14 jul 2014 - 19:53
thumbnail 1 summary

Ensaio fotográfico tocante mostra o último dia de vida do cachorro Duke

O ensaio foi feito pela fotógrafa pet Robyn Arouty a pedidos da tutora Jordan Roberts

Escrito por Samantha Kelly
Jornalista do Portal do Dog

A decisão de eutanasiar o seu cachorro nunca é fácil e, como todo momento que temos de dizer adeus à alguém que amamos, o coração sofre. Dói. Machuca.

A família Roberts, de Houston, nos Estados Unidos, teve que encarar essa difícil decisão com seu tão amado cachorro Duke, que foi diagnosticado com câncer de osso e, mesmo após o tratamento e de uma perna amputada, teve metástase. Sua condição piorou muito e a família sentiu que havia chegado a hora.

E com a despedida iminente, a tutora de Duke, Jordan Roberts, preparou um dia memorável com tudo que seu cachorro amava, incluindo hambúrgueres, passeio no parque aquático e a presença de todos os amigos.

Para capturar esse dia tão especial, Jordan chamou sua amiga e fotógrafa pet Robyn Arouty.

Essa matéria foi primeiramente publicada pelo BuzzFeed e as legendas a seguir são de autoria de Robyn Arouty. A tradução é do Portal do Dog.

Esse ensaio tocante e belíssimo você confere abaixo:

 

– Eu morri hoje. Por Duke Roberts.

 

duke-robyn-arouty-cachorro-ensaio-eutanasia-01

 

E eu comi muitos hambúrgueres. Fizemos uma festa.

 

Eu ri.

 

duke-robyn-arouty-cachorro-ensaio-eutanasia-02

E eu pensei no quanto eu vou sentir falta daqui.

 

duke-robyn-arouty-cachorro-ensaio-eutanasia-03

Nós contamos piadas.

 

duke-robyn-arouty-cachorro-ensaio-eutanasia-04

Ficamos sérios

 

duke-robyn-arouty-cachorro-ensaio-eutanasia-05

 

Meus amigos que moram ao lado vieram me ver. Eles são gêmeos. Quando alguém ofereceu um de meus hambúrgueres, um disse, “Não, obrigado, eu não quero tirar nenhum do Dukey.”

 

duke-robyn-arouty-cachorro-ensaio-eutanasia-06

 

Kristen veio me ver. Ela é muito bacana. Ela é minha groomer. E minha amiga.

 

duke-robyn-arouty-cachorro-ensaio-eutanasia-07

Enquanto nós estávamos esperando o veterinário chegar, Kristen disse que nós iríamos passear. E entao alguém disse, “Que tal nós brincarmos na água no parque no final da rua?” E nós fomos.

 

duke-robyn-arouty-cachorro-ensaio-eutanasia-08

 


  • Compartilhe


  • Receba as notícias do
    Portal do Dog no seu email!
    É gratuito!

    Deixe seu comentário
    • Xadow Monzter

      Realmente lindo, e uma liçao tambem !

    • Higor Guedes Da Gama

      Tava me segurando para ñ chorar mas inevitável escorreu algumas lágrimas </3

      • SUELY

        TBM CHOREI, NÃO CONSEGUI SEGURAR…..

    • Afonso Castro

      Sei lá. Tive um cachorro com tumor, lutamos até o ultimo dia para que ele vivesse, infelizmente morreu, mesmo após cirurgia.

      Se a eutanásia em seres humanos é proibida segundo nossa legislação, em animais também deveria ser.

      Somos todos seres sujeitos a adversidades naturais como doenças, não cabe a ninguém decidir quando será o fim de nossas vidas.

      Eu prefiro lutar até o ultimo dia de vida do que ser interrompido artificialmente por vontade alheia.

      • Sara Mariane

        Eutanásia deveria ser um direito de todo ser humano, lutar até o fim é uma escolha de cada um, decidir pela dor extrema. pela incapacidade de viver, apenas sobreviver – para alguns – não é vida, é viver para os outros, satisfazê-los. No caso dos animais é uma escolha de quem os ama. Se um animal meu está a um passo de sofrer constantemente um dor intensa de tempo em tempo, optaria sem dúvida (por amor) fazê-lo dormir, não viver até o final para me satisfazer. Os olhinhos de agonia, não voltam a ser os olhinhos de despreocupação de antes. Ela escolheram um Duke no fim… realizado.

        • Paula Pereira

          Concordo plenamente, Sara.
          Ver um animal em agonia é algo que machuca muito.
          A eutanásia do animal é feita em duas etapas por um profissional capacitado que vai conversar (e muito) com a família do animal. Ele só sugere isso em último caso.

        • Thyago Camargo

          Sara, respeito sua opinião, mas descordo COMPLETAMENTE de você!
          Talvez por ser um animal que alguns humanos insistam dizer que é irracional, ele não teve chances diante de uma doença arrebatadora que destrói quem a possui e também sua família. Na minha opinião, o mais grave neste cão não foi a doença, mas sim a ignorância e o preciosismo de uma família que preferiu tornar a morte de um amigo em um espetáculo nonsense. O direito de livre arbítrio a eutanásia deixa de fazer qualquer sentido a partir do momento que trocamos o cão por uma criança, qualquer pai ou mãe que ame minimamente seu filho jamais desistiria dele, e porque com o animal isso tem que ser diferente? Tendo em vista que eles não são inferiores a nós, aliás em muitas situações deixo em dúvida essa teoria. Discordo completamente quando diz que é egoísmo mantê-los desta forma. Que forma? O cão estava feliz ao lado de sua família, atribuo a decisão desta família não como crueldade, mas sim como ignorância. Ps.: Prova de que os animais são iguais a nós homenageei minha labradora de 6 meses com o mesmo nome que o seu SARA. 🙂

          • dri

            Respeito a sua opinião, mas falta sensibilidade nela, desculpa…

          • Patrícia Santos

            Desculpe, mas se fosse um filho meu que estivesse a sofrer e fosse morrer passado uns meses, eu não o iria fazer passar por essa dor só porque EU queria que ficasse comigo até ao fim. Eu defendo que se estás em estado terminal, deves ter a escolha de não sofrer mais por mais que custe a quem está contigo. Muitas vezes as pessoas fazem o esforço não por elas, mas por quem cá fica e eu simplesmente acho que elas têm o direito a escolher desistir de sofrer quando já não há esperança. E os amigos e familiares têm de respeitar essa opção por mais que lhes custe.

