Instituto Royal e a crueldade contra os animais

Grupo de ativistas se reúne em frente ao Instituto para libertar os cães

por Samantha Kelly — publicado 17 out 2013 - 23:07

Instituto Royal, em São Roque, é acusado de maus-tratos. Foto: Reprodução

Instituto Royal, em São Roque, é acusado de maus-tratos. Foto: Reprodução

Manifestantes se encontram nesse momento no portão do Instituto Royal em São Roque, São Paulo, reivindicando que os animais testados sejam entregues. O protesto que acontece desde o último (12), ganhou força depois que três vans e um caminhão de pequeno porte entraram hoje no laboratório durante a tarde, aumentando os boatos que a empresa estaria preparando a retirada ou eutanásia dos cães.

Cães da raça beagle são usados em testes de produtos cosméticos e farmacêuticos, por serem de médio porte, dóceis e considerados de raça pura, teoricamente com menos variações genéticas, o que torna os resultados dos testes mais exatos. O Instituto Royal, que possui apoio do governo, é acusado de maus-tratos contra animais e de não ser transparente em suas ações, já que não permite a visitação do público nem especifica quais testes são efetuados.

De acordo com o site de notícias G1, um encontro iria acontecer hoje no fim da tarde entre os ativistas, funcionários da prefeitura e os representantes do laboratório. A reunião foi cancelada através de um email da empresa, alegando temer a segurança de seu representante.

instituto-royal-0

Manifestantes ao lado de fora do Instituto Royal. Foto: São Roque Notícias

Os manifestantes impedem a saída de veículos do laboratório sem antes passar por uma vistoria para checar se há cães no interior do carro. Houve um princípio de confusão porque um dos motoristas se negou a abrir o carro.

Segundo a página no facebook da ativista Adriana Khoury, os celulares do público foram confiscados, enquanto é possível ouvir os gritos dos cães de dor, por estarem sendo manuseados de qualquer maneira

Luisa Mell, que está presente no local, confirma a situação em sua página. Segundo a apresentadora, a polícia está do lado da empresa e um ativista já foi levado para a delegacia.

Em tempo real (confira aqui), a organização informa que há um funcionário do Instituto Royal ajudando escondido ao passar as informações. Segundo o funcionário, 12 cães já foram mortos, e os gritos ouvidos pelos ativistas, são dos beagles sendo retirados para serem escondidos, porém como estão muito machucados, a dor quando alguém os toca é imensa.

Ao permitir que os animais sejam usados em testes, o Brasil está indo na contramão da corrente mundial, citando a Europa, que não só passou a proibir os testes, como não aceita mais a comercialização de produtos que são testados em animais em seu território.

Há um abaixo-assinado ocorrendo no site AVAAZ de nome “Contra o uso de animais pelo Instituto Royal” que já passa das 100  mil assinaturas. A petição visa o fim de testes em animais não humanos e a vivissecção em praticas didáticas (Instituições de Ensino) e comerciais (Cosmético e Limpeza), maior apoio do governo para pesquisa de métodos alternativos e criação de uma comissão com autoridade e autonomia para fiscalização, emissão de laudos e pareceres, visitas a laboratórios, biotérios, universidades e outros. É importante participar para mostrar a repercussão e repúdio do público a essa prática.  (assine AQUI)

A atriz Thayla Ayala gravou um vídeo e postou em seu Instagram:

 

Atualização – 18/10 às 01h00
– Segundo a ativista Antilia Reis, mais policiais acabam de chegar ao local.
– A hashtag #institutoroyal está 2º lugar nos TrendingTopics Brasil do Twitter.

Atualização – 18/10 às 01h10
– Segundo Fátima Valle, da organização, um grupo Black Bloc chegou neste momento no local e já invadiu o Instituto Royal com violência.
– Segundo a ativista Antilia Reis, que está no local, chegaram as equipes do SBT e da Rede TV ao Instituto Royal.
– Hashtag #institutoroyal em 1º lugar nos TrendingTopics Brasil do Twitter.

Atualização – 18/10 às 01h48
– Segundo uma ativista que está no local, parte dos manifestantes realmente invadiu o local e foi direto para os canis. A polícia foi atrás. Não há ainda informações de confronto.

Atualização – 18/10 às 02h03
– A ativista Natália Lopes, que está dentro do Instituto, postou uma foto em sua conta no Facebook.

"Estou aqui ao lado dessa janela onde lá dentro estão os beagles, em gaiolas, chorando demais.PRECISAMOS DE ADVOGADOS AQUI! A situação está feia. Ajuda!!!" Foto/Legenda: Reprodução Facebook - Natália Rodrigues Lopes

“Estou aqui ao lado dessa janela onde lá dentro estão os beagles, em gaiolas, chorando demais.PRECISAMOS DE ADVOGADOS AQUI! A situação está feia. Ajuda!!!” Foto/Legenda: Reprodução Facebook – Natália Rodrigues Lopes

Atualização – 18/10 às 02h10
– A apresentadora Luisa Mell confirma que também está dentro do Instituto neste momento. “Entramoooos!!!! Ocupa são Roque! Libertação animal já!!”
– Cerca de 30 ativistas estão dentro do Instituto Royal. A Polícia Militar tenta negociar a saída. Não há informações de confronto.

Atualização – 18/10 às 02h16
– Segundo ativistas no local, alguns cão estão sendo resgatados neste momento.

Atualização – 18/10 às 02h21
– Saem as primeiras imagens de cães resgatados.

Foto: Reprodução / Facebook

Foto: Reprodução / Facebook

 

Foto: Reprodução / Facebook

Foto: Reprodução / Facebook

 

Foto: Reprodução / Facebook

Foto: Reprodução / Facebook

Atualização – 18/10 às 02h21
– Mais ativistas saindo com cachorros do Instituto.

Foto: Reprodução / Facebook

Foto: Reprodução / Facebook

 

Foto: Reprodução / Facebook

Foto: Reprodução / Facebook

Atualização – 18/10 às 02h35
– Mais fotos dos cães resgatados

Foto: Reprodução / Facebook

Foto: Reprodução / Facebook

Atualização – 18/10 às 02h42
– Ativista confirma o resgate de mais de 200 cães até o momento e afirma haver mais 200 para serem resgatados.

Atualização – 18/10 às 02h47
– Ativista chora ao resgatar o cãozinho.

Foto: Reprodução / Facebook

Foto: Reprodução / Facebook

Atualização – 18/10 às 02h54
– No Facebook, pessoas oferecem lar temporário para os cães resgatados.
– Ativistas que estão no local pedem carros, coleiras e mais gente para ajudar no resgate, são muitos animais!

Atualização – 18/10 às 02h58
– Cachorros continuam sendo resgatados.
– Alguns ativistas foram presos e estão sendo levados para a delegacia.

Cãozinha idosa resgatada. Foto: Reprodução / Facebook

Cãozinha idosa resgatada. Foto: Reprodução / Facebook

Atualização – 18/10 às 03h08
– Ativistas encontram Beagle congelado em nitrogênio líquido.

Beagle congelado em nitrogênio líquido. Foto: Reprodução / Facebook

Beagle congelado em nitrogênio líquido. Foto: Reprodução / Facebook

Atualização – 18/10 às 03h19
– Mais de 300 cães foram resgatados. Estão precisando de mais carros e pessoas para ajudar.

Foto: Reprodução / Facebook

Foto: Reprodução / Facebook

Atualização – 18/10 às 03h28
– Segundo a página da AnonymousBrasil no Facebook, ativistas estão sendo presos e os cães estão sendo recolhidos para serem devolvidos ao Instituto!

Atualização – 18/10 às 10h16
– Segundo ativistas que entraram no Instituto Royal acompanhado de policiais, não haviam mais cães no local. Todos os cães foram resgatados.
– Veja um vídeo do resgate dos Beagles.

Atualização – 18/10 às 10h23
– Mais um vídeo, agora da ativista Mariana Aidar

Atualização – 18/10 às 13h18
– Segundo o site Globo.com, O advogado do Instituto Royal, Fernando Karamm, informou que a empresa entrou com uma medida de manutenção de posse do prédio. Quanto aos cães e coelhos que foram levados, o advogado disse que cabe à polícia recuperá-los. Segundo Karamm, todos os animais possuem chips subcutâneos que permite o rastreamento deles. A gerente geral da empresa, Sílvia Ortiz, registrou boletim de ocorrência contra a invasão da empresa.

Atualização – 18/10 às 13h20
– Lista de empresas que utilizam animais em testes de seus produtos, acesse AQUI.

Atualização – 18/10 às 14h18
– Locais para doação de RAÇÃO e MEDICAMENTOS para os animais resgatados. Atenção: não será aceito dinheiro, apenas RAÇÃO e MEDICAMENTOS.
Cantinho animal – Rua Dr. Altino Arantes, 647, Vila Mariana
Zena Caffè – Rua Peixoto Gomide, 1901, Jardins
Mister Vet Centro Veterinário – Rua Turiassu, 713, Perdizes
JJ Cabeleireiros – Avenida Cidade Jardim, 1013 – Itaim Bibi
Leckerhaus – Rua Dr. Melo Alves, 293 – Jardim Paulista
Per Paolo – 1) Rua Cardoso de Almeida, 1021/1049 – Perdizes ; 2) Av. Diógenes Ribeiro de Lima, 2282 – Pinheiros; 3) Rua Rio Grande, 380 – Vila Mariana.

Atualização – 18/10 às 17h21
– A apresentadora de TV Luisa Mell está convocando a todos para um grande ato em frente ao Instituto Royal. “Sábado 10 hrs da manhã em frente ao #institutoroyal Rodovia RAposo Tavares Km 56! Conto com vcs!”

– Continuaremos atualizando a notícia.

