Hospital Público Veterinário é ampliado em São Paulo

por Samantha Kelly — publicado 11 ago 2012 - 8:30

Hospital Público Veterinário é ampliado em São Paulo.

Pouco mais de um mês após ser inaugurado, o primeiro Hospital Público Veterinário da capital já será expandido. A Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais (Anclivepa -SP), que administra o hospital, acaba de alugar um prédio de três andares no Tatuapé, zona leste da capital, a apenas 200 metros da atual sede. Segundo o diretor administrativo do centro, o veterinário Renato Tartalia, a expansão vai colaborar no atendimento dos cerca de cem animais que passam pela clínica diariamente.

Apesar do aumento do espaço – atualmente o hospital ocupa uma casa de 140 m² e o novo edifício tem cerca de 360 m² – o número de cães e gatos atendidos continuará o mesmo. A verba repassada pela Prefeitura para a Anclivepa-SP cobre apenas 35 novos atendimentos por dia, mil consultas e 180 cirurgias por mês.

Só nas últimas duas semanas, porém, mais de 700 animais foram atendidos, número superior às expectativas da administração. “Já sabíamos que havia carência, mas a procura nos surpreendeu “, diz o diretor-geral do hospital, Ricardo Amaral. “Estamos fazendo algo inédito e aprendemos a fazer enquanto estamos aqui”, completa Tartalia.

Toda manhã, por volta das 6 horas, a fila começa a se formar na porta do hospital, ainda fechado. Às 8h, 35 senhas são distribuídas e, depois disso, só casos de urgência são aceitos. À tarde, o hospital recebe principalmente animais que já estão em tratamento e aqueles que voltam para consultas e cirurgias. Para selecionar quem será atendido, a Anclivepa-SP exige que donos participem de algum programa governamental como Bolsa Família ou Renda Mínima – quem não é beneficiário tem de passar por uma entrevista com assistente social para comprovar que não tem condições de pagar pelo tratamento.

A gata Maria Rita e a cachorrinha Jade, ambas da inspetora escolar Zilda Lourenço, de 57 anos, ficaram doentes na mesma semana. Sem dinheiro para levar as duas a uma clínica particular, Zilda foi avisada por uma colega de trabalho sobre a existência do hospital no Tatuapé. Maria Rita foi diagnosticada com um problema nos rins e Jade, com infecção no útero. “O veterinário disse que essa infecção é comum em cadelas que não foram castradas. Eu não sabia que isso poderia ter sido evitado, bate um arrependimento.”

 

Prevenção

Segundo Renato Tartalia, uma parte considerável das enfermidades dos animais que são levados ao hospital poderia ter sido evitada. Como a de Maggie, cadela que tem cinomose, doença viral que ataca o sistema nervoso e pode ser prevenida com vacina. “Acho que o papel do hospital vai além do tratamento emergencial, que ele pode mudar o paradigma de várias coisas, a começar pela posse responsável.”

Ele faz dois apelos: “Pedimos às pessoas que têm condição financeira de tratar seus animais que deixem essa estrutura para aqueles que não têm condição”, diz Tartalia. “E o segundo pedido é: não soltem seus animais nas ruas. Os casos de fratura por atropelamento são maioria por aqui e podem ser evitados.”

A administração do hospital já foi procurada por alguns candidatos à Prefeitura de São Paulo que se comprometeram em manter o serviço e prometeram até a implementação de hospitais semelhantes em outras regiões da cidade. O contrato da Anclivepa-SP com a Prefeitura tem duração de um ano, até julho de 2013. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo .

Entregador para no meio de sua rota para brincar e tirar fotos com cachorros

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 jun 2017 - 18:18

Muitas pessoas acreditam que cachorros adoram correr atrás de entregadores, principalmente carteiros, e de que esses trabalhadores morrem de medo dos cães. Porém, um entregador da empresa UPS (United Parcel Service) está mostrando que isso tudo não passa de lenda.

Doniel Kidd é um entregador que nunca teve problemas com cachorros na hora de fazer as entregas das encomendas. Pelo contrário, ele sempre faz amigos caninos por onde passa.

O amor de Doniel por esses animais e a amizade que todos têm com ele foi flagrado por Staci Burns,

 » Read more about: Entregador para no meio de sua rota para brincar e tirar fotos com cachorros  »

Homem irrita Pit Bull que está preso na coleira e recebe o troco

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 jun 2017 - 9:26

Muito se fala que algumas raças em específico são agressivas e violentas e, com isso, o preconceito contra elas também é muito grande.

Antes de colocar a culpa de certas situações em um cachorro falando que ele é violento e agressivo, é necessário entender o que foi que aconteceu de fato, e até como aquele animal vive e foi criado.

 

Um vídeo que está circulando na internet mostra um homem que foi atacado por um Pit Bull onde o animal não teve culpa e estava apenas respondendo ao que ele recebeu primeiro.