            • Solange Martins

              Você mataria um filho? Passou pela cabeça que você poderia pedir a Deus com muita fé que Ele o curasse ou aliviasse seu sofrimento, levando-o com Ele? As pessoas cometem um grande engano quando querem ter a opção de morrer para abreviar o sofrimento. Suicídio é só o começo de um sofrimento eterno ou muitíssimo longo, visto que ao que se lê, nem todos os suicidas vão para o inferno. Sim, o inferno e o céu existem. O primeiro segredo de Fátima foi a visão do inferno aos três pastorzinhos e há muitos outros relatos e histórias de santos. Não sei se vc acredita nisso, mas eu só estudo sobre escatologia e assuntos afins, e como alguém que do fundo do coração quer te ajudar, acredite em mim e procure ler a respeito do tema. Talvez vc mude de ideia. De qualquer forma, te desejo toda a felicidade do mundo e que Deus te abençoe.

            • lare

              Concordo Solange. Covardia o que fizeram

            • Thyago Camargo

              Estado terminal ??? Patrícia, alguém que está em estado terminal não corre, não come, não bebe água e muito menos tem disposição para brincar. De acordo com seu raciocínio, após diagnosticado uma doença que necessita tratamento devemos nos “livrar” do animal e dar espaço para outro, sob a justificativa de ser o melhor para ele, e quanto ao comentário de autorizar a eutanásia a um filho, não vejo sanidade nesse raciocínio, provavelmente você ainda não deve ser mãe, quando for, você jamais aceitaria isso, espero…

            • Jaqueline Pinheiro Lira

              Aparentemente ele estava muito bem… conseguiria viver muito mais , conheço varias historias de superação e milagres nesses anjos de patas… Ele merecia viver mais…

            • lare

              Concordo Jaqueline basta ter fé essa familia achou mais fácil mata-lo.. Covardia imensa

            • Patrícia Santos

              Desculpe mas aí é que se engana. O estado terminal significa que já nada há a fazer que possa salvar a pessoa/animal. Nesses casos têm x tempo de possibilidade de vida e dependendo das doenças podem existir os chamados “dias bons” em que quem vir de fora pensa “ei afinal não está assim tão mal” e depois tem a maioria dos outros dias que podem ser dolorosos e até nem permitir que a pessoa saia da cama. Eu já tive uma gata que esteve no seu limite e nós tentamos mais uma hipotese (que a vet disse que poderia muito bem não funcionar). A gata já não andava, não via, mal ouvia, tinhamos de a limpar e dar lhe a comida a boca. Foram umas semanas horriveis mas ela recuperou. Mais uma vez, HAVIA UMA HIPOTESE de tratamento. Mas é preciso ter noção quando as “hipoteses” que existem apenas permitem “aliviar” (se é que conseguem realmente fazer isso) dores, e nesses casos, por mais que custe é altura de deixar partir. Nós somos egoístas em pedir que alguém/animal sofra mais umas semanas/meses só porque não temos coragem de o deixar ir. Para quem acredita no céu ainda mais uma razão para o deixar ir para um sitio melhor onde já não há dor mas sim felicidade e amor.

            • lare

              Concerteza thyago se ele estivesse mal jamais sairia lindo assim nas fotos.. Covardia

          • fernanda

            To com a Patrícia. Se eu tivesse que escolher entre um ente querido viver mais alguns meses em constante deterioração, dores, sem qualquer esperança de uma cura, sabendo que o final seria a morte, e a decisão fosse minha, eu optaria pela eutanasia. É a coisa altruísta a se fazer. E eu sinceramente espero que, se algum dia eu estiver nessa situação e depender de alguém para tomar essa decisão por mim, que não me deixem viver em dor só porque não suportariam me perder. Espero que saibam a hora de parar de lutar e me deixar ir embora, assim como essa família fez com o cachorro.

          • lare

            Concordo plenamente thyago covardia eles matar um animal que estava bem e feliz.

        • dri

          Só quem sofre sabe o quanto pode suportar aquela dor…
          Não sou contra a eutanásia e acho que essa é uma decisão de amor… jamais deixaria meu cãozinho sofrer com um tumor que já deu metastase, prefiro eu sofrer com sua ausência do que ver ele sofrer de dor, de não o ver mais pular, brincar, latir…

          • Thyago Camargo

            Realmente, ele não estava pulando, se alimentando, muito menos brincando…
            Até o hambúrguer o cachorro comeu, provavelmente temos definições diferentes e “estado terminal”…

            • Patrícia Santos

              Thyago Camargo, não sei se já presenciou pessoas em estado terminal. Eu já e posso dizer-lhe que uma delas teve o que se chama “um dia bom” antes de morrer uns dias depois. Nesse dia bom saiu do hospital, fomos até casa, comemos francesinha, rimos, conversamos,… Mas depois vieram os problemas e os dias maus em que nem da cama saia e morreu nem uma semana depois. Por isso não diga que por este cão comer hamburguer, brincar, etc. está bem de saúde.

        • Solange Martins

          A vida não nos pertence, querida. Só uma pessoa sem fé diria que eutanásia deveria ser um direito. Neste caso, a morte não seria o fim da dor, seria só o começo, pois a vida é eterna. Pense nisso, Sara, querida. Ás vezes, precisamos passar por algumas coisas para nos purificar e ganhar a felicidade eterna. Deus te proteja e abençoe.

          • lare

            Isso mesmo Solange Tamo juntas

      • Paula Pereira

        Olá Afonso,
        Minha família, assim como a sua, passamos pela mesma situação. Mas tivemos que optar pela eutanásia.

        Foi doloroso demais (e posso afirmar que ver esta reportagem foi bem triste).
        Nosso cachorro já estava bem debilitado e sofrendo demais (na época, não tinha tantos tratamentos – há 12 anos atrás -, para alguns tipos de câncer, chegamos a amputar também a pata do cachorro, mas não foi suficiente). Foi uma decisão demorada, difícil, triste e que até hoje nos machuca muito.

        Lutamos pela vida e pelo conforto dele até o último dia. Mas vê-lo com feridas devido ao câncer nos ossos e saber que não tinha nada mais a fazer, era mais difícil ainda.

        • Afonso Castro

          Não concordo mas respeito sua escolha Paula, ver um animal que se tornou membro da família sofrer é angustiante e nos faz pensar em como somos impotentes diante destas circunstancias.

          Parabéns pela linda homenagem que fizeram ao Dukey, tenho certeza – que ainda com dor – ele foi feliz até o ultimo dia de vida.

          • Paula Pereira

            🙂 Obrigada
            Tb respeito a sua opinião. É bem complicado isso. Por isso, acredito que a família do Duke tenha recebido uma notícia ruim em relação ao cão para ter tomado essa decisão.

      • Bárbara Freitas

        totalmente apoiada

      • Marilia Cavasin

        Concordo com você Afonso.

      • Mariana Bittencourt

        Concordo! Eutanásia não! Ele merecia viver todos os segundos que a vida ia lhe proporcionar!

        • Renan Oliveira

          Pelo jeito você nunca teve um cão pra falar uma merda dessa!!

      • lare

        Concordo plenamente.

      • Saionara Biron

        Eu e meu namorado tivemos que mandar sacrificar nosso cachorro, e foi a coisa mais difícil que fiz na minha vida. Ele contraiu cinomose, mesmo com todas as vacinas. Tratamos ele, cuidamos dele como ele sempre mereceu: com amor, dedicação e carinho. Ai um dia, ele n me reconhecia mais, não conseguia comer, e sentia dor. Foi a pior coisa pra nós, mas pra ele, foi o alívio. Acredite, é muito difícil sacrificar um filho de quatro patas, não se deve julgar ela por ter feito isso, com toda certeza, ela era a pessoa que mais queria a cura e melhora dele, mas infelizmente, isso nem sempre é possível 🙁

    • Lidiane Rios

      Emocionante! Mas acredito que a eutanásia não faz parte das coisas de Deus! Mesmo doente, a fé pode curar! Os milagres acontecem! Contra a vontade de Deus ninguém pode…. Não era a hora dele ir… A família um dia vai refletir e vê que a luta pela vida é bem mais feliz do que interrompe-la dessa forma.

      • Veridiana Adán

        Infelizmente nem sempre a cura é possível. Meu cachorro teve um tumor que se alastrou por todo seu corpo (ele já era velhinho…18 anos). Lutamos até o fim. A ultima semana de sua vida ele passou internado numa clínica tomando morfina e soro. Ele não conseguia nem se levantar mais. Achei que não era justo com ele deixá-lo naquela situação e optei pela eutanasia. Tenho certeza que tomei a decisão certa mas me pergunto até hoje se deveria ter deixado chegar no ponto que chegou ou se deveria ter evitado isso antes. Mas isso eu nunca vou saber. Só sei que não me arrependo de ter lhe livrado dessa angustia.

        • Lidiane Rios

          São pontos de vista diferentes…. Quem somos nós, pobres seres humanos para decidir o que é melhor, certo ou errado? Creio que temos que fazer os dias de vida, os melhores sempre. Sou contra tirar a vida… É a mesma coisa com alguém (pai – mãe -etc) se estivesse doente. Você iria tomar uma decisão dessas? Acredito que Deus tem o tempo certo para tudo e que só ele pode decidir o momento. Tenho dois casos desse em minha vida. Um que optamos pela eutanásia (era um tumor e o veterinario falou que não tinha mais jeito…). Eu era criança e lembro do meu pai tendo que optar por isso e sofrendo mto por essa decisão. Aprendi muito com isso e minha familia e eu, nos arrependemos profundamente por isso! Que Deus nos perdoe por isso… Outro caso, foi quando a minha filhota meg foi levada de nós, de forma natural. Sem dor, sem passar por nada. Simplesmente parou de comer… levamos ela ao medico e fizemos todos os exames. Os exames deram tudo certo. Mas infelizmente, do nada, ela morre :/ Sofremos e muito. Fazem 6 meses isso. Mas entendemos que faz parte do ciclo e que ela está com Deus, conforme a vontade dele.

          • fernanda

            Cara, para de enfiar Deus em tudo, aceita que algumas pessoas não têm as mesmas crenças que você. Acho que deixar vida e morte nas mãos de um ser cuja existência é dubitável é muito irresponsável. Se a doença é terminal e o animal só vai sofrer, cada vez mais, até finalmente morrer, deixá-lo viver simplesmente porque você não quer lidar com a perda, ou porque você acredita numa entidade que supostamente sabe a hora de levá-lo é muito egoísmo. Se você optaria por isso, ótimo, mas não condene as pessoas que optam pela eutanásia.

            • Lidiane Rios

              Fernanda, não julgo de forma alguma a opinião dos outros. EU não optaria pela eutanásia. Cada qual com a sua opinião! Respeito a crença de todos, e quero igualmente ser respeitada.

    • Fabiana Ferrante

      nossa que triste………..lembrei do meu que morreu em meus braços

    • HappyTravel Cesar

      Sórdido isso heim? Nunca conseguiria fazer um roteiro sobre a morte do meu cachorro!

    • Viviani Araújo

      Concordo com o Afonso…mas aqui ñ dizem se o animal estava sofrendo, com dor… Só sei que ñ quero passar por isso nunca. Espero que meu filho peludo viva todos os anos possíveis.

      • Paula Pereira

        Câncer é sempre doloroso, Viviani.
        O veterinário prescreve medicamentos para aplacar a dor durante o tratamento, assim como outros para combater as células cancerígenas. Em último caso, é amputado algum membro ou feito alguma cirurgia. Alguns cães têm, por causa da raça, algum tipo de câncer. Eu tive um dog alemão. Cães desta raça têm câncer nos ossos, na maioria dos casos. O meu teve aos 7 anos, com mais de 40 kg e teve a pata dianteira amputada, depois de alguns tratamentos, mas o câncer avançou muito (metástase).

        Se o câncer avança demais, a dor aumenta (acredito que o Duke não sentia tantas dores, ele não parecia estar tão debilitado, apesar de estar com a pata amputada – sinal de que o câncer estava avançando e ele deveria receber um bom tratamento e bons medicamentos). Mas não havia mais nada a ser feito. Câncer não tem cura :

        E se o cão está feliz com a família, ele arranja força de onde não existe, não é mesmo?

    • Milena Borges

      O cachorro me pareceu muito bem para ser eutanasiado… Sempre acompanhei meus animais até o final, e nesse caso ele estava feliz e contente de estar com a familia, não acredito que fosse um caso crítico para se eutanasiar neste dia, mas cada um faz suas escolhas… Eu jamais eutanasiaria um animal meu que ainda estivesse bem, andando, brincando e comendo! Me pareceu mais medo de lidar com a doença, do trabalho que ela daria com a sua evolução. Ademais, mesmo com metástase já vi cachorros sobreviverem bem por mais de um ano!

      • LOL

        sobreviver não é viver querida.

        • Karol Padilha

          Quem lhe conferiu o conhecimento do que é vida? Acho que sobreviver É VIDA SIM, oque me diz que um cadeirante que sobrevive, de um portador de deficiências múltiplas que só meche os olhos que sobrevive, de pessoa com alto grau de autismo ou síndromes variadas que sobrevivem? Existem diversos estudos que alegam que o cérebro ainda reage aos estímulos e que estas pessoas tem compreensão do que se passa ao seu redor, só não conseguem manisfestar isso.Um cachorro por estar com câncer, feridas e amputações não merece ser assassinado, merece ser amado. Tenho dó dos homens que ainda não entenderam que a vida só cabe a Deus decidir.

      • silvia

        Concordo plenamente Milena. Sou veterinária e luto com os meus pacientes ate o fim. Esse cachorro não parece demonstrar dor. Ele ta feliz, comendo, brincando. Não achei justo a eutanásia nesse caso. Eu teria dado mais uma chance e lutado ate o final. Lógico que não sou egoísta, se vejo que o animal esta sofrendo, e não tem mais condições de se fazer nada, ai sim opto por uma eutanasia. Achei muito triste essa historia!

