Mulher que matou 37 animais é condenada a mais de 17 anos de prisão

Conhecida como “serial killer de animais”, a mulher, que está foragida, se passava por protetora e matava cães e gatos injetando uma droga no coração dos pets

por Andrezza Oestreicher — publicado 14 nov 2017 - 18:23

Em uma decisão histórica, a justiça brasileira condenou uma mulher a mais de 17 anos de reclusão por crimes de maus-tratos a animais. A assassina de cães e gatos teve sua prisão decretada na última sexta-feira, dia 10 de novembro.

Dalva Lina da Silva, de 48 anos, mora na Vila Mariana, em São Paulo, e era conhecida por moradores da região como protetora de animais. Muitas pessoas levavam cães e gatos abandonados para a casa de Dalva, para que ela ajudasse a encontrar novas famílias para os bichinhos. Porém, não era isso o que a mulher, que todos acreditavam ser uma boa pessoa, fazia.

Dalva matava os animais dentro de sua casa. Ela foi condenada a mais de 17 anos de prisão em regime semiaberto. (Foto: Reprodução / Internet)

A mulher parecia encontrar adotantes para os animais de uma forma tão rápida que a ONG Adote um Gatinho desconfiou de que alguma coisa estava errada e contratou um detetive particular, que descobriu o que Dalva realmente fazia quando flagrou a falsa protetora colocando vários sacos de lixo do lado de fora de sua casa. Ao averiguar o que continha dentro dos sacos, o detetive encontrou vários corpos de animais mortos.

De acordo com perícia realizada nos corpos dos cães e gatos, que tinham várias perfurações na região do peito, a mulher injetava uma droga no coração dos animais. Porém, para acertar o alvo ela fazia várias tentativas em cada bichinho, o que trazia muita dor e sofrimento para eles.

Em 2015, a assassina de animais teve sua primeira condenação pelo crime de maus-tratos. Na época, Dalva foi sentenciada a 12 anos, seis meses e 14 dias de prisão e estava cumprindo a pena em liberdade.

Porém, o Ministério Público Estadual recorreu solicitando aumento da pena e obteve, na última quinta-feira, 9 de novembro, decisão favorável da 10ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, que negou a apelação da defesa contra a condenação. Com isso, a pena de Dalva Lina da Silva aumentou para 17 anos, 6 meses e 26 dias de reclusão em regime semiaberto por crime de maus-tratos.

Amantes de animais deixam homenagens na porta da casa de Dalva para os cães e gatos assassinados. (Foto: Reprodução / ANDA)

A mulher foi condenada por ter matado 37 animais, porém, esse número pode ter sido ainda maior.

A sentença está sendo considerada a maior do Brasil envolvendo maus-tratos a animais. “Essa decisão é uma grande vitória, inédita no Brasil e, arrisco dizer, a maior do mundo. No ano passado uma pessoa foi condenada a 15 anos nos Estados Unidos por maus-tratos contra animais. Com essa reforma creio que essa condenação é a maior pena que se tem notícia no mundo”, disse a promotora Vania Tuglio, do Grupo Especial de Combate aos Crimes Ambientais (Gecap).

Após ter sua prisão decretada, Dalva não foi encontrada em nenhum dos quatro endereços informados à Justiça e agora é considerada foragida.

Fonte: ANDA / ISTOÉ / Último Segundo

Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 7:02

O incidente é tão absurdo que é difícil acreditar como alguém pode ser tão insensível em relação a vida do próximo.

Operários em uma estrada de Agra, na Índia, não se deram o trabalho de mover um cachorro que dormia no local enquanto eles recapeavam a rua e seguiram com o dia como se não houvesse ninguém ali. Sim, eles construíram a rua em cima do cachorro e ele morreu após ter sido esmagado pelo rolo compressor enquanto os trabalhadores nivelavam a rua.

 » Read more about: Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua  »

Hotelzinho para cachorro compartilha a loucura quando a piscina é liberada para seus hóspedes caninos

por Samantha Kelly — publicado 14 jun 2018 - 8:20

O hotelzinho canino Happy Tails Camp em Norfolk, no estado norte-americano de Virginia, compartilhou o momento exato quanto seus hóspedes caninos foram liberados para cair na piscina.

Para quem acha que já foi em uma pool party bacana, sem dúvida não incluiu no currículo essa experiência incrível.

 

 » Read more about: Hotelzinho para cachorro compartilha a loucura quando a piscina é liberada para seus hóspedes caninos  »

Câmera flagra pets ajudando garotinha a escapar do quarto

por Samantha Kelly — publicado 12 jun 2018 - 11:00

A filhinha de 15 meses de Nina e Chris Cardinal acordou os pais no comecinho da manhã já no meio do corredor.

Essa proeza fez com que os pais questionassem como a bebê, que mal anda direito, conseguiu sair do berço e abrir a porta.

O mistério foi revelado através da babá eletrônica e os meliantes foram pegues no flagra. E não, não estamos falando de humanos, mas de dois douradinhos lindos chamados Bleu e Colby.

 » Read more about: Câmera flagra pets ajudando garotinha a escapar do quarto  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Operários indianos constroem estrada em cima de cachorro que dormia na rua

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 7:02

O incidente é tão absurdo que é difícil acreditar como alguém pode ser tão insensível em relação a vida do próximo.

Operários em uma estrada de Agra, na Índia, não se deram o trabalho de mover um cachorro que dormia no local enquanto eles recapeavam a rua e seguiram com o dia como se não houvesse ninguém ali. Sim, eles construíram a rua em cima do cachorro e ele morreu após ter sido esmagado pelo rolo compressor enquanto os trabalhadores nivelavam a rua.

Transeuntes ainda podiam ver metade do corpo do cão preso ao asfalto e a brutalidade do acontecido provocou uma série de protestos por parte da população, levando com que polícia local abrisse um caso contra a empresa contratada.

De acordo com uma entrevista publicada pelo India Today, um oficial de polícia envolvido na investigação explicou que o animal estava dormindo quando foi esmagado pelo rolo compressor. Os trabalhadores declararam que eles informaram o engenheiro responsável pelo projeto sobre o ocorrido, porém ainda assim ele ordenou que a estrada fosse construída em cima do animal e assim eles fizeram.

 

Foto: Reprodução

Hotelzinho para cachorro compartilha a loucura quando a piscina é liberada para seus hóspedes caninos

por Samantha Kelly — publicado 14 jun 2018 - 8:20

O hotelzinho canino Happy Tails Camp em Norfolk, no estado norte-americano de Virginia, compartilhou o momento exato quanto seus hóspedes caninos foram liberados para cair na piscina.

Para quem acha que já foi em uma pool party bacana, sem dúvida não incluiu no currículo essa experiência incrível.