Detetives ‘caçam’ donos de cães que não recolhem fezes na Espanha

por Samantha Kelly — publicado 27 out 2012 - 8:54

Prefeito de Agüimes, Antonio Morales Méndez, contratou detetives para ‘caçar’ donos de cachorros que não recolhem os excrementos de seus animais. (Foto: Reprodução)

 

A Prefeitura de Agüimes, nas Ilhas Canárias, na Espanha, contratou dois detetives para descobrir e multar os donos de cachorros que “esquecem” os excrementos de seus animais de estimação nas vias públicas e parques infantis.

A vereadora do município de Agüimes, Juana Martel, disse à Agência Efe que apesar das campanhas de conscientização e da instalação em várias ruas de compartimentos para armazenar as fezes dos cães, há donos destes animais que não as utilizam.

“Muitas pessoas as utilizam, mas também são muitas as pessoas que não as usam”, lamentou a vereadora.

Devido às crescentes queixas dos moradores pelo estado de suas ruas e parques, a Prefeitura se viu obrigada a contratar detetives para ‘caçar’ esses infratores.

Segundo explicou a vereadora, os detetives informam à prefeitura de suas investigações com apoio de gravações e fotografias, assim como com informação de onde vivem os “culpados” da presença de excrementos ou sobre o carro no qual chegaram.

“O interessante é que algumas dessas pessoas não são do município e só vêm aqui para passear com seu cachorro”, afirmou Juana.

Os detetives foram contratados nos últimos três anos em campanhas de 15 ou 30 dias, e na última vez que atuaram, 15 pessoas foram multadas por deixar os cachorros soltos ou por abandonar seus excrementos na via pública.

“As sanções oscilam entre os 30 euros e 3 mil euros”, de acordo com outras possíveis infrações da normativa sobre cachorros, como levá-lo sem focinheira se for de uma raça perigosa, acrescentou a vereadora.

 

Fonte G1

deixe seu comentário: