Operação Bahgdah Pups – Programa ajuda militares norte-americanos a trazer seus pets das zonas de guerra

por Fabio Sakita — publicado 11 dez 2012 - 8:41

Operation Baghdad Pups. Foto: Reprodução/spcai.org

 

Em uma das situações mais irracionais e infelizes que o homem conseguiu criar, a guerra, ainda assim o amor de um pet com um humano é capaz de florescer e salvar vidas.

Muitos soldados norte-americanos que estão no Afeganistão e Iraque criaram um laço e adotaram cães e gatos de coração e esses animais foram cruciais para deixar acessa uma chama de felicidade em um exterior tão árido de sentimentos.

Porém, nada é simples em um cenário como esse: os soldados são proibidos de possuírem pets, a maioria deles simplesmente não tem dinheiro para pagar a viagem (que por sinal é cara, muito cara) e vamos encarar a dificuldade em encontrar alguém que vá em uma zona de guerra com o intuito de enviar os pets.

Pensando nessa relação e como os pets são importantes para os soldados, o programa Operação Baghdad Pups oferece cuidado veterinário e coordena a complexa logística e transporte que são necessários para mandar os animais para os Estados Unidos.

 

 O Início

 

Sargento Watson e Charlie. Foto: Reprodução/spcai.org

 

A Operação Baghdad Pups começou depois de a SPCA Internations recebeu um email muito emocionante no dia 11 de Setembro de 2007.  O autor do email, sargento Watson, estava desesperado procurando uma maneira de enviar o cão que ele fez amizade na guerra para os Estados Unidos antes do fim de sua missão. Seu maior desafio: O regulamento que proíbe os soldados de fazerem amizades em uma zona de guerra.

O encontro inicial se deu quando o regimento do Sargento Watson encontrou Charlie em uma patrulha de rotina. Charlie, desnutrido e cheio de pulgas, foi escondido debaixo de um pano.

Confira parte do apelo do Sargento Watson por email:

 

Cuidar do Charlie me deu um motivo e fez com que o meu tempo no Iraque fosse mais suportável. Quando todo mundo tinha a chance de brincar com o Charlie, nós esquecíamos de onde estávamos, pelo menos temporariamente. Durante aqueles momentos, você quase poderia imaginar que estava em casa.

Nós todos fizemos uma promessa que não desistiríamos dele. Por esse razão, nós precisamos encontrar uma maneira de mandar o Charlie para os Estados Unidos para que ele tenha uma vida melhor.

Nós simplesmente não podemos deixar nosso amigo para trás.

 

Depois de muitos meses de busca agressiva, os caminhos se abriram. No dia 12 de fevereiro de 2008, Charlie e um membro da SPCA International chegaram do Iraque no aeroporto de Washington. Foi a força dos homens e de Charlie que deu uma esperança para outros cães, gatos e humanos com o mesmo problema e representa a origem do programa que auxilia até hoje.

 

Hoje Charlie e seu dono, Sargento Watson, vivem felizes na Carolina do norte. Foto: Reprodução/spcai.org

 

Sargento Watson contando como tudo aconteceu (vídeo em inglês):

 


Confira mais testemunhos AQUI.

Com o dia dos pais chegando, confira as melhores dicas de presentes para os papais de cachorro

por Samantha Kelly — publicado 20 jul 2017 - 19:12

Dia dos pais tem que incluir os papais de cachorro. Pensando nisso, a Doguim, loja do Portal do Dog especializada em apaixonados por animais, oferece uma série de produtos lindos e cheios de design desenvolvidos para pais de peludo.

Com a proximidade do dia 13 de agosto, nós listamos as melhores dicas de presentes para os super pais apaixonados por seus filhos de quatro patas.

Não deixe para última hora para garantir o presente perfeito para os papais de cachorro.

 » Read more about: Com o dia dos pais chegando, confira as melhores dicas de presentes para os papais de cachorro  »

Apesar da falta de recursos financeiros, morador de rua não abandonou seu amigo peludo

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 jul 2017 - 18:30

Gilberto é um homem bem simples e que vive nas ruas. Ele não tem recursos financeiros nem para si mesmo, mas cuida com todo amor e carinho do seu cachorro, um fofo SRD que vive com ele.

Um dia, andando pelas ruas, Gilberto estava atravessando a rua com o cão, quando de repente, por algum motivo, o cão quis voltar no meio do caminho. Nesse momento, um carro atropelou o cachorrinho, que sofreu um machucado bem grave em uma das patas.

 » Read more about: Apesar da falta de recursos financeiros, morador de rua não abandonou seu amigo peludo  »

Angélica lamenta nas redes sociais a morte do novo filhotinho de sua família

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 jul 2017 - 9:37

Nós contamos para vocês aqui sobre o mais novo filhotinho do casal de apresentadores Angélica e Luciano Huck. O animal, da raça Rhodesian Ridgeback, ou Leão da Rodésia, foi presente do médico veterinário e adestrador de cães Henrique Perdigão.

