Mulheres e cachorros são resgatados após cinco meses perdidos no mar

Duas velejadoras, que estavam acompanhadas de seus dois cães, se perderam depois que o veleiro em que elas navegavam teve uma pane no motor

por Andrezza Oestreicher — publicado 28 out 2017 - 9:35

Jennifer Appel e Tasha Fuiaba são duas velejadoras dos Estados Unidos que programaram uma viagem de veleiro de 3.200 km. A ideia delas era ir do Havaí até o Taiti.

Para deixar a viagem mais divertida, elas escolheram as melhores companhias do mundo, seus cachorros.

As mulheres e os cães ficaram à deriva no oceano Pacífico por cinco meses. (Foto: Reprodução / Mass Communication Specialist 3rd Class Jonathan Clay / AP)

O começo da viagem ocorreu de forma tranquila e tudo como o planejado. Porém, apenas um mês depois de saírem do Havaí, o que aconteceu no dia 3 de maio de 2017, o motor do veleiro em que elas viajavam quebrou. E foi aqui que começaram as dificuldades.

Como estavam viajando em um veleiro, quando o motor quebrou, Jennifer e Tasha tiveram a ideia de continuar a jornada utilizando as velas, mas as coisas não foram tão simples quanto elas imaginaram. O mastro do veleiro também foi danificado. Com isso, elas não tinham mais como velejar e acabaram se perdendo no oceano Pacífico.

O veleiro em que eles estavam foi encontrado por um navio pesqueiro taiwanês. (Foto: Reprodução / Mass Communication Specialist 3rd Class Jonathan Clay / AP)

As velejadoras passaram 98 dias enviando pedidos de socorro diariamente, até que finalmente, após cerca de cinco meses à deriva no mar, o veleiro em que as mulheres e os cachorros estavam foi encontrado por um navio pesqueiro taiwanês e todos foram resgatados pela Marinha americana. Eles estavam perdidos a cerca de 1.500 quilômetros a sudeste do Japão, muito distante do local para onde estavam viajando.

As mulheres e os cachorros, que estavam o tempo inteiro de colete salva-vidas, sobreviveram graças a um purificador de água que eles levaram e a alimentos desidratados.

Por segurança, os cães ficavam sempre de colete salva-vidas no veleiro. (Foto: Reprodução / Jonathan Clay / US Navy/AFP)

Todos estavam bem e ficaram muitos felizes quando o resgate chegou. Os cães comemoraram bastante com latidos e muito abanar de rabos.

Fonte: O Globo / G1

Aluno manda cartinha fofa para professora que acabou de perder o cachorro

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 fev 2018 - 9:34

Perder um cachorro é sempre muito triste e quem passa por esse momento sabe como é importante receber conforto e carinho das pessoas que amamos e também dos outros animais da família.

Pensando nisso, um aluno decidiu mandar uma cartinha para confortar uma professora quando soube que o cãozinho dela tinha acabado de falecer.

A cartinha era tão fofa, que a filha da professora decidiu fotografar e publicar no Twitter.

 » Read more about: Aluno manda cartinha fofa para professora que acabou de perder o cachorro  »

Cachorro sobrevive após ser arremessado pela janela durante acidente de carro

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 fev 2018 - 19:09

Muitos tutores ainda não conseguem entender o tamanho do perigo que é transportar animais de estimação no carro da forma incorreta. Além dos pets, as pessoas que estão dentro do automóvel também correm riscos.

Em Franca, município no interior do estado de São Paulo, um pequeno cachorrinho quase morreu ao ser arremessado pela janela de um carro durante um acidente.

Sendo levado no banco da frente, no colo de sua tutora, forma errada,

 » Read more about: Cachorro sobrevive após ser arremessado pela janela durante acidente de carro  »

Hilary Duff faz homenagem muito emocionante para seu cachorro que faleceu

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 fev 2018 - 9:40

Quando passamos pelo triste momento da morte de um cachorro, nós, que amamos animais, sentimos uma dor muito forte e sentimos muito a partida.

É exatamente por esse momento que nenhum amante de animal quer passar que a atriz Hilary Duff, uma apaixonada por cachorros, está passando agora.

