Contra fezes nas ruas, Jerusalém cria banco de DNA de cães

por Samantha Kelly — publicado 7 jul 2012 - 5:05

A Câmara Municipal de Jerusalém aprovou uma lei que obriga proprietários de cachorros a registrar o DNA de seus animas para identificar e multar donos que não limparam as fezes de seus cães nas ruas da cidade.

Com amostras de saliva dos animais, as autoridades criarão um banco de dados de DNA. Os donos de cães que se recusarem a fornecer a amostra serão multados.

Esquemas semelhantes foram introduzidos em municípios menores nos Estados Unidos e na Espanha. Mas o veterinário-chefe da prefeitura de Jerusalém, Zohar Dvorkin, disse à BBC Brasil que esta é a primeira vez que um projeto dessa dimensão é implementado no mundo. Em Jerusalém, há cerca de 12,5 mil cães.

Fiscais da prefeitura passarão a recolher amostras de fezes nas calçadas da cidade, que serão analisadas em laboratório para identificar os responsáveis.

A multa para os donos de cães que deixam fezes nas ruas é de 750 shekels (cerca de R$ 400). Até então, os fiscais da prefeitura só podem multar os proprietários dos animais quando o cachorro e seu dono são pegos em flagrante.

“Muitas vezes os donos dos cães fogem ao ver os fiscais”, disse Dvorkin. “Mas com o novo método eles não poderão mais fugir.”

Segundo o veterinário-chefe, o objetivo da prefeitura “não é ganhar dinheiro, mas sim criar um clima de dissuasão”.

Dvorkin diz que, além do incômodo criado aos transeuntes, as fezes de cães nas ruas também disseminam bactérias e parasitas, que podem transmitir doenças tanto a outros cães como a pessoas.

Técnicas

Dvorkin explicou que em casos de cães agressivos é mais difícil recolher amostras de saliva. Veterinários da prefeitura estão analisando outras fontes de DNA dos animais como amostras das raízes dos pelos.

Outra questão que está sendo analisada é o limite de tempo no qual o DNA dos cachorros poderá ser identificado nas fezes.

“Depois de algum tempo as células se destroem e já não é possível identificar o DNA”, disse.

Segundo o veterinário, espera-se que a maioria dos cachorros da cidade tenham o seu DNA registrado até o início de 2014.

 

Fonte

Ben Affleck adota lindo filhote de cachorro sem raça definida

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 out 2017 - 9:29

O ator Ben Affleck, que ficou conhecido internacionalmente por seus personagens nos filmes Armageddon (1998), Pearl Harbor (2001) e Demolidor (2003), acabou de ganhar mais um filho.

Não, sua namorada Lindsay Shookus não está grávida. O novo membro da família do ator é um filhotinho de cachorro. Ben Affleck adotou um cãozinho sem raça definida, uma mistura de Husky Siberiano, há pouco mais de um mês.

De acordo com informações de sites internacionais,

 » Read more about: Ben Affleck adota lindo filhote de cachorro sem raça definida  »

Cadela recebe amor pela primeira vez após ser resgatada de fazenda de carne

por Fabio Sakita — publicado 22 out 2017 - 12:40

Darling viveu por anos em um abrigo de Buriram, destinado para cães vítimas desse comércio, antes de ser acolhida pela ONG The Barking Lot, que tem sede em San Diego na California. Porém ela nunca havia recebido o amor de uma família.

“Ela tinha um esconderijo favorito em um túnel onde latia para todos na esperança de permanecer segura. Escolhemos Darling com base em uma foto, seu pequeno rastejar e a ausência de um olho”,

 » Read more about: Cadela recebe amor pela primeira vez após ser resgatada de fazenda de carne  »

Tosadora abre sua loja na madrugada para ajudar um cachorro encontrado em péssimas condições

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 out 2017 - 18:33

Cachorros abandonados podem chegar a um estado terrível por conta da falta de cuidados. Isso fica ainda pior no caso dos animais peludos, pois os pelos vão crescendo, se emaranhando, e isso pode trazer graves consequências para os cães.

Na Flórida, nos Estados Unidos, um casal passeando de carro viu um cachorrinho na rua. Ao chegar mais de perto eles puderam perceber que o animal não estava perdido. Pela situação de negligência que o cão estava,

 » Read more about: Tosadora abre sua loja na madrugada para ajudar um cachorro encontrado em péssimas condições  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Ben Affleck adota lindo filhote de cachorro sem raça definida

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 out 2017 - 9:29

O ator Ben Affleck, que ficou conhecido internacionalmente por seus personagens nos filmes Armageddon (1998), Pearl Harbor (2001) e Demolidor (2003), acabou de ganhar mais um filho.

Não, sua namorada Lindsay Shookus não está grávida. O novo membro da família do ator é um filhotinho de cachorro. Ben Affleck adotou um cãozinho sem raça definida, uma mistura de Husky Siberiano, há pouco mais de um mês.

O ator foi flagrado com o novo filhote por Los Angeles. (Foto: Reprodução / Juliano / X17online.com)

De acordo com informações de sites internacionais, o ator, que agora está dando vida ao Super-Herói Batman, encontrou o cachorrinho abandonado na rua e rapidamente se encantou pelo animal.

Apaixonado por cães, Ben Affleck, que também é diretor, roteirista e produtor, imediatamente decidiu levar o pequeno filhote para a sua casar e adotar o cachorro.

O vencedor do Oscar de Melhor Filme, por Argo, em 2013, parece estar bastante apegado ao animal e já foi flagrado por paparazzi passeando com o cãozinho pelas ruas de Los Angeles, nos Estados Unidos.

Muito sortudo por ter sido encontrado por um apaixonado por animais que decidiu lhe adotar, o cachorrinho também parece já estar bastante conectado ao seu novo tutor.

Ben Affleck ainda não falou sobre o novo pet em nenhum meio de comunicação e nem anunciou o nome do animal.

Junto com sua ex-mulher, a também atriz Jennifer Garner, e seus três filhos, Violet, Seraphina e Samuel, Ben tem outros cachorros.

Fonte: InStyle / People

Cadela recebe amor pela primeira vez após ser resgatada de fazenda de carne

por Fabio Sakita — publicado 22 out 2017 - 12:40

Darling viveu por anos em um abrigo de Buriram, destinado para cães vítimas desse comércio, antes de ser acolhida pela ONG The Barking Lot, que tem sede em San Diego na California. Porém ela nunca havia recebido o amor de uma família.

Foto: Reprodução – The Barking Lot

“Ela tinha um esconderijo favorito em um túnel onde latia para todos na esperança de permanecer segura. Escolhemos Darling com base em uma foto, seu pequeno rastejar e a ausência de um olho”, disse o grupo de resgate.

A cadela solitária e tímida se transformou na alma mais amorosa e sensível quando estava a caminho dos EUA. O grupo de resgate acreditava que ela ficaria traumatizada durante meses, talvez anos, antes de encontrar um lar, mas ela provou que eles estavam errados.

Foto: Reprodução – The Barking Lot

Darling encontrou sua família em semanas e agora é super companheira de sua mamãe.