No último domingo, dia 16 de julho, Angélica publicou uma foto em homenagem ao cãozinho Babbo, que passou cerca de 18 dias com a família da apresentadora e, com apenas dois meses, acabou falecendo.

 » Read more about: Angélica lamenta nas redes sociais a morte do novo filhotinho de sua família  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Com o dia dos pais chegando, confira as melhores dicas de presentes para os papais de cachorro

por Samantha Kelly — publicado 20 jul 2017 - 19:12

Dia dos pais tem que incluir os papais de cachorro. Pensando nisso, a Doguim, loja do Portal do Dog especializada em apaixonados por animais, oferece uma série de produtos lindos e cheios de design desenvolvidos para pais de peludo.

Com a proximidade do dia 13 de agosto, nós listamos as melhores dicas de presentes para os super pais apaixonados por seus filhos de quatro patas.

Não deixe para última hora para garantir o presente perfeito para os papais de cachorro. Acesse a Doguim aqui e confira todos os nossos produtos.

 

1) Pais de cachorro (coleção família)

Nossa super coleção ”Família Pet” focada nos pais de cachorro permite que os tutores possam personalizar completamente os produtos, com ilustrações caninas lindas e exclusivas.

Dentre as opções de personalização estão mais de 70 raças caninas (incluindo 8 variações para os queridos vira-latas), até 5 raças por produto com inclusão do nome do pet e 6 cores de fundos (verde, azul, roxo, salmão, rosa e amarelo).

Clique aqui para conferir as canecas, squeezes, almofadas e canecas de chopp disponíveis.

 

2) Lançamento Canecas de Chopp

Temos uma série de opções, fresquinhas para o dias dos pais, com temas divertidos e carinhosos, especialmente para os papais que curtem uma gelada.

Clique aqui para conferir todas as canecas de chopp.

 

3) Fotos e ilustrações personalizadas

Como qualquer apaixonado por pet, nós queremos a fotinho dos nossos filhos em tudo. Na Doguim você pode ter a foto do seu pet personalizada com ilustrações especiais.

Clique aqui para conferir as ilustrações disponíveis.

Apesar da falta de recursos financeiros, morador de rua não abandonou seu amigo peludo

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 jul 2017 - 18:30

Gilberto é um homem bem simples e que vive nas ruas. Ele não tem recursos financeiros nem para si mesmo, mas cuida com todo amor e carinho do seu cachorro, um fofo SRD que vive com ele.

Um dia, andando pelas ruas, Gilberto estava atravessando a rua com o cão, quando de repente, por algum motivo, o cão quis voltar no meio do caminho. Nesse momento, um carro atropelou o cachorrinho, que sofreu um machucado bem grave em uma das patas.

Gilberto ficou bastante preocupado com a situação do cão e emocionado ao vê-lo receber atendimento. (Foto: Reprodução / Facebook Luisa Mell)

Desesperado, sem ter nenhum tipo de suporte financeiro para levar o cão a uma clínica veterinária, Gilberto não sabia o que fazer, só sabia que não podia abandonar o seu melhor amigo naquela situação.

Até que pessoas de bom coração acionaram o Instituto Luisa Mell, que atua principalmente no resgate de animais feridos ou em situação de risco, recuperação e adoção. Voluntários do Instituo foram prontamente até o local e levaram o animal para receber os cuidados médicos necessários.

O homem ficou o tempo todo do lado do seu amigo peludo. (Foto: Reprodução / Facebook Luisa Mell)

Gilberto foi junto e não saiu do lado de seu amigo peludo em nenhum momento. No momento do atendimento do animal ele estava bastante emocionado e chorou contando como aconteceu o atropelamento. “A hora que eu atravessei a rua, ele pegou e quis voltar. Aí o carro pegou ele”, contou Gilberto.

O cãozinho precisou passar por uma cirurgia e depois ficou algumas semanas em tratamento enquanto se recuperava, o que, através do vídeo do Instituto Luisa Mell, podemos ver que aconteceu de forma rápida e tranquila.

Um resumo em um minuto do nosso trabalho no Instituto Luisa Mell. Todos os dias por aqui são assim: cheios de desafios, poucas derrotas, muitas vitórias e finais felizes! Cada um de vocês que nos ajuda faz, mesmo sem saber, parte dessa e todas as nossas histórias! Obrigada, sempre!

Posted by Luisa Mell on Wednesday, July 5, 2017

(Vídeo: Reprodução / Facebook Luisa Mell)

Esperamos que o morador de rua Gilberto sirva de exemplo e toque o coração de muitas pessoas e deixamos um agradecimento especial e parabéns ao belíssimo trabalho que o Instituto Luisa Mell faz com aqueles animais que mais precisam.

Fonte: Procura-se Cachorro / Luisa Mell