        • Rita S. Bianchi

          Eu na minha opnião não teria feito a eutanasia, pq ele estava feliz e brincando se alimentava bem.
          Eu ja fiz em um cachorro meu pq ele não andava ms e estava fcando louco de dor, não comia e ja não reconhecia a gente foi uma decisãomto dificil.

    • André Brandão

      Ixi…

    • Missao de Mulher

      Nossa, muito bonito, mas não curti muito essa história de eutanásia. Minha cadela teve câncer, e sugeriram a eutanásia. Não aceitei, porque eu ainda via ela sorrir e lutar pra viver, assim como vejo nos olhos desse cachorro!!! Se eu visse ela deitada entregue a dor e a doença realmente concordaria, pois veria que o animal não está mais lutando, ou seja, não quer mais viver. Mas vendo essas cenas desse cachorro sorrindo, pulando, correndo, é nítido que ele quer viver até o último dia que puder, mesmo com dor. Minha cadela passou pela cirurgia ao invés da eutanásia, hoje ela está muito feliz apesar da idade! Sei que quem tem que decidir isso é Deus ou o próprio animal. Animal que não quer viver não brinca, não corre, e fica com os olhos tristes, diferente desse caso. Com certeza foi um ato de amor da família achando que seria o melhor, mas é sempre legal tentar entender os sinais deles, porque dor não é a única referência pra se querer viver ou morrer!

    • Patricia Musialak

      Não tem como não chorar… espero nunca ter que passar por isso! Minha cadelinha teve câncer mas graças a Deus descobrimos no começo e ela está bem! Não há coração que aguente ver esses pequeninos sofrendo, dói demais!

    • Rejane V da Silva

      Não tenho essa coragem, o cachorro tava feliz, brincando, comendo e vc vai la e mata o cachorro… Se ele não está com dor e sofrendo, não vejo necessidade disso… chorei muito com essa maldade…

    • Thg Luiz

      Tive um cachorro com cancer que reincidiu e teve metastase e em nenhum momento eu optei pela eutanásia por 2 motivos.
      Vejo isso como uma desistência e eu não desisto nunca e ele também não!
      E eu jamais seria responsável pelo fim da vida de um animal, disse aos meus familiares que se alguém quisesse optar pela eutanásia, por mim tudo bem, mas ninguém o fez.
      Passaram-se uns 2 meses, ele foi bem cuidado e amado o todo o tempo (na verdade ainda é, tem a foto dele na capa do meu profile), um dia ele ficou fraco a ponto de não andar, não comer, não reagir, levei-o ao veterinário que cogitou a eutanásia, voltamos para casa, fiquei mais de uma hora conversando com ele, fazendo carinho, dando água e comida, o dia passou e por volta das 23 horas ele nos deixou. Dia 23/02/2013 aos 15 anos.

    • Laís Granjeiro

      É uma questão de ponto de vista, ao mesmo tempo que procuraram dar o melhor último dia de vida do cão, ao mesmo tempo tiraram a vida dele em um momento que ele provavelmente estava eufórico e feliz. É como se nós estivéssemos em um dia feliz e de repente tudo acabar. A vida acabar. Meio cruel, não?!
      Se fosse meu cachorro, eu não conseguiria fazer isso de forma alguma. Tentaria de todas as formas reverter este quadro, até o último segundo.

      • Cleide Da Silva

        foi o meu caso eu tinha um pit bul e ele sofreu muito oveterinario n descobriu oq ele tinha e sofreu ate a sua morte , ate hj eu choro quando vejo os videos dele obg…

    • Hugo Tück

      Que triste! :’/

    • Eduardo

      o cachorro nem tava tão doente , um absurdo terem sacrificado ele !!!! muita covardia !!!!

    • Francielli Oliveira

      Chorei horrores, imaginando como será triste quando minha pequena Laika partir, que demoree muitos anos, pq é minha filhinha de 4 patas. Amor maior…

    • Renata Aparecida Gomes

      Não aguentei, lembrei do meu dachshund que também morreu de câncer, mas no caso do meu ele morreu decorrente do câncer sem a eutanásia, é complicado ver seu pequeno morrer, sinto muito a falta dele

    • Jane Costa

      Levei uns 10 minutos p ver todas as fotos…a todo momento me vinha uma vontade de chorar, me imaginei no lugar da dona dele…e mt triste

    • Bruno Mendes

      Cara eu ainda penso como as pessoas podem fazer mal a um ser tão Inocente e amável como este, desabei em lágrimas vejam o olhar inocente do animal todo momento sem entender nada… do que iria acontecer. É eu ainda penso que tem animais que valem mais que seres humanos.

    • Fiama Pereira

      Aqui em casa sempre tivemos cachorros. Muitos por sinal, e todos sempre foram tratados com muito amor. Alguns sofreram com doenças e morreram, alguns sofreram, os veterinários falaram para “eutasianar, mas o nosso amor sempre prevaleceu. Pensamos que se escolhemos adotar mais um membro pra nossa “família”, estariamos do lado deste em todos os momentos.
      A história mais marcante é da Nega, uma cachorra de grande porte, não me recordo da raça, mas ela era nosso xodó, até que um dia ela ficou muito mal, levou pauladas na cabeça ao tentar impedir um estranho entrar no quintal (e impediu), quando diagnosticada os especialistas disseram que o estômago dela tinha virado. Ela ficou enorme, inchada e não comia mais, e além disso ficou com a cabeça “afundada”, sem conseguir ao menos tomar água, ela sofreu muito. Mas nós em nenhum momento aceitamos deixa-la para ser morta, e no terceiro veterinário que fomos disseram mais uma vez “ela vai morrer, é melhor deixar ela aqui”. Nosso coração doía tanto com isso, e aí decidimos cuidar dela, ao menos tentar, contrariar a medicina e deixar que nosso amor prevalecesse.
      Cuidamos dela… Colocávamos água e alimento pra ela por meio de seringa. Alimentávamos ela com alimentos pastosos como quirera, sopa e assim fomos adicionando os alimentos essenciais na alimentação dela.
      Os meses se passaram, ela não morreu, mas melhorou muito, e aos poucos sua mandibula foi abrindo pouco a pouco.
      Sofremos sim, choramos sim, mas nunca desistimos. Com muito carinho, ela se recuperou. Sim, ficou com a cabeça um pouco deformada e sua boca não abria totalmente, mas mesmo assim ela continuou a ser a nossa “guarda”, latindo, sendo valente e retribuindo o nosso carinho sem pestanejar. Depois disso, ela viveu mais 7 anos.

      Ao adotarmos, devemos ter a ciência de que estamos sujeitos a sofrer, assim como quando um familiar adoece.
      Eu entendo a atitude da famíllia, existem casos e casos, mas o amor por um animal deve ser eternizado pela busca, pela vontade de ajudar, pelo sentimento. Se ele está “condenado”, vamos tentar até o fim fazer com que ele melhore, e se não for possível, vamos tentar fazer o máximo pra que ele viva, mesmo que seus últimos momentos, repleto de amor.
      Quando a nega se foi, choramos muito, pois ela foi uma guerreira.

      Mas nesse caso da matéria, eu tenho certeza que essa solução foi tomada apenas para poupar o sofrimento, mas mesmo assim é triste!

    • Miqueias Silva

      MUITO DA HORA! ):

    • charleno

      So eu que chorei vendo essas fotos ? 🙁

    • Moisés Cainãn

      Foi uma das coisas mais lindas que vi… impossível não chorar…

    • Bárbara Freitas

      Eu ,me conheço suficiente acho que jamais teria condições de tomar uma decisão assim,pois embora ele estivesse sofrendo ,mas estava se sentindo amada,não quero julgar ninguém, isso é eutanásia, aqui no Brasil não é permitido no seu no país do Duke. Pra mim a diferença entre nós e os cachorro e que eles são muito mais superiores e melhores que nós

    • pedro

      isso é uma covardia!!

    • Analucia

      Que triste essa história. Mas como é bom ver pessoas que tratam bem os animais, que se preocupam…

    • Vera Beleza

      ..impossível nao me emocionar/ meu lucke,tbm partiu devido um cancer/ … linda estória <3

    • Camila Menezes

      tem olhos nas minhas lágrimas. Socorro!

    • sheila garcez

      to com um nó na garganta doí ver esta historia …. isso não podia acontecer será que se fosse a mãe dela com um cancer ela faria o mesmo não lutaria pela vida até o fim da vida … 🙁 🙁

    • dri

      Impossível não chorar, tão lindo e tão triste ao mesmo tempo…

    • Pâmella Marques

      Nossa chorei ! Muito lindo :'(

    • Cleide Telles Fagalde

      Lindo de mais tbm me emocionei, mas sei q nao foi nada facil para as duas partes e tbm ficou uma linda lembraça triste e nao pq foi muito bem cuidada em vida..

    • Lissa Amorim

      Que lindo o seu depoimento Valéria, concordo totalmente!

    • Ana

      Não concordo, acho que a família desistiu de lutar ou cansou, não o cão. Não vi semblante de tristeza no cão. Se fosse humano iam lutar até o fim. Vejo um cão tranquilo nas fotos, não os conheço e pela matéria não há descrição do porque escolher a eutanásia, não achei justificado, posso estar enganada, mas não vi justificativa. Dá trabalho, mas se fosse sua mãe doente ia fazer todo esforço. Passei por isso uma vez, optei por cuidar e ele viveu até o último segundo balançando o rabinho, aproveitando o tempo que ainda tínhamos juntos. Espero nunca mais ter que passar por isso, tenho 3 e não consigo pensar em perde-los.

    • lu

      Sabem o q é triste? É como as pessoas adoram criticar as outras.. nunguém aqui estava la, ngm sabe a real situaçao do cachorro isso sao fotos e se prestarem atençao em quase todas ele estava deitado, nao vi nenhum cachorro puladno todo feliz nessas FOTOS a familia fez o q achou melhor pra ele e ponto façam vcs a maneira q acham certo e parem de criticar os outros –‘

      • Karol Padilha

        Olha acredito que isso não são criticas insensatas, são criticas construtivas. Estamos falando de VIDAS que são tiradas pela imaturidade do homem em lidar com as suas responsabilidades como tutor de um animal. Livrar-se dele quando o mesmo está sofrendo me parece a maior crueldade do mundo soa como se desfazer de um objeto que não lhe confere mais a função para qual você o adquiriu… é egoísmo puro, incensaste travestida de piedade.

    • Ana Maria

      como nao chorar…. ai ai…

    • Evelyn Melo Aquarone

      Tudo bem que o cão tinha câncer, mas ele estava ótimo e não era hora dele partir….por acaso nós humanos quando descobrimos que estamos com câncer gostaríamos de ser eutanasiados ? Mesmo sendo terminal ninguém pede pra morrer AGORA ! Este mundo está perdido. Triste e revoltante !

    • Glaucia X Paulo Victor

      já passei por isso 2x com meus aumiguinhos,mesmo com todo tratamento veterinário,remédios e todo cuidado e esforço eram doenças incuráveis e nunca foi uma opção vê-los sofrer.o importante ao meu ver é sabermos que fizemos tudo que estava ao nosso alcance e que com certeza foram muito amados e retribuíram isso 100000x mais com todo a pureza de seu amor .sempre sentiremos a falta deles,mas temos a consciência tranquila que tudo de melhor foi feito .

    • Beny Kelly

      Sei muito bem o que significa essa dor. Que bom que esse anjinho teve alguém que o amasse tanto.

    • Val Pereira

      As fotos estao lindas e emocionante…mas me perdoem,acho uma crueldade fazer tudo isso com ele,e depois o matar.
      Tenho certeza q ele nao imaginaria,q aquele dia seria o seu último dia.
      #Estranhodemais#efriezadosfamiliares

    • Alessandra Fernandes

      Vou dizer que chorei- muito! Tive uma pequena que teve câncer e tivemos que optar pela eutanásia, pois houve metástase e ela estava em sofrimento. E agora estou revivendo este fantasma do câncer novamente. Doi, machuca. Mas é bom saber que os fizemos felizes e sabemos que eles nos fizeram extremamente felizes. O amor que eles transmitem para nós é maravilhoso. E devotarmos nosso amor a eles é o melhor remédio para todos os nossos males. Só quem ama um bichinho e é amado por ele sabe do que estou falando. É melhor sensação do mundo! Pena que a passagem deles por esse mundo seja tão breve….

    • Marcelo Tezza

      A minha dúvida é sempre saber de quem é o sofrimento maior dos donos ou do cachorro, aceitou cuidar de alguém, agora você deve cuidar até o fim da vida, é por isso que pessoas se separam o tempo todo, deixam idosos em asilos e por ai vai.
      Independente do sofrimento, enquanto ele esta vivo deve ser cuidado por quem assumiu este compromisso!

    • REJANE

      chorei e chorei muita emoçao so quem ama e tem sabe o que é o amor!!

    • Ninha Freitas

      Ele nao me parece estar mal a ponto de sacrifica-lo.
      achei cruel.. ele estava tão feliz e foi levado para a morte.
      Eu cuidaria dele até o fim.

    • Carolina Francese

      Agora é bonito eutanasiar cachorro que anda sozinho, come sozinho, brinca e interage, inclusive na água, porque vai morrer de qualquer jeito? Já vi cachorro com dor e não é assim que eles se comportam. Não tem nada bonito nesse ensaio. Sou a favor da eutanásia em fase terminal, inclusive de seres humanos, quando não há mais interação com o mundo, quando a pessoa ou o animal não vive, não se alimenta mais, só vive sofrendo. Isso aí de apressar a morte porque vai morrer logo mesmo é grotesco.

