Garotinha escreve para que Deus cuide de sua cachorrinha que morreu e funcionária do correio responde

Conheça a bela história de Meredith Scrivener

por Samantha Kelly — publicado 9 mar 2013 - 19:30

Em 2006, Meredith Scrivener, então uma garotinha de 4 anos, perdeu sua cadela de 14 anos Abbey. Pedindo para falar com Deus, a pequena Meredith ditou uma carta para que sua mãe escrevesse:

 

Meredith Scrivener, hoje com 10 anos. Foto: Reprodução

 

Querido Deus,

O Senhor poderia tomar conta da minha cadela? Ela morreu ontem e está ai no céu com o Senhor. Estou com muitas saudades dela. Fico feliz porque o Senhor deixou ela comigo mesmo que ela tenha ficado doente. Espero que o Senhor brinque com ela.Ela gosta de nadar e de jogar bola. Estou mandando uma foto dela para que assim que a veja, o Senhor saberá logo que é a minha cadela. Eu sinto muita saudade dela.
Meredith

 

A mãe de Meredith pensou que esse seria o final da história, porém, depois de 2 semanas, elas chegaram em casa e encontraram um pacote para “Mer” de “Deus e um de seus anjos especiais”. O pacote estava embrulhado em dourado e continha o livro ‘When a Pet Dies’ (Quando um Pet morre) de Fred Rogers e um bilhete que dizia:

 

Querida Meredith,

A Abbey chegou bem ao céu. A foto ajudou muito e eu a reconheci imediatamente.
Abbey não está mais doente. O espírito dela está aqui comigo assim como está no seu coração. Ela adorou ter sido seu animal de estimação. Como não precisamos de nossos corpos no céu, não tenho bolso para guardar a sua foto. Assim, a estou devolvendo dentro do livro para você guardar como uma lembrança da Abbey. Obrigado por sua linda carta e agradeça a sua mãe por tê-la ajudado a escrevê-la e a enviá-la pra mim. Que mãe maravilhosa você tem!! Eu a escolhi especialmente pra você. Eu envio minhas bençãos todos os dias e lembro que amo muito vocês. A propósito, sou fácil de encontrar: estou em todos os lugares onde exista amor.

Com amor,
Deus

 

A cadela Abbey que faleceu com 14 anos de idade. Foto: Reprodução

 

Segundo Joy Scrivener, mãe de Meredith, a garotinha ficou feliz, mas não surpresa.

 

Quando ela recebeu o pacote, ela ficou feliz, mas não surpresa. Não havia dúvidas na cabeça de Meredith que sua carta estava indo para o céu.

 

Hoje com 10 anos, Meredith superou a morte de sua cadela e sua família atualmente tem um Collie e um Terrier. A mãe chegou a conhecer o “anjo” responsável pela carta, uma funcionária do correio.

deixe seu comentário: