Estudo revela que os cães estão vivendo mais, por isso têm mais chances de sofrerem com demência

Os tutores oferecem o melhor para seus cachorros, como boa alimentação, medicamentos e cirurgias.

por Karina Sakita — publicado 11 jul 2014 - 9:59

Com todos os cuidados que os tutores têm com seus cachorros, eles estão vivendo cada vez mais. Porém isso está causando um outro problema: as chances dos cães sofrerem com demência também aumentaram.

De acordo com um estudo realizado no Reino Unido, 41% dos cachorros que têm mais de 13 anos sofrem com demência. E isso também afeta 23% dos cães com 12 anos ou mais.

 

Janice Care com seu cão Zoe, da raça Airedale. Ele tem 12 anos e foi diagnosticado com demência há 1 ano. (Foto: Reprodução / Daily Mail uk)

Janice Care com seu cão Zoe, da raça Airedale. Ele tem 12 anos e foi diagnosticado com demência há 1 ano. (Foto: Reprodução / Daily Mail uk)

 

E a demência também está afetando gatos, coelhos, porquinhos-da-índia e, até mesmo, papagaios com idade avançada.

Jon Bowen, docente honorário em comportamento de animais de pequeno porte da Royal Veterinary College em Londres, explica mais sobre a doença:

 

O principal tipo de demência que afeta animais se chama Síndrome de Disfunção Cognitiva, que é uma doença degenerativa do cérebro, extremamente semelhante ao Alzheimer nos humanos. Assim como nos humanos, algumas áreas do cérebro param de funcionar adequadamente, isso causa problemas de aprendizagem, de memória, nas interações sociais, continência e alterações nos hábitos de sono.

 

A maior ironia disso é que o real motivo desse crescimento de casos da doença é que os animais domésticos estão vivendo mais tempo do que sua expectativa de vida. Porque os tutores pagam rações caras, medicamentos e cirurgias para manter seus bichos de estimação vivos.

Isso não significa que estamos fazendo errado, pelo contrário, se os cachorros estão tendo uma vida mais longa é porque estamos cuidando deles da melhor maneira possível. Entretanto, assim como os humanos, quando se tornam idosos ficam mais suscetíveis a desenvolverem alguns tipos de doenças.

E como saber se seu cachorro sofre com demência? Se seu cão tem 8 anos ou mais e você responder sim em pelo menos uma das perguntas a seguir, consulte um veterinário.

  • Seu cachorro fica andando ou perambulando sem rumo, tendo dificuldade em sossegar?
  • Ele fica olhando pro nada como se não estivesse entendendo o que acontece ao seu redor?
  • Ele não reconhece alguém familiar como amigos ou parentes?
  • Seu cão fica confuso ou perdido mesmo estando em casa ou no quintal?
  • Ele ficou esquecido? Por exemplo: vive esquecendo onde deve fazer xixi.

 

Atenção, isso não significa com certeza que seu cachorro tem algum tipo de demência, é apenas um indício. Somente um veterinário pode diagnosticar corretamente.

 

Referência: Daily Mail UK

Turistas estão sendo enganados e comendo carne de cachorro sem saber em Bali

por Andrezza Oestreicher — publicado 26 jun 2017 - 9:23

Bali, a ilha mais desenvolvida da Indonésia, é um destino que atrai todos os tipos de turistas, desde aqueles que gostam de viagens de luxo quanto os que gostam mais de fazer mochilão.

Apesar de bastante divulgado e visitado, é preciso ter bastante cuidado ao visitar esse destino, pois uma investigação revelou que diversos turistas estão sendo enganados e estão comendo carne de cachorro pensando ser frango.

Uma organização de proteção animal chamada Animals Australia conduziu recentemente uma investigação para averiguar essa questão e descobriu que todos os dias cachorros são mortos,

 » Read more about: Turistas estão sendo enganados e comendo carne de cachorro sem saber em Bali  »

Entregador para no meio de sua rota para brincar e tirar fotos com cachorros

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 jun 2017 - 18:18

Muitas pessoas acreditam que cachorros adoram correr atrás de entregadores, principalmente carteiros, e de que esses trabalhadores morrem de medo dos cães. Porém, um entregador da empresa UPS (United Parcel Service) está mostrando que isso tudo não passa de lenda.

Doniel Kidd é um entregador que nunca teve problemas com cachorros na hora de fazer as entregas das encomendas. Pelo contrário, ele sempre faz amigos caninos por onde passa.

O amor de Doniel por esses animais e a amizade que todos têm com ele foi flagrado por Staci Burns,

 » Read more about: Entregador para no meio de sua rota para brincar e tirar fotos com cachorros  »

Homem irrita Pit Bull que está preso na coleira e recebe o troco

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 jun 2017 - 9:26

Muito se fala que algumas raças em específico são agressivas e violentas e, com isso, o preconceito contra elas também é muito grande.

Antes de colocar a culpa de certas situações em um cachorro falando que ele é violento e agressivo, é necessário entender o que foi que aconteceu de fato, e até como aquele animal vive e foi criado.

 

Um vídeo que está circulando na internet mostra um homem que foi atacado por um Pit Bull onde o animal não teve culpa e estava apenas respondendo ao que ele recebeu primeiro.

 » Read more about: Homem irrita Pit Bull que está preso na coleira e recebe o troco  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Turistas estão sendo enganados e comendo carne de cachorro sem saber em Bali

por Andrezza Oestreicher — publicado 26 jun 2017 - 9:23

Bali, a ilha mais desenvolvida da Indonésia, é um destino que atrai todos os tipos de turistas, desde aqueles que gostam de viagens de luxo quanto os que gostam mais de fazer mochilão.

Apesar de bastante divulgado e visitado, é preciso ter bastante cuidado ao visitar esse destino, pois uma investigação revelou que diversos turistas estão sendo enganados e estão comendo carne de cachorro pensando ser frango.

Vendedores ambulantes e restaurantes estão vendendo carne de cachorro para turistas como se fosse frango. (Foto: Reprodução / Independent UK / Animals Australia)

Uma organização de proteção animal chamada Animals Australia conduziu recentemente uma investigação para averiguar essa questão e descobriu que todos os dias cachorros são mortos, muitas vezes brutalmente, para serem vendidos como carne aos turistas.

Tanto cães de rua como cachorros de estimação são levados pelos responsáveis por esse comércio ilegal. Eles são colocados ainda vivos em caixas de bambu ou sacos plásticos de arroz, com suas bocas a patas amarradas, enquanto esperam, desesperados, o momento do abate.

De acordo com a organização, os animais chegam a ficar nessas condições por dias, sem água e comida, e são abatidos na frente de todos os outros cachorros.

Infelizmente, esse comércio ilegal em Bali está crescendo a cada ano e já chega a matar mais cães do que o festival de carne de cachorro de Yulin, China.

Muitos turistas estão sendo enganados em Bali. (Foto: Reprodução / Independent UK / Animals Australia)

De acordo com a investigação, os vendedores de rua são os mais propensos a vender carne de cachorro como se fosse frango, porém 70 restaurantes em Bali também foram pegos vendendo carne de cachorro.

A carne é vendida como “sate”, palavra usada pelos vendedores. Os turistas entendem aquilo como frango e ninguém explica que a carne é, na verdade, de cachorro.

A principal indicação que um estabelecimento vende carne de cachorro é quando ele apresenta as RW.

Ainda de acordo com a organização, a indústria da carne de cachorro em Bali é completamente desregulada e alguns chegam a ser envenenados para serem abatidos. Além disso, os animais são capturados e mantidos de forma bastante brutal.

Os cães são capturados e abatidos de forma covarde e brutal. (Foto: Reprodução / Independent UK / Animals Australia)

Além da crueldade animal, o consumo da carne de cachorro pode trazer graves consequências para os humanos, principalmente por não sabermos os venenos que são usados nestes animais.

Algumas pessoas e organizações estão lutando contra a crueldade animal e o comércio de carne de cachorro em Bali, entre elas uma associação chamada Balinese Animal Welfare Association, porém é preciso a ajuda de todos e muita atenção dos turistas para que essa situação acabe.

Fonte: Independent UK

Entregador para no meio de sua rota para brincar e tirar fotos com cachorros

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 jun 2017 - 18:18

Muitas pessoas acreditam que cachorros adoram correr atrás de entregadores, principalmente carteiros, e de que esses trabalhadores morrem de medo dos cães. Porém, um entregador da empresa UPS (United Parcel Service) está mostrando que isso tudo não passa de lenda.

Doniel Kidd é um entregador que nunca teve problemas com cachorros na hora de fazer as entregas das encomendas. Pelo contrário, ele sempre faz amigos caninos por onde passa.

Entregador brincou com os cães e ainda bateu fotos com eles. (Foto: Reprodução / Daily Mail UK / Facebook Staci Speer Burns)

O amor de Doniel por esses animais e a amizade que todos têm com ele foi flagrado por Staci Burns, uma mulher que mora Atenas, na Louisiana, bem em uma área que faz parte da rota do entregador.

Sabendo dessa amizade entre seus cachorros, Reba, Buster e Jade, e Doniel, a mulher resolveu observar e filmar a interação entre eles.

O entregador simplesmente foi até a calçada de sua casa, sentou no chão junto com os cães e começou a bater fotos com eles. Um dos cachorros veio de longe para ficar pertinho do homem e ainda lhe deu beijos.

O homem ainda ganhou beijos de um dos cachorros. (Foto: Reprodução / Daily Mail UK / Facebook Staci Speer Burns)

Publicado por Staci em suas redes sociais, o vídeo teve mais de um milhão de visualizações e mais de 14 mil compartilhamentos em poucos dias.

De acordo com a mulher, que chamou Doniel de “o melhor homem da UPS no planeta”, o entregador tem muitos amigos cachorros em sua rota e sempre tira um tempinho para brincar com ele.

Definitivamente, Doniel é sim o melhor entregador do mundo.

(Vídeo: Reprodução / Daily Mail UK)

Definitivamente, Doniel é sim o melhor entregador do mundo.

Fonte: Daily Mail UK / Huffpost