    • Danny Mel

      Chorei muito…só não entendo…se não estava sentindo dor, porque o sacrifício? Eu fiquei com meu cachorro ate o fim, ele já tinha mais de 17 anos…fraco, cego, e nem comia mais direito, mas não sentia dores…só muito velhinho e fraco, muito magro…Eu levantava quando ele caía, não mudamos nada de lugar na casa porque ele havia decorado pela cegueira teve que se adaptar…foi ficando fraquinho ate não comer mais sozinho, então era comidinha na seringa, com o tempo seu organismo não funcionava mais, comidinha não segurava no corpinho frágil, fim dos dias e nós lá…conversando e dando carinho sempre…Deixamos ele se despedir…um dia chorou nos chamando, fui lá, parou de chorar na hora, fiz carinho e conversamos…Eu disse que ele podia ir quando quisesse, que jamais o esqueceria, mas não podia prende-lo lá naquelas condições e que o amávamos muito…chamou minha irmã também quando ela chegou em casa, se despediu…dia seguinte fez a viagem…naturalmente viveu até o fim. Foi embora quando teve que ir e levou com ele todo amor que recebeu! Fizemos o que faríamos com qualquer membro da nossa família, ele era um especial.

    • Bruno

      Se esperassem mais tempo, as fotos não teriam ficada boas.
      A impressão que dá, infelizmente é essa.

    • dercigolçalves

      Se estava na hora dele partir ou não, não cabe a nós julgar o estado do cão por meio de um ensaio fotográfico. É quase a mesma coisa que pedir consulta a um veterinário por meio de fotos. Na maioria das imagens, na minha opinião, o cão parecia cansado. Esses “sorrisos” que o Duke expressava, não significa alegria. Cães demonstram alegria de outras formas, que não sorrindo.

      Acho que quiseram registrar os momentos preferidos da vida do cão, o que não quer dizer que ele comeu todos aqueles hamburgueres, ou que ficou o tempo todo brincando na água.

    • Marilia Cavasin

      Chorei muito… é muito emocionante. Amo animais, sejam eles de qualquer espécie.

    • Felipe Camila

      Sem palavras, parabéns a família cheia de amor. Retribuiram o amor e respeitos que ele sempre deu a vocês. Muito bom ver isso!

      Sem exageros, chorei!

    • Simone Andrea Pinheiro Santos

      gente chorei! =/

    • Droga de suor nos olhos

    • Milena Borges

      Também concordo!!! Achei esse pessoal bem insensível e com preguiça de cuidar do dog doente isso sim! Sempre cuidei dos meus até o finalzinho também e nunca me arrependi! Teve cachorro meu que viveu mais 1 e meio depois da sugerida eutanasia do veterinário… velhinho, cego, surdo, mas dormia comigo todos os dias e pacientemente levava pra fazer xixi 3 vezes ao dia, fazia comida especial, tomava 3 remédios e me respondia com todo amor do mundo a cada cuidado! As pessoas estão perdendo os valores primordiais para existência que é o amor ao próximo!

    • Pat Cunha

      Há dois meses minha “filha” Nani morreu. Depois de 16 anos juntas. Ela sempre superou todos os problemas de saúde que teve com muito amor, cuidados e atenção, além de muita paciência. O animal não fala como o ser humano. Temos que tentar adivinhar o ele está sentindo pelo seu comportamento.

      Desde dezembro ela veio perdendo peso, dormindo mais, as vezes fazendo xixi na cama. Mas sempre se alimentando bem.

      No dia 23 de abril, tudo piorou e corri para clínica. Lá depois de todos os exames, descobriu que estava com metástase no baço, o tumor estava tão grande que ocupou todo o abdomem, comprimindo o estômago e por isso não estava se alimentando e o fígado acabado. Liguei para o veterinário dela e disse o resultado da ultrassom que ele havia pedido que eu fizesse com urgência e desse o resultado, pois seria mais rápido que chegar na clínica dele. Tive que tomar a pior decisão da minha vida! Disse q iria sacrificá-la, já que estava sofrendo tanto e não havia mais o que fazer. Só pensei nela! Ela não merecia passar por aquela dor. Então coloquei o amor na frente e não o egoísmo de querer ela por mais tempo comigo. Jamais prolongaria a vida dela por mais um mês ou 2 só para que ela estivesse ao meu lado e vendo-a sofrer.

      Passou a tomar medicação a base de ópium para aliviar a dor. A essa altura, já não dormi mais e tive que suspender toda medicação que tomo para dormir em prol dela. De 3 em 3 hs tinha que alimentá-la e hidrata-la. Minha família pediu que desse uma chance para ela, já que sempre foi uma guerreira. Mas ela só piorou e acertei com o veterinário para ele vir no dia 28. Todos já haviam se despedido dela, da família aos amigos.

      Foi a pior madrugada da minha vida! Ela chorava, latia e uivava tudo ao mesmo tempo, fiquei com ela nos braços tentando acalmá-la.Isso de 1h até quase 5hs qdo ela dormiu e eu, também. Acordei pouco depois toda vomitada e com ela morta do meu lado. Morreu naturalmente mas sofrendo. Levei para cremar.

      Não julguem quem toma a decisão da eutanásia. É difícil e dolorosa. Você não quer perder aquele serzinho que é como uma parte de você mas sabe que não merece sofrer de dores insuportáveis.

      O importante é que tenho consciência de ter feito o possível e o impossível para que ela tivesse uma boa qualidade de vida, que aproveitamos nosso tempo juntas e que cumprimos a nossa etapa de vida.

    • Rômulo Pedrosa

      Quem ja teve que fazer eutanasia em um amigo seu sabe como é triste. Vc se sente totalmente sem poder, de mãos atadas. muito triste. Mas inevitável. Chorei um pouco com essa história. Duke, procura pelo Tatá, ele é grande mas vai ser um bom amigo. XD

    • Maria Alves de Lima

      Será que chegou num ponto sem volta mesmo? já vi um cachorro que ia ser sacrificado, os donos fizeram o impossível e hoje está correndo…cachorro me pareceu bem!

    • Gabriela Menegucci

      :'( nao tem como não se emocionar

    • Rafa Steel Fang

      Na boa, toma no CÚ, porra eu gastei no mês passa mais de 900 pratas com minha cadela, arrumei grana, trabalho extra, cartão de credito ate da minha namorada, agora pessoas com condições de poder fazer o máximo que puder para melhorar a vida do seu animal vem com essa de eutanasiar, toma no cú, que ódio desse povo babaca!

    • Karol Padilha

      Eutanásia JAMAIS, nem em serres humanos,nem em animais, ninguém tem esse direito. Sofrer, infelizmente, faz parte de viver.Eutanásia é covardia e fuga de algo que ainda não sabemos explicar: a razão da vida!