❤️💔forever

A post shared by Hilary Duff (@hilaryduff) on Feb 20, 2018 at 12:08pm PST

Hilary acabou de perder o seu companheiro peludo Dubois,

 » Read more about: Hilary Duff faz homenagem muito emocionante para seu cachorro que faleceu  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Aluno manda cartinha fofa para professora que acabou de perder o cachorro

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 fev 2018 - 9:34

Perder um cachorro é sempre muito triste e quem passa por esse momento sabe como é importante receber conforto e carinho das pessoas que amamos e também dos outros animais da família.

Pensando nisso, um aluno decidiu mandar uma cartinha para confortar uma professora quando soube que o cãozinho dela tinha acabado de falecer.

O cãozinho precisou ser eutanasiado e sua tutora ficou muito triste. (Foto: Reprodução / Twitter @luciedunne_)

A cartinha era tão fofa, que a filha da professora decidiu fotografar e publicar no Twitter. O caso, que aconteceu na Escócia, acabou fazendo muito sucesso na internet.

Junto das imagens, Lucie Dunne, filha da professora, escreveu: “Mamãe ficou tão triste por termos que colocar o cachorro para dormir (eutanasiar) e estressada por ter que voltar para a escola hoje, e ela recebeu isso de um pequenino menino em sua classe”.

Na cartinha escrita em inglês, o menino fez um fofo poema começando cada frase com uma letra do nome do cão, um Golden Retriever que se chamava Charlie.

“Senhora Dunne, me desculpe se você não gostar da minha carta ou se ela deixá-la emocionada.
Querida Senhora Dunne, eu sinto muito pelo seu cachorro.
Eu quero dizer que o seu cachorro era
Atrevido, eu aposto que o seu cachorro era muito atrevido.
Feliz, eu aposto que o seu cachorro estava sempre feliz.
Adorável, eu aposto que o seu cachorro era super adorável!
Conectado, eu aposto que o seu cachorro era conectado e tinha uma ligação com você.
Sortudo, eu aposto que o seu cachorro era muito sortudo.
Incrível, eu aposto que o seu cachorro era superincrível.
Enérgico, eu aposto que o seu cachorro era sempre cheio de energia.
Mas, acima de tudo, eu sei que o seu cachorro era especial.
O seu cachorro está em um lugar melhor e está cuidando de você”.

Nós ficamos emocionados com a atitude deste menino e sonhamos com um mundo com mais pessoas com o coração cheio de amor, igual ao do pequenino.

Fonte: Veja São Paulo

Cachorro sobrevive após ser arremessado pela janela durante acidente de carro

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 fev 2018 - 19:09

Muitos tutores ainda não conseguem entender o tamanho do perigo que é transportar animais de estimação no carro da forma incorreta. Além dos pets, as pessoas que estão dentro do automóvel também correm riscos.

Em Franca, município no interior do estado de São Paulo, um pequeno cachorrinho quase morreu ao ser arremessado pela janela de um carro durante um acidente.

Com o movimento brusco, o cãozinho foi arremessado pela janela do carro. (Foto: Reprodução / EPTV)

Sendo levado no banco da frente, no colo de sua tutora, forma errada, mas muito praticada, de se transportar um animal no carro, o cãozinho Fred, da raça Shih-Tzu, acabou voando pela janela do automóvel quando a estudante Tainara Galvani Moreira, que conduzia o carro, precisou fazer uma manobra brusca para evitar um acidente maior.

Na hora que Tainara puxou o carro de forma bem rápida para a calçada, desviando de um outro automóvel, os air bags frontais foram acionados no painel e acabaram atingindo o cachorro. Com o susto, a mãe de Tainara, que segurava Fred, não conseguiu segurar o animal, que foi arremessado pela janela.

Felizmente, o cachorro não apresentou nenhum ferimento mais grave. Fred bateu em um muro, caiu no chão e saiu andando apenas mancando.

O animal bateu no muro e caiu no chão. (Foto: Reprodução / EPTV)

Tainara disse que só percebeu que o animal não estava dentro do carro depois que o automóvel parou completamente. “Eu só vi a hora que o carro parou, foi quando eu dei falta dele. Eu saí desesperada procurando”, contou ela.

Agora, depois do acidente, a família afirmou que vai passar a utilizar o compartimento especial para transportar animais em carros. “Parecia que estava tudo acabando naquela hora. Graças a Deus está tudo bem com a gente e agora é só cuidar dele. O Fred é muito amado aqui em casa”, disse Rosa Aparecida Galvani Moreira, mãe de Tainá e quem segurava o cãozinho na hora do acidente.

Fonte: G1