Empresa customiza drone para passear com seu cachorro

por Samantha Kelly — publicado 22 ago 2017 - 10:49

A empresa britânica DronesDirect.co.uk está personalizando o drone Phantom 4 para possibilitar que a máquina passei com seu cachorro.

Pelo precinho nada camarada de £2 mil (aproximadamente R$8 mil), o Dog Drone tem uma coleira retráctil e um dispositivo contra colisão que o impediria de bater em obstáculos no caminho.

Para o tutor restaria apenas fazer o download da rota e teoricamente sentar e relaxar enquanto o drone faz todo o trabalho.

 » Read more about: Empresa customiza drone para passear com seu cachorro  »

Atriz Chloë Moretz perde segundo cachorrinho em menos de um mês

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 ago 2017 - 9:38

Nós contamos aqui sobre o triste falecimento de Fuller, cachorro de estimação da atriz Chloë Moretz, fato que aconteceu no dia 31 de julho.

Chloë não teve nem tempo para se recuperar da separação e, infelizmente, já passou por novo baque, a morte de outro animal de estimação de sua família.

Rest In Peace my dear dear Fuller I love you more than you know. You've been my protector and best friend since I was a little girl and I wish the end didn't come so abruptly but I know you're at peace now.

 » Read more about: Atriz Chloë Moretz perde segundo cachorrinho em menos de um mês  »

51 Cães resgatados na Cracolândia pelo Instituto Luisa Mell foram adotados nesse final de semana

por Samantha Kelly — publicado 21 ago 2017 - 18:52

Como noticiado aqui, depois que os dependentes químicos foram expulsos da Cracolândia, seus cães e gatos ficaram e foram acolhidos por Dona Graça, que segurou todo o fardo e abriu as portas de sua pensão para os mais de 100 animais.

Para complicar ainda mais a situação, a pensão foi interditada e seria demolida em breve.

Ao todo foram 71 animais resgatados em um período de 36 horas, na maior operação até hoje realizada pelo Instituto Luisa Mell.

 » Read more about: 51 Cães resgatados na Cracolândia pelo Instituto Luisa Mell foram adotados nesse final de semana  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Empresa customiza drone para passear com seu cachorro

por Samantha Kelly — publicado 22 ago 2017 - 10:49

A empresa britânica DronesDirect.co.uk está personalizando o drone Phantom 4 para possibilitar que a máquina passei com seu cachorro.

Pelo precinho nada camarada de £2 mil (aproximadamente R$8 mil), o Dog Drone tem uma coleira retráctil e um dispositivo contra colisão que o impediria de bater em obstáculos no caminho.

Para o tutor restaria apenas fazer o download da rota e teoricamente sentar e relaxar enquanto o drone faz todo o trabalho.

Não há nenhum vídeo ou fotos oficiais de cães utilizando a tecnologia, porém os responsáveis pelo equipamento garantem que funciona.

Óbvio que eles não mencionam o que não dá para ser substituído pela máquina, como o cuidado humano, a atenção e proteção contra acidentes e roubos. Os cães precisam não só de exercício, mas de contato com outras pessoas e pets. Além disso, outras questões práticas ficam sem resposta, por exemplo quanto a força que o drone teria para segurar cães que puxam na coleira ou quem apanharia as necessidades do animal.

Por esse dinheiro, não seria muito melhor contratar um dog walker? Sem dúvida é a melhor opção para tutores que não têm tempo ou por alguma impossibilidade física não podem passear com seus pets.

Foto: Reprodução

Atriz Chloë Moretz perde segundo cachorrinho em menos de um mês

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 ago 2017 - 9:38

Nós contamos aqui sobre o triste falecimento de Fuller, cachorro de estimação da atriz Chloë Moretz, fato que aconteceu no dia 31 de julho.

Chloë não teve nem tempo para se recuperar da separação e, infelizmente, já passou por novo baque, a morte de outro animal de estimação de sua família.

A cadelinha Isabella Moretz, que tinha cerca de 16 anos de idade, faleceu na última sexta-feira, dia 18 de agosto.

A atriz, que tem 20 anos de idade, perdeu dois cachorrinhos em um curto período de tempo, eles faleceram com uma diferença de menos de um mês.

Chloë anunciou a morte de sua amada cachorrinha através de sua página oficial no Instagram, onde publicou uma foto da cadela com uma emocionante homenagem.

“Nossa menina Isabella Moretz morreu hoje. Perder a sua luz nesse mundo deixa o meu coração em pedaços. Você nos deu o presente dos mais belos 16 anos com você. Nunca esquecerei como, quando você latia, seu corpo inteiro iria para trás porque você era tão pequena. Era a mais incrivelmente adorável do mundo. Eu amo você, pequena senhora. Nos momentos bons e nos momentos ruins você estava ao meu lado. 2001-2017 Descanse em paz meu querido anjo”.

Esperamos que a atriz Chloë Moretz supere este triste momento e que ela se lembre de que agora Fuller e Isabella estão juntos no céu dos cachorrinhos.

Fonte: Today