    • Daay

      Gente que tristeza :((( já chorei tanto… Parece que é meu, nunca conseguiria fazer isso iria sofrer pra sempre.

    • Igino Da Cruz Filho

      O cao não teve escolha, não pode opinar sobre sua vida, foi um erro decidir por ele.

    • Josy Gomes

      Eu so sei q vcs são abençoados e Duke mais ainda agora no paraíso completamente curado será mais um anjo a olhar sua família, as lagrimas que caem de emoção e de saber q o amor ainda existe abençoados sejam ps todos vcs por tanto amor

      • João Borges

        Paraíso de onde? só se for do pó, o pó das estrelas, aproveite pra viver enquanto está viva depois de morta você vai nutrir outros seres vivos da mesma forma que você se nutre deles hoje, não há nada mais além disso.

    • Vanessa B. Sarruf

      Nossa, chorei =/

    • Leonardo Bamonte

      Achei cruel. Mas também me emocionei. Creio que a eutanásia é muito complicado e ver o cachorro feliz sem “saber o que vai acontecer” foi crueldade, na minha opinião.

      Minha família teve uma cachorrinha por 13 anos e ela faleceu no dia 31 de dezembro de 2013 com câncer no estômago, tentamos a cirurgia e ela até chegou a voltar pra casa, mas infelizmente não resistiu, minha mãe lutou até o último instante por ela pois, apesar da doença, ela não aparentava sofrimento (e o cão das fotos também não). Creio que a eutanásia é uma opção sim, mas SEMPRE a última, quando o animal sofre e nada consegue fazer, e este conseguiu “se divertir” sem nem saber que morreria sem poder lutar mais alguns dias.

      Cada tutor tem o direito de decidir e respeito isso, mas não dá pra ficar sem opinião neste caso.

    • João Borges

      alguém perguntou ao cão se ele queria ser eutanasiado?

    • Luciana Santaelo Leal

      Eh…inevitável segurar o choro,principalmente quem ama esses bichinhos!

    • Léia

      Nossa desabei a chorar .. não aguentei ver está história triste, mas não concordo com algumas opiniões, isso foi uma escolha da família ok, mas o cachorro Duke não parecia estar sofrendo tanto assim, ah sei lá acho que se fosse um filho que tivesse câncer mas está ativo andando, comendo hamburguês e feliz, não iria fazer eutanásia. Agora sou a favor da eutanásia se caso o cachorro estivesse vegetando totalmente, que demonstra um sofrimento profundo, ai sim acredito que estudaria o assunto, mas do contrário lutaria até o fim pela vida dele não para satisfazer o meu ego, mas sim porque acredito que nascemos, vivemos e morremos e não temos o direito de interromper a vida de ninguém somente Deus.

    • Solange Martins

      que horror, como puderam matar um animalzinho visivelmente bem? é fácil matar ao invés de continuar lutando, controlando a dor, é como matar nossos doentes humanos. ODIEI

    • Léia

      Nossa desabei a chorar .. não aguentei ver está história triste, mas não concordo com algumas opiniões, isso foi uma escolha da família ok, mas o cachorro Duke não parecia estar sofrendo tanto assim, ah sei lá acho que se fosse um filho que tivesse câncer mas está ativo andando, comendo hamburguês e feliz, não iria fazer eutanásia. Agora sou a favor da eutanásia se caso o cachorro estivesse vegetando totalmente, que demonstra um sofrimento profundo, ai sim acredito que estudaria o assunto, mas do contrário lutaria até o fim pela vida dele não para satisfazer o meu ego, mas sim porque acredito que nascemos, vivemos e morremos e não temos o direito de interromper a vida de ninguém somente Deus.

    • Sue Ellen Machado

      familia desgraçada o cachorro tava lindo, matar pra que? assassinos!

    • Diene Nepomuceno

      Como não CHORAR??

    • Noeli Coutinho

      Tive uma cadela chamada Sasha que foi atropelada e iria ficar sem o movimento das duas patas traseiras, escolhemos pela eutanásia. Minha casa tem outros cachorros bem maiores do que ela era, e o veterinário disse que ela sentiria muita dor, porque a ‘cadeira de rodas’ iria machuca-la. Ela já estava velha, tinha uns 10 anos, pra raça dela era muito. Optamos pela eutanásia para ela não sofrer o resto de sua vida. Tive outra cadela chamada Kika que teve câncer de mama e operamos e ela ficou bem, viveu mais alguns anos e morreu naturalmente. São casos e casos, e cada caso deve ser estudado para ser feito da melhor maneira possível para o bem do animal.

    • Maryh

      “Só quem tem cães pode entender o amor incondicional que eles oferecem e a dor imensa quando eles se vão.”

    • Sabrina Saldanha

      Não consegui conter a emoção.

    • Sabrina Saldanha

      Linda cena.

    • Cris Renner

      Nao consegui segurar as lagrimas vendo essas fotos do ultimo momento dele ;(

    • Deborah Godoy

      Na minha opinião eu não faria isso eu esperaria ele falecer. .. muito triste. ..

    • Patrícia Almeiida

      Nao sei oq eu faria, meu cão é minha vida. Provavelmente eu morrerei quando ele se for. Sinto mto Duke. Sinto muito dona do Duke. A vida é trágica. Hj vcs choram, amanha quem sabe de quem será a vez..

    • Ricardo

      Pra mim os donos desse lindo animal, não passam de assassinos..pois eles o mataram..eutanasia? isso é assassinato e ppronto, eles o mataram e deviam ter nojo de si mssmo, o cao nao estava em estado terminal, ele estava andando, comendo, pulando..dor? eu nao vi ele sentir dor..filhos da puta!

    • Chorando aqui!! ='(

    • Anne Delefrate

      Acho interessante algumas pessoas virem aqui dizer que o Duke estava “forte” e que poderia ter aguentado algum tempo mais, etc.

      Pessoal, animais não respondem a dor e ao sofrimento como o ser humano. Animais como cachorros, gatos e até mesmo aves tem um instinto de sobrevivência muito forte que os leva a agir praticamente com normalidade mesmo estando muito doentes. Quem aqui nunca viu um cachorrinho na rua com a pata praticamente dilacerada conseguindo sentar, andar ou correr?

      (Lembrando que a família publicou as fotos que ficaram bonitas e não as com o cachorro vomitando sangue, ou com diarreia, ou com falta de ar. Muita inocência julgar toda uma situação se baseando em FOTOS.)

      Eles não são seres humanos, não se esqueçam disso. A maioria não vai chorar, espernear ou gritar porque estão sentindo dor. Tem casos de animais aparentemente felizes com múltiplas fraturas, coisas que só de ver em uma radiografia você tem certeza que ele está sentindo uma dor dilacerante.

      Então antes de julgarem a família das fotos, a maioria aqui deveria ter o cuidado de olhar o diagnóstico do Duke e a opinião de um veterinário para saber realmente qual é a situação dele.