 » Read more about: Homem irrita Pit Bull que está preso na coleira e recebe o troco  »

Cadelinha continua deixando metade de sua comida para seu amigo canino que morreu

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 jun 2017 - 9:33

Os cães Stitch e Cookie, ambos da raça Labrador, sempre foram melhores amigos e faziam tudo juntos e até dividiam o potinho de comida.

Desde que chegou na casa de sua família, a cadelinha Cookie aprendeu a deixar metade da ração que tinha no pote para que Stitch, o outro cão que já vivia na casa, comesse depois dela.

O tutor dos animais sempre colocava uma quantidade de ração suficiente para os dois e Stitch sempre se certificava de que sua amiga Cookie estava deixando a parte dele.

 » Read more about: Cadelinha continua deixando metade de sua comida para seu amigo canino que morreu  »

deixe seu comentário:

Entregador para no meio de sua rota para brincar e tirar fotos com cachorros

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 jun 2017 - 18:18

Muitas pessoas acreditam que cachorros adoram correr atrás de entregadores, principalmente carteiros, e de que esses trabalhadores morrem de medo dos cães. Porém, um entregador da empresa UPS (United Parcel Service) está mostrando que isso tudo não passa de lenda.

Doniel Kidd é um entregador que nunca teve problemas com cachorros na hora de fazer as entregas das encomendas. Pelo contrário, ele sempre faz amigos caninos por onde passa.

Entregador brincou com os cães e ainda bateu fotos com eles. (Foto: Reprodução / Daily Mail UK / Facebook Staci Speer Burns)

O amor de Doniel por esses animais e a amizade que todos têm com ele foi flagrado por Staci Burns, uma mulher que mora Atenas, na Louisiana, bem em uma área que faz parte da rota do entregador.

Sabendo dessa amizade entre seus cachorros, Reba, Buster e Jade, e Doniel, a mulher resolveu observar e filmar a interação entre eles.

O entregador simplesmente foi até a calçada de sua casa, sentou no chão junto com os cães e começou a bater fotos com eles. Um dos cachorros veio de longe para ficar pertinho do homem e ainda lhe deu beijos.

O homem ainda ganhou beijos de um dos cachorros. (Foto: Reprodução / Daily Mail UK / Facebook Staci Speer Burns)

Publicado por Staci em suas redes sociais, o vídeo teve mais de um milhão de visualizações e mais de 14 mil compartilhamentos em poucos dias.

De acordo com a mulher, que chamou Doniel de “o melhor homem da UPS no planeta”, o entregador tem muitos amigos cachorros em sua rota e sempre tira um tempinho para brincar com ele.

Definitivamente, Doniel é sim o melhor entregador do mundo.

(Vídeo: Reprodução / Daily Mail UK)

Definitivamente, Doniel é sim o melhor entregador do mundo.

Fonte: Daily Mail UK / Huffpost

Homem irrita Pit Bull que está preso na coleira e recebe o troco

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 jun 2017 - 9:26

Muito se fala que algumas raças em específico são agressivas e violentas e, com isso, o preconceito contra elas também é muito grande.

Antes de colocar a culpa de certas situações em um cachorro falando que ele é violento e agressivo, é necessário entender o que foi que aconteceu de fato, e até como aquele animal vive e foi criado.

Homem ficou irritando cachorro de propósito, só por saber que ele estava preso na coleira. (Foto: Reprodução / YouTube UniqueVids)

 

Um vídeo que está circulando na internet mostra um homem que foi atacado por um Pit Bull onde o animal não teve culpa e estava apenas respondendo ao que ele recebeu primeiro.

A situação foi a seguinte, um homem viu um cachorro da raça Pit Bull preso em uma coleira e, se achando muito engraçado, começou a correr de um lado para o outro mexendo os braços, chegando bem perto do cão.

O homem faz tudo isso de propósito e com uma única e estúpida intenção: provocar o cachorro que está preso, além de querer deixar o animal cada vez mais irritado. O homem ainda ri bastante quando vê que o cão tenta, mas não consegue lhe pegar. Porém, ele não esperava que pudesse receber o troco.

O cão conseguiu se soltar e atacou o homem que estava lhe provocando. (Foto: Reprodução / YouTube UniqueVids)

Acontece que de tanto correr, latir e forçar a coleira, o cachorro conseguiu se soltar quando o homem ainda estava pertinho lhe provocando.

É claro que o cachorro correu em direção ao homem, afinal, ele quem começou fazendo provocações para o animal. O homem, que claramente ficou bastante assustado quando o cão conseguiu se soltar, ainda tentou correr, mas o Pit Bull o alcançou e abocanhou sua perna.

(Vídeo: Reprodução / YouTube UniqueVids)

Segundo informações, o homem sofreu uma ferida profunda por conta da mordida do cachorro e precisou levar vários pontos no hospital.

Fonte: Doggies Care