas, abrangendo pacientes autistas, idosos, crianças hospitalizadas e portadores de necessidades especiais.

A ATEAC nos explica como funciona a terapia e como ela influencia na vida dos participantes.

 

A Terapia Assistida por Animais (TAA) com autistas funciona de um modo lúdico que atinge os mesmos, onde outras terapias, muitas vezes, não atinge.

Esta interação autismo/cão possibilita: aumento da sociabilização, da autoestima; diminuição do stress; melhora a coordenação motora; trabalha a afetividade e a cognição; aumenta a percepção do mundo e o reconhecimento do outro e de si próprio, estabelecendo contato visual.

 

Silvia e Luana. Foto: ANDREA KARASAWA

Silvia e Luana. Foto: ANDREA KARASAWA

A iniciativa surgiu em 2004 com a bióloga Sílvia Ribeiro Jansen Ferreira e seu filho Daniel Jensen, na época com 27 anos.

Daniel ganhou de um dos amigos da sua mãe a Luana, da raça Labrador Retriever, mas por possuir a Síndrome de Asperger (forma leve de autismo caracterizada pela falta de habilidade de interação social e de comunicação), tinha medo de cães. Na época filhotinha e em busca de aceitação para interagir, Luana constantemente investia em Daniel, que não conseguiu ficar impune a cadela por muito tempo.

Sílvia Jensen descreve o momento que percebeu que a influência de Luana poderia significar algo maior:

 

Percebi, quando vi a insistência da Luana, mesmo tendo atenção do Daniel. Notei que ali tinha alguma coisa diferente no modo de se aproximar e dar carinho do animal.
Já tinha lido sobre Zooterapia e então assisti um Programa do trabalho do extinto CÃO DO IDOSO de SP, onde mostrava trabalhos de terapia através de cães. Vi que isto consistia, o “trabalho” da Luana com o Daniel, um autista.

 

Daniel e Luana. Foto: JUAN ESTEVES

Daniel e Luana. Foto: JUAN ESTEVES

Por meio de um treinamento direcionado, a cachorra conseguiu se tornar mais próxima de Daniel, e ajudá-lo a controlar seus problemas, aumentar sua autoestima e habilidade motora.

O incentivo a mais ajudou Daniel a se formar em biologia e defender a sua tese de mestrado em biologia marinha na UNICAMP, tornando-o um dos primeiros portadores da Síndrome de Asperger, dentro do espectro autista, a concluir o mestrado no Brasil.

“Ela foi uma excelente companheira, me ajudando a lidar com o Mestrado e também a lidar com as pessoas.Graças a ela, me aproximei mais das outras pessoas, coisas que eu não fazia antes. Eu também readquiri confiança em cachorro, que eu tinha medo”, declarou Daniel.

 

Saiba como ajudar a ATEAC

I) sendo voluntário profissional das áreas de saúde animal( veterinários clínicos e de comportamento animal , adestradores) , área de saúde humana( psicologia, TO,fisioterapia, fonoaudiologia, pedagogia, biologia, assistência social, médicos,etc..), área administrativa ,  marketing, relações publicas..;

Foto: RODRIGO PEÇANHA

Foto: RODRIGO PEÇANHA

II) Participando como voluntário nos atendimentos com seu próprio cão ou outro animal cadastrado;

III) Cadastrando seu cão e tornando-o um voluntário (para mais informações sobre voluntariado acesse http://ateac.org.br/voluntariado/pessoas/processo-seletivo/ );

IV) Tornando-se sócio contribuinte da ONG para beneficiar os atendimentos através de doações periódicas, adquirindo camisetas da Ateac (para mais informações acesse http://ateac.org.br/contribua/ );

V) Doando materiais de trabalho e de uso dos cães;

V) Praticando uma roda de amigos para doações;

VI) Divulgando nas empresas.

 

Foto: PAULA CASTRO

Foto: PAULA CASTRO

Celebridades e seus cães entram no clima da Copa do Mundo 2018

por Samantha Kelly — publicado 4 jul 2018 - 13:36

Não tem como, é só começar a Copa que durante um mês o Brasil para e entra no clima, em uma das mais lindas torcidas do mundo.

Nesse período ninguém imune e todos entram na festa, incluindo os pets, que vestem verde e amarelo e, sem entender nada, representam os torcedores mais lindos do país.

Nessa alegria, muitas celebridades e artistas brasileiros que estão vibrando com a seleção compartilharam os momentos na torcida.

 » Read more about: Celebridades e seus cães entram no clima da Copa do Mundo 2018  »

Tosadora japonesa aperfeiçoa o visual bolinha e transforma poodle em ovelha

por Samantha Kelly — publicado 22 jun 2018 - 12:34

Sesame é um Poodle japonês que ganhou fama por causa de seu corte bolinha impecável que faria qualquer fashionista sentir inveja. O motivo de tanta comoção é o fato do penteado ter transformado o garotinho canino em uma ovelha.

Infelizmente Yoriko Hamachiyo, a tosadora responsável por essa obra prima da pelagem canina, não compartilhou um vídeo dos bastidores do corte.

Será que o Poodle, uma das raças caninas com penteados mais clássicos de todas,

 » Read more about: Tosadora japonesa aperfeiçoa o visual bolinha e transforma poodle em ovelha  »

Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly

por Samantha Kelly — publicado 21 jun 2018 - 9:52

O auxílio canino no caso da morte de Vitória Gabrielly tem sido fundamental. Ate agora, tanto um pet quanto uma equipe de cães especializados, foram peças chaves na investigação do crime.

Em um primeiro momento, enquanto a polícia ainda tentava encontrá-la e havia a esperança da menina ainda estar viva, a pista da localização exata do paradeiro de Vitória veio de um catador de latinhas que estava passeando com seu cachorro.

O pet ficou intrigado com o cheiro forte que vinha da mata e começou a latir sem parar.

 » Read more about: Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Celebridades e seus cães entram no clima da Copa do Mundo 2018

por Samantha Kelly — publicado 4 jul 2018 - 13:36

Não tem como, é só começar a Copa que durante um mês o Brasil para e entra no clima, em uma das mais lindas torcidas do mundo.

Nesse período ninguém imune e todos entram na festa, incluindo os pets, que vestem verde e amarelo e, sem entender nada, representam os torcedores mais lindos do país.

Nessa alegria, muitas celebridades e artistas brasileiros que estão vibrando com a seleção compartilharam os momentos na torcida. Porém, quem roubou a cena mesmo foram os peludos. Tem Gisele, Grazi, Kevinho e muito mais.

Confiram alguns desses momentos abaixo:

 

Torcida organizada!! ✅ Vai Brasil!!!💛💚

A post shared by Gisele Bündchen (@gisele) on

Vamos Brasil 👻🇧🇷

A post shared by Kevinho (@kevinho) on

Essa vitória foi toda sua @treinadortite ⚽️🇧🇷

A post shared by Susana Vieira (@susanavieiraoficial) on

Sonequinha antes do jogo.Acorda Mano,vai começar!!!🙏✨✨✨Bora Braseeel!

A post shared by Reynaldo Gianecchini (@reynaldogianecchini) on

12 patas e 6 pés quentes aqui em casa!!! 🇧🇷

A post shared by José Loreto (@joseloreto) on

Vai Brazzzzeeellll 🇧🇷🇧🇷🇧🇷 #bbfloquinho❤🐶

A post shared by ladyfontenelle (@ladyfontenelle) on

 

Tosadora japonesa aperfeiçoa o visual bolinha e transforma poodle em ovelha

por Samantha Kelly — publicado 22 jun 2018 - 12:34

Sesame é um Poodle japonês que ganhou fama por causa de seu corte bolinha impecável que faria qualquer fashionista sentir inveja. O motivo de tanta comoção é o fato do penteado ter transformado o garotinho canino em uma ovelha.

Infelizmente Yoriko Hamachiyo, a tosadora responsável por essa obra prima da pelagem canina, não compartilhou um vídeo dos bastidores do corte.

Será que o Poodle, uma das raças caninas com penteados mais clássicos de todas, ganhará mais um modelo? Se depender de nós, votamos sim mil vezes.

Sério, o resultado é tão incrível que as fotos parecem montagem, mas não são.