      Alguns aqui acusaram quem é a favor da eutanásia de querer “mandar” no rumo natural da vida, enquanto mal percebem que estão cometendo um outro crime grave, o de querer humanizar um animal e acreditar que o natural de um cachorro, por exemplo, é sentir e agir diante de diversas situações como nós.

      É por conta desse tipo de pessoas que milhares de animais morrem todos os anos porque o dono lhes ofereceu chocolate, que diversos cães sofrem com uma quantidade absurda de banhos semanais porque os donos não se preocupam em atender as suas necessidades, isso fora as diversas doenças humanas que começaram a afligir os animais por conta de uma péssima domesticação: como a diabetes e a depressão.

      • Paula Pereira

        Acho que vc conseguiu resumir tudo.

    • Anthony Nelson

      Meus olhos suaram :’/

    • Impossível não chorar!

    • Paula Pereira

      Pois é, Denise.

      Li comentários horrorosos, usando “Deus”, “assassino” ou mesmo “preguiça de cuidar do cão”.

      Só que ninguém para e pensa que um cão de porte médio/grande fica com a mobilidade desestruturada quando é amputado (principalmente quando está debilitado). A coluna fica sobrecarregada com o peso!
      Um cão com mais de 30kg sofre demais com isso.
      E todo mundo esquece que câncer não tem cura.

      Ninguém quer ver aquele grande amigo, que te oferece amor incondicional, definhando em dor. Principalmente quando vc vai em 3, 4 veterinários e o diagnóstico é o mesmo: o cão não vai sair dessa.

      Acredito que a família do Duke só quis ter uma última boa lembrança dele. Eles não queriam vê-lo debilitado e cheio de feridas. As pessoas adoram jogar umas às outras na fogueira. 🙁

    • Paula Pereira

      Rita, tive um cão com a mesma doença e esperamos demais. Posso afirmar que é bem triste ver como fica 🙁
      E mais no porte do Duke (de médio/grande porte), a amputação já dificulta a mobilidade e a coluna por causa do peso e o cão está fraco por causa da medicação. Tive um Dog Alemão e a doença atacou a pata e teve metástase.

    • Vanessa

      Muito linda essa história e principalmente a importância que deram a esse cachorro. Impossível não chorar .

    • Bianca Priscila

      Eu tive um cão que com 10 anos, teve o mesmo cancer… escolher a eutanasia NUNCA é facil.. mais escutar ele chorar para se levantar, de tamanha dor.. nós nao podiamos mais obriga-lo a isso. Nos ultimos dias ja nem levantava mais.. fizemos de tudo, mais nao tinha mais nada para ser feito.. choramos, e muito, mais ele não chorava mais…

    • Nathália Britto

      meu cachorro ta na msma , só q com a doenca cimonose, perdeu o movimento das pernas e a unica coisa que consegue mexer é a cabeça . meu, eu to lutando mais do que eu achava q podia afinal ele n é so um cao, é meu melhor amg , faz parte da minha familia.. e estamos com a opção de sacrificar por mais que seja dificil , ele sofre mto ;( Nao é facil como todo momento que temos de dizer adeus á alguem que amamos, o coraçãp sofre, dói, machuca… sem palavras pra força dles…

    • Carla

      triste!!ele era um belo garotão!!Não tem como não se emocionar!!

    • kamila

      tem um cisco nos meus olhos rsrs chorei rios

    • Anilé Carolina Isoton

      nunca vou fazer isso com meus meninos e minhas meninas. é dificil ter que dizer adeus antes da hora. quero aproveitar muito.

    • lare

      Um animal pode ser diagnosticado com a doença que for não merece leva uma injeção que mata! Ele estava bem e podia melhorar.. Isso é covardia pra mim não existia amor da parte dela apenas do animal q aposto que lutaria ate o fim da vida dele.

    • Ricardo

      Por favor pessoal, amo os animais, todos os cães e gatos que tenho são resgatados, é um momento difícil para esta família, tenho certeza que esta decisão não foi fácil pra eles, vamos deixa-los respirar, não vamos jogar pedras, não é justo…

    • Pedro Nunes

      Não deu para segurar, chorei que nem criança.
      Descanse em paz guerreiro teu lugar no céu sempre esteve reservado para ti.

    • Priscila Brasil

      Ai gente chorei demais! Que história linda Dukey

    • Vitória Alves

      Minha cachorrinha tá internada,ela não tem um tumor como o Duke , eles ainda não sabem o que ela tem mas é grave. A Duda tá morrendo, mas eu tenho esperanças que ela vai voltar pra casa, ela vai voltar a correr em volta da casa, a pular na gente quando chegamos em casa, vai voltar a ser a cachorra feliz que eu sei que ela é.

    • Mércia Lima Nogueira

      Estava aqui pensando se fosse o filho humano dela… se ela iria tb matá-lo e pior que isso: se ela iria fotografar tudo e ainda fazer um vídeo. Absurda e patética toda esta encenação. De PÉSSIMO gosto a foto da injeção letal que sacrificou Duke. E tudo com um texto piegas e pouco convincente. Não achou pouco matar o cachorro, ainda fotografa tudo, inclusive o MOMENTO do SACRIFÍCIO de um cão que ela diz que a amou tanto?? Não compreendo e recrimino mesmo!! HORRÍVEL ESSA EXECUÇÃO E TODO O CIRCO QUE ELA ARMOU!

    • Drica Mendes

      Eu chorei e muito….porque amo meu cachorro…..é como se fosse meu filho……Muita força pra familia do DUKE.

    • Eleni

      Lindo demais!!!!!!!

    • Eleni

      Impossível não chorar.

    • stefani de souza

      #chorei

    • Marcia

      Sou a favor da vida, ele ainda estava feliz e comendo, não deveriam ter feito isso nunca!

    • Junior Joao Augusto

      Gosta do animal e mata, meu avo viveu 20 anos com câncer. Não pode em humanos mas nos bichos pode ele ainda era feliz.

    • Amanda Dornelas

      Chorei feito criança, ainda mais por ter me lembrado da minha Mel, que também teve de ser eutanasiada, estava sofrendo demais, não conseguia mais nem comer, nem beber nada, nem com mamadeira, porque na verdade ela não conseguia engolir, não andava mais, pois perdeu o movimento das patinhas, tinha convulsões e chorava praticamente o tempo todo. Sei que tem muita gente que é contra a eutanásia, mas não é justo deixar um amigo tão fiel sofrendo assim, e não é por falta de vontade de cuidar, eu andava com a Mel no colo o tempo todo, tentava dar água na boca, molhava pão no leite morno pra tentar fazer com que ela comesse, mas enfim, não é que ela não queria, ela não conseguia mais, e não tinha mais cura… Dói demais a decisão e a despedida, mas ela soube, pois eu disse pra ela, que estava no fim do sofrimento e que tudo ficaria bem. Ensaio fotográfico lindo